Revista

08 out09:02

Chá com as palhaças Chapecoenses

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Assim como os ingleses ou a Alice do País das Maravilhas, que tem a hora do chá na história, as palhaças chapecoenses sentiram também a necessidade de ter um momento só para elas. Um dia para cuidar da beleza, trocar dicas de maquiagem e, o melhor, colocar as piadas em dia.

O primeiro encontro das palhaças acontece na sexta-feira, dia 19 de outubro, no Teatro do Sesc em Chapecó. E esse não será um simples encontro pois, você, que está lendo essa matéria, está mais do que convidado para junto delas participar de um momento único e especial.

As seis palhaças vão abrir a ‘casa’ para o público. Além da palhaça Barrica, interpretada por Michelle Silveira da Silva, responsável pelo encontro, vão estar em cena as palhaças Pafúncia (Manon Alves), Truffonilda (Tatiana Muskopf), Mikah Jieka (Inajá Neckel), Amarilha (Angela Marafon) e Kokero´s (Cláudia Castanho).

Elas vão apresentar pequenas esquetes e interagir com o público, de todas as idades. E se você quiser rir muito junte-se ao chá das palhaças. Neste primeiro encontro a mestre de cerimônias será Barrica. Personagem criada há 11 anos por Michelle que é professora do curso de clown da Fundação Cultural de Chapecó. As convidadas Truffonilda, Pafúncia e Amarilha são alunas do curso há três anos e atuam em peças com a ‘mestre’ pela cidade.

Completam o encontro Mikah Jieka, vivida há 9 anos pela diretora do Grupo de Teatro Expressão Universitária (GTEU) e Pafúncia, que há seis anos ganhou vida com a educadora e atriz da Companhia Cia de La Curva.


Palhaças de verdade

No dia será realizado também o lançamento da Revista Palhaçaria Feminina. A publicação organizada por Michelle, e que já foi lançada em Florianópolis, Recife e Brasília, apresenta um mosaico de palhaças de todo o Brasil.

Michelle conta que participava de encontros em vários estados do país e sentia a falta de um documento que apresentasse as palhaças mulheres.

- Elas estão conquistando espaço e sendo protagonistas – disse Michelle, se referindo ao mundo dos palhaços, até então dominado por homens.

Como não tinha recursos para fazer a publicação a primeira ideia foi de criar um blog (mulherespalhacas.blogspot.com.br) que fosse um ponto de encontro dessas mulheres.

- Criei o blog em 2009 e cada encontro ia conhecendo novas palhaças e fortalecendo a ideia – lembra Michele.

Agora, graças ao esforço e dedicação da atriz, a publicação se tornou realidade. São 36 páginas recheadas de fotos e textos de palhaças catarinenses, gaúchas, enfim, brasileiras. A publicação, toda produzida em Chapecó, poderá ser adquirida por R$ 10.

Nem bem a primeira edição saiu do forno e Michelle já fala empolgada da segunda edição.

- Estou a mil e em fase de produção – disse a sorridente Michelle. A nova edição contará com 52 páginas e será bilíngue, em português e inglês.

Para conhecer mais sobre as mulheres palhaças acesse o blog: mulherespalhacas.blogspot.com.br.



Serviço:

Encontro das Palhaças e Lançamento da Revista Palhaçaria Feminina

Data: 19/10

Horário: 20h

Local: Teatro do Sesc – Chapecó/SC

Entrada gratuita

Informações: miche.fix@hotmail.com ou no blog http://mulherespalhacas.blogspot.com.br


Comente aqui
25 ago14:27

Nova revista Donna é a primeira de uma série de novidades no Diário Catarinense

Ricardo Stefanelli, diretor de Redação

A revista Donna que o leitor recebe encartada nesta edição dominical traz na capa não apenas uma reportagem sobre como as mulheres estão aproveitando o seu tempo. Traz também a primeira de uma série de mudanças do Diário Catarinense, que se iniciam hoje e vão se estender pelas próximas semanas.

