Seara

14 mar14:58

Casan de Seara contratou caminhões para abastecer o município

A Casan de Seara voltou a utilizar caminhões pipa para captar água no rio Uvá de Itá e garantir o abastecimento da cidade. Ainda assim, os moradores vão continuar recebendo água só de 12 em 12 horas.

Como não chove há mais de 20 dias o nível do rio do Caçador diminuiu e o volume de água é insuficiente para atender a demanda. Para amenizar a situação, na manhã desta quarta-feira três carretas iniciaram o trabalho de captar água no Rio. O trajeto rio para reservatório da Casan em Seara é de 18 Km.

- Cada caminhão devem fazer 10 viagens por dia para atender a demanda – disse o Carlos Peressoni, chefe da Agência em Seara.

Mesmo assim, o rodízio no abastecimento vai ser mantido. Por 12 horas é distribuído água para uma região da cidade e 12 horas para a outra. Sistema que não garante o abastecimento de todas as residências. Quando a água chega até a casa de Dona Amália ela armazena o que pode. – Economizo em tudo, até o banho tem que ser rápido – disse a aposentada Amália Sartori.


Poço Profundo

A maior parte dos equipamentos que ficaram presos dentro do poço, após um cano se romper, foram retirados. Mas ainda é preciso retirar o motor da bomba de sucção que está a 400 metros de profundidade.

- Esse é um trabalho delicado e ainda não temos data para ser finalizado – disse Peressoni.


Comente aqui
14 mar07:34

Estudo do Contorno Viário de Seara será apresentado nesta quarta-feira

A Prefeitura de Seara realiza nesta quarta-feira, 14, a apresentação do Estudo do Traçado do Contorno Viário de Seara. O evento será no Auditório Municipal, a partir das 9 horas. No inicio do mês de fevereiro, foi realizado o processo licitatório que definiu a empresa Bauer Engenharia, de Florianópolis, para fazer o projeto de engenharia rodoviária do contorno viário sul do município. O investimento é de R$ 139.950,00 com recursos próprios e vinculados ao Governo Federal.

De acordo com a Prefeita Laci, as tratativas para solução da problemática que envolve a Rua Três de Abril iniciaram ainda em 2009. Neste período, audiências públicas foram realizadas, também foram encaminhados pedidos para arrecadar recursos para o projeto.

- A construção do contorno viário é a solução efetiva do problema envolvendo a Rua Três de Abril. Afinal, são 3,7 Km de declive acentuado, onde os motoristas, em algumas situações acabam ficando sem freios e se envolvendo em acidentes. O contorno poderá salvar muitas vidas e proporcionar mais segurança à população searaense, assim como para os motoristas que trafegam pela rodovia – disse Laci.

Em 2009 e 2010 ocorreram duas audiências públicas em parceria com a Assembléia Legislativa de Santa Catarina, as quais foram importantes para debater ações de melhorias e deixar as autoridades atentas ao problema que existe no município.

De acordo com o coordenador do projeto Everton Fabian Bauer, o estudo do traçado foi desenvolvido com base nas características técnicas previstas nas normas do DER/SC e adequado aos estudos ambientais, geológico, geotécnico e o projeto de engenharia topográfica cartográfica.

O trecho previsto será de aproximadamente 10 km e objetiva principalmente o desvio do tráfego pesado do centro da cidade, devido ao forte relevo da região.


Comente aqui
13 mar09:57

Curso para gestantes em Seara

A Secretaria Municipal da Saúde inicia às 13h30 da quarta-feira, 14, mais um curso de gestantes, chamado “Programa Pequenas Borboletas”. Ao todo serão seis encontros, no Auditório Municipal, mais uma visita hospitalar e a realização da “Oficina do Sapatinho do Bebê” em parceria com a Secretaria da Assistência Social, onde as mamães aprendem a confeccionar algum tipo de artesanato para integrar o enxoval. Ainda, as participantes recebem gratuitamente um kit para gestantes.

A Enfermeira Juliana Foralosso disse que todas as gestantes do município podem participar, pois o curso não exige período mínimo de gestação. Para elaboração do curso, a Secretaria da Saúde disponibiliza enfermeiras, médico, nutricionista, fisioterapeuta, fonoaudióloga e psicóloga.

- O curso trata de diversos assuntos, inclusive alterações físicas e emocionais. Após o curso as participantes saem satisfeitas e mais seguras para ter o seu bebê – disse Juliana.


Comente aqui
12 mar15:59

Seara retoma rodízio no abastecimento de água

A Casan de Seara voltou a implantar sistema de rodízio no abastecimento de água da cidade.

Como o poço profundo ainda não foi consertado e o nível da barragem de captação de água do rio Caçador está cada dia mais baixo, a companhia está racionando o abastecimento.

