Saudades

16 jul15:05

TRF confirma a legalidade da portaria que reconheceu a Terra Indígena Guarani Araçaí em Saudades e Cunha Porã

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), por unanimidade, reconheceu a legalidade da portaria nº 790, de 19 de abril de 2007, do Ministério da Justiça, que declarou, como terra indígena, uma área de 2.721 hectares, localizada nos municípios de Saudades e Cunha Porã. A decisão do tribunal foi dada após recurso do Ministério Público Federal em ação do Movimento de Defesa da Propriedade e Dignidade (DPD), que buscava a anulação da portaria.

O DPD, que representa a quase totalidade dos proprietários da região em que foi reconhecida a “Terra Indígena Guarani Araçaí”, alegava que os proprietários rurais possuíam escrituras datadas de mais de 80 anos, adquiridas originalmente nos anos de 1921 e 1923.

A Justiça Federal de primeira instância, em Santa Catarina, julgou procedente o pedido da ação, declarando a nulidade da portaria nº 790 e determinando a imediata suspensão dos seus efeitos.

O Ministério Público Federal, a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai), então, apelaram ao TRF4 contra a sentença. No julgamento do tribunal, o relator do processo, o juiz federal João Pedro Gebran Neto, reconheceu que, entre os requisitos para a demarcação da terra indígena, está a tradicionalidade, entendida como a vontade de permanecer no local, com o objetivo de manter a cultura indígena.

Além disso, o tribunal destacou que a portaria foi editada com amparo em estudo antropológico que concluiu ter havido um processo de colonização sobre os índios Guaranis, protagonizado pelo Estado de Santa Catarina. O relator do processo ainda lembrou que “conforme estabelece a Constituição Federal no art. 231, §6º, a existência de eventuais registros imobiliários sobre terras indígenas, em nome de particulares, é juridicamente irrelevante e absolutamente ineficaz”.

Fonte: Ministério Público Federal – Procuradoria da República em Santa Catarina


Comente aqui
13 jul18:11

Motorista morreu em acidente na BR 282 em Saudades

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Nelson Szkvarak, 35 anos, morreu na manhã desta sexta-feira no Km 593 da BR 282 em Saudades. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Maravilha o caminhão, placas de Lontras, carregado com leite conduzido por Nelson colidiu em um barranco. Ele seguia no sentido São Miguel do Oeste-Chapecó e morreu no local. O corpo foi conduzido para o Instituto Médico Legal de Chapecó.

Outros dois caminhões, um placas de Xaxim e outro placas de Palmitos, também se envolveram no acidente. De acordo com a PRF eles tentaram desviar do caminhão e acabaram colidindo. Foram registrados apenas danos materiais. Os motoristas Leandro Lucca, 29 anos e Acácio Antonio Ferenz, 29 anos, não tiveram ferimentos.


Comente aqui
20 mai15:56

Dois motoristas morrem após colisão frontal na BR 282 em Saudades

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Uma colisão frontal na BR-282 em Saudades,  matou dois homens por volta das 23h50min de sexta-feira. Eles chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

Uma das vítimas foi Darlei Rodrigo Spieckert, de 20 anos, que dirigia um Vectra com Placas de Pinhalzinho, também no Oeste.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele teria invadido a pista contrária e batido de frente em um Fiat Strada de Lages, na Serra, dirigido por Oldair Finger, de 31, que também morreu após o acidente.

Outro homem de 22 anos, passageiro do Vectra, teve ferimentos graves. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas.


Comente aqui
15 abr20:15

Jovem morre em acidente de moto em Saudades

Um jovem de 18 anos morreu por volta das 18 horas de hoje, na SC 469, linha Cruzeiro, em Saudades. De acordo com informações dos Bombeiros de Pinhalzinho D. S. saiu de Saudades em direção à Chapecó conduzindo uma motocicleta Honda.

Ele perdeu o controle numa curva e bateu contra o “guard rail” morrendo no local.


Comente aqui
13 fev20:34

Governo busca resolver impasse indígena no Oeste

Em uma iniciativa inédita, o Governo do Estado, a bancada de deputados catarinenses e o Governo Federal buscam resolver um impasse no Oeste catarinense. Um acordo costurado entre todas as partes repassaria cerca de 17 milhões ao Estado para a compra de um terreno e a instalação de infraestrutura para permitir que um grupo de indígenas viva na área. A iniciativa busca uma solução para a iminência de um conflito na fronteira entre os municípios de Cunha Porã e Saudade, e foi imediatamente aceita pelo governador Raimundo Colombo.

