Saúde

15 fev09:19

Estudos comprovam que uma pessoa que pensa positivo tem mais saúde

Com a chegada do novo ano, é comum pararmos para avaliar o que aconteceu no ano que terminou e se programar para colocar em prática tudo o que ficou para trás. Muita gente aproveita esse período para se engajar em novos projetos ou ainda para mudar alguns hábitos, praticar atividades físicas, se cuidar mais etc. Estudos comprovam que o otimismo nessas horas é fundamental. O pensamento positivo, além de ser estimulante, também ajuda as pessoas a serem mais saudáveis.

Estudo realizado pelas Universidades de Kentucky e Louisville, nos Estados Unidos, analisou as expectativas de estudantes de Direito em relação ao futuro e concluíram que pessoas que são otimistas em relação à saúde em geral, respondem melhor aos tratamentos médicos. Pacientes de transplante cardíaco, por exemplo, se recuperaram melhor da cirurgia. A conclusão da pesquisa é de que o otimismo associado a um objetivo específico é importante na vida de uma pessoa e pode ajudá-la a aumentar sua imunidade contra algumas infecções.

Já outro estudo conduzido pela Universidade de Pittsburg, nos Estados Unidos, destaca que olhar a vida sempre com bons olhos promove mais do que bem-estar mental, também ajuda a cuidar do corpo. Durante oito anos, pesquisadores da universidade acompanharam o dia-a-dia de quase 100 mil mulheres. As mais esperançosas apresentam um risco 9% menor de desenvolver problemas cardíacos e 14% menos probabilidade de morrer devido a qualquer outra doença sem ser do coração. Segundo a pesquisa, quem pensa positivo, se alimenta melhor e se exercita mais, tem menor tendência a desenvolver depressão, estresse e pressão alta.


Trabalhar o corpo é mais do que estético, é saudável

— Muitas pessoas aproveitam o otimismo do inicio do ano para começar a praticar atividades físicas, e assim permanecem por toda a vida. Só é preciso estar atento para sempre contar com a orientação de profissionais da saúde, a fim de evitar qualquer lesão futura e garantir o bem-estar do atleta — comenta Tânia Fleug, fisioterapeuta da Mercur.

Sugestões para cuidar melhor do corpo e da mente não faltam. Caminhar ao ar livre e andar de bicicleta são opções fáceis e baratas. Quem pode freqüentar uma academia conta com o apoio de professores especializados para dar todo o apoio na hora de se exercitar.


DONNA ZH ONLINE



Comente aqui
12 fev14:23

Baixe aplicativos para cuidar da saúde

O caderno Donna deste fim de semana traz reportagem sobre como o uso de aplicativos para smartphone ou tablet pode ajudar a cuidar da saúde. A matéria conta como a estudante de Direito Aline Palermo, o personal trainer Guga Binotto e a nutricionista Denise Pinto incorporaram os chamados apps às suas rotinas de educação alimentar e dieta. Aqui no Donna Online você confere os links para acessar cada um dos aplicativos citados na reportagem. Está lendo a matéria no tablet ou celular? Então clique nos links e você será direcionado à loja virtual da Apple, Android ou Windows.

A estudante Aline Palermo usa apps para correr e variar treino da academia.

A dica de Aline Palermo é o BODY FITNESS, que traz mais de 300 sugestões de exercícios. Ele é gratuito.

iPhone / iPad


Guga Binotto sugere o NIKE + GPS para monitorar a corrida e checar como estão seus resultados. O download custa US$ 1,99.

iPhone


A nutricionista Denise Pinto usa o aplicativo gratuito da revista BOA FORMA para regular seu consumo de água e checar as calorias de alguns alimentos.

iPhone / iPad


A reportagem do Donna também lista 10 aplicativos sobre saúde indicados pela equipe da revista especializada Info. Confira os links.


RUNKEEPER

Para quem quer registrar os dados da corrida. Tem opção de sincronizar com monitores de batimento cardíaco. É gratuito.

iPhone / iPad

Android


FATSECRET

O contador de calorias traz os pratos de redes de restaurante brasileiras. Depois de checar o cardápio abra o aplicativo e veja quantas calorias tem a sua escolha. É gratuito.

iPhone / iPad

Android


MY FITNESS PAL

Tem funções semelhantes ao FatSecret, mas também traz lista de nutrientes por alimento. Gratuito.

iPhone / iPad

Android

Wp7


LIBRA GESTOR DE PESO

Calcula seu índice de massa corporal e estima o tempo necessário de dieta de acordo com o peso que você quer perder. É gratuito.

