clicRBS
Nova busca - outros

RBS TV

26 nov08:49

Luis Lopes é o repórter doceiro

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Quando ele chega na redação da RBS TV em Chapecó com uma sacola ou um pote todo mundo já abre um sorriso e pensa: – Oba, o Luis trouxe doce.

Todos param o que estão fazendo para conferir qual a guloseima que o editor do RBS Notícias, Luis Lopes, preparou desta vez. Tem aqueles que ficam ansiosos para experimentar, outros querem repetir. Funcionários de outros setores vão até a redação para fazer “integração”.

Há cinco meses em Chapecó, ele causou surpresa ao revelar talento na cozinha e generosidade com os colegas. No começo alguns até ficaram desconfiados. Será que ele estava fazendo algum experimento?

O certo é que a iniciativa de Luis Lopes criou um clima de descontração na redação e serviu para integrar mais outras editorias. Ele recebeu encomendas e até chantagem de colegas, que só passam informações e imagens para ele em troca de algum doce.

Para Luis, fazer doces é um hobby. Sua paixão mesmo, que surgiu na infância, é o jornalismo. Formado pela Universidade de Cruz Alta, em 2006, foi contratado pela RBS de Blumenau em 2008. Na época ele até pensava em seguir carreira acadêmica. Para alegria de seus colegas em Blumenau, Caxias do Sul e agora Chapecó, ele seguiu no grupo RBS.

Assim, enquanto o público em geral degusta suas matérias na televisão, seus colegas têm versões ainda mais saborosas da notícia.


Entrevista

Quando você começou a fazer doces?

Luis Lopes: Quando eu tinha nove anos, meu pai cozinhava e a gente brincava de cada dia fazer um prato diferente. Ele fazia uma batata com sardinha e dizia que era um prato português. Eu gostava mais de doce. Ele me incentivava a descobrir sabores diferentes. Ele dizia: mistura pra ver o que da e la ia eu inventar alguma coisa….


Você contou uma vez que começou a carreira profissional como vendedor de paçoquinhas, é verdade?

Luis Lopes: Com 10, 11 anos eu já vendia rapadurinha, pastel e era o melhor vendedor de uma mulher que fazia cocada. Mas aí ela parou de fazer e eu comecei a comprar paçoca e revender. Só que teve uma época que a paçoca sumiu do mercado. Aí tive que aprender a fazer paçoquinha para continuar com a renda.


Como surgiu essa iniciativa de levar doces para o trabalho?

Luis Lopes: Aos 14 anos fui contratado como menor aprendiz na Prefeitura de Cruz Alta. Na secretaria de Educação tinha uma colega, chamada Elizabeth, que tinha costume de levar lanches. Achei aquilo muito legal pois todo mundo se reunia. Acabava sendo um happy hour, um momento de integração. Quando saí da prefeitura fui aprender a cortar cabelo, no mesmo local onde mais tarde me tornei instrutor.Duarnte as aulas já era costume levar doces para os alunos. Continuei o costume, agora, na RBS. Acredito que a comida integra e para mim é um hobby.


Tem algum segredo nos teus doces?

Luis Lopes: De tanto experimentar aprendi que mistura chocolate com leite condensado é melhor que usar Nescau. O chocolate tem que ser meio amargo.


Como são as tuas receitas, você tem anotado ou faz tudo de cabeça?

Luis Lopes: A base do brigadeiro serve para muitas receitas. A partir disso vou inventando, colocando creme de leite, mousse de limão…misturando sabores doces com acidos O que vem depois crio na hora. Não anoto nada. Tenho tudo na cabeça. Minhas medidas também são a olho.


Quando que você cozinha?

Luis Lopes: Geralmente faço à noite, em casa. Às vezes é uma hora da manhã e estou cozinhando. É um hobby mesmo.


Como faz para não engordar?

Luis Lopes: Minha dica e a seguinte: Doce engorda…então raramente como, às vezes pego uma colher, duas.


Como é a reação das pessoas quando você chega com os doces?

Luis Lopes: É muito legal ver a reação das pessoas. Desde pequeno aprendi com o pai a observar os comportamentos. É como um “teste de qualidade” do produto. Gosto de saber se ficou bom, se ficou muito doce ou não. Normalmente o retorno e sempre muito bom.


E o jornalismo, como surgiu?

