Reforma

26 jan09:00

Ecoparque recebe nove mil pessoas por dia

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Um dos poucos locais de caminhada de Chapecó, o Ecoparque, está praticamente lotado nesses dias de verão. Um levantamento da prefeitura indica que passam pelo local em média nove mil pessoas por dia, das 6 horas às 21 horas.

A reforma, que foi inaugurada há três meses, tornou o local mais atrativo. Foram criadas três pistas de caminhada, colocados aparelhos de ginástica, parquinho para as crianças, bancos e bebedouros. Foram investidos R$ 700 mil no local.

O bancário Simplício Zang tornou-se um dos freqüentadores do local, junto com a mulher, a filha e o filho. Muitas pessoas saem do trabalho e vão até o local praticar exercícios. E há também os que vão para levar as crianças ou sentar num dos bancos e tomar chimarrão.

Os freqüentadores elogiam a reforma mas há também algumas sugestões. Algumas mães reclamam que os balanços deveriam estar isolados para evitar acidentes e que o piso de cimento no parquinho não é adequado.

Os corredores reclamam que há pessoas andando com carrinhos na pista, o que atrapalha o exercício. Em alguns momentos também há muita gente na pista e há risco de esbarrar em alguém.

O grande movimento mostrou que a cidade tem demanda para um grande parque. O prefeito interino de Chapecó, Américo do Nascimento Júnior, disse que já determinou a instalação mais aparelhos de ginástica e a adequação do parque infantil. Ele estima que muitas pessoas que caminhavam na rua, foram para o Ecoparque após a revitalização do ambiente.

O executivo municipal está avaliando com o governo do Estado a possibilidade de cessão da área onde estão instaladas as cabanas dos oficiais da Polícia Militar, ao lado do parque. A área poderia ser permutada por outra do município, para ampliar o parque, mas mantendo o quartel do batalhão.A localização da área, próxima à avenida Getúlio Vargas, facilita o acesso. Quem sabe o local poderá ser o Central Park de Chapecó.




3 comentários
25 jan13:25

Retomada reforma da Getúlio Vargas em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Avenida Getúlio Vargas, espinha dorsal de Chapecó, está passando por melhorias. As obras de revitalização dos canteiros centrais, que iniciaram em abril do ano passado e foram suspensas no final de ano a pedido dos comerciantes, foram retomadas neste mês. Das dez quadras previstas pelo projeto, entre as ruas Uruguai e Sete de Setembro, quatro delas já foram concluídas. Em outras duas estão sendo retirados o piso antigo e preparada a base para os pisos de pavers, novos postes de iluminação, bancos e canteiros de flores.

Também estão sendo removidas árvores antigas, da espécie Legustro, e substituídas por árvores nativas, como a Sibipiruna. A largura dos canteiros, que é de oito metros, está sendo reduzida em 50 centímetros cada lado, para melhorar o fluxo da avenida.

- Estamos melhorando sem tirar a característica dos canteiros- explicou o prefeito em exercício, Américo do Nascimento Júnior. O investimento na reforma é de R$ 2,5 milhões e a obra está sendo executada pela empresa Engedix Soluções de Engenharia Ltda.

A maioria das pessoas parecem estar aprovando a mudança. –Está bem melhor, mais confortável- disse a auxiliar de produção Marinês dos Santos, que aproveitou um dos bancos novos para descansar com os filhos Miguel e Maiara, enquanto aguardava o marido.

As irmãs Demitriana e Jaqueline Mello, de Coronel Freitas, e que visitavam a cidade, também aproveitaram o bancos.

–Melhorou bastante- disse Demitriana.Elas só reclamaram que as novas árvores ainda davam pouca sombra, pois estavam pequenas.

O estudante Cleber Adílio da Silva também aprovou as mudanças. Ele gosta de ir na avenida para tomar chimarrão e comer pipoca. Outro estudante, Jonatas Correa, disse que a avenida está ficando mais bonita. E sugere que o fechamento definitivo do cruzamento da rua Guaporé, que foi fechado para reforma.

O prefeito em exercício Américo do Nascimento Júnior, disse que muitos moradores estão sugerindo este fechamento, que está sendo analisado pela prefeitura.

–Estamos estudando o tráfego- disse Nascimento.

Em relação às árvores ele afirmou que é necessário esperar as árvores crescerem. Mas, se for necessário, podem ser plantadas mais.



1 comentário
07 dez14:36

Incra/SC notifica famílias por irregularidades em assentamentos

Para coibir irregularidades decorrentes da compra e venda de lotes da reforma agrária, o Incra de Santa Catarina efetuou a notificação de reintegração de posse de mais 20 famílias que ocupam irregularmente lotes em nove assentamentos do município de Abelardo Luz, região Oeste do estado. A ação, realizada nos dias 25 e 26 de novembro, ocorreu no mesmo dia em que o Incra lançou a campanha publicitária Reforma Agrária. Essa conquista não está à venda, que será veiculada durante o mês de dezembro nas TVs, revistas e rádios de todo o país.

