Regional

30 jan09:29

Adolescente esfaqueia homem de 35 anos em rua de Chapecó nesta madrugada

Uma adolescente de 17 anos foi apreendida após esfaquear um homem na madrugada desta segunda-feira em Chapecó. Agressão ocorreu após uma briga entre os dois na avenida Getúlio Vargas, no bairro Passo dos Fortes.

Por volta das 2h30min, a Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima ferida caída na calçada. O homem apontou a adolescente como a responsável pela facada. A guarnição fez buscas na região e localizou a jovem, que teria confessado o crime aos policiais.

Ela também estava com a faca de aproximadamente 20cm de lâmina. A adolescente foi encaminhada para a delegacia e afirmou que a agressão ocorreu depois de uma desentendimento entre os dois, mas não deu mais detalhes. A vítima foi encaminhada pelos Bombeiros ao Hospital Regional de Chapecó.

O homem foi atendido no Hospital e liberado.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
27 jan10:16

Regional de São Miguel do Oeste vistoria obras nas escolas estaduais

O Gerente Regional de Educação, Moacir Martello, acompanhado do gerente de Infraestrutura, engenheiro civil, Fernando Roberto Vidor, realizaram nesta semana uma vistoria nas 17 unidades escolares que foram beneficiadas com o projeto de adequação nos itens acessibilidade e preventivo contra incêndio. As visitas ocorreram nesta quarta e quinta-feira. Ao todo, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 1,8 milhão e a previsão é de que o ano letivo inicie com mais de 50% das obras concluídas.

As obras, de acordo com o engenheiro civil, Fernando Vidor, estão em ritmo acelerado.

- Além dos trabalhos agilizados, os serviços e materiais são de qualidade, o que garantem segurança aos alunos e ainda a valorização do dinheiro público – declara Vidor lembrando que os diretores e demais servidores das escolas estão auxiliando na fiscalização das obras.

As unidades de ensino que receberam os projetos são: de São Miguel do Oeste: a EEB Alberico Azevedo, a EEB Jaldyr Bhering da Silva, a EEB Santa Rita, o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), a EEB São João Batista, a EEB São Sebastião e o Centro de Educação Profissional Getúlio Vargas; de Paraíso: a EEB Adolfo Silveira; de Bandeirante: a EEB Hélio Wassum; de Barra Bonita: a EEB Professora Cecília Lotin; de Guaraciaba: a EEB Julio Vicente de Pelegrin, a EEB Ouro Verde, a EEB Nereu de Oliveira Ramos e a EEB Sara Castelhano Kleinkauf; de Descanso: a EEB Everardo Backheuser e a EEB Itajubá e de Belmonte: a EEB Francisco Brasinha Dias.

As EEB São Miguel e Guilherme Missen de São Miguel do Oeste, não foram contempladas com os itens de acessibilidade e preventivo por estarem com os projetos de reforma geral encaminhados.


Comente aqui
25 jan15:40

Dia da solidariedade mobiliza Hospital Regional de São Miguel do Oeste

Em comemoração ao dia alusivo a solidariedade, comemorado no dia 31 de janeiro, o Grupo de Humanização do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, promove uma mobilização para arrecadar donativos para a Casa de Apoio.

Segundo a psicóloga hospitalar, Tatiane Peraça Duarte, será feita uma mobilização interna e externa, com o objetivo de arrecadar donativos para a Casa de Apoio. – Objetivo é ajudar quem está nos ajudando, a Casa de Apoio contribui muito para o Hospital, que atende 31 municípios de toda a região – salienta Tatiane.

O Hospital Regional contará com dois pontos de coleta, um na recepção do Pronto Socorro e outro na recepção da Internação. As doações podem ser feitas até o dia 31.

De acordo com a coordenadora da entidade, Rozélia Rita Belló de Siqueira, a Casa de Apoio necessita, no momento, de produtos como, óleo, açúcar, vinagre, bolachas, fermento, sabão, sabonete, papel higiênico, amido de milho, café e chá.

