SC

19 mai09:12

Sobram pais na fila de espera para adotar uma criança em SC

Aline Rebequi* | aline.rebequi@diario.com.br

Santa Catarina tem hoje mais que o dobro de pretendentes à adoção do que crianças e adolescentes na fila de espera para ganhar uma família. Pelos números, não haveria ninguém esperando por um pai e por uma mãe nos 168 programas de acolhimento do Estado.

O problema está na escolha: 80% dão prioridade a menores de três anos, perfil que representa apenas 4% das crianças. Gelson Merisio, presidente da Assembleia Legislativa de SC, há alguns anos também pensava assim. Adotou dois recém nascidos. Com o tempo percebeu que criança faz um pai feliz com qualquer idade e mudou de ideia.


O deputado Gelson Merísio e a mulher, Márcia, estavam casados há 10 anos e não tinham filhos quando decidiram adotar.


Diante da matemática que não fecha no Estado, ele uniu a experiência da adoção ao poder que tem nas mãos como presidente da AL e contribuiu com o lançamento da Campanha Adoção – Laços de Amor, em maio do ano passado, que estimula a adoção tardia, múltipla (grupos de irmãos) e também de crianças deficientes através de histórias reais, mostrando como os laços de amor nascem entre pais e filhos independente de idade, gênero ou qualquer outra condição.

Ao falar sobre sua vida pessoal quase esquece que seus filhos não são biológicos. Como qualquer outro pai coruja, tem a foto dos pequenos, Nicole, 3 anos e Arthur, 13, na capa de abertura do celular. Se enche de orgulho quando fala dos dois e sinaliza a possibilidade de adotar mais um, desta vez, maior de três anos.

— Queremos quebrar tabus e preconceitos que um dia também fizerem parte da minha vida. As pessoas têm medo de não conseguir firmar vínculos com uma criança mais velha, mas a idade dela não interfere em nada — diz.

Merisio também esperou pelas crianças. Foi quase um ano pelo Arthur e cinco anos por Nicole. Hoje, em meio a tantos compromissos políticos, Merisio encontra uma brecha na agenda para brincar de balanço no quintal de casa.

Gelson e Márcia Merísio estavam casados há 10 anos e não tinham filhos quando decidiram adotar. Márcia lembra que no início o casal teve um pouco de dificuldade até descobrir que Arthur era autista. Mesmo assim, o menino toca guitarra e joga xadrez. Ver filmes com a família é uma das suas atividades preferidas.

— Adoção é uma oportunidade única. Não é uma ajuda só para elas, mas também para os pais — recomenda.


Campanha retorna em 25 de maio

Realizada em Santa Catarina pela Assembleia Legislativa, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil e Tribunal de Justiça, a Campanha Adoção – Laços de Amor será relançada a partir do dia 25 de maio, próxima sexta-feira.

Na mídia e no portal da campanha, www.portaladocao.com.br serão revistas histórias reais e de sucesso sobre adoção tardia, de grupos de irmãos e de crianças com necessidades especiais.


Os resultados do primeiro ano da campanha

— 2,2% é o aumento no número de crianças para adoção de 2011 para 2012

— 42 pretendentes tomaram a decisão de adotar depois da campanha

— 18% é o número de pretendentes que mudaram de ideia e resolveram aceitar crianças com mais de três anos depois da campanha

— 7 audiências públicas foram realizadas pelo Estado

— Foi identificada a necessidade de agilizar os processos e ampliar o quadro de profissionais nas casas de acolhimento (psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, técnicos)

— Sensibilização de interessados para adoção tardia. Em um ano, os vídeos foram acessados 10.704 vezes e o site 23.264 vezes.

— O Tribunal da Justiça fez levantamento estadual e elaborou um Relatório de Visitas aos Programas de Acolhimento Institucional.


Uma matemática que não fecha

1.652 é o número de crianças para adotar

3.560 é o número de pessoas que querem adotar uma criança

80% escolhem menores de três anos

4% das crianças para adotar tem menos de três anos


O que será feito em 2012

— 4 de junho, no Ministério Público, um evento discutirá soluções para melhorar o acolhimento das crianças;

— Comunicação direta com os inscritos para adotar: envio de material da campanha na tentativa de ampliar o perfil de filho buscado (mais velhos, grupos de irmãos e com necessidades especiais).

— Será sugerido à Secretaria de Assistência Social do Estado a criação de um grupo multidisciplinar de atendimento às adoções tardias realizadas para dar suporte às famílias e crianças no período de adaptação.