Android


NIKE BOOM

É gratuito. Sincroniza músicas com exercícios físicos e traz mensagens motivadoras de grandes esportivas, como o astro do basquete LeBron James.

iPhone / iPad

Android


ENDOMONDO SPORTS TRACKER

Para praticantes de corrida e ciclismo. Exibe mapa do trecho percorrido e mostra a evolução do usuário. É gratuito

grátis

iPhone / iPad

Android

Wp7


ABDOMINAIS EM 8 MINUTOS

Traz um plano para um mês de exercícios (os módulos seguintes são pagos) com oito tipos de abdominais e vídeos. Gratuito.

iPhone / iPad

Android


SPORTS TRACKER

Monitora a evolução do usuário e mostra os horários de nascer e do pôr do sol para auxiliar a prática esportiva ao ar livre. É gratuito.

iPhone / iPad

Android


RUN.GPS TRAINER LITE

Faz o tradicional monitoramento da atividade, mas traz exercícios inusitados como trenó de cachorro e esqui alpino. É gratuito.

Android


YOGA AT HOME

Para quem gosta de uma atividade mais calma o aplicativo traz o tutorial para iniciantes com vídeos de como praticar yoga. Gratuito.

iPhone / iPad


Playlist para malhar

Fábio Codevilla, da Itapema FM, compartilha com o Donna a playlist que usa em seus passeios de bicicleta por Porto Alegre. Os exercícios são monitorados no iPhone pelo Road Bike, um aplicativo que ajuda a reunir os dados de cada saída e identificar progressos.


Kasabian – Re-wired

Depeche Mode – Fragile tension

Underworld – Beautiful burnout

Róisín murphy – You know me better

Groove Armada – Paper romance

Goldfrapp – Ride a white horse

Scissor Sisters – Any which way

Röyksopp – Poor leno

Simian Mobile Disco – I believe

Cut Copy – Hearts on fire


Para ouvir a playlist do Codevilla, clique aqui.


DONNA ONLINE

Comente aqui
27 jan16:29

Inaugurado em Chapecó Serviço de Atenção à Saúde do Trabalhador

Foi inaugurado no Bairro Seminário em Chapecó o novo espaço físico do Programa ‘Saúde no Trabalho – Serviço de Atenção à Saúde do Trabalhador’ – SAST. O objetivo é dispor espaço adequado para os serviços de atenção integral a trabalhadores submetidos a riscos e agravos decorrentes das condições de trabalho, com atendimento individual e coletivo. O SAST é resultado de parceria entre o Ministério Público do Trabalho e a Secretaria Municipal de Saúde.

Para cumprir seus objetivos, o Programa funcionará articulado com a Rede Básica de Saúde, Vigilância em Saúde do Trabalhador, Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), além de instituições de ensino. Envolve a área assistencial (promoção e reabilitação em saúde do trabalhador), vigilância em saúde do trabalhador e educação permanente em saúde. Além das ações educativas, o SAST vai avaliar a incapacidade para o trabalho e desenvolver ações de readaptação profissional.

Na área de educação permanente em saúde, o SAST vai estimular a atenção básica na perspectiva da saúde do trabalhador. Com a vigilância em saúde, para estabelecer a relação entre o agravo ou doença com o trabalho, fará o registro no sistema de informação, possibilitando coletivizar o fenômeno e estabelecer procedimentos de vigilância que modifiquem as condições e ambientes de trabalho geradores de doenças.


Ações

A Secretaria Municipal de Saúde já vem desenvolvendo diversas ações de acordo com a política municipal das práticas integrativas e complementares definidas na Portaria 971/2006 do Ministério da Saúde, e que ocuparão o mesmo espaço.

Uma delas é o projeto Fitochapecó, em parceria com a Unochapecó, através do qual disponibiliza medicamentos vegetais aos usuários do SUS. Em breve ofertará manipulados fitoterápicos. Para complementar, durante a semana, médicos homeopatas vão prescrever a medicação.

Em novembro de 2011 foram capacitados 80 profissionais para a utilização da técnica da massagem ‘shantala’ para auxiliar no desenvolvimento psicomotor, aliviando cólicas e regularizando o sono dos bebês. Em setembro de 2011, 60 profissionais da rede municipal de saúde concluíram a capacitação em Terapia Comunitária Integrativa. Esses profissionais atuarão como multiplicadores na atenção básica.

Na área de vigilância em saúde, o trabalhador conta com o Cerest, unidade regional especializada, responsável pela coleta e liberação de informações técnicas para o SUS, com apoio às ações de promoção, prevenção e vigilância em saúde.

O Centro é referência para 76 municípios da região Oeste e Extremo Oeste de Santa Catarina, dando suporte técnico adequado às ações de saúde do trabalhador, operacionalizando estratégias com os demais serviços de saúde.


Comente aqui
25 jan16:07

“Saúde no Trabalho – Serviço de Atenção à Saúde do Trabalhador”

A Secretaria de Saúde de Chapecó, realiza nesta quarta-feira, a inauguração do programa “Saúde no Trabalho – Serviço de Atenção à Saúde do Trabalhador”. O objetivo é oferecer atenção integral aos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho.

Devem ser realizados atendimentos individuais e coletivos, avaliando a incapacidade para o trabalho e desenvolvendo ações de readaptação profissional. Serão realizadas ações articuladas com a Rede Básica Municipal de Saúde, Vigilância Em saúde do Trabalhador, Cerest – Centro de Referencia em Saúde do Trabalhador e instituições de ensino.

Este serviço é composto por uma tríade: área assistencial (promoção e reabilitação em saúde do trabalhador), vigilância em saúde do trabalhador e educação permanente em saúde.

O ato está programado para às 17h.


Comente aqui
24 jan15:28

Projeto “Esporte e Verão” em Chapecó

O SESC – Serviço Social do Comércio – realiza em parceria com a Prefeitura Municipal de Chapecó e RBS TV, o Projeto Esporte e Verão 2012, que tem como apoiador a Recicla Digital. O objetivo é desenvolver ações de lazer através da prática esportiva e de atividades de saúde, de preservação ambiental, educação, cultura e assistência para a comunidade em geral, visando à promoção da qualidade de vida.

O Programa que teve início no dia 16 e segue até o dia 25 de janeiro, é realizado no Complexo Esportivo do Verdão. As atividades iniciam são realizadas de segunda a sexta-feira das 16h às 21h, e aos sábados e domingos das 15h às 20h.

A ideia é oferecer opções de lazer no período do verão e os diversos benefícios que o esporte proporciona.

São desenvolvidas atividades como futsal, futebol suíço, skate, ciclismo, basquete, vôlei de areia, karatê, judô, frescobol, peteca, caminhada e corrida orientada, brinquedos recreativos, jogos de mesa, jogos gigantes, tênis de mesa, orientações de saúde (nutricional, relação cintura e quadril, índice de massa corporal e verificação de pressão arterial), oficinas ambientais e dicas para vivermos melhor.

De acordo com o Secretário de Esporte e Lazer Clóvis Marinello, a Prefeitura de Chapecó, juntamente com os parceiros, disponibiliza mais um espaço de lazer para a comunidade chapecoense.

- O complexo Esportivo Verdão possui muitos atrativos que ficarão disponíveis mesmo após o evento. Espaço que deve ser bem aproveitado, pois todos nós buscamos uma vida mais saudável – destaca.

As inscrições para praticar as modalidades são gratuitas e podem ser feitas, na Central de atendimento do SESC ou pelo fone (49) 3319-9100 ou 3319-9136.


Comente aqui
20 jan15:49

Chapecó vai oferecer serviços do SUS aos imigrantes haitianos

Com a vinda de imigrantes haitianos para residir e trabalhar em Chapecó, a preocupação da Prefeitura é a de oferecer atendimento e assistência à saúde adequada e com qualidade para esta população. Atualmente cerca de 50 pessoas já se instalaram no município e desempenham atividades profissionais em quatro estabelecimentos.

Com a finalidade de identificar e conhecer estes imigrantes, o Prefeito em Exercício, Américo do Nascimento Junior, encaminhou um ofício à Polícia Federal e as quatro empresas onde atualmente estas pessoas trabalham. A proposta é incentivar os órgãos públicos e privados envolvidos a repassarem os endereços residências e demais informações necessárias para a identificação dos haitianos.

O primeiro passo após o reconhecimento será a inserção destas pessoas no Cadastro Único de Saúde, para que eles possam usufruir de todos os serviços médicos e hospitalares disponibilizados pelo SUS, caso haja necessidade.

- Precisamos saber onde estas pessoas estão residindo para poder incluí-las no Programa da Estratégia de Saúde da Família (ESF), desenvolvido no Centro de Saúde mais próximo de cada um – ressalta Américo Junior.


1 comentário
19 jan14:58

Secretaria de saúde inaugura academia em São Miguel do Oeste

Foi inaugurada nesta manhã mais uma Academia ao Ar Livre, desta vez no Bairro Andreatta. A obra será mais um ambiente para a atividade física, em especial aos participantes dos grupos do projeto Vida Ativa que é desenvolvido nos bairros do município.

Segundo a secretária de saúde, Beatriz Soares, as Academias ao Ar Livre vem para somar ao trabalho já desenvolvido pelas professoras do Vida Ativa nos grupos que funcionam nos bairros Santa Rita, São Jorge, São Gotardo, Andreatta, São Sebastião, Estrela, Agostini, Salete, São Luiz e centro, atendendo cerca de 500 pessoas da melhor idade.