Luis Lopes: Era um sonho de infância.Aos 21 anos eu não tinha nem o ensino fundamental completo (parei de estudar porque optei pelo curso técnico) e retomei quando decidi fazer faculdade. Fiz supletivo e aos 22 consegui juntar dinheiro cortando cabelo para pagar a matricula no curso de Jornalismo. Comecei na RBS em 2008 com freelancer, seis meses depois fui contratado e enfreitei meu primeiro grande desafio como repórter: A cobertura da primeira grande tragédia climatica do pais.Foi uma experiência muito siguinificativa para a carreira. Na época, a equipe conquistou o prêmio “Você surpreendeu” do Jornal Hoje. Em 2010 fui promovido e tranferido para Caxias do Sul onde atuei como editor do RBS Noticias. Há 5 meses estou em Chapecó.



1 comentário
23 nov21:53

Social: Vanessa Nora é a nova repórter da RBS TV

Vanessa Nora, 22 anos, formada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), de São Miguel do Oeste é a nova repórter da RBS TV. Ela assume a sucursal da emissora em Concórdia.

Vanessa iniciou a carreira em rádio, passou pelo jornalismo impresso e teve experiência em televisão.

- Estou muito feliz e será um grande desafio – disse Vanessa.

 


Comente aqui
05 out01:12

Briga de números no debate em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O debate eleitoral apresentado na RBS TV durante a noite de quarta-feira, entre os candidatos a prefeito de Chapecó, José Cláudio Caramori (PSD) e Pedro Uczai (PT), teve algumas brigas de números e ambos se acusaram de estar faltando com a verdade.

O clima do debate iniciou quase três horas antes da transmissão. Alguns militantes da coligação “Aliança Pela Vida” (PT, PTC, PTN, PRTB, PHS, PV, PPL , PC do B e PDT) chegaram por volta das 21 horas e ficaram próximos ao portão de acesso da RBS TV Chapecó. Eles portavam faixas e apitos. A Polícia Militar auxiliou no controle das pessoas, pois a entrada na emissora era restrita.

O candidato da coligação “O Povo de Novo” (PSD, PMDB, PSDC, PR, PMN, PSDB, PRB, PPS, PTB, PP, PSC, PRP, DEM, PSB, PT do B e PSL), José Cláudio Caramori (PSD), foi o primeiro a chegar na emissora, às 21h50, acompanhado do candidato a vice, Luciano Buligon (PMDB).

Pedro Uczai (PT), chegou às 22 horas, acompanhado da candidata a vice, Elza Fortes (PDT). Enquanto aguardavam o debate os candidatos ficaram em salas separadas reunidos com seus assessores, acertando detalhes.

Os debate, que iniciou às 23h45 e teve uma hora de duração foi mediado pelo apresentador da RBS, Fabian Londero.

No primeiro bloco os candidatos fizeram perguntas sobre temas sorteados. No tema trânsito Uczai acusou a atual administração de falta de planejamento, com algumas ruas sem saída ou muito estreitas, falta de corredores de ônibus e ciclovia.

Caramori afirmou que na gestão de Pedro Uczai foram gastos milhões que resultaram num trânsito caótico. Disse que a atual administração está buscando soluções com a abertura de novas ruas, como a Araras, além do Contorno Viário Oeste.

No tema sobre habitação Caramori disse que Uczai fez menos de 100 casas e ainda fica criticando a atual administração, que construiu mais de mil casas em parceria com o Governo Federal e ainda trouxe a Ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, para fazer a entrega.

-O Pedro ainda ridicularizou o ato- afirmou.

Uczai disse que a beneficiou mais de três mil famílias em sua gestão e que seu opontente fez apenas seis casas com recursos próprios, além de não ter comprado áreas novas. –Eu comprei 10 áreas novas quando era prefeito- disse Uczai. Ainda acusou a atual administração de aprovar loteamentos sem infraestrutura de água e luz, como o Cadore I e II.

Caramori disse que Uczai fez apenas cinco quilômetros de asfalto quando era prefeito e que a atual administração asfaltou 220 quilômetros.

Uczai rebateu afirmando que fez 111 quilômetros e que agora vai fazer 155 quilômtros novos, pavimentar 90 quilômetros de calçadas e recuperar outros 408 quilômetros.

Uczai afirmou que o atual prefeito não agiu com rigor em relações à denúncias de corrupção na superintendência da Efapi.