Cerca de 30 famílias indígenas conseguiram com a Fundação Nacional do Indío (Funai) o direito a um território na fronteira entre os municípios, onde já vivem e trabalham 170 famílias, pequenos agricultores que têm as escrituras de suas terras. A decisão da Funai foi parar na justiça e, enquanto não acaba o julgamento, a região permanece com um clima de tensão entre os índios e os agricultores. O impasse permanece há dois anos.

A ideia de oferecer uma terra em que indígenas possam viver e manter suas tradições foi aprovada por todas as partes, inclusive os índios. O governador Raimundo Colombo colocou à disposição da bancada uma equipe de técnicos da administração estadual para realizar os trâmites legais por parte do Estado. – Essa solução é a ideal para a gente. Agora já vamos iniciar os trâmites internos para avançar na resolução do conflito – disse o governador.

Para o secretário da Agricultura, João Rodrigues, esse é um gesto que reduz as animosidades na região, além de mostrar que o Estado está buscando uma solução. Mas Rodrigues lembra que a princípio, é uma solução temporária até a decisão judicial.

Entre os deputados presentes estavam os federais Celso Maldaner; Jorginho Mello, Luci Choinacki; Pedro Uczai; Valdir Collato; e o deputado estadual Dirceu Dresch.


Comente aqui
01 nov14:59

Encontro de Mecânicos do Oeste e Extremo Oeste de Santa Catarina – Emoesc 2011

Os núcleos de automecânicas de Maravilha, Itapiranga, São Miguel do Oeste, Modelo, Saudades e Pinhalzinho participaram, no domingo, 30, do Encontro de Mecânicos do Oeste e Extremo Oeste de Santa Catarina – Emoesc 2011, realizado em Saudades.

A abertura contou com uma palestra sobre prevenção de acidentes e primeiros socorros com o sargento do Corpo de Bombeiros Luciano Hinnig. Em seguida, cada núcleo formou sua equipe para participar de competições nas modalidades de voleibol, futebol suíço, canastra, truco, sinuca, bocha e bolão.

Os nucleados de Maravilha ficaram em segundo lugar na pontuação geral, perdendo apenas para a equipe de Saudades.

Comente aqui
14 ago14:38

Seis mortes em acidentes na região Oeste

RBS TV 

  

 O mais grave foi na tarde de sábado em Cunha Porã 

Por volta das duas horas da manhã deste domingo um jovem de Maravilha morreu em um acidente de trânsito. Foi na BR 282, em Saudades. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal de Maravilha, Andrei Julio Ranzan, de 20 anos, dirigia o veículo quando perdeu o controle e capotou. Ele estava sozinho e morreu na hora. Um dos motivos do acidente pode ter sido a alta velocidade. 

Na tarde de sábado, um grave acidente tirou a vida de três pessoas na BR 158 em Cunha Porã. Se envolveram no acidente um carro de Cunha Porã e duas motos, uma de São Carlos e outra de Caçador. 

Três mortes no acidente registrado na BR 158 em Cunha Porã.

 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, os motociclistas eram amigos e andavam juntos. Com o forte impacto da batida, os motociclistas: Giovan Roger Heinen, de 25 anos e Fausto Werlang, de 30, morreram na hora. O motorista do carro, Alceu Menin, de 58 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

No domingo mais duas mortes 

O acidente foi  por volta das 18 horas do domingo (14), na SC 468, em Chapecó, a 400 metros do trevo da BR 282. Um Celta de Irati colidiu contra um Golf placas de Chapecó que trafegava de Quilombo para Chapecó. Morreram a passageira do Golf, Renata Carolina Seganfredo, 21 anos, e Karine Matielo, nove anos. 

Karine era filha do casal que estava no Celta, Pedro Matielo, 38 anos, que seria o condutor, e Ivete Tereza Sutil Matielo, 35 anos. Também estava no Celta Ediane Dalsanto Bassan, 21 anos. Os três estavam feridos e foram encaminhados ao Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. 

O motorista do Golf, Fábio Júnior Colodelfi, 20 anos, também foi conduzido ao hospital, mas por suspeita de embriaguês, segundo o sargento Atílio Michatowski, dos Bombeiros de Chapecó.

1 comentário