Este Diário da Redação Especial, deslocado excepcionalmente hoje para as páginas 4 e 5, pretende ajudar o leitor a se guiar em meio às reformulações.

Além de um projeto gráfico mais ousado e clean, a equipe capitaneada pelas editoras Angela Muniz, Laura Coutinho e Romí de Liz promove também transformações editoriais. Sai de forma definitivamente o caderno Donna. Entra a revista Donna.

As transformações começam pela capa, com papel cuchê, que confere mais qualidade de imagem à publicação. Além de conferir elegância editorial ao produto, o papel de melhor qualidade enobrece a visibilidade de nossos parceiros comerciais.

Depois de se debruçar sobre as pesquisas encomendadas para auxiliar as mudanças, a equipe — que inclui as áreas comercial, marketing e industrial da empresa — concluiu que a moda deveria ser soberana na nova publicação, pois trata-se de um desejo acentuado da mulher catarinense, o público-alvo da revista.

A moda estará pontuando, portanto, cada edição, seja com produções fotográficas ou em textos de colunistas específicas. Nas próximas edições, as leitoras vão ser apresentadas a estas novas colunistas, mas posso adiantar que se trata de nomes e rostos bem conhecidos.

Mas a nova revista não contemplará apenas moda. Comportamento será um dos carros-chefes do produto que entra em cartaz a partir de hoje, como comprova a reportagem de capa: pesquisa mostra como as mulheres estão cada vez mais habilidosas na arte de usar bem o tempo para vse sentir feliz, como ensina a publicitária Rosa Estrela, uma mulher multitarefas:

— Hoje me permito pequenos luxos que me fazem muito bem — diz, à página 14 do novo Donna.

Os homens também terão vez, já que a eles será reservado um espaço especial por edição, com matérias de… moda, comportamento e beleza, temas cada vez mais afeitos ao universo masculino.

Viaje conosco nesta nova jornada.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
23 jul12:05

Samicler Gonçalves lançou a décima edição do Cometa em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O desenhista e quadrinista Samicler Gonçalves, que desenha há 35 anos, lançou, dentro do projeto Unocultural 2012, a décima edição da revista em quadrinho Cometa. No evento foi apresentada também uma exposição com as 10 capas da publicação e desenhos originais do personagem.

Criado nos anos 80 o super-herói Cometa, que tem muitas das aventuras vividas em Florianópolis, só ganhou as páginas da revista em quadrinhos em 2004. Ano da publicação da primeira edição.

Samicler disse que o personagem surgiu numa tarde chuvosa de um sábado em 1985.

- Minha mãe passava roupa e eu desenhava em cima da máquina de costura dela – lembra o desenhista que queria fazer um personagem só dele.

O desenho ficou de lado até 1994, quando participou de um workshop de quadrinhos e decidiu usá-lo como treinamento para os desenhos.

A décima edição nem bem saiu do forno e Samicler já tem em mente como serão as aventuras das duas próximas edições.

- Uma delas pode ser ambientada em Chapecó – adiantou o desenhista. Ele disse ainda que deve usar aspectos e curiosidades da região na aventura.

A revista em quadrinho pode ser adquirida na escola de desenho de Samicler e nas bancas da cidade.

Em agosto a publicação será lançada em Curitiba e São Paulo.


Exposição Cometa

A mostra com as 10 capas da revista e alguns desenhos originais do personagem podem ser conferidas a partir desta segunda-feira, dia 23 de julho, no hall de entrada do supermercado Celeiro Superitália em Chapecó. Depois a exposição segue para o Shopping Pátio Chapecó.


Comente aqui
16 jul16:42

Copérdia está entre as melhores empresas do Brasil

A Revista Exame publicou o ranking das 1000 melhores e maiores empresas do Brasil em 2011 e a Copérdia é destaque em duas categorias. Na categoria “1000 Maiores em Vendas”, a Copérdia está na 871ª posição e na categoria “400 Maiores do Agronegócio”, a Copérdia está na posição 215ª.