Casa de Apoio

Fundada com o objetivo de acolher pacientes e acompanhantes de pacientes internados para tratamento no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, está localizada no bairro São Gotardo, a 300 metros do Hospital Regional.

Alugada pelo Instituto Terezinha Gaio Basso, tem capacidade para abrigar 27 pessoas, sendo 12 leitos para homens e 15 para mulheres.

A Casa de Apoio oferece serviço gratuito de atendimento à população regional e no ano de 2011 atendeu 238 pessoas de diversos municípios dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, e Mato Grosso do Sul.


Comente aqui
19 jan12:34

Homem é preso com drogas e armas em Chapecó

A Divisão de Investigação Criminal da Polícia Civil e a 3ª Delegacia de Polícia, prendeu em flagrante Sebastião Reni Brisola Tatin, vulgo “Cavalo”, de 46 anos. A prisão foi na tarde desta quarta-feira, dia 18, na Grande Efapi, em Chapecó. Sebastião foi preso pelos crimes de tráfico de drogas e porte e posse ilegal de arma de fogo com numeração raspada.

Durante um mês os policiais investigaram o caso. Tatin foi identificado por usuário e após monitoramento os policiais, coordenados pelo Delegado Marcio Marcelino, deram início, na tarde desta quarta-feira, aos trabalhos objetivando a prisão em flagrante do Investigado.

Por volta das 19h, com apoio da Polícia Militar, PPT e Canil de Chapecó, foi deflagrada a Operação. Tatin estava em casa na Grande Efapi. Com ele foi apreendido 5 Kg de maconha, 35 gramas de cocaína, balança de precisão e uma arma de fogo, com numeração suprimida.

Segundo informações da Polícia Civil, a Maconha renderia, depois de fracionada, aproximadamente R$ 5 mil e a cocaína, aproximadamente R$ 3,5 mil.

Após a prisão em flagrante o homem foi conduzido para a Central de Polícia para a lavratura do Flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e porte/posse ilegal de arma com numeração raspada/suprimida. Tatin foi encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó e encontra-se a disposição da Justiça.

A Polícia Civil continua com os trabalhos de investigação e conta com o apoio da comunidade local, que ao ter conhecimento de qualquer atividade ilícita ou que venha a gerar suspeita, de pronto pode denunciar anonimamente pelo telefone 181, o disque-denúncia da Polícia Civil.


Comente aqui
18 jan10:11

Confirmada construção de nova escola na Regional de Dionísio Cerqueira

O secretário regional em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, teve a confirmação oficial da construção da nova sede da Escola de Educação Básica Theoduretto Carlos Faria Soutto, em Dionísio Cerqueira.

Zanella explica que a obra será exatamente igual a construída em Guarujá do Sul na nova sede da EEB Elza Mancelos de Moura. – O novo Colégio Theoduretto vai seguir o modelo adotado pelo Governo do Estado e que está em construção em Guarujá do Sul, na sede da Escola Elza Mancelos – disse.

Secretário da Educação, Marco Tebaldi (E), secretário regional em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, Gerente de Operações da SED, Eutides Tavares e o Diretor de Infraestrutura da SED, Waldir Sovernigo.

Estão previstas pelo Governo construções de 32 unidades para Santa Catarina. Nesta primeira etapa foram 16 liberadas e a Regional de Dionísio Cerqueira foi contemplada com duas novas escolas.

A nova sede da Escola Theoduretto Carlos Faria Soutto terá aproximadamente 6 mil m² de área construída, com auditório, laboratório, refeitório, salas de aula amplas e ginásio de esportes. Zanella pontua que a obra será edificada ao lado do ginásio de esportes de Dionísio Cerqueira, junto ao complexo esportivo. Estão previstos investimentos do Governo de Santa Catarina de cerca de R$ 6 milhões nesta nova escola.


