clicRBS
Nova busca - outros

Rio Grande do Sul

15 nov23:32

Colisão entre carro de Chapecó e caminhão provoca morte de criança no Rio Grande do Sul

Atualizada às 23h23min

Uma colisão entre um carro e um caminhão provocou a morte de uma criança de cinco anos nesta terça-feira, por volta das 17h15min, na rodovia 142, em Não-Me-Toque, no Rio Grande do Sul.

O acidente foi às 17h15min, na rodovia 142, em Não-Me-Toque.

A vítima, que estava em um automóvel com placas de Chapecó, já foi identificada. De acordo com a Brigada Militar, além da vítima fatal, o pai e outras duas crianças estavam no carro, mas nenhum corre risco de morte. Uma das crianças teria quebrado um braço e a outra só teria sofrido arranhões.

O Hospital de Caridade, de Não-Me-Toque, para onde foram levados os feridos, informou que o motorista foi transferido para Passo Fundo e as crianças para o hospital de Carazinho.

O motorista do caminhão saiu ileso. O local está sendo isolado e o trânsito está parcialmente bloqueado para realização da perícia.

ZERO HORA


Comente aqui
18 ago16:39

Nova ligação com o RS

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Santa Catarina conta desde segunda-feira (15) com uma nova ligação com o estado vizinho.

Às 8 horas foi liberado o tráfego pela barragem Foz do Chapecó, construída entre Águas de Chapecó e Alpestre-RS.

A rodovia, que passa por cima do barramento, liga a ACH 050 com uma estrada municipal de Alpestre. São 10 quilômetros aslfaltados no lado catarinense e 16 quilômetros sem asfalto no lado gaúcho.

A empresa alerta aos usuários para não parearem os veículos sobre a barragem. O trajeto será monitorado por câmeras.

O prefeito de Águas de Chapecó, Adilson Zeni, disse que já está ocorrendo uma mobilização para asfaltar também o lado gaúcho, pois a nova passagem reduz em oito quilômetros a ligação entre Águas de Chapecó e Alpestre, feito por barca. Em relação a cidades como Passo Fundo e Porto Alegre há uma redução de 50 a 60 quilômetros, já que os moradores de Águas de Chapecó e arredores tinham que ir até Chapecó e atravessar pela ponto do Goio-Ên, que liga Chapecó a Nonoai-RS.

- A expectativa da comunidade é que as condições para o desenvolvimento econômico da região melhorem com este novo acesso- afirmou o diretor superintendente da Foz do Chapecó Energia, Marcelo Wood Chiarello.

Comente aqui