Caramori disse que Uczai é irresponsável ao tentar jogar uma questão isolada como problema da Prefeitura.

O debate durou uma hora e terminou com os candidatos elogiando o espaço para o debate das ideias.


Comente aqui
04 out23:40

Candidatos de Chapecó participam do último debate

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Os candidatos a prefeito de Chapecó, José Cláudio Caramori (PSD) e Pedro Uczai (PT), já estão na sede da RBS TV Chapecó, para o debate que inicia após a novela Gabriela.

Carmori chegou às 21h50 e, Uczai, às 22 horas. Cada um está numa sala com seus assessores e os candidatos a vice, Luciano Buligon (PMDB), que compõe chapa com Caramori, e Elza Fortes (PDT), que compõe chapa com Uczai.

O estúdio está pronto. O debate terá três blocos e será mediado pelo apresentador da RBS TV, Fabian Londero.

Alguns militantes da coligação “Aliança Pela Vida” (PT, PTC, PTN, PRTB, PHS, PV, PPL , PC do B e PDT) chegaram por volta das 21 horas e ficaram próximos ao portão de acesso da RBS TV Chapecó. Eles portavam faixas e apitos.

A Polícia Militar auxiliou no controle das pessoas, pois a entrada na emissora era restrita.

Comente aqui
04 out12:28

RBS TV reúne candidatos a prefeito para confrontos finais antes da votação

Chapecó

> Serão três blocos. No primeiro, os temas foram definidos entre organização e candidatos. Quatro deles serão sorteados ao vivo, com perguntas entre os candidatos. Eles terão 30 segundos para perguntas, dois minutos para respostas, um minuto para réplica e 45 segundos para tréplica. O segundo bloco tem as mesmas regras, mas com tema livre. O terceiro será para as considerações finais.


Quem vai participar:

> José Claudio Caramori (PSD)

> Pedro Uczai (PT)

Mediador: Fabian Londero


Florianópolis

> Os candidatos vão priorizar a preparação para o encontro na televisão. Angela, Cesar e Gean se reúnem com a equipe para organizar a participação, estudar as regras e os temas. Elson pretende tirar um tempo para descansar e chegar bem fisicamente ao debate. Serão cinco blocos, com duração prevista de 1h30. Os partidos sem representação na Câmara (PSTU e PPL) não participarão do debate e serão ouvidos hoje, em entrevista ao vivo no Jornal do Almoço.


Quem vai participar:

> Angela Albino (PC do B)

> César Souza Júnior (PSD)

> Elson Manoel Pereira (PSOL)

> Gean Loureiro (PMDB)}

Mediador: Mário Motta


Blumenau

> A coordenação de campanha de Ana Paula Lima diz que ela pretende aproveitar o debate para apresentar propostas. A campanha de Jean Kuhlmann afirma que a estratégia será mostrar que o candidato vai dar continuidade ao governo de João Paulo Kleinübing. A aposta de Napoleão Bernardes é estabelecer as diferenças entre os quatro candidatos. Osni Wagner afirma que vai aproveitar o último debate na televisão para tentar apresentar seus projetos para a cidade.


Quem vai participar:

> Ana Paula Lima (PT)

> Jean Kuhlmann (PSD)

> Napoleão Bernardes (PSDB)

> Osni Wagner (PSOL)

Mediador: Joelson dos Santos


Joinville

> O candidato Carlito Merss tem agenda de campanha só até o início da tarde, depois se prepara para o debate. Kennedy Nunes aproveita o dia para descansar e fazer alguns contatos pelo telefone antes ir para a RBS. Marco Tebaldi vai se reunir com a equipe para se preparar. Udo Döhler tem somente um compromisso agendado para às 7h30min. Logo depois, vai para o Sítio Parati, no Itinga, para descansar. Leonel Camasão se reúne com dirigentes e candidatos do PSOL na casa dele.


Quem vai participar:

> Carlito Merss (PT)

> Kennedy Nunes (PSD)

> Leonel Camasão (PSOL)

> Marco Tebaldi (PSDB)

> Udo Döhler (PMDB)

Mediador: Rafael Custódio


Criciúma

> O debate terá três blocos. O primeiro, com perguntas com 15 temas pré-determinados, dos quais serão sorteados seis, o segundo com perguntas livres entre os candidatos e o terceiro, reservado para as considerações finais, com dois minutos para cada candidato. Nos dois primeiros, serão 30 segundos para perguntas, um minuto para respostas e 45 segundos para réplica e para a tréplica.