Comente aqui
16 jan14:27

Hospital Regional de São Miguel do Oeste disponibiliza vagas para Técnico em laboratório

O Hospital Regional do Extremo Oeste Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, possui vagas abertas para Técnico em laboratório.

Interessados devem deixar o currículo, na recepção da administração do Hospital, até o dia 25 de janeiro ou encaminhar para o e-mail: juliana@hospitalregionalsaocamilo.org.


Comente aqui
16 jan14:24

Hospital Regional de Chapecó recebe equipamentos

A aquisição de uma lavadora ultrassônica e a adoção do Ácido Peracético pelo Centro de Materiais e Esterilização (CME) do Hospital Regional do Oeste resulta em economia, rapidez, qualidade e menor risco de infecções. A infor-mação é da enfermeira-chefe do setor Aline Foresti.

O Hospital Regional substituiu o Hipoclorito de Sódio pelo Ácido Peracético para a desinfecção de artigos como plásticos, PVC, silicones, látex, máscaras de inalação, respiradores e cânulas, geralmente desgastados pelo hipoclorito, forçando substituição frequente e permanente. – A substância combate espo-ros e bactérias e vírus (incluindo HBV e HIV) e conta com boa compatibilidade com materiais, promovendo maior durabilidade – explica Aline.

Outras vantagens: o Ácido Paracético não descolore, não mancha e ou cor-rói tecidos, os maiores problemas do HRO em termos de reposição de roupas e campos (panos em procedimentos cirúrgicos). Segue as boas práticas ambientais defendidas pela instituição em diversos programas internos: é biodegradável, não necessita de qualquer tratamento de resíduos ao ser desprezado após o uso. O produto final é água e oxigênio, portanto compatível com o meio ambiente. Todo resíduo é removido após o enxágüe. Por fim, conta com o aval da respeitada Sociedade Alemã de Higiene e Microbiologia (DGHM).

Para facilitar o trabalho de preparo já vem equipado para garantir a precisão na diluição. Possui um dosador DS1, diluidor eletrônico com controle automático de dosagem, desenvolvido especialmente para trabalhar com este tipo de produto. Tecnicamente: O DS1 tem a capacidade de produzir o produto pronto, automaticamente, a partir de água mais o químico (ácido peracético) na concentração selecionada 0,5% ou 1%, conforme necessidade. O sistema conta com sensores de dosagem que monitoram continuamente a concentra-ção da solução produzida, certificando assim que o usuário não terá um produto pronto uso com percentual de diluição diferente do selecionado. Caso acabe o galão de solução concentrada ou ocorra algum outro problema, os sensores acusam imediatamente e o processo é interrompido automaticamente, evitando a produção de uma solução com dosagens diferentes da solucionada. Portanto, é um sistema confiável e extremamente seguro para diluição.


Lavadora ultrassônica aperfeiçoa processo de higienização

A adoção da lavadora ultrassônica – adquirida pelo HRO – aperfeiçoa o pro-cesso de higienização, explica Aline Foresti. O equipamento automatiza a higienização dos materiais. Depois de pré-lavagem os instrumentais seguem para a lavadora, equipada com um sistema de cavitação – ondas com pressões altas e baixas. Milhões de bolhas minúsculas produzidas por ultrassom retiram toda a matéria orgânica depositada.

Na lavadora comum, o processo de limpeza através de escovação manual não atingia todos os pontos dos instrumentos como ocorre através do ultras-som. Uma pinça, por exemplo, possui uma cremalheira, tem a parte distal, a parte de envergadura, locais onde a escovação não atinge. A lavadora ultras-sônica permite a limpeza profunda.

A lavadora com ultrassom aperfeiçoa os recursos, protege o colaborador – pois não precisa entrar em contato direto com o instrumental – e diminui os custos. No processo manual, há necessidade de escova, uso do movimento – repetitivo -, e maior quantidade de detergente. – Hoje, em 10 minutos dispomos do equipamento limpo, sem contato manual. A qualidade é ímpar. E, ainda podemos validar o processo de limpeza – saber exatamente os pontos atingidos pelo ultrassom, garantindo, assim, qualidade, eficácia e eficiência – resume a coordenadora do Centro de Materiais e Esterilização, Aline Foresti.


