Receita

25 ago16:20

Pudim de Farinha Láctea é uma sobremesa fácil e rápida

Cristiane cordioli | cristiane.cordioli@horasc.com.br

Quando o assunto é uma sobremesa fácil, rápida e que agrade a grande maioria dos convidados, o pudim de leite é uma aposta certeira. O desafio é fazer o doce ficar com cara de novidade. E, pra isso, esta receita cai como uma luva.

As comadres vão pedir o modo de fazer, o maridão vai repetir e a criançada vai reclamar porque não tem sorvete, já que comemos o pudim em doses homeopáticas. Para os gulosos, sempre fica o gostinho de quero mais. Porém, o que importa são os fartos elogios e esses, com certeza, virão aos montes. Bom apetite!


Ingredientes

::: 5 ovos

::: 2 xícaras e 1/2 de leite

::: 1 xícara de açúcar

::: 2 xícaras de farinha láctea

::: 1 colher de fermento


Modo de fazer

No liquidificador, bata os ovos, o leite, o açúcar e a farinha láctea. Acrescente o fermento em pó e misture delicadamente. Coloque a mistura em uma fôrma para pudim, já caramelizada. Asse em banho-maria, no forno pré-aquecido a 200ºC, durante uma hora, ou até que fique firme. Sirva gelado.


HORA DE SANTA CATARINA




Comente aqui
24 ago11:40

Coq au vin, acompanhado de arroz e batata na manteiga

Sâmia Frantz | samia.frantz@horasc.com.br

O frango é a cara do Oeste. O vinho que é a cara do inverno. Nas mãos do chef Felipe Oliveira Carioni, os dois se misturam em uma receita adaptada da típica cozinha francesa, o Coq au vin (galo ao vinho, em francês). O prato, diferenciado na região turística chamada de Grande Oeste, já se consagrou no cardápio do mais novo restaurante de Chapecó, o Du Sel _ inaugurado no início de julho e em funcionamento nas dependências do Almasty Hotel.

A receita de fora foi adaptada com ingredientes locais, como os legumes e alguns temperos. Segundo o chef Felipe, o segredo é por a carne e o vinho para marinarem junto com os legumes e os temperos por dois dias _ período que garante a mistura e a integração de sabores e aromas.


Coq au vin _ galo ao vinho tinto, acompanhado de arroz e batata na manteiga


Ingredientes

1 galo de aproximadamente 2,5 kg

4 cebolas cortadas em cubos

4 cenouras cortadas em cubos

3 litros de vinho tinto seco

1 talo de salsão cortado em cubos

1 bouquet garni amarrado com um barbante, contendo 1 folha de salsão, 1 dente de alho, 2 folhas de louro, 2 ramos de tomilho e 2 ramos de salsa crespa

1/2 xícara de chá de óleo vegetal de girassol

1/2 xícara de chá de conhaque

60g de farinha de trigo

1 litro de fundo de carne (ou caldo em cubos) diluído em água

200g de bacon magro

500g de champignon

30g de manteiga

30g de açúcar

Sal e pimenta do reino a gosto

1 kg de batatas


Modo de preparo

Corte o galo em pedaços pequenos e deixe-o marinar com as cenouras, o salsão, o vinho, o bouquet garni e o caldo de carne por 48h.

No dia do preparo, separe a carne e coe o caldo.

Tempere os pedaços do galo com sal e pimenta.

Em uma caçarola, aqueça parte do óleo vegetal e refogue a cenoura, a cebola e o salsão da marinada em fogo baixo.

Enquanto isso, disponha em uma frigideira o restante do óleo vegetal e doure os pedaços de galo de ambos os lados. Depois, polvilhe-os com um pouco da farinha.

Em seguida, acrescente o conhaque e flambe. Na caçarola, junto aos legumes, coloque a carne e o bouquet garni.

Cubra com o vinho e o caldo (ou fundo da carne) e cozinhe lentamente por aproximadamente uma hora e meia, ou até que a carne fique macia, e o molho, bem encorpado.

Enquanto isso, doure e bacon e reserve.