Durante 12 horas é abastecida a parte baixa da cidade e no restante do dia a parte alta. A ordem na cidade é evitar o desperdício. Esta é a terceira vez só neste ano que Seara adota sistema de rodízio no abastecimento de água.




Comente aqui
09 mar10:58

Construção de pontes facilita tráfego em Seara

De forma permanente a Secretaria Municipal do Interior trabalha na construção e reforma de pontes no município de Seara. Nas últimas semanas foi reformada uma ponte no Distrito de Nova Teutônia e construída uma nova ponte no Distrito de Caraíba. A próxima será feita na Linha São Brás. As pontes em geral são de madeira, sustentadas por novas vigas, trilhos e barrotes, permitindo inclusive a passagem de veículos pesados, como caminhões e ônibus.

Em três anos, foram restauradas 26 pontes e construídas 36 novas na cidade e interior. Os investimentos chegam a R$ 268 mil. O Secretário da Cidade e Interior Antônio de Oliveira, disse que o investimento é constante e destaca a importância desse trabalho para a população searaense. – A manutenção, tanto das estradas quanto das pontes do interior proporcionam melhorias no tráfego de veículos e pessoas e principalmente, oferecem maior segurança a população – disse.

A cada ponte nova construída é investido uma média de R$ 6 mil em materiais e mão-de-obra e em cada ponte reformada a média de investimento é de R$ 2 mil. – Mais de 90% das pontes do município foram revitalizadas ou refeitas totalmente – comentou o Secretário. Além das melhorias nas pontes, a Secretaria realiza constantemente trabalhos de abertura e recuperação de acessos, além do patrolamento e cascalhamento das estradas do interior do município.


Comente aqui
06 mar14:33

CEJA de Seara abre ingressos para novos estudantes

O Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) está com inscrições abertas, tanto para os alunos que já fizeram alguma disciplina e desistiram, como para os novos interessados.

Para ingressar no Ensino Fundamental basta que o aluno tenha 15 anos. Já no Ensino Médio são necessários 18 anos completos no ato da matrícula. – Estamos com uma nova modalidade de ensino, o Ensino Presencial, que é para os alunos que nunca estudaram na EJA. Quem estiver matriculado nesta modalidade ou ainda quiser se matricular – explica a diretora do CEJA em Seara, Elaine Corbari Bondan.

O Centro de Educação de Jovens e Adultos de Seara funciona de segunda a sexta-feira, nas dependências da Escola de Educação Básica Seara.


Comente aqui
29 fev11:33

Região Oeste promove encontro dos Pontos de Cultura

Os municípios da região Oeste de Santa Catarina, que oferecem um Ponto de Cultura, foram representados em reunião na cidade de Pinhalzinho. Os municípios participantes são: Vargeão, Xanxerê, Formosa do Sul, Seara, Caxambu do Sul e Palmitos. As atividades do encontro foram coordenadas por Gilson Maximo, representante estadual da rede de Pontos de Cultura de Santa Catarina.

O encontro foi dividido em vários momentos: Explanação sobre a situação dos Pontos de Cultura em SC; Debate entre participantes; Realização da 1ª Teia Catarina e momento de troca de experiências. Ao final do encontro foram eleitos os representantes dos Pontos de Cultura da região Oeste. Foi escolhida como representante do Ponto de Cultura Tom sobre Tom de Formosa do Sul, Daiane Frigo. A representante do Ponto Cultura para Todos, será Carmen Salvini, de Pinhalzinho.

Formosa do Sul, contemplado ainda no ano de 2010, conquistou através deste programa um investimento de R$ 180 mil. Os recursos estão sendo recebidos em três parcelas anuais. O dinheiro é aplicado em compra de materiais, equipamentos e contratação de instrutores. O Ponto de Cultura de Formosa do Sul oferece aulas de música em diversos instrumentos, aulas de dança, teatro e artesanato.


Comente aqui
23 fev10:40

Torneira continua seca

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Nem a boa chuva dos últimos dias garantiu água na casa de Diego Gasperin, morador do Bairro Bela Vista, em Seara. Ontem à tarde, a torneira ligada na rede da Casan continuava seca. –Faz 15 dias que não vem água- reclama.

Chuva encheu reservatório na cidade de Seara, mas algumas famílias ainda não tem água. Diego Gasperin não recebe água da Casan há 15 dias.

Muitas vezes chegou do trabalho e não tinha água para tomar banho. Pelo menos ele conseguiu encher uma caixa de água de mil litros com água da chuva e de um caminhão pipa. Para beber, ele busca com litros no poço da Praça Henriqueta Zanuzzo.


>> Governador vem à Chapecó anunciar novas medidas para combater os efeitos da estiagem no Oeste

>> Chuva chegou, mas não alivia falta de água no Oeste

>> A salvação da lavoura



Aposentada lava roupa e calçada

A aposentada Ana Ongarato Baioco estava muito feliz ontem em virtude da chuva.

