Saúde

08 mai14:35

Falar de si mesmo nas redes sociais é tão prazeroso quanto comida e sexo

A pesquisa, conduzida por Diana Tamir e Jason Michel, do Departamento de Psicologia da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, aponta que as pessoas dedicam de 30 a 40% de suas conversas para falar de si mesmas. A porcentagem sobe para 80% quando se trata de conversas nas redes sociais, como Facebook e Twitter.

— Queríamos saber porquê, de maneira constante, as pessoas divulgam informações pessoais em conversas pela internet, com conhecidos ou desconhecidos, com quem quer que as escute — conta Diana Tamir.

Os pesquisadores colocaram à prova teorias recentes de que as pessoas atribuem grande valor às oportunidades de comunicar o que sentem e pensam para outras pessoas, e ao fazer isso, são ativados mecanismos neurais e cognitivos associados à gratificação.

— Falar de si mesmo faz bem. Sabemos que não compartilhar a informação, especialmente emocional, pode ter efeitos negativos para a saúde — afirma a pesquisadora.

Foram feitos cinco estudos, realizados com grupos de 20 até 200 pessoas, onde se concluiu que comunicar sentimentos é tão prazeroso quanto comer ou fazer sexo. Durante os testes, foi oferecido dinheiro para os participantes que optassem responder perguntas relacionadas à outras pessoas, como o presidente Barak Obama. Mesmo assim, as pessoas preferiram falar de si do que ganhar o dinheiro.

A pesquisa, que utilizou ressonância magnética para acompanhar a atividade cerebral enquanto os indivíduos falavam de si, foi realizada com pessoas que moram perto da Universidade de Harvard. O resultado está publicado na edição desta semana da revista da Academia Americana de Ciências (PNAS).


VIDA E SAÚDE


Comente aqui
07 mai16:21

Rinite é a enfermidade de maior prevalência entre as doenças respiratórias crônicas

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 30% a 40% da população mundial sofre de doenças alérgicas, sendo que 300 milhões de indivíduos têm asma e 400 milhões são afetados anualmente por rinite alérgica, fator de risco para a asma.

A poluição ambiental, a fumaça do cigarro e as infecções virais atuam como fatores agravantes de crises alérgicas em portadores de asma e rinite. Esta última, a enfermidade de maior prevalência entre as doenças respiratórias crônicas, acomete cerca de 29,6% dos adolescentes e 25,7% dos estudantes de escolas brasileiras, segundo o Estudo Internacional de Asma e Alergias na Infância.

É preciso ter atenção, pois o retardo na identificação das doenças alérgicas pode resultar em maior número de complicações e a consequente necessidade de internação. Para alertar a população, a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai) promove a Campanha de Prevenção das Doenças Alérgicas, que tem como marco o dia 7 de maio.

De acordo com a especialista em alergia e imunologia Regina Watanabe Di Gesu, presidente da Asbai Regional RS, as características climáticas do Rio Grande do Sul colaboram para a incidência de alergias.

— A localização geográfica do Rio Grande do Sul, com estações climáticas bem definidas, facilita a proliferação dos ácaros da poeira domiciliar e dos fungos que são responsáveis pela maior frequência das crises alérgicas respiratórias no outono e inverno, além de possibilitar maior contato com os pólens na primavera — afirma Regina.


Saiba mais

:: As doenças alérgicas, como as anafilaxias, alergias alimentares, asma, rinite e conjuntivite podem em alguns casos ocorrer no mesmo indivíduo.


:: Há também as reações adversas aos medicamentos e as reações a picada de insetos (abelhas, marimbondos e formigas). O diagnóstico e tratamento especializado são recomendados, pois em algumas situações podem ser potencialmente fatais, como no caso das alergias ali mentares, das anafilaxias e da asma grave.


:: A reação anafilática é uma reação generalizada, que se inicia por manchas vermelhas na pele com coceira, inchaço nos olhos ou lábios, vômitos, tosse e dificuldade respiratória. Seu início é súbito e apresenta potencial risco de vida.


:: As principais causas da reação anafilática são os alimentos, os medicamentos, as picadas de insetos.


:: A rinite se caracteriza por crises de espirros, secreção nasal aquosa, entupimento nasal e coceira, muitas vezes afetando também os olhos.


:: Para o diagnóstico da rinite alérgica, a história clínica deve ser complementada pela pesquisa de sensibilização aos substância capaz de desencadear reações alérgicas, por meio de testes cutâneos ou dosagem de anticorpos específicos no sangue do paciente.


:: Pode ser confundida com resfriado comum ou gripe, que, de modo geral, apresentam comprometimento do estado geral com dores no corpo, febre ou dores de garganta.


:: Embora existam dúvidas em relação ao aumento observado das doenças alérgicas nos últimos anos, estudos científicos reforçam, como forma de prevenção, a orientação para que o aleitamento materno exclusivo seja orientado e incentivado nos primeiros meses de vida.

VIDA E SAÚDE



Comente aqui
07 mai16:10

Dia Mundial da Saúde em Chapecó

Ação do Dia Mundial da Saúde será realizada neste sábado dia 12 de maio em Chapecó. Acompanhe a programação completa do evento promovido pelo Grupo RBS com a parceira da Unochapecó, Aurora, Fundação Aury Bodanese, Unimed Chapecó, Luciano Vieira Fonseca, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Sesi, Hemosc, Gapa e Secretaria de Saúde de Chapecó.

O evento será realizado  no Calçadão da Rua Benjamin Constant.


Sábado, dia 12 de maio

Horário 9h às 17h

Local: Calçadão da Rua Benjamin Constant em Chapecó

[Caso chova o mutirão será transferido para outra data]



SESI

Estará com uma unidade móvel de odontologia, nutricionistas vão repassar orientações sobre alimentação e também será realizada verificação de pressão;


HEMOSC

Vai repassar orientações sobre a importância da doação de sangue e disponibilizar transporte gratuito para os doadores até o Hemocentro.


UNIMED

Será prestado serviços em uma unidade móvel como a verificação de pressão, além de nutricionais que vão orientar e falar sobre obesidade infantil e testes de IMC.


REDE FEMININA DE COMBATE AO CÂNCER

Vai repassar informações sobre a importância de conhecer, prevenir e tratar a doença.



GAPA

Dará informações sobre as doenças sexualmente transmissíveis e sobre o AIDS/HIV.



UNOCHAPECÓ

Acadêmicos dos cursos de Medicina, Odontologia, Nutrição, Psicologia, Farmácia, Enfermagem e Educação Física vão repassar orientações para a população.



SECRETARIA DE SAÚDE DE CHAPECÓ

Vai apresentar diversas ações referentes à saúde como:

Orientações para atividades físicas;

Orientação e entrega de material sobre obesidade;

Saúde Bucal;

Saúde do Trabalhador;

Orientação sobre o calendário de vacinação;

Informações sobre Hepatite, Tuberculose, Hanseníase, Diabetes;

Prevenção a Dengue;

Segurança alimentar e em salões de beleza;

Saúde do Homem;

Comente aqui
07 mai14:25

Baixe o volume: som alto demais prejudica a audição

Se o volume ideal dos seus fones de ouvido é aquele que bloqueia totalmente os sons da rua ou do ambiente de trabalho, é melhor cuidado. O som alto demais acelera processos de perda auditiva e a fonoaudióloga Marcella Vidal faz o alerta: mesmo quem é jovem não escapa do perigo.

- Em um ambiente normal de trabalho, como um escritório, o som pode chegar a até 70, 80 decibéis, A exposição continuada a sons acima de 85 decibéis pode levar à perda auditiva definitiva, com o passar do tempo.

Além dos transtornos mais óbvios da perda progressiva da audição, a fonoaudióloga alerta que quem sofre do problema pode ter dificuldade de conseguir emprego.

- A legislação brasileira exige que o trabalhador seja submetido a exames admissionais e, entre esses exames, os resultados da audiometria acabam sendo usados para selecionar o trabalhador no momento da admissão – explica.


Comente aqui
07 mai09:51

Ação Global supera expectativas em Xaxim

Cerca de 900 voluntários estiveram na Praça Frei Bruno em Xaxim no sábado, dia 5, para atender as milhares de pessoas que participaram da Ação Global. O evento promovido pela Rede Globo e Sesi, em parceria com o Governo Municipal, RBS TV, entidades, clubes de serviço e empresas do município, ofereceu mais de 100 serviços em saúde, cidadania e educação.

O evento teve início às 9h e se estendeu até as 17h. Atividades artístico-culturais também fizeram parte da programação que chamou a atenção dos xaxinenses. Famílias inteiras compareceram à estrutura montada em frente a Igreja Matriz e receberam orientações em saúde, educação, segurança, direito do cidadão, alimentação, além de participar de atividades recreativas.

As 7h30, empresários de toda a região participaram do “Café Empresarial” com o Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Glauco José Corte que discorreu sobre o tema: “Panorama Econômico Catarinense/Desindustrialização”.O Presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Gelson Merísio, marcou presença na Ação Global e disse que o evento é de importância significativa, especialmente por fazer com que muitas pessoas carentes tenham acesso a diversos serviços.

O Prefeito Gilson Vicenzi, salientou que o município se sentiu lisonjeado por receber um evento de tamanha importância, principalmente para a população que pode ser beneficiada com diversos serviços.- Não medimos esforços para que a Ação Global se tornasse realidade em Xaxim. Estamos admirados com toda essa estrutura e com o respaldo da população que veio e participou – destacou o prefeito.

Ao todo, foram mais de 33 mil atendimentos e 12 mil pessoas que participaram da Ação Global. Com o tema “Eu faço Ação Global o ano inteiro”, o evento buscou facilitar ao cidadão o acesso aos direitos essenciais e montar uma rede de solidariedade.

- Por meio da Ação Global promovemos o resgate da cidadania de uma faixa da população que, por falta de informação ou de oportunidade, não tem acesso aos serviços que hoje estamos oferecendo – afirmou o superintendente do Sesi Santa Catarina, Hermes Tomedi.

Para o presidente do Sistema FIESC, Glauco José Côrte, investir nesta iniciativa é uma retribuição que o Sistema FIESC dá às comunidades. – É uma boa oportunidade de prestarmos um serviço social e comunitário para as famílias locais e para os trabalhadores de indústrias de Santa Catarina – disse Côrte.


IGP confecciona mais de 500 identidades

O Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP), atendeu a solicitação para participar da Ação Global em Xaxim. Uma equipe de 12 pessoas esteve no município confeccionando documentos de identidades. Este serviço foi um dos mais procurados e a fila se formou durante todo o dia. Crianças, jovens, adultos e idosos procuraram o serviço. Ao todo foram confeccionados mais de 500 documentos de identidade.

Para Assessora de Projetos e Captação de Recursos Janice Moser, que é Coordenadora da Ação Global através da Administração Municipal a presença do IGP foi importantíssima para contribuir com o evento. – Eles atenderam nosso chamado e muitas pessoas puderam ser beneficiadas com esse serviço – completou.


Comente aqui
05 mai07:58

Mutirão de vacinação contra a gripe começa neste sábado em SC

Idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a menores de dois anos, grávidas em qualquer período da gestação, indígenas e profissionais de saúde podem procurar os postos de saúde a partir deste sábado para vacinar-se contra a gripe. Em Santa Catarina, a meta é imunizar pelo menos 744 mil da população-alvo nos 293 municípios.

Neste sábado, o dia D da Campanha Nacional de Vacinação, as unidades de saúde funcionarão das 8h às 17h. A vacina trivalente é injetável e protege contra os vírus: A (H3N2), B ( gripe sazonal) e A (H1N1), que ficou conhecido em 2009 como da gripe suína. Em 2009, auge da pandemia da H1N1, 2.080 pessoas morreram no Brasil vítimas do vírus. Em 2010, o número de mortes caiu para 148 e, em 2011, para 53.

Conforme a gerente de vacinação Luciana Amorim, da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), a campanha teve um impacto indireto na diminuição das internações hospitalares, da mortalidade e dos gastos com medicamentos para tratar das infecções secundárias.

— O esforço nas ações de mobilização e o compromisso dos gestores em saúde estão expressos na adesão progressiva da população à campanha, reduzindo assim os problemas com a Influenza e suas complicações.

A novidade neste ano é a vacinação da população prisional. Os presos devem começar a receber a dose depois do dia 25. O Estado ainda está discutindo a logística para que todos os presídios recebam o lote da vacina.


Mito da gripe

Crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Os demais grupos devem tomar dose única. A dose injetável é intramuscular e costuma ser aplicada na coxa, em crianças, e no braço ou nádegas, em adultos.

Um mito que precisa ser derrubado é que a vacina pode provocar gripe. Segundo Luciana, o vírus vem inativado na dose, ou seja, morto.

— O que pode acontecer é que o paciente já está com um gripe incubada ou outro vírus e coincidentemente desenvolve a doença após tomar a dose. Quem está tomando pela primeira vez também pode apresentar um quadro gripal leve, com dores musculares e cansaço, no dia seguinte, pois o corpo está criando anticorpos — esclarece

A trivalente não protege contra resfriados e outras infecções que também ocorrem no inverno e tem sintomas parecidos. A única contraindicação feita pelo Ministério da Saúde é para pessoas com alergias severas a ovo — nestes casos, é recomendada uma consulta médica para orientações.


Metas no Estados

Grande Florianópolis — 144 mil

Joinville — 67 mil

Florianópolis — 64 mil

Blumenau — 42 mil

Criciúma — 25 mil

Chapecó — 24 mil

Campanha nacional

A campanha nacional pretende imunizar 24,1 milhões de pessoas até o dia 25 de maio, o que representa 80% dessa população. Contará com 65 mil postos e 240 mil profissionais de saúde em todo o país.

Em 2011, de acordo com dados do Ministério da Saúde, 25,1 milhões de pessoas foram vacinadas — 84% do público-alvo definido. No mesmo período, foi registrada uma redução de 64% nas mortes provocados pelo vírus Influenza H1N1.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
04 mai13:24

Cerca de 65 mil postos de saúde abrem neste sábado para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe

Devem procurar os locais de vacinação idosos com mais de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, grávidas em qualquer período da gestação, indígenas e profissionais de saúde.

A meta é imunizar 24,1 milhões de pessoas até o dia 25 de maio. Crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado deverão receber apenas uma este ano.

Os demais grupos deverão tomar dose única.

Em 2011, de acordo com dados do Ministério da Saúde, 25,134 milhões de pessoas foram vacinadas – 84% do público-alvo. No mesmo período, foi registrada uma redução de 64% nas mortes provocados pelo vírus Influenza H1N1. Ao todo, 53 óbitos foram confirmados. Também no ano passado, houve queda de 44% nos casos graves da doença, que totalizaram 5.230.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
04 mai11:04

Vacinação contra a gripe começa dia 5 em todo país

A Secretaria Municipal da Saúde de Itá inicia a partir deste sábado dia 5, mais uma Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe. A campanha se estenderá até o dia 25 de maio. A enfermeira Rosemarí Fátima Krindges, Coordenadora do PSF em Itá, informa ainda que no sábado dia 5 de maio acontece o Dia de Mobilização Nacional para estimular a ida da população aos pontos de imunização. Neste dia, os Postos de Saúde de Nova Santa Cruz, Adolfo Konder e o do PSF Centro estarão abertos.

A responsável pela Vigilância Epidemiológica do município, Luiza Isabel Machada, informa que a os grupos de idosos do interior e da cidade, receberão a vacina durante as reuniões dos grupos durante o período da campanha. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que vai proteger também contra a influenza A (H1N1) — gripe suína. A meta da Secretaria Municipal de Saúde de Itá é imunizar1047, entre crianças, idosos e os próprios profissionais da saúde do município.

Devem procurar os postos de saúde idosos com mais de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, grávidas em qualquer período da gestação, indígenas e profissionais de saúde.Crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado deverão receber apenas uma este ano. Os demais grupos deverão tomar dose única.

Lembrete Importante: Todas as pessoas acima de 60 anos e crianças de 6 meses até 1 ano 11 meses e 29 dias, e gestantes devem levar o cartão de vacina.


Roteiro de vacinação

Dia 8– em Santa Cruz

Dia 9 – em Borboleta Alta

Dia 10 – no Centro dos Idosos

Dia 11 – em Bela Vista

Dia 15 – em Rio Engano

Dia 16 – em São Francisco

Dia 17 – em Linha Cruzeiro

Dia 21 – em Passo do Uvá e Lina Aurora


Comente aqui
04 mai08:08

Ação Global será realizada em Xaxim

Um único dia pode parecer pouco quando se quer mudar o mundo. Mas, para o Sesi, a Rede Globo e seus parceiros, é tempo suficiente para transformar o destino de milhões de pessoas. É assim quando ocorre a Ação Global, um mutirão de solidariedade realizado simultaneamente em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal. Neste ano a Ação Global será realizada em Xaxim. O evento, com apoio da RBS TV Chapecó será no sábado dia 5 de maio, das 9h às 17h.

O evento facilita o acesso a direitos que são essenciais a todos. Em um mesmo dia e local, é possível emitir documentos e receber atendimento médico e odontológico. Tudo isso ao som de música ao vivo e paralelamente a atividades de lazer, educação e esporte.

Quem nunca teve uma certidão de nascimento, cédula de identidade, CPF ou título de eleitor pode, finalmente, passar a fazer parte das estatísticas oficiais do país. Também se viabiliza a união pelo casamento ou a separação pelo divórcio, marcos que hoje custam caro para qualquer um.

Em dia de Ação Global, pessoas que normalmente não têm a chance de ir ao médico ou ao dentista, por razões financeiras ou falta de tempo, recebem consultas gratuitamente. Em muitos casos, foram diagnosticadas doenças que deveriam ser tratadas com urgência, mas ainda eram desconhecidas por seus portadores.

Realizada desde 1995, a Ação Global já beneficiou mais de 16,8 milhões de pessoas e prestou mais de 27,3 milhões de atendimentos. Por seu impacto e abrangência, a iniciativa tem funcionado como um termômetro das necessidades da população brasileira.

Ao identificar e chamar atenção para essas questões, o Sesi vem estimulando novas empresas a criarem programas de responsabilidade social, além de ajudar a orientar políticas públicas.




Comente aqui
03 mai12:33

Sem atchim: Como espantar a alergia de dentro de casa

Controlar o ambiente onde você mora para mantê-lo livre de agentes que causam alergia pode reduzir em até 40% as chances de ter problemas respiratórios. A afirmação é de Marcello Bossois, alergista e imunologista e Coordenador Técnico do Projeto Social Brasil Sem Alergia. Os maiores causadores de espirros, tosses e coceiras típicas da alergia estão presentes dentro de casa, como ácaros, a poeira, o mofo e até alguns tipos de fungos.

Anote algumas dicas para se livrar deles:

- O quarto de dormir requer uma atenção especial. Forre colchões e travesseiros com material impermeável. Passamos cerca de um terço da vida na cama e depositamos nela pele descamada, o alimento preferido dos ácaros.

- Se tiver alergia crônica, retire do quarto as cortinas de pano, carpetes, tapetes, cadeiras ou poltronas de tecido e bichos de pelúcia. Evite até a presença de plantas no ambiente de dormir.

- O acúmulo de jornais e revistas facilita a produção de poeira e ajuda o surgimento de mofo, o que deve ser evitado.

- Na hora da faxina evite o uso das vassouras, que levantam a poeira pelo ar. Prefira o aspirador de pó.

- Para lavar roupas, dê preferência ao sabão de coco líquido, em pó ou em barra.


Comente aqui