- A intenção é instalar 11 academias no município, incluindo a praça central e demais bairros, para incrementar atividades do projeto Vida Ativa. Além dos benefícios para a saúde, as pessoas tem apresentado uma melhora significativa nos exames de rotina que são realizados.– disse.


Comente aqui
18 jan11:17

Saúde amplia faixa etária de prevenção à hepatite B

O Ministério da Saúde está ampliando a faixa etária do grupo de 20 a 24 anos para até 29 anos, a vacinação da população contra a Hepatite B, a partir de janeiro de 2012. A vacinação encontra-se disponível gratuitamente nas 1051 salas da rede pública de saúde, distribuídas em todo o estado e no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE). O motivo dessa ampliação é em decorrência da vulnerabilidade à doença apresentada nessa faixa etária.

A vacina de Hepatite B vem sendo implantada gradativamente no Brasil pelo Programa Nacional de Imunização desde o ano de 1989. Em Santa Catarina, 8269 pessoas possuem o vírus. A vacinação contra Hepatite B iniciou no ano de 1994, pela região Oeste, em função do maior número de ocorrências, onde Chapecó se destaca com o registro 2292 casos.

Segunda enfermeira da Vigilância Epidemiológica Paula Senna, a vacina está disponível nas 25 unidades de saúde do município.


Hepatite B

A hepatite pode se desenvolver de forma assintomática ou sintomática. Para evitar que a doença se torne crônica é importante a detecção precoce e fazer o tratamento adequado. Os indivíduos infectados com o vírus da hepatite B, se não cuidar, de 5 a 10% cronificam. Caso a infecção ocorra durante a gestação ou parto, a chance de cronificação é de 85% e a manifestação da hepatopatia crônica bem mais precoce. Metade dos casos crônicos evolui para doença hepática avançada (cirrose e/ou carcinoma hepatocelular).

Para o diretor da Vigilância Epidemiológica, Luis Antônio Silva, a maior estratégia para vencer esta epidemia silenciosa, além do uso do preservativo será a intensificação da vacina contra hepatite B. – Essas medidas são as mais seguras e eficazes na prevenção da doença, que tem como maior fator de risco a transmissão sexual (50%), – declara Silva. Ele observa também que é preciso esforços para a vacinação dos adolescentes e adultos até 29 anos com o objetivo de alcançar coberturas vacinais adequadas e homogêneas.

A expectativa com a vacinação, para este ano, é alcançar uma cobertura mínima de 95% da população alvo com homogeneidade em todos os municípios.



Comente aqui
12 jan14:47

Projeto Esporte e Verão 2012

O Serviço Social do Comércio – SESC, Prefeitura de Chapecó, Secretaria de Esporte e Lazer e RBS TV de Chapecó realizam em parceria o Projeto Esporte e Verão 2012. O evento vai desenvolver ações de lazer através da prática esportiva e atividades de Saúde, Educação, Cultura e Assistência para comunidade em geral, visando à promoção da qualidade de vida.

O evento será desenvolvido a partir do dia 13 janeiro e segue até o dia 25. As atividades serão realizadas no Complexo Esportivo Verdão, no período das 16h às 21h de segunda a sexta feira e das 15h às 20h aos sábados e domingos. A entrada é gratuita.

- Com objetivo de oferecermos opções de lazer no período do verão e os diversos benefícios do esporte, convidamos a comunidade chapecoense e visitante para participarem deste grande evento – disse a coordenadora do evento Auriane Parisotto.

As inscrições gratuitas para as modalidades esportivas podem ser feitas na Central de atendimentos do SESC de Chapecó ou pelo fone 49 3319-9100 ou 3319-9136.


Comente aqui
11 jan14:55

Agentes de Saúde e de Endemias são capacitadas em Chapecó

A Secretaria Municipal de Saúde de Chapecó iniciou o ano com a preocupação voltada em ampliar ainda mais a qualidade no atendimento a população. Desde segunda-feira, estão sendo treinadas 137 agentes, sendo 110 agentes de saúde, para atuar na Estratégia de Saúde da Família (ESF) e outras 27 agentes de endemias, capacitadas para atuarem na Vigilância Epidemiológica, especificamente no combate a dengue.

- A prioridade é o combate a dengue. Somente em 2011, registramos 155 focos do mosquito transmissor, mas felizmente não tivemos nenhum caso da doença no município. Isso se deve principalmente ao trabalho de prevenção desenvolvido pela Administração Municipal, através da Secretaria da Saúde – ressalta o Prefeito em Exercício, Américo do Nascimento Junior, que acompanhou as capacitações.

As agentes participam de um curso preparatório de 40 horas/aula. Com o início das atividades de novos profissionais o número de Agentes de Saúde do Município passará dos atuais 270 para 279 e as Agentes de Endemias de 43 para 53.


Comente aqui