Em uma pequena frigideira, derreta o açúcar com a manteiga e caramelize as cebolas.

Junte-os com o bacon e reserve.

Em outra frigideira, doure os champignons com um pouco de manteiga e uma pitada de sal e também reserve.

Quando a carne estiver pronta, coe o molho para finalizar e retire o bouquet garni.

Coloque os pedaços de galo no centro de uma travessa e cubra com o molho e os champignons. Ao lado, ficam as cebolas caramelizadas.

Cozinhe batatas na água e sal e sirva junto ao prato.


Indicação do chef

Para harmonizar com o prato, o chef Felipe Oliveira Carioni indica dois vinhos, ambos do tipo tinto seco: o francês Château Parcand, da safra 2008, e o italiano Borgonero, da safra 2009. Fortes e refinados, ambos intensificam o sabor da carne, marcada pela suavidade.



Comente aqui
15 ago10:40

Restituição do terceiro lote do Imposto de Renda pode ser sacada no banco

A Receita Federal libera no banco o dinheiro da restituição do terceiro lote do Imposto de Renda Pessoa Física 2012. A consulta está disponível na internet desde o último dia 8 no site da Receita. O contribuinte pode obter informações ainda por meio do Receitafone (146).

Foram creditadas restituições para 2.286.395 contribuintes, com correção de 3,06%. O lote inclui restituições que caíram na malha fina em 2011, 2010, 2009 e 2008. No total, serão depositados R$ 2,2 bilhões, dos quais R$ 2,134 bilhões se referem ao exercício de 2012.

Para o exercício de 2011 serão creditadas restituições para 16.051 contribuintes, com correção de 13,81%. Do lote de 2010, serão creditadas restituições para 7.664 contribuintes, corrigidas em 23,96%. Em relação ao lote residual de 2009, serão creditadas restituições para um total de 5.427 contribuintes, corrigidas em 32,42%.

No caso do de 2008, serão creditadas restituições para 2.582 contribuintes, com correção de 44,49%.

Se a restituição não for creditada no banco, o contribuinte poderá entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento da instituição por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (pessoas com deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
07 ago11:06

Receita abre amanhã consulta ao terceiro lote do Imposto de Renda 2012

A Receita Federal libera nesta quarta-feira, às 9h, a consulta terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2012. No lote, também há restituições que caíram na malha fina em 2011, 2010, 2009 e 2008.

O dinheiro será depositado no banco no próximo dia 15. No total, serão depositados R$ 2,2 bilhões, dos quais R$ 2,134 bilhões se referem ao exercício de 2012. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone (146).

Para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para 2.286.395 contribuintes, com correção de 3,06%. Para o exercício de 2011, serão creditadas restituições para 16.051, com correção de 13,81%.

Do lote de 2010, serão creditadas restituições para 7.664 contribuintes, corrigidas em 23,96%. Em relação ao lote residual de 2009, serão creditadas restituições para um total de 5.427 contribuintes, corrigidas em 32,42%. No caso do de 2008, serão creditadas restituições para 2.582 contribuintes, com correção de 44,49%.

Caso a restituição não seja creditada no banco, o contribuinte poderá entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento da instituição por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (pessoas com deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
04 ago15:14

Amanteigados para dar mais sabor ao chá

Em tempo de Olímpiadas, em Londres, que tal preparar biscoitos amanteigados, recheados com geleia de mirtilo, para servir acompanhados de uma deliciosa xícara de chá? A receita é muito fácil, e você optar também por geleia de laranja, bergamota ou damasco, que combinam muito bem.