Comente aqui
11 jan15:41

Vagas para técnico em enfermagem no Hospital Regional de São Miguel do Oeste

O Hospital Regional do Extremo Oeste Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, possui vagas abertas para técnico em enfermagem.

Interessados devem deixar o currículo, na recepção da administração do Hospital, até o dia 20 de janeiro ou encaminhar para o e-mail: juliana@hospitalregionalsaocamilo.org.


Comente aqui
03 jan09:24

Obra de novo presídio está atrasada em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Enquanto o atual Presídio Regional de Chapecó, localizado no bairro Santa Maria, passou por um princípio de rebelião na virada do ano, o novo prédio está com as obras atrasadas em nove meses.

O diretor do Departamento de Administração Prisional do Estado, Leandro Antonio Soares Lima, esteve ontem em Chapecó avaliando o estrago nas celas. Quatro celas ficaram inutilizadas, pois os presos quebraram as portas, e duas foram danificadas. Lima negou que tivesse ocorrido queima de colchões, conforme relatório da Polícia Militar. E tentou amenizar o ocorrido. No entanto foram chamados reforços de agentes e policiais de Xanxerê e Concórdia. Além disso houve uso de armamento não letal e bombas de efeito moral para controlar os distúrbios. Vizinhos disse que nunca ouviram tantos gritos.


Diretor do DEAP, Leandro Lima, vistoriou os danos causados nas celas pelo princípio de rebelião.


Foram transferidos 33 presos para presídios e penitenciárias da região. O local estava com 375 detentos, para uma capacidade de 150. Lima reconheceu que a situação da unidade de Chapecó é grave, mas ressaltou que há outros presídios em situação problemática no Estado. Disse que Santa Catarina tem uma população carcerária de 17 mil pessoas e há um déficit de quase sete mil vagas. A intenção do Estado é disponibilizar 1,5 mil novas vagas em 2012. Nos próximos 15 dias serão entregues a Penitenciária de Itajaí, com 365 vagas, e duas unidades de regime semiaberto, uma em Joinville, com 180 vagas, outra em Itajaí, com 120 vagas. Também em janeiro será inaugurada uma unidade prisional para 25 pessoas em São José do Cedro.

Chapecó deverá ter um aumento na segurança máxima da Penitenciária Agrícola, até o final do ano.

Além disso o diretor disse que vai buscar medidas mais enérgicas para a conclusão do novo presídio regional, que está sendo construído na área da penitenciária, e que deveria ter sido concluído em março do ano passado. Ele cogita até ação judicial. –É uma irresponsabilidade da empresa pois poderia ter ocorrido algo grave no presídio de Chapecó- argumentou.

No entanto o engenheiro da Construtora Oliveira responsável pela obra, Edson Markus, disse que o trabalho só não foi concluído porque o repasse mensal do Estado oscila entre R$ 300 mil e R$ 500 mil, insuficiente para acelerar os trabalhos. –O repasse está em dia mas nós produzimos conforme vamos ganhar- disse o engenheiro. Da obra de R$ 8 milhões, que terá 352 vagas, já foi concluído cerca de 80%. O engenheiro estima que a obra será entregue somente na metade do ano.



Comente aqui
27 dez10:46

Capotamento deixa homem ferido em Chapecó

O carro placas de Chapecó vinha pela rua Marechal Floriano Peixoto quando o motorista perdeu o controle do veículo e caiu em um barranco no Bairro São Pedro em Chapecó.

- Só vi o vulto do veículo passando em frente da base e um barulho – contou soldado da Polícia Militar Cleimar Zandonai.

O condutor do veículo Miguel Colombo, 47 anos, teve ferimentos nas costas e braços. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Chapecó.

Segundo moradores são comuns ocorrem acidentes neste local. Eles vão reivindicar por uma lombada na via.


Comente aqui