O ouvidor agrário do Incra/SC, Fernando Souza, responsável pela coordenação da ação, informou que as notificações têm o objetivo de moralizar os assentamentos e reforçar a política de reforma agrária como uma política sustentável, beneficiando agricultores familiares com perfil de trabalhadores rurais. – Além disso, as notificações servem para prevenir os conflitos e manter a paz no campo – afirmou.

A ação foi realizada com apoio da Grupo Tático da Polícia Militar de Xanxerê, que efetuou o acompanhamento preventivo e a logística para entrega das notificações. Segundo Souza, nos dois dias de ação, a intenção era notificar 80 famílias residentes irregularmente nos assentamentos, mas muitas não estavam no local ou fugiram, resultando em apenas 20 notificações.


Ação continuada

Em Santa Catarina, a reintegração de lotes por irregularidade é uma ação continuada. Segundo o superintendente do Incra/SC, João Paulo Strapazzon, as medidas para coibir e penalizar ações dessa natureza são deflagradas desde 2003, e a ação ocorrida no final do mês passado é apenas a sequência de uma atividade que visa garantir a ordem nos assentamentos.

As ações de notificação e reintegração dos lotes serão estendidas a todos os assentamentos catarinenses que possuam irregularidades, como compra e venda, troca e arrendamento de terras destinadas à reforma agrária.


Fonte: Incra

Comente aqui
17 nov18:06

Seara preocupada com a educação

Mais qualidade de vida e melhoria no ensino dos alunos searaenses. Pensando assim, a Administração Municipal de Seara através da Secretaria da Educação, investiu R$146.294,21 em reforma da Escola Núcleo Deolindo Zílio. No local foram feitas a ampliação da biblioteca, reforma completa do centro esportivo, refeitório e cozinha, construção da central da merenda escolar e sala para orientadora, pintura externa e interna do prédio e colocação de cercado com portão eletrônico e interfone.

A Prefeita Laci Grigolo destaca que a educação das crianças e jovens searaenses sempre foi uma preocupação.

- Mais uma escola reformada que entregamos para a comunidade. Os alunos, professores e a comunidade podem usufruir desse espaço, com melhores condições de atendimento e bem-estar. Queremos manter o padrão de qualidade que já temos no campo pedagógico. Para o ano que vem, está prevista a reforma do Centro Educacional Infantil Dona Ilse – disse a prefeita.

A Secretária da Educação Rosana Tocheto Petry enfatiza que, com a reforma da Escola Núcleo Deolindo Zílio, já foram investidos mais de R$ 430 mil em melhorias das escolas municipais.

- Pensando na segurança dos alunos, cercamos a escola e colocamos também, portão eletrônico com interfone, para que os pais se sintam seguros em deixar os filhos na escola. Entendemos que, com ambiente adequado, o processo de aprendizagem dos alunos é muito maior e os professores também são beneficiados com estrutura física apropriada para um ensino de qualidade – comentou.


Comente aqui
29 ago09:33

Parque da Efapi em obras

O Parque de Exposições Tancredo Neves foi fechado na quinta-feira, 25, reabre somente no dia sete de outubro, na solenidade de abertura da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – EFAPI 2011.

De acordo com a MB Comunicação, nesse período, uma força tarefa de 200 homens trabalhará em regime de tempo integral para concluir todas as obras, serviços, reformas e readequações necessárias a preparação do evento que receberá mais de meio milhão de visitantes.

Ao anunciar a decisão de fechar o parque, o coordenador geral e secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcio Ernani Sander, destacou que, agora, inicia a contagem regressiva para o início da maior feira-exposição-festa multissetorial do sul do Brasil.

A partir desta semana, Marcio comandará duas reuniões executivas semanais com as equipes das secretarias municipais de Serviços Urbanos, Agricultura, Infraestrutura e Fundação do Meio Ambiente.

O coordenador assinalou que no período de agosto a outubro ficarão suspensas todas as atividades que não estejam relacionadas com a preparação da Efapi, inclusive a Cidade do Idoso, que funciona no interior do parque e estará em recesso por 60 dias.

A medida é necessária porque haverá uma grande movimentação de equipes, máquinas e veículos de apoio, especialmente nas áreas de exposição de animais, rodeio, sistema de segurança e iluminação, entre outros.

Três novos pavilhões estão sendo construídos no setor pecuário, com capacidade total para abrigar 1.000 animais, mediante investimentos da ordem de 1 milhão 250 mil reais. No pavilhão de bovinos serão investidos 544,9 mil reais, o de ovinos absorve recursos da ordem de 168,2 mil reais e o de equinos terá investimento de 538 mil reais.

O pavilhão de bovinos abrigará 400 animais e uma pista de julgamento, com 2.224 metros quadrados. O pavilhão de ovinos terá 509 metros quadrados, capacidade para 100 animais e área de comercialização para equipamentos agropecuários. O pavilhão para equinos contará com 1.615 metros quadrados, onde serão construídas 109 cocheiras.

EFAPI 2011

Programada para o período de 7 a 16 de outubro, no parque de exposições Tancredo Neves, em Chapecó, a Efapi reunirá 650 expositores e atrairá 520 mil visitantes. Os negócios devem ultrapassar 125 milhões de reais.

Comente aqui