AMANTEIGADOS RECHEADOS

200g de manteiga em temperatura ambiente

1 xícara de açúcar

4 xícaras de farinha de trigo

1 ovo

1/2 colher (chá) de essência de baunilha

1/2 colher (chá) de fermento em pó

geleia de mirtilo

açúcar de confeiteiro


Modo de fazer

1. Misture a manteiga com o açúcar até que fique homogêneo.

2. Junte o ovo e a essência de baunilha e misture.

3. Peneire a farinha com o fermento em pó e junte à mistura anterior, amassando delicadamente.

4. Leve à geladeira por cerca de 20min.

5. Abra com a ajuda de um rolo na espessura de 0,5cm.

6. Com a ajuda de cortadores, corte pequenos círculos.

7. Leve ao forno preaquecido, a 180 graus, por 10min ou até que a base comece a dourar.

8. Deixe esfriar.

9. Recheie com a geleia de mirtilo e cubra com outro biscoito.

10. Polvilhe com açúcar de confeiteiro.


GASTRONOMIA ZH



Comente aqui
29 jun17:05

Sabores do Oeste: Escondidinho de Costela Suína Defumada e Lombo Suíno

Escondidinho de Costela Suína Defumada e Lombo Suíno


Ingredientes:

• 500g de costela suína defumada Aurora

• 300g de Lombo suíno Aurora em cubos pequenos

• 280g de creme de leite pasteurizado (Nata) Aurora

• 1Kg de mandioca descascada

• 1 cebola média picada

• 3 dentes de alho amassados

• ½ pimentão vermelho picado

• 2 tomates picados

• 4 colheres (sopa) de manteiga

• Queijo parmesão a gosto

• Sal e pimenta do reino a gosto



Modo de Preparo

Purê de mandioca: Cozinhe as mandiocas em uma panela de pressão, com água quente suficiente, até ficarem bem macias. Passe as mandiocas no processador até obter um purê cremoso e reserve. Em uma panela, derreta 3 colheres (sopa) de manteiga. Adicione a mandioca processada, o creme de leite, o sal e a pimenta. Misture até deixar o purê homogêneo. Reserve.


Recheio de carne: Em uma panela de pressão com água suficiente, cozinhe por aproximadamente 20 minutos, após o início da fervura, a costela suína defumada. Retire a costela suína da água, desfie a carne e reserve. Em uma panela, adicione o restante da manteiga e doure a cebola. Quando a cebola estiver levemente dourada, adicione os cubos de lombo e o alho, frite até dourar. Após, tempere com sal e pimenta e deixe refogar. Se necessário, adicione água aos poucos até completar o cozimento e a carne ficar macia. No final adicione o pimentão, o tomate e a costela suína desfiada. Corrigir o sal e a pimenta a gosto.


Montagem do prato

Em um refratário adicione o recheio de carne e após distribua do purê de mandioca. Polvilhe sobre o purê de mandioca o queijo e leve ao forno pré-aquecido (180°C) até gratinar.

Tempo: 50 min

Rendimento: 6 pessoas


Comente aqui
29 jun14:13

Sabores do Oeste: Risoto Gran Mestri

Risoto Gran Mestri


Caldo de legumes

150g de manteiga clarificada

30ml de azeite de oliva

1kg de cebola

01un de alho poró

500g de cenoura

500g de salsão

1/2 maço de salsinha

04 ramos de tomilho

04 folhas de louro

01 cabeça de louro

15g de erva doce

01 cabeça de alho

4l de água


Higienizar os legumes e as ervas

Picar os legumes em pequenos cubos de 0,5c

Aquecer a panela e acrescentar o azeite de oliva e a manteiga

Refogar o salsão e o alho poró em seguida a cenoura e por último suar a cebola

Acrescentar a água, folhas de louro e a cabeça de alho com casca

Deixar em fogo brando por uma hora e quinze minutos

Acrescentar as ervas aromáticas e deixar ferver até completar uma hora e meia

Coar o caldo e reservar



Risoto

70g de manteiga

15ml de azeite de oliva

250g de nata

1/2 maço de manjericão(usar apenas as folhas)

200g de queijo GRAN MESTRI ralado

500g de arroz arbóreo

01 folha de louro

100g de cebola

100g de salsão

300ml de vinho branco sauvignon blanc


Picar a cebola e o salsão em cubos de 1mm

Aquecer a panela e acrescentar a manteiga e o azeite de oliva

Refogar o salsão, em seguida a cebola

Acrescentar o arroz arbóreo e refogar até o grão ficar transparente

Acrescer o vinho branco, falha de louro e deixar que evapore

Sempre mexendo, colocar o caldo de legumes e cozinhar até o ponto um ponto antes do Al Dente aproximadamente 16 minutos

