Rota

19 jun16:55

NHT estuda nova rota em Santa Catarina

[Atualizado 09h35 - 20/06/12]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A possibilidade da criação de uma nova rota aérea em Santa Catarina foi discutida na manhã desta terça-feira na sede da NHT Linhas Aéreas em Porto Alegre. O voo, com destino à Florianópolis, sairia de São Miguel do Oeste e faria escalas nos aeroportos de Concórdia e Lages. Participaram do encontro o diretor do Grupo Acauã, Jorge Barouki e representantes de Concórdia e São Miguel do Oeste

Segundo o diretor de planejamento da empresa, Jeffrey Kerr, a reunião foi produtiva e o grupo estuda a possibilidade de disponibilizar o voo ainda neste ano.

O aeroporto Pedra Ferro, de Concórdia, está preparado para receber o voo pois, desde o fechamento do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, a NHT voltou a operar um voo de Concórdia para Curitiba. O voo chega às 13h20 e decola às 13h40, de segunda à sexta-feira.

Porém os aeroportos Hélio Wassun de São Miguel e Federal de Lages precisam cumprir algumas adequações exigidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

– Precisamos agora que sejam regularizados esses pontos – disse o diretor.

Horários e periodicidade de voos ainda não foram definidos. – Vamos ter mais reuniões com os representantes dos municípios para definir esses pontos – comentou Jeffrey.

Para o secretário de desenvolvimento econômico de São Miguel do Oeste, Paulo Cuccarollo, esse que pode ser o primeiro voo comercial da cidade, será um avanço para São Miguel e para os 30 municípios da região do Extremo-Oeste.

- Antes não tínhamos a demanda, mas hoje percebemos que já se faz necessário – disse.

Participaram ainda da reunião o presidente da CDL de São Miguel do Oeste, José Carlos Gerhardt, o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Oeste (Acismo), Irton Lamb, o prefeito de Concórdia, João Girardi e o assessor de comunicação de Concórdia, Antonio Benini.

A empresa gaúcha NHT foi comprada pelo grupo catarinense. O negócio ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O pedido foi protocolado no dia 18 de maio.


Voo em Xanxerê

O diretor de planejamento disse ainda que a empresa estuda a criação de um voo na cidade de Xanxerê, ainda neste ano.


Comente aqui
16 dez12:28

Rota de Turismo Rural

A Secretaria Municipal de Turismo lança nesta sexta-feira, 16, às 19h a Rota do Turismo Rural. O projeto foi desenvolvido focando o turismo com aproveitamento das potencialidades agrícolas do município. Famílias de agricultores foram capacitadas nos últimos meses com treinamento sobre empreendedorismo, qualidade no atendimento, manipulação de alimentos e gestão do turismo rural.

A intenção da secretaria é oferecer ao turista mais um atrativo para que permaneça um tempo maior em Itá, incrementando a renda das propriedades envolvidas. – Inicialmente, vamos contar com três propriedades. Se der resultado, podemos inserir outras que já demonstraram interesse – salienta a secretária Karla Hall.

A parceria entre a prefeitura e a Coopervale de Itá rendeu a cada propriedade R$ 8 mil para adequação das estruturas visando receber os turistas.

A Rota do Turismo Rural compreende o Recanto do Balseiro, e o Cantinho da Vovó Maria na Linha Simon, e o Itaçúcar, em Passo do Uvá. No Recanto do Balseiro terá como atração um Museu do Balseiro, a Trilha das Frutas, geléias e sucos naturais e o café da roça. No Paraíso da Vovó Maria haverá uma pousada, lanches e refeições, frutas nativas e sucos naturais e a Casa do Mel. No Itaçúcar o visitante vai encontrar cachaça artesanal, rapaduras, melado, caldo de cana e passeio de carroça.

A partir do dia 07 de janeiro as três propriedades estarão abertas à visitação. O agendamento dos visitantes deve ser feitos através do fone (49) 8835-5677 ou na Secretaria Municipal de Turismo de Itá (49) 3458-2299.

Além destes atrativos da rota, em Itá existe o quiosque da agricultura familiar que comercializa diariamente frutas, hortaliças, panifícios, geléias, queijos, salames e derivados do campo.


Comente aqui
19 out10:16

Rota de voos foi alterada

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br*

Os efeitos das cinzas do vulcão chileno foram sentidas também no Oeste, no aeroporto Serafim Enoss Bertaso. Mas não pela presença delas no céu e sim pela alteração das rotas de voo.

O voo 6174 da Avianca, que saía de São Paulo no final da manhã e fazia escala em Florianópolis, voou direto para Chapecó e depois retornou direto para São Paulo. Os 50 passageiros que estavam em Florianópolis esperando a escala tiveram que ir de ônibus para Chapecó. Já os 55 que estavam na aeronave que saiu de São Paulo e ficariam na capital catarinense, desembarcaram em Chapecó foram também de ônibus para seu destino.

A Gol chegou a pousar em Florianópolis na rota entre São Paulo e Chapecó. Mas o vôo que chegaria às 14h40 chegou às 17 horas, devido às cinzas. O engenheiro da Casan, Eduardo Vieira, e o agrimensor Elson Müller, pretendiam visitar ontem a cidade de Águas de Chapecó, a trabalho. Tiveram que deixar para hoje. Até amanhã eles terão que ir também a São Miguel do Oeste e São Lourenço do Oeste.

-Vai ser uma correria- disse Vieira.


*colaborou Juliano Zanotelli

Comente aqui