Para o presidente da Copérdia, Valdemar Bordignon, o reconhecimento é fruto de um trabalho sério e competente, realizado pelo quadro de colaboradores, Conselhos e associados.

Este ano, no dia 5 de setembro, a Copérdia completa 45 anos. Uma história de conquistas, realizações e transformações foi construída ao longo dessas quatro décadas. – Novos projetos, negócios, expansão e diversificação em atividades, e, a busca constante pelo sucesso fizeram da Copérdia a cooperativa que é hoje – disse Valdemar.


Comente aqui
20 mar09:11

Núcleo de decoração de Chapecó lança publicação

A Associação Núcleo D promove nesta terça-feira, dia 20, o lançamento da Revista La Casa. Esta é a primeira edição publicada pela entidade e tem como objetivo divulgar projetos e trabalhos dos profissionais de engenharia, arquitetura e decoração.

A proposta de uma publicação própria surgiu há alguns meses, através do atual presidente Enio Zaro e a partir de então começaram os estudos e análises para o desenvolvimento do projeto gráfico. – Contratamos profissionais capacitados que se dedicaram a pesquisar a melhor maneira de divulgar os projetos dos profissionais de forma que cada trabalho fosse valorizado através de fotos e textos – explicou o presidente que disse ainda que a publicação não vem para competir com outras publicações, mas sim para ser um produto de divulgação dos trabalhos dos parceiros e do núcleo.

Além dos projetos dos profissionais que mais se destacaram na associação em 2011, a Revista La Casa apresenta produtos e serviços das empresas associadas ao Núcleo D. – Nosso objetivo com a La Casa é que a sociedade conheça os trabalhos dos profissionais da construção e decoração e os serviços que as 21 lojas do Núcleo D oferecem – disse a jornalista responsável Luciane do Valle.


Workshop: Gestão de projetos

Para marcar o lançamento da revista La Casa, a associação Núcleo D em parceria com a Uceff, traz o workshop “Gestão de Projetos”, com o consultor em Marketing e Administração, Paulo Guidalli. O profissional dirige desde 2001 o escritório Paulo Guidalli Marketing que desenvolve estratégias e planejamentos em Marketing para as áreas de arquitetura e design. Ingressos para o workshop podem ser adquiridos nas empresas do Núcleo D (www.nucleod.com.br), no valor de R$20. O evento acontece no Lang Palace Hotel e é direcionado para arquitetos, engenheiros e designer de interiores de Chapecó e Região.


Comente aqui
17 fev12:03

Derrapada ou cantada? Muitos romances não acontecem porque você não sabe chegar no alvo

Mauren Rigo | mauren.rigo@diario.com.br

Você avista um bonitão do outro lado do bar. Ele te encara. Você encara. Ele te encara de novo. Você dá um sorrisinho. “Ele, realmente, é o meu número”, você pensa. O moço se aproxima…

— E aí, gatinha! Quer borrar o batom?

— Como é que é? — você pergunta, pensando onde o garanhão teria escondido a educação.

— Eu quero saber se eu posso ficar com a menina mais gata desta festa. Imediatamente, você revida:

— Não! Claro que não!

— E com você, eu posso?

Tá bom, você pode até dar uma chance ao rapaz pela cantada infeliz e perdoá-lo pelo desaforo. Mas confesse: você escolheria esse cara para ser o pai dos seus filhos? Se ele já se apresentou desse jeito, imagine o repertório que o bonitão pode guardar na manga.

O que acontece é que cantada é uma questão de momento e de oportunidade. A frase pode ser batida ou soar sem graça. E aí, a garota-alvo precisa ser muito espirituosa para dar trela ou ter muita paciência para não mandar o moço catar coquinho.

Para a jovem Renata Hulse, 16 anos, uma cantada só vale se for interessante:

— Tem que ser algo assim: se você quer ficar comigo dê uma risadinha, se não quer, dê um mortal para trás.

Como um mortal pode ser arriscado, vale a pena conhecer um pouco mais o rapaz. Na maioria das vezes, o melhor é o simples “oi, tudo bem?”. A amiga de Renata, Antonella Possa Mai, 16, é adepta da aproximação tradicional e dá uma dica ao macharedo:

— Homens, por favor, não deem cantada!