Para finalizar, acrescentar o queijo Gran Mestri, nata e as folhas de manjericão

Servir o risoto al dente

Importante: Em todo o processo do cozimento do arroz arbóreo, sempre mexer pra obter cremosidade

Receita exclusiva Gran Mestri

Testada e Aprovada pelo Chef Isaac Felix, Restaurante Ninja Lounge Sushi Chapecó

Rendimento 4 pessoas


Comente aqui
29 jun12:02

Sabores do Oeste: Lombinho a Porto Alegre

Desmistificar e quebrar tabus. Isso é o grande desafio da carne suína. O consumo dessa carne ainda é considerado baixo no Brasil, principalmente, por causa dos mitos.

Antigamente os suínos eram criados em chiqueiros, com pouca higiene e cuidados na alimentação. Mas nos últimos 40 anos, foram realizadas inúmeras melhorias genéticas e tecnológicas, que deixaram a carne suína com 53% menos gordura. Hoje toda a produção passa por controle sanitário, os locais de criação dos animais são limpos e inspecionados e a alimentação dos animais é todo com ração própria para eles. Essas informações são da nutricionista e gerente do Restaurante Superalfa de Chapecó, Patrícia Rewell Garcia.

Segundo ela, no Brasil a carne suína é pouco consumida mas em países da Europa, o consumo é grande. Com relação ao custo, a nutricionista comenta que o preço é considerado mais barato em comparações com as carnes de frango e gado. A nutricionista destaca que é preciso sair do tradicional, não consumir somente o torresmo e os embutidos, tem inúmeras outras formas de preparo.

- A carne suína pode ser assada e cozida, usada até mesmo para recheio e em carne ao molho – explicou.

Patrícia destaca que 70% da gordura na carne suína fica embaixo da pele e é bem fácil para ser retirada. – Só para citar um exemplo, a carne suína, quando a gordura é retirada e a carne é bem preparada ela fica com menos gordura e colesterol até mesmo em comparação com o peito de frango e a coxa sem pele – destacou.

A nutricionista comenta ainda sobre os benefícios da carne suína. Segundo ela, a carne tem proteínas de alto valor biológico, facilmente absorvidas pelo organismo; potássio, selênio, vitaminas do complexo B e ferro.

- A carne suína é muito importante para as crianças, na fase de crescimento, inclusive ela está sendo incorporada a merenda escolar – destacou.

A dica da nutricionista é incluir mais a carne de suíno na alimentação diária. – A única orientação é usar cortes mais magros, retirar a camada de gordura que fica sobre a carne e utilizar temperos naturais para o preparado da carne – enfatizou.


Dicas de temperos para carne suína:

Alecrim, Manjericão, Osmarim, Cebola, Alho.

A orientação é usar pouco sal. Além de não fazer bem à saúde, o sal pode deixar a carne pouco suculenta.

Acompanhamentos para carne suína:

Salada, farofa e frutas diversas.



Receita: Lombinho a Porto Alegre

Ingredientes:

• Uma peça de lombo suíno de aproximadamente 2kg;

• Alho, alecrim, sal à gosto;

• Vinho branco seco – 1 copo (300ml);

• 1 lata de abacaxi em calda;

• Palmito picado 300gr;

• Cereja 200gr;

• Amido de milho- uma colher de sopa


Modo de Fazer:

Tempere o lombo suíno com uma mistura de alho, alecrim e sal (à gosto) e um copo de vinho branco (300ml).

Deixe repousar por aproximadamente 3 horas.

Após devidamente temperado, coloque para assar por aprox. 40 minutos (até atingir um tom dourado).

Fatiar o lombo, colocar em um recipiente e reservar.


Molho:

Coloque a calda do abacaxi em uma panela e deixe ferver por aprox. 10 minutos e então misture o abacaxi, palmito e cereja picados.

Engrosse este molho com uma colher de sopa de amido de milho.

Derrame o molho sobre as fatias do lombo suíno.


Fonte: Relatec Comunicação


Comente aqui
15 jun10:04

Receita libera hoje primeiro lote do ano de restituição do Imposto de Renda

Já está disponível a partir de hoje o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda declarado neste ano. Serão R$ 2,4 bilhões devolvidos a 1,84 milhão de contribuintes, a maioria idosos.

No mesmo lote, outros R$ 100 milhões serão pagos referentes a lotes residuais de 2008, 2009, 2010 e 2011. Somados a esses contribuintes, a Receita irá liberar 1.885.524 declarações e R$ 2,5 bilhões, o maior valor da história.

A consulta ao lote pode ser feita no site da Receita Federal (www.receita.gov.br) ou pelo telefone 146.

O dinheiro será depositado na conta informada na declaração. Caso não seja creditado, o contribuinte pode procurar qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a central de atendimento da Receita, nos telefones 4004-0001 (nas capitais) ou 0800-729-0001 (nas demais cidades). Deficientes auditivos devem ligar para 0800-729-0088.

O dinheiro ficará disponível para retirada durante um ano. Se a restituição não for resgatada nesse período, o contribuinte terá que fazer o pedido pela internet, ou diretamente no e-Cac (centro virtual de atendimento ao contribuinte).


ZERO HORA



Comente aqui
29 mai18:09

Auditores da Receita Federal realizam mobilização nesta quarta-feira

Os auditores da Receita Federal realizam nesta quarta-feira, dia 30, um Dia de Mobilização. Segundo Daniel Silva Torres, presidente da Delegacia Sindical da Receita Federal, que abrange os municípios de Chapecó, Joaçaba, Lages e Dionísio Cerqueira, estão filiados a delegacia cerca de 80 pessoas, entre ativos e inativos, e destes, aproximadamente 60 auditores devem participar da mobilização.

- Não é uma greve, não vamos parar as atividades. Os auditores estarão na Receita, mas não estarão realizando sua atividade fim, e sim, irão aproveitar esse dia para estudar e se atualizar – comentou.

Torres destaca que uma das principais reinvindicações da categoria é a questão salarial. Segundo ele, essa questão surgiu ainda no ano de 2008. O governo federal concedeu aumento para a categoria, mas pagou em etapas, finalizando todo o pagamento apenas no ano de 2010. Depois disso, ainda no ano de 2010, a categoria começou uma nova rodada de negociações, e desde então, não tem resposta.

- A primeira etapa o governo cumpriu. Agora estamos querendo negociar o novo aumento, que no período já chega a 30,19% de perdas – destacou.

Ele enfatiza ainda que a categoria tem outras solicitações como a indenização por transporte, pois hoje os auditores usam veiculo próprio para a realização das fiscalizações; vale alimentação está com valores reduzidos e defasados; plano de carreira; segurança pessoal do fiscal; legislação para o porte de arma; e incentivo para os fiscais de fronteira.

Torres explica que no Dia da Mobilização, por exemplo, em Dionísio Cerqueira, haverá uma Operação Padrão. Segundo ele, no dia-a-dia da Aduana, nem todos os veículos que passam pelo local são fiscalizados pelos fiscais, pois a estrutura de pessoal é reduzida. – Na quarta-feira, dia da mobilização, todos os veículos serão vistoriados e verificados. Como o quadro de pessoal é reduzido, certamente haverá filas e transtornos – explicou.

De acordo com Marco Aurélio Nedel, auditor da Receita Federal de Chapecó, a mobilização serve para mostrar ao Governo Federal o descontentamento da categoria.

- Não queremos parar nossas atividades, pois sabemos dos prejuízos para o país, mas, por outro lado, esperamos uma resposta do governo – destacou.

Ele disse ainda que se a mobilização do dia 30 não apresentar resultados, nos dias 12 e 13 de junho haverá mais mobilização. – Se mesmo assim o governo não apresentar uma proposta, os auditores, a partir do dia 18 de junho, param por tempo indeterminado – finalizou.



Comente aqui