Rural

14 dez09:28

Reinauguração só em 2012

A Casa do Produtor Rural está passando por várias reformas e deve ser reinaugurada no início de 2012. Depois de pronta, os produtores rurais que utilizam o espaço para comercializar seus produtos,vão ter um lugar mais seguro, prático e confortável para trabalhar. As aberturas, antes sem proteção, agora estão com janelas. Há também um espaço especial para comercialização do peixe vivo.

- Sem dúvidas o nosso produtor rural terá um lugar bem melhor, com infraestrutura mais organizada e que facilitará o seu trabalho e o atendimento aos clientes – acrescenta o prefeito João Girardi que visitou as obras.

O investimento chega a R$ 238.199,00.

As obras iniciaram em setembro e houve bastante dedicação para que tudo fique de acordo com o planejado. Os produtores vão ter também uma estrutura coberta, para embarque e desembarque de mercadorias, será uma das novidades na Casa do Produtor Rural.

A cobertura da casa sofreu uma revisão completa, além de receber uma manta térmica que vai manter a temperatura interna, independentemente da externa. O piso foi trocado e a casa vai receber nova pintura. – Depois de encerrar a obra será preciso fazer a instalação dos equipamentos novos que foram adquiridos – disse engenheira fiscal da obra, Marcela Bigaton.


Comente aqui
08 dez18:59

Polícia Civil prende autor de tentativa de furto em propriedade rural de Itapiranga

A Polícia Civil de Itapiranga prendeu preventivamente Javerson Rodrigues, 26 anos, pelo seu envolvimento em tentativa de furto qualificado ocorrido numa propriedade rural localizada na Linha Beato Roque, interior de São João do Oeste, no dia 30 de novembro deste ano.

Como ele já é investigado pelo envolvimento em dezenas de furtos semelhantes cometidos em propriedades rurais nos municípios de São João do Oeste, Tunápolis e Itapiranga, e pelos indícios de seu envolvimento nesse crime, foi representada a Prisão Preventiva de Rodrigues. Ele ainda cumpria pena em regime aberto também por condenação pela prática de furto.

Segundo o Delegado responsável pelo caso, Wesley Almeida Andrade, nesse contexto, fatos demonstram que o acusado, enquanto em liberdade, representaria um perigo para a sociedade, principalmente no aspecto patrimonial.

Após os procedimentos policiais, Rodrigues foi encaminhado à Cadeia Pública de Itapiranga, onde se encontra à disposição da Justiça.

A tentativa de furto

Por volta das 2h30, em 30 de novembro, na Linha Beato Roque, zona rural de São João do Oeste, Rodrigues e mais dois comparsas invadiram uma propriedade rural e roubaram vários objetos: um conjunto de ordenha, com tampa e sem pulsador, uma roçadeira, marca Garthen, modelo CG330B, um rádio portátil, marca Philips, um total avaliado em R$ 2.960,00.

O furto não foi consumado porque a vítima percebeu o crime a tempo. Os objetos chegaram a ser retirados da casa, mas acabaram sendo abandonados cerca de 300 metros de distância da propriedade da vítima.

Naquela ocasião ninguém foi preso ou identificado, mas, posteriormente, os policiais da DP de Itapiranga chegaram aos autores graças à identificação do veículo utilizado pelos ladrões e através dos depoimentos de três testemunhas.

Os policiais levantaram que Rodrigues, possivelmente por medo de ser descoberto e vinculado ao furto, não retornou mais para sua residência, impossibilitando, até então, esclarecer sua participação no crime.

Andrade diz que pretende concluir o Inquérito Policial instaurado para apurar os demais furtos supostamente praticados por Rodrigues e por outros suspeitos nos próximos dias.


Comente aqui
23 nov17:54

Policiais passam por treinamento em São Miguel do Oeste

Aumentar o grau de preparo técnico dos policiais que atuam no Pelotão de Patrulhamento Tático do 11º BPM. Este foi o objetivo do treinamento de operações policiais rurais realizado no dia 18 de novembro em São Miguel do Oeste. No treinamento técnicas de patrulhamento em área rural, de abordagem e de ações de contra-emboscada, foram realizadas os policiais militares. Além de  exercícios simulados e com tiro real buscando aprimorar o seu grau de capacitação técnica.

O treinamento foi realizado em uma área de instrução do Exército Brasileiro onde se buscou com a rusticidade do ambiente a simulação das condições mais comumente encontradas nas ocorrências atendidas nas áreas rurais do extremo-oeste catarinense. Este treinamento faz parte do Programa de Instrução da Polícia Militar ao qual anualmente todos os policiais militares são submetidos.


Comente aqui
29 set16:19

Declaração do Imposto Territorial Rural

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) orienta os proprietários rurais que o prazo para a entrega da Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) termina nesta sexta-feira, dia 30 de setembro.

A Receita Federal publicou a Instrução Normativa (IN) 1.166, com as regras para a declaração do ITR referente ao exercício de 2011. A apresentação da declaração é obrigatória para pessoa física ou jurídica, inclusive na condição de isento, que seja proprietária, titular do domínio ou possuidora a qualquer título.

Também é obrigado a fazer a DITR quem somente usufrui do imóvel. Quem não fizer a declaração está impedido de tirar a Certidão Negativa de Débitos, documento indispensável para registro de uma compra ou venda de propriedade rural e na obtenção de financiamento agrícola. As multas para declarações do ITR entregues com atraso são de 1% ao mês calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50, no caso de imóvel rural sujeito à apuração do imposto. Para imóvel rural imune ou isento de ITR, a multa é de R$ 50.

Declaração

Há três formas de entregar a DITR. A primeira opção é enviar a declaração pela internet, mas para isso será preciso “baixar” um programa de computador específico, que é o Programa Gerador da Declaração (PGD) do ITR relativo ao exercício de 2011.

Outra possibilidade é apresentar a DITR em mídia removível, nas agências do Banco do Brasil (BB) ou da Caixa Econômica Federal (CEF). Mas, ainda assim, será preciso “baixar” da internet o programa específico para preparar o material, no formato requisitado pela Receita.

A terceira alternativa para entregar a DITR é utilizar um formulário específico, de papel, disponível nas agências e lojas franqueadas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Cada formulário pode ser retirado mediante pagamento de R$ 6,00, a ser pago pelo contribuinte, valor que já inclui o preço da postagem do material.


Comente aqui