Quem vai participar:

> Clésio Salvaro (PSDB)

> Romanna Remor (PMDB)

> Odelondes de Souza (PSOL)

Mediador: Raphael Faraco


Lages

O debate terá dois blocos iniciais, com duração de 20 minutos cada. No primeiro, os temas foram definidos pela organização e previamente acordado entre os candidatos. Destes, quatro serão sorteados ao vivo, e os candidatos fazem perguntas entre si. O segundo bloco tem as mesmas regras, mas com temas livres. O terceiro bloco será para as considerações finais.


Quem vai participar:

> Antônio Ceron (PSD)

> Eliseu Mattos (PMDB)

Mediador: Renato Igor


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
02 out14:19

Campanha Pedágio do Brinquedo em Santa Catarina

Até o dia 12 de outubro, mais de 120 pontos de coleta distribuídos por Santa Catarina estarão arrecadando brinquedos destinados a crianças carentes, dentro da campanha Pedágio do Brinquedo. A iniciativa promovida pela RBS TV e FCDL, com apoio do Sesc, conta com 10 pontos de coleta em Chapecó e região, além de CDLs locais e lojistas associados.

São aceitas doações de peças novas ou usadas, desde que em bom estado de conservação. Os brinquedos serão doados para mais de 50 entidades que atendem crianças carentes em todo o Estado.

O Pedágio do Brinquedo é realizado há mais de 10 anos e neste período já beneficiou mais de 1 milhão de crianças.

A iniciativa conta com o patrocínio do Shopping Neumarkt Blumenau, Blumenau Norte Shopping, Colégio Unesc e Unochapecó.


Confira abaixo os pontos de coleta de brinquedos na região Oeste:

CDL local e lojistas associados


Chapecó

CDL Chapecó

Paseo Avenida

Sesc

Shopping Pátio Chapecó

Supermercado Celeiro Centro

Supermercado Super Alfa

Supermercado Brasão

Unochapecó


São Lourenço do Oeste

Unochapecó


Xaxim

Unochapecó


Concórdia

Sesc


Xanxerê

Sesc


Comente aqui
10 set09:03

Estreia nesta segunda a nova novela das seis, na RBS TV

A busca pela liberdade e pela felicidade é o tema da nova novela das seis, Lado a Lado, que estreia hoje, a partir das 17h45min, na RBS TV. A trama se passa no ano de 1904 e mostra um período de transição no Rio de Janeiro. De um lado da história está Laura (Marjorie Estiano). Nascida em uma família tradicional, ela sonha em trabalhar e ter independência. Do outro, Isabel (Camila Pitanga), filha de ex-escravo e que trabalha desde jovem como doméstica para se sustentar.

Ambas se conhecem no dia de seus casamentos. Enquanto Isabel é apaixonada pelo capoeirista e auxiliar de barbeiro Zé Maria (Lázaro Ramos), Laura (Marjorie Estiano) está em dúvida sobre o que sente por Edgar (Thiago Fragoso). Apesar de não terem nada em comum, a empatia entre elas é imediata.

— A amizade entre as duas personagens é o que guia a novela. Ambas são mulheres à frente de seu tempo e representam o surgimento de novos anseios e questionamentos — conta a autora Claudia Lage.

É essa mistura de uma nova cultura brasileira com os modelos vindos de fora que serve como pano de fundo para a trama, assinada por Claudia e João Ximenes Braga, que estreiam como autores principais, sob a supervisão de Gilberto Braga.

O surgimento da primeira favela será retratado também na novela, com a saída dos negros recém-libertos dos cortiços e a mudança para o Morro da Providência. O principal casal da trama vive nesse núcleo: Isabel e Zé Maria, que terão um caminho conturbado. Apesar de se amarem, eles passarão por algumas provações, começando pelo fato de ele não aparecer no dia do casamento deles. O sumiço fará com que eles se separem, deixando o caminho livre para Albertino (Rafael Cardoso), que se apaixona por Isabel, e Berenice (Sheron Menezzes), que fica de olho em Zé Maria.


ZERO HORA

Comente aqui
03 set16:55

RBS TV lançou a Campanha Pedágio do Brinquedo em Santa Catarina

Para comemorar o Dia das Crianças, em 12 de outubro, a RBS TV e a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL) lançaram a campanha Pedágio do Brinquedo, válida para todo o estado de Santa Catarina. O tema deste ano é “Sua Doação é Show.”