Ana Baioco comemorou a chuva.

– Graças a Deus- comemorou.

Ela lavou roupa que estava acumulada desde sábado e, com a água que juntou de uma calha na caixa de água, lavou as calçadas. Ela espera que a partir de agora a situação normalize. Afinal, durante a estiagem, ela teve que buscar água na vizinha pra fazer comida e tomar banho de caneca.


Comente aqui
22 fev23:48

Chuva chegou, mas não alivia falta de água no Oeste

Darci Debona e Mayara Rinaldi | darci.debona@diario.com.br e mayara.rinaldi@diario.com.br

Alívio imediato. Este é o efeito da chuva que ocorreu entre a noite de terça e a manhã de quarta-feira na região Oeste, amenizando os efeitos da estiagem nos 96 municípios que decretaram situação de emergência. O total registrado é um terço da média do mês. Algumas cidades, como Seara, registraram 40 milímetros. Em Chapecó, foram 55 milímetros e, em Iporã do Oeste, cerca de 100 milímetros. Em São Miguel do Oeste, o acúmulo de água foi de 29,5 milímetros, e em Xanxerê, 20 milímetros.Em Iporã, a precipitação permitiu normalizar o abastecimento na cidade, onde as famílias chegavam a ficar 20 horas sem água. No Rio Pirapó, que abastece a cidade, onde havia um filete de água ontem tinha um metro de profundidade.

— Encheu a calha do rio e agora temos água para pelo menos 20 dias — comemorou o chefe da agência local da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), Luiz Mickma.

Em Seara, choveu 40 milímetros e encheu o reservatório do Rio Caçador, que foi desassoreado recentemente. De acordo com o chefe da Casan em Seara, Carlos Pressoni Filho, a retirada de 4,3 milhões de metros cúbicos de terra permitiu acumular 5 milhões de metros cúbicos de água.


Chuva encheu o reservatório do Rio Caçador em Seara.


— Isso dá para uns 10 a 15 dias — calculou o gerente. Até lá, ele espera que esteja consertado o poço profundo, onde a bomba está trancada a cerca de 400 metros.

Segundo a Casan, o abastecimento está praticamente normalizado, exceto em algumas partes altas da cidade. Agora, com a chuva, a água existe, mas está muito suja, o que dificulta o tratamento na estação.A umidade é bem-vinda no campo para recuperar principalmente as pastagens. Também beneficia as lavouras de soja e o plantio da safrinha (segunda safra) do milho. As perdas permanecem nas lavouras de milho, que já estão maduras, e plantações de soja em fase adiantada.Estão consolidadas as perdas de R$ 60 milhões na agropecuária, segundo o secretário de Agricultura do Estado, João Rodrigues. O que a chuva da noite de terça-feira pode ajudar é evitar o aumento dos prejuízos para os agricultores.


Anúncio de medidas para o campo

Em meio ao anúncio de medidas para resolver o problema das enchentes no Vale do Itajaí, o governador Raimundo Colombo convidou o secretário João Rodrigues para anunciar medidas que podem ajudar os agricultores do Oeste. A primeira, foi um levantamento da quantidade de agricultores que não receberam nenhum tipo de ajuda e não têm seguro agrícola.

De acordo com Rodrigues, são 17 mil famílias e, para esses agricultores, o governo autorizou a compra de 35 mil sacas de semente de milho. A segunda medida será a liberação de mais R$ 3 milhões para o transporte de água. A solução para o problema na região, segundo Colombo, é a construção de cisternas para armazenar a água. Ele explicou que há uma linha de crédito no Banco do Brasil — cada unidade custa R$ 15 mil —, num programa em que Estado paga o juro para o agricultor. O governador sse que serão proibidas instalações para a criação de suínos e aves sem que a propriedade tenha cisterna.


Comente aqui
20 fev16:07

Iluminação Pública de Seara recebe melhorias

A Prefeitura Municipal de Seara está ampliando a rede de iluminação pública das ruas que dão acesso à cidade. Desde o mês de dezembro a empresa Zandonai e Zampronio Ltda de Concórdia, vencedora da licitação realiza trabalhos nas ruas do Comércio, Prefeito Theodoro Barbieri e Avenida Paludo. Os investimentos são realizados através dos recursos da COSIP, num total de R$170.306,53.

De acordo com o Diretor da Secretaria da Cidade Fabio Stocco, os trabalhos estão ocorrendo dentro da normalidade e devem ser concluídos até o mês de março. Nas Ruas Prefeito Theodoro Barbieri e Comércio já foram ampliados a rede, já na Avenida Paludo será trocada toda a iluminação.

- Com a instalação da iluminação nestes locais, teremos mais segurança, além de facilitar o tráfego de veículos e pedestres e proporcionar embelezamento da cidade e mais segurança aos moradores e aos usuários destes locais – destaca Stocco.


Comente aqui