— Será criado uma central de atendimento por telefone para auxiliar os pais que adotaram crianças a resolver conflitos familiares e melhorar a adaptação. A implantação está prevista para junho deste ano.


*Colaborou Darci Debona


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
18 mai17:22

Grupo JMT confirma venda da NHT Linhas Aéreas para empresa catarinense

Erik Farina | erik.farina@zerohora.com.br

O Grupo JMT confirmou a venda da NHT Linhas Aéreas para a empresa catarinense Acauã, com sede no balneário Camboriú. O valor não foi confirmado. As tratativas correm desde o início do ano e foram fechadas nesta semana. O negócio ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). A solicitação foi protocolada nesta sexta-feira.

Durante o acordo, o empresário Jorge Barouki, dono da Acauã, teria confirmado que manterá os voos atuais da NHT, inclusive as ligações com o interior do Rio Grande do Sul. As frequências não mudarão. O motivo é a rentabilidade e o potencial de crescimento das linhas entre Porto Alegre e cidades como Pelotas, Rio Grande e Santa Maria, no RS. Inicialmente, a sede da NHT será mantida na Capital gaúcha.

Entretanto, algumas linhas pouco rentáveis poderão ser suspensas. Uma delas deve ser a que liga Porto Alegre e Uruguaiana, na Fronteira Oeste do RS. Os novos controladores pretendem ampliar a frota, adquirindo quatro aviões de maior capacidade. A criação de voos ligando o Rio Grande do Sul e cidades industriais no interior de Santa Catarinas deve ser considerada.

Com a concretização do negócio, o grupo JMT irá focar seus negócios em transporte terrestre. Parte do valor da venda da NHT deve ser utilizado para ampliar a frota da Planalto, que atua no RS: recentemente, a empresa anunciou a compra de quase 50 novos ônibus da Marcopolo, com o custo de R$ 700 mil cada.

Há um investimento em andamento na abertura de um centro de encomendas em São Paulo. A NHT foi fundada em 2006, fazendo a ligação entre 15 municípios nos estados da região sul e no aeroporto de Congonhas. Conta com 6 aeronaves e mais de 100 colaboradores diretos. A empresa diz que não haverá demissões com a venda ao grupo catarinense.

A Acauã é ligada ao grupo Vit Solo, que faturou cerca de R$ 90 milhões de reais no ano passado, quase 50% a mais do que no ano anterior. A empresa presta serviços para companhias aéreas brasileiras, fazendo limpeza de aeronaves e transporte de bagagens.

ZERO HORA



Comente aqui
18 mai09:58

Tempo deve permanecer instável em Santa Catarina nesta sexta-feira

A semana termina com previsão de tempo instável em Santa Catarina. Enquanto há possibilidade de chuva fraca entre o Litoral e o início da Serra, as regiões Oeste e Meio-Oeste devem ter tempo firme nesta sexta-feira.

>>  Confira mais detalhes no Blog do Puchalski

A Epagri, órgão que monitora as condições climáticas no Estado, aponta ainda que as temperaturas podem chegar a 26ºC no Extremo-Oeste e 24ºC na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Litoral Norte.

A instabilidade no tempo, segundo o órgão, deve-se a circulação marítima, que favorece a formação de mais nuvens e influencia na possibilidade de chuva fraca, principalmente no início da manhã e à noite.

Os ventos sopram de leste a nordeste, fraco a moderado com rajadas, podendo chegar a 50 Km/h entre o Extremo-Oeste e a Serra e possibilidade de alcançar 40 Km/h nas demais regiões.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
17 mai18:44

Tarifa de energia elétrica cai 3 pontos porcentuais

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) explicou nesta quinta-feira que haverá uma redução média de três pontos porcentuais na tarifa de energia elétrica decorrente da redução do orçamento da Conta de Consumo de Combustível (CCC) deste ano.

A redução havia sido decidida na terça-feira, mas somente nesta quinta-feira a Aneel realizou entrevista coletiva para explicar a medida. A estimativa de gasto desse encargo, que serve para subsidiar sistemas isolados da região Norte, caiu de R$ 5,9 bilhões para R$ 3,2 bilhões. Por causa disso, as tarifas vão cair.

A redução vale desde o dia 1º de janeiro, mas será aplicado às tarifas à medida em que elas forem reajustadas.

AGÊNCIA ESTADO


Comente aqui
17 mai14:23

Inaugurada nova sede da Delegacia de Polícia de Ponte Serrada

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) inaugurou, na tarde da quarta-feira, dia 16, a nova sede da Delegacia de Polícia do município de Ponte Serrada. A obra, construída em uma área de 207,07 metros quadrados, recebeu investimentos de R$ 279.465,81, recursos do Fundo de Melhoria da Segurança Pública. Durante a solenidade, o secretário César Augusto Grubba, enfatizou a necessidade de construir edificações próprias para os órgãos da Segurança Pública.