>> Leia mais matérias da Revista de Verão


PODE ROLAR

Me chama de Alzheimer que eu te faço esquecer da hora.


— Oi, teu pai é dono do McDonald’s?

— Não, por quê?

— Porque eu amo muito tudo isso!


Tu acreditas em amor à primeira vista? Ou queres que eu passe por aqui novamente?


— Prazer meu nome é Arlindo, mas pode me chamar de “lindo”, porque o “ar” eu perdi logo que te vi.


— Você trabalha no Google?

— Não, por quê?

— Porque você tem tudo o que eu procuro.


— Ei, senta aqui comigo.

— Pra quê?

— Pra esquecer o Alex.

— Que Alex?

— Tá vendo? Já esqueceu dele!


DESISTA

— Oi, gatinha! Quer borrar o batom?


— Teu pai vende beliche?

— Não, por quê?

— E esses dois “coxão” aí?


Você não é horário de verão mas eu adoraria perder uma hora com você!


Me chama de carboidratos e deixa eu acabar com a sua dieta!


— Seu pai é piloto? Porque você é um avião.


Alguém soltou um pum, vamos sair daqui? Minha casa ou a tua?

Comente aqui
27 nov15:12

Revista será lançada em Xaxim

Está marcado para terça-feira, 29, o lançamento da Revista Chocolate Chick. Um coquetel para convidados, autoridades e imprensa será realizado na Sociedade Recreativa e Cultural de Xaxim (SRCX).

A revista Chocolate Chick foi idealizada pela jornalista Patrícia Vanzin com parceria do Grupo Bellator de Comunicação. Conforme Patrícia, o objetivo da revista é apresentar de maneira diferenciada os fatos que marcam o município de Xaxim e região. Na pauta da primeira edição, entraram assuntos como moda, mercado imobiliário, decoração para o Natal, gastronomia e veículos.

O destaque da edição é a cobertura especial do baile de debutantes, promovido no último dia 12 em Xaxim.

Patrícia destaca que até a data de lançamento da revista, ficará em segredo a identidade da modelo que estampa a capa da primeira edição da Chocolate Chick, no entanto adianta que é uma xaxiense, muito bonita, simpática, casada e que atua na área da saúde.

De acordo com a diretora comercial, Lisiane Zanotto, a publicação vai circular nas cidades de Cordilheira Alta, Marema, Lajeado Grande, Chapecó, Xanxerê e Xaxim. Inicialmente com periodicidade bimestral.



Comente aqui
18 nov16:56

Mande suas fotos da temporada em Santa Catarina para a Revista de Verão

Além do protetor solar, a máquina fotográfica é um item indispensável na estação mais quente do ano. Então, aproveite os cliques que você fez por aí com seus amigos e familiares e mande as fotos para a Revista do Verão.

A cobertura de tudo o que rola no Estado nesta temporada será encartada nas edições do Diário Catarinense, Jornal de Santa Catarina, Jornal A Notícia e nos exemplares da Zero Hora que circulam no Estado, a partir do dia 2 de dezembro.

As peripécias dos fotógrafos serão mostradas em uma galeria de fotos no diario.com.br e também podem ganhar espaço em uma seção especial da Revista de Verão.


Entre no clima do verão e mande sua foto


Atenção: a imagem deve estar em alta resolução. Não deixe de enviar os nomes das pessoas que aparecem na foto, o nome do autor e o local onde ela foi feita.

DIARIO.COM.BR

Comente aqui
10 nov08:59

Temporada Verão Itá

Neste mês a reportagem de capa da publicação foi direcionado especialmente à divulgação das atrações da Temporada de Verão de Itá. A edição já está circulando pela região.

Jean Paulo e Gisele S. de Oliveira, da Revista em Foco de Concórdia, com a Secretária de Turismo de Itá Karla Hall (centro), durante o lançamento do Verão Itá.

Comente aqui