Regional

27 out16:51

HRO completa 25 anos

O Hospital Regional do Oeste – HRO completa no mês de outubro, 25 anos. Para marcar a data, na sexta-feira, dia 28, às 15h30min, no estacionamento da Administração, acontece um Culto Ecumênico alusivo aos 25 anos de fundação do HRO.

Atualmente o HRO atende 120 municípios da região oeste catarinense e dos estados do Paraná e Rio Grande do Sul, englobando cerca de 2.000.000 pessoas. Entre janeiro e setembro de 2011, foram realizados mais de 100 mil atendimentos no Pronto Socorro do hospital, em média 11.300 pessoas por mês. No mesmo período foram internadas 15.416 e foram realizados mais de 140 mil exames laboratoriais.


História

A construção do Hospital Regional iniciou em fevereiro de 1982. Sua inauguração ocorreu em 30 de outubro de 1986, com funcionamento inicial de 60 leitos. A administração foi transmitida pelo então governador do Estado Esperidião Amin no seu primeiro mandato, ao Padre Niversindo Querubim, representando a Beneficência Camiliana do Sul. Consta nos registros do Hospital que o Prefeito da época era Ledônio Migliorini e o Primeiro Diretor Clínico o médico José Aymone Neto. Assumiu o cargo de Diretor Geral Cleber José do Nascimento, no período de 1986 à 1989, após o cargo foi repassado para Sebastião Neres, até o ano de 1990.

A transferência administrativa para a Sociedade Beneficente Lar da Fra-ternidade (SBLF), ocorreu em 27 de agosto de 1990. A SBLF foi reconhecida como de utilidade pública em 30 de abril de 1993. Conforme os estatutos soci-ais consolidados, a SBLF constitui-se como sociedade civil fundada em 24 de maio de 1971, com prazo de duração indeterminado, visando o benefício da comunidade, através de prática filantrópica, sem fins lucrativos.

Em 12 de outubro de 1997 o Governo do Estado de SC, criou o Conselho de Administração do Hospital Lenoir Vargas Ferreira. Este era presidido pelo Se-cretário Adjunto da Saúde.

O Conselho foi composto pelos seguintes membros: 3 representantes do SES (Secretaria Estadual da Saúde), 3 representantes do Corpo Clínico do Hospital, 3 representantes dos Funcionários e um representante de cada micro-região.

Esse Conselho desenvolveu uma análise do Perfil Técnico Administrativo do Hospital, concluído em novembro de 1997, com o objetivo de adequar de fato o HRO, como referência Regional do Oeste. Uma vez concluídas as análises o Conselho iniciou a transição da Sociedade Beneficente Lar da Fraternidade para o Consórcio Regional de Municípios.

O Consórcio Regional de Saúde do Hospital Lenoir Vargas Ferreira passou a administrar o Hospital Regional do Oeste (HRO), já com a nova denominação, em primeiro de janeiro de 1998. Possui reconhecimento como de utilidade pública, conforme Lei nº 3796 de 04 de dezembro de 1997, inscrição no CGC 02.122.913/0001-06. Atualmente, o HRO é administrado pela Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira.


Comente aqui
17 out18:04

Grave acidente na BR 282

A ocorrência foi às 13h10 desta segunda-feira, na BR 282, próximo ao condomínio Espelho das Águas em Chapecó.

Adão Maris, 59 anos, motorista do veículo foi encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Chapecó. O condutor do caminhão saiu ileso.

Adão foi atendido e está internado no Hospital. Segundo informações da Instituição ele passa bem.




1 comentário
11 out17:16

Pacientes laringectomizados

Equipe médica vem realizando encontros com grupo de pacientes laringectomizados totais, ou seja, que retiraram totalmente a laringe. Objetivo é prestar esclarecimentos e informações sobre convivência com uso de equipamento para fala, higiene, alimentação, convívio social entre outras, bem como troca experiências entre os pacientes.

O grupo de trabalho conta com participação multiprofissional como nutricionista, enfermeira, psicóloga, assistente social, bem como acadêmicos da área de saúde da Unochapecó.

Coordenam os trabalhos a fonoaudióloga, mestre em Distúrbios da Comunicação, Luciara Giacobe Steinmetz, e o médico Cirurgião de Cabeça e Pescoço, Marco Antonio Tesseroli que também é professor de Medicina na Unochapecó.

A fonoaudióloga Luciara, ressalta que a retirada total da laringe ocasiona perdas irreversíveis ao ser humano, e segundo ela, afetam as condições físicas, sociais e emocionais do paciente.

- A evidente mudança física ocasionada pela cirurgia, dificuldade de contato interpessoal e o preconceito devido à doença trazem problemas de diferentes ordens aos pacientes e seus familiares – disse.

Luciara destaca que a retomada das relações sociais fica limitada, principalmente pela ausência da voz. – A voz representa a identidade do indivíduo e sua perda pela retirada da laringe compromete a manifestação dos sentimentos, desejos e das características individuais – enfatiza.

O médico Marco Tesseroli explica que o principal objetivo do grupo é reconstruir as relações com o paciente, família e grupo social. Foram convidados para fazerem parte da equipe profissional, um psicólogo, uma nutricionista, uma enfermeira, uma acadêmica do curso de nutrição , uma do curso de enfermagem e duas acadêmicas do curso de medicina da Unochapecó.



Comente aqui
21 set10:30

2ª Conferência Regional de Juventude é realizada Chapecó

“Estado Forte, Juventude Presente”: este é o tema da 2ª Conferência Regional de Políticas Públicas de Juventude. O evento acontece nesta quarta na sala Welcy Canals, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes em Chapecó. A Secretária Nacional da Juventude, Severine Macedo, jovens dos municípios pertencentes às Secretarias de Desenvolvimento Regional de Chapecó e Quilombo, além de representantes do poder público, sociedade civil, movimentos sociais e organizações da juventude participam.

Entre os objetivos da Conferência está o fortalecimento da relação entre o Estado e a sociedade civil, para uma maior efetividade na formulação, execução e fiscalização da Política de Juventude; além de promover, qualificar e garantir a participação da sociedade, em especial dos jovens, na formulação e na fiscalização das políticas Públicas de Juventude; divulgar, debater e avaliar os parâmetros e as diretrizes da Política Nacional de Juventude; auxiliar os governos municipais, estadual e federal a ampliar e consolidar os conceitos de juventude junto aos diversos setores da sociedade; e colaborar e incentivar a associação de municípios e regiões em torno de planos e metas comuns para a população jovem.

A 2ª Conferência Regional de Políticas Públicas de Juventude desenvolverá em seus trabalhos os temas “Juventude: Democracia, Participação e Desenvolvimento Regional”, “Plano Nacional de Juventude: prioridades 2011-2015” e “Articulação e integração das políticas públicas de juventude”. Para melhor discussão, os temas serão divididos em seis grupos com cinco eixos temáticos. O Eixo 1: trabalhará o Direito ao Desenvolvimento Integral: educação, trabalho, cultura e comunicação; o Eixo 2: Direito ao Território: cidade, campo, transporte, meio ambiente; o Eixo 2.1: Comunidades tradicionais; o Eixo 3: Direito à experimentação e qualidade de vida: saúde, esporte, lazer e tempo livre; o Eixo 4: Direito à diversidade e à vida segura: segurança, valorização e respeito à diversidade e direitos humanos; e o Eixo 5: Direito à participação.

A 2ª Conferência Regional de Políticas Públicas de Juventude está sob a coordenação geral das SDR´s de Chapecó e Quilombo, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Instituto de Desenvolvimento Regional – SAGA, Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc) e representantes das organizações da Juventude.

Programação

Às 8h, será realizada a recepção e credenciamento e às 8h30, ocorre à abertura oficial do evento. Às 9h, será realizada a leitura do regimento interno e às 9h15 ocorre a primeira palestra que será ministrada pelo secretário municipal de Articulação Institucional de Chapecó, Luciano Buligon, que abordará o tema “Direito de participação e desenvolvimento territorial”. Já às 10h, a Secretária Nacional da Juventude, Severine Macedo, falará sobre o tema “Estado Forte, Juventude Presente”. Às 11h, ocorre o debate e às 11h30, a organização dos grupos temáticos. À tarde, às 13h30, serão realizados os trabalhos em grupo e às 15h, a Plenária. Às 15h45, ocorrerá a eleição dos Delegados e às 16h30 o encerramento.


Comente aqui
08 set16:58

Concórdia é campeã regional da Olesc

A conquista do título do futsal masculino e o segundo lugar no feminino garantiram a Concórdia 31 pontos na competição. A cidade consagrou-se campeã geral da etapa regional Oeste da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) em Palma Sola.

O evento promovido pela Fesporte com apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira e da prefeitura de Palma Sola, reuniu de dois a sete de setembro, mais de 800 atletas entre 13 e 16 anos. Trinta e três municípios da região oeste participaram.


Seara ficou em segundo no geral com 26 pontos. Na terceira colocação terminou Xanxerê com 20 pontos; em quarto, Pinhalzinho com 19 e na quinta colocação, Saudades, com 18.


Todas as modalidades classificam os três primeiros colocados, com exceção do futsal, para o estadual da Olesc. Isso porque Chapecó, além de estar pré-classificado para o estadual, também é a cidade-sede do evento.


Os classificados da região Oeste para a etapa estadual:

Futsal masculino – Concórdia, Coronel Freitas, Dionísio Cerqueira e Romelândia

Futsal feminino – Xaxim, Concórdia, Maravilha e Pinhalzinho

Handebol masculino – Seara, São José do Cedro e Saudades

Handebol feminino – Seara, Concórdia e Xanxerê

Vôlei masculino – Pinhalzinho, Xanxerê e Saudades

Vôlei feminino – Guaraciaba, Saudades e Xanxerê


Os jogos da 11ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) acontecem de 25 de outubro a dois de novembro em Chapecó. Mais de 4 mil atletas, entre 13 e 16 anos, 90 municípios de Santa Catarina devem participar.


Comente aqui
30 ago11:39

Homem é atingido por raio em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um homem foi atingido por um raio no Bairro Seminário, em Chapecó, na madrugada desta terça-feira. Francisco Manfrina Jr., 29 anos, estava consciente e com hipotermia.

A vítima foi atendida pela equipe de socorro do Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Regional do Oeste. Após avaliação médica ele foi liberado na manhã desta terça-feira.

O temporal com granizo e ventos fortes tem provocado estragos no Oeste. As cidades mais atingidas na região foram Irati e Formosa do Sul, que decretaram situação de emergência.

Comente aqui