- Essa é maneira de reduzir as despesas anuais com a locação de imóveis -disse o titular da SSP. Além disso, assinalou Grubba, as novas instalações oferecem maior comodidade e segurança ao profissional de Segurança Pública.

Além da inauguração da nova delegacia, também foram entregues quatro viaturas para a Polícia Civil de Ponte Serrada e Xaxim. São veículos Fiesta e Pálio Weekend que serão usados para intensnficar o trabalho de investigação. No total, o Governo do Estado, por meio da SSP, comprou 662 novas viaturas, modelos Fiat e Ford, adquiridas no final do ano passado, em um investimento de R$ 30,6 milhões. Esses novos veículos estão sendo distribuídos entre todos os órgãos que compõe o sistema de Segurança Pública.

Para o secretário César Grubba, muitos órgãos da Segurança Pública contavam com viaturas com mais de cinco anos de uso, com 300, 400 mil quilômetros rodados, carros que não tinham mais condições de dar uma resposta necessária a sociedade e oferecer segurança aos condutores.

- Entendemos que é muito difícil trabalhar sem ter condições. Não tem como o policial estar motivado com um carro velho que quebra na rua, ou estar sem armas e sem estrutura – disse Grubba.

O secretário informou ainda que novas viaturas devem ser adquiridas para os próximos anos. – A intenção é renovar toda a frota de 5.294 carros, que estão com muitos anos de uso – concluiu.

Participaram da solenidade o Delegado Geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro e diretores, representantes da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Xanxerê, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal de Ponte Serrada.

Comente aqui
17 mai14:13

Tarifa de energia ficará até 23,8% mais baixa para parte dos consumidores de SC

A conta de energia da casa do catarinense deve ficar 1,99% mais barata a partir de agosto. Consumidores de grande porte também devem ter uma redução de até 23,82%. Os percentuais para os novos valores foram publicados nesta quinta-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e divulgados pela colunista de economia Estela Benetti em seu Blog.

O maior recuo será para consumidores no grupo A1, que demandam acima de 230 kV. Em Santa Catarina, a única empresa nesse grupo é a ArcelorMittal, de São Francisco do Sul. Grandes consumidores do grupo A2 (138 kV), que inclui setores como o cerâmico, siderúrgico, metalúrgico, papel e celulose, terão redução de 9,94% e; os do grupo A3 (69 kV), que inclui empresas de cerâmica, carvão e têxtil, vão ter queda de 10,49%.

Esses recuos serão em função da diminuição nos gastos com a conta consumo de combustíveis e dos custos operacionais da parcela B. No subgrupo A4 (13,8 kV e 23 kV), que inclui shoppings, comércio e edifícios de uso coletivo, haverá aumento de 2,83%.

A simulação indica um aumento médio de 0,32% para o consumidor, mas há diferenças grandes de acordo com o perfil do consumidor, conforme classificação da Aneel.

Os números oficiais serão conhecidos em julho e começam a ser praticados depois da homologação, o que está previsto para ocorrer em 7 de agosto. A revisão tarifária ocorre a cada quatro anos.

— Pelos números fechados até agora, a Celesc apresenta o melhor resultado entre as grandes distribuidoras do país. Se considerarmos que a inflação acumulada nos últimos 12 meses foi de 5,1%, o efeito para o consumidor, bem abaixo de 1%, será praticamente imperceptível — explica o presidente da companhia Antonio Gavazzoni.

Confira os valores prévios divulgados pela Celesc:

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
17 mai11:26

Chega a 142 o número de municípios em situação de emergência em SC

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Correia Pinto, no planalto serrano, foi o último município a encaminhar decreto de situação de emergência devido a estiagem que assola Santa Catarina desde novembro de 2011. Segundo a Defesa Civil do Estado, com este decreto subiu para 142 o número de municípios afetados no estado.

De acordo com a Defesa Civil já são 761.762 mil pessoas afetadas. Conforme avaliação de danos da Defesa de 130 municípios, dos 142 em situação de emergência, os prejuízos na agricultura e pecuária chegam a R$ 692.699 milhões.