O objetivo é angariar donativos (brinquedos novos ou em bom estado), que serão doados para mais de 50 entidades que atendem crianças carentes em todo o Estado. A campanha vai até 12 de outubro.

Para garantir o maior número de doações possível, haverá mais de 100 pontos de coleta espalhados por 26 cidades do Estado: Florianópolis, Criciúma, Laguna, Tubarão, Araranguá, Jaraguá do Sul, Joinville, São Bento do Sul, Rio Negrinho, Canoinhas, Mafra, Lages, Joaçaba, Caçador, Curitibanos, Blumenau, Rio do Sul, Brusque, Itajaí, Guaramirim, Indaial, Chapecó, São Lourenço do Oeste, Xaxim, Orleans e Concórdia.

Os brinquedos podem ser entregues, por exemplo, nas sedes da RBS TV, Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs), unidades do SESC e Unochapecó.

Em 2011, foram arrecadados 160 mil brinquedos. A expectativa dos organizadores que este número seja superado este ano, para contemplar ainda mais crianças. O Pedágio do Brinquedo é realizado há mais de 10 anos e neste período já beneficiou mais de 1 milhão de crianças.

O Pedágio do Brinquedo conta com o patrocínio do Shopping Neumarkt Blumenau, Blumenau Norte Shopping, Colégio Unesc e Unochapecó. A campanha conta com o apoio do SESC.


Confira abaixo os pontos de coleta de brinquedos em Chapecó, Xaxim, Xanxerê, São Lourenço do Oeste e Concórdia

SESC Chapecó

Paseo Avenida Chapecó

Celeiro Centro – Chapecó

Brasão – Chapecó

Super Alfa – Chapecó

UNOCHAPECÓ – São Lourenço do Oeste

UNOCHAPECÓ – Xaxim

UNOCHAPECÓ – Chapecó

SESC Concórdia

SESC Xanxerê

CDL Chapecó

Shopping Pátio Chapecó



Comente aqui
22 ago11:02

A televisão como aliada nas estratégias do comércio varejista

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) promove nesta quarta-feira, dia 22, às 12 horas, na cantina do Cesec almoço-reunião com o diretor comercial de televisão do Grupo RBS, Delton Batista, que abordará “A importância da propaganda na televisão para o varejo”. Participarão empresários do segmento e profissionais da imprensa.

- Os meios de comunicação social são importantes aliados na concretização das estratégias de vendas do comércio varejista, bem como na construção e consolidação das marcas. O relacionamento entre mídia, cliente e lojista deve estar alinhado e próximo para proporcionar incremento na comercialização de produtos e na prestação de serviços – realça o presidente da CDL Chapecó, Gilberto João Badalotti.

Os interessados em participar do almoço-reunião devem confirmar presença pelo telefone 3319-4300 ou pelo e-mail eventos@cdlchapecó.com.br. As vagas são limitadas.


Palestrante

Delton Batista tem 38 anos, é diretor de comercialização e marketing da RBS TV em Santa Catarina. Formado em Economia, com MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Programa de Desenvolvimento Gerencial pela Fundação Dom Cabral (FCD) e MBA em Gestão de Negócios pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec). Como executivo teve passagens em posições de direção em grandes empresas como Ambev e Oi.


Comente aqui
20 ago11:24

Candidatos a prefeitura de Chapecó apresentam propostas na RBS TV

A RBS TV Chapecó inicia nesta segunda-feira uma rodada de entrevistas com os dois candidatos à Prefeitura de Chapecó. As entrevistas serão ao vivo, durante o RBS Notícias.

Cada entrevistado terá cinco minutos para responder a perguntas elaboradas pelos jornalistas da RBS TV. A ordem dos entrevistados foi definida em sorteio que contou com a participação de assessores dos candidatos.

O primeiro a ser entrevistado será José Caramori (PSD), às 19h15 desta segunda-feira.

Com o início da propaganda gratuita, a partir desta terça-feira, dia 21, o RBS Notícias inicia mais cedo, às 18h45. Neste dia, Pedro Uczai (PT), será entrevistado.


Agende-se:

20/08 – segunda-feira

José Caramori (PSD)


21/08 – terça-feira

Pedro Uczai (PT)


Comente aqui