>> Bomba do poço profundo de Seara é retirada


142 municípios em situação de emergência

Abelardo Luz

Abdon Batista

Agrolândia

Água Doce

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Armazém

Anchieta

Anita Garibaldi

Atalanta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Balneário Gaivota

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bocaina do Sul

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Brunópolis

Caibi

Campo Erê

Campos Novos

Capinzal

Catanduvas

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Correia Pinto

Criciúma

Cunha Porã

Cunhataí

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Flor do Sertão

Formosa do Sul

Forquilhinha

Fraiburgo

Frei Rogério

Galvão

Grão Pará

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Içara

Imbuia

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irani

Irati

Itá

Itapiranga

Ituporanga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba

Jupiá

Lacerdópolis

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Macieira

Maracajá

Maravilha

Marema

Meleiro

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Alta

Ponte Serrada

Praia Grande

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Rio das Antas

Rio do Campo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Salto Veloso

Santa Helena

Santa Rosa do Sul

Santa Terezinha

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São João do Sul

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sombrio

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Vargem

Vargem Bonita

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada no dia 16 de maio de 2012, pela Defesa Civil.


Comente aqui
17 mai09:16

Tempo fica instável nesta quinta-feira, com chuva no Litoral e sol entre Oeste e Serra em SC

A quinta-feira deve ser de tempo instável em todo o Estado, segundo previsão da Epagri. Nas cidades da região litorânea, o dia deve ser de mais nuvens e chuva em alguns momentos, enquanto o sol aparece entre o Oeste e a Serra.

Confira mais detalhes no Blog do Puchalski

As temperaturas devem ficar amenas, chegando a 23ºC na Grande Florianópolis e Litoral Norte. De acordo com as estações meteorológicas da Epagri, o amanhecer mais frio desta quinta foi em Bom Jardim da Serra, com 4,3ºC.

Os ventos sopram de leste com variações de nordeste do Oeste ao Litoral Sul, e com variações de sudeste no Litoral. A intesidade deve ser fraca, podendo chegar a 45 Km/h na Serra e 35 Km/h nas demais regiões.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
16 mai11:29

São 141 municípios em situação de emergência em SC

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Fraiburgo, Forquilhinha, Abdon Batista, também decretaram situação de emergência devido a estiagem que assola o estado desde novembro de 2011. Segundo a Defesa Civil do Estado, com os três decretos subiu para 141 o número de municípios afetados em Santa Catarina.

De acordo com a Defesa Civil já são 761.762 mil pessoas afetadas. Conforme avaliação de danos da Defesa de 130 municípios, dos 141 em situação de emergência, os prejuízos na agricultura e pecuária chegam a R$ 692.699 milhões.



141 municípios em situação de emergência

Abelardo Luz

Abdon Batista

Agrolândia

Água Doce

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Armazém

Anchieta

Anita Garibaldi

Atalanta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Balneário Gaivota

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bocaina do Sul

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Brunópolis

Caibi

Campo Erê

Campos Novos

Capinzal

Catanduvas

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Criciúma

Cunha Porã

Cunhataí

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Flor do Sertão

Formosa do Sul

Forquilhinha

Fraiburgo

Frei Rogério

Galvão

Grão Pará

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Içara

Imbuia

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irani

Irati

Itá

Itapiranga

Ituporanga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba

Jupiá

Lacerdópolis

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Macieira

Maracajá

Maravilha

Marema

Meleiro

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Alta

Ponte Serrada

Praia Grande

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Rio das Antas

Rio do Campo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Salto Veloso

Santa Helena

Santa Rosa do Sul

Santa Terezinha

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São João do Sul

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sombrio

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Vargem

Vargem Bonita

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada no dia 14 de maio de 2012, pela Defesa Civil.


Comente aqui
16 mai09:38

Frio começa a diminuir e tempo deve ficar instável em Santa Catarina

As baixas temperaturas registradas nos últimos dias começam a ficar para trás. A previsão da Epagri para esta quarta-feira é que o frio comece a diminuir gradativamente e pode chegar a 24ºC no Extremo-Oeste. Há possibilidade de chuva, principalmente entre a Grande Florianópolis e as cidades litorâneas ao Norte.

Confira mais detalhes no Blog do Puchalski

Nesta quarta, há formação de nevoeiros entre a madrugada e o amanhecer. No Litoral e em áreas próximas, o vento traz umidade do mar e há formação de mais nuvens, o que pode facilitar a ocorrência de chuva fraca em parte do Estado. Nas demais regiões, o dia deve ser de sol entre nuvens.

Os ventos sopram de leste a nordeste do Oeste ao Litoral Sul e de sudeste a leste nas demais regiões, com intensidade fraca a moderada. A velocidade dos ventos não deve passar de 45 Km/h.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui