Sebrae

20 ago16:08

Mercomóveis 2012: pequenas empresas estarão presentes com apoio do Sebrae/SC

Fomentar a inovação, competitividade e o fortalecimento das micro e pequenas empresas são os principais objetivos do Sebrae/SC, que tem presença confirmada na Mercomóveis 2012, a maior feira do setor moveleiro de Santa Catarina, que acontecerá entre os dias 27 e 31 deste mês de agosto, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó.

A parceria entre o Sebrae/SC e a Mercomóveis oportunizará que 14 micro e pequenos empreendimentos da região apresentem produtos em um espaço de 450 metros quadrados de exposição.

- São pequenas empresas participantes do Projeto de Fortalecimento de Polos Industriais, que terão a oportunidade de expor gratuitamente itens como puffs, camas, portas, aparadores, jogos de sala e materiais de escritório -explica o coordenador do Núcleo da Indústria do Sebrae/SC, Roberto Tavares de Albuquerque.

O programa Nova Economia@SC é uma iniciativa do Governo do Estado e Sebrae, formado por cinco projetos: juro zero (com empréstimos sem juros e acompanhamento especializado para microempreendedores individuais), polos industriais (para o fortalecimento das micro e pequenas empresas em polos setoriais), polos de economia verde (para o uso de resíduos industriais na criação de novas empresas), desenvolvimento territorial (para estímulo ao surgimento de empreendimentos sustentáveis em áreas de menor desenvolvimento humano) e ilumina (para levar internet banda larga a comunidades com menor desenvolvimento humano). De acordo com o coordenador regional do oeste, Enio Alberto Parmeggiani, os investimentos chegam a R$ 70 milhões – R$ 50 milhões do Estado e R$ 20 milhões do Sebrae/SC.

O presidente da Mercomóveis 2012 Nivaldo Lazaron Junior e o presidente das entidades promotoras da feira – Associação e do Sindicato da Indústria Madeireira e Moveleira do Vale do Uruguai (Amoesc/Simovale) – Osni Verona, destacam a importância da parceria para oportunizar às micro e pequenas empresas da região a participação em um dos maiores eventos do setor no País.

- Muitas dessas empresas não teriam condições de expor por conta própria. Na Mercomóveis, poderão apresentar os trabalhos a lojistas de todo Brasil e a mais de 15 países com presenças confirmadas na feira – disse Osni.

Os dirigentes enfatizam que os programas do Sebrae contribuem para fortalecer os setores madeireiro e moveleiro do oeste catarinense, polo que hoje tornou-se referência nacional.

- O setor madeireiro/moveleiro é um dos que mais cresce, gera emprego e movimenta a economia no Estado. Muitas empresas nasceram pequenas e hoje são referências onde atuam. Por isso, o Sebrae investe para que as novas empresas tenham condições de crescer e as que já existem consigam manter-se competitivas e inovadoras – finalizou Parmeggiani.


Sobre a feira

A Mercomóveis 2012 abrirá oficialmente no próximo dia 27 de agosto, segunda-feira, às 14 horas. Com o tema “De olho no novo consumidor”, a 8a edição surpreenderá pelas inovações e será a NOVA melhor da série, considerando a superação de cada edição, quer seja em volume de negócios, número de expositores e de visitantes.

As expectativas apontam para mais de 20 mil visitantes, com volume de negócios estimado em R$ 200 milhões. Cerca de 150 expositores de grande, médio e pequeno porte do setor mostrarão novos conceitos em móveis, arquitetura, design e decoração para os mais variados estilos.


Comente aqui
27 jul18:00

Mais de mil Empreendedores Individuais formalizados em Chapecó

Atualmente, Chapecó contabiliza 1.952 Empreendedores Individuais. Na região de abrangência da coordenadoria regional oeste do Sebrae/SC, mais de 7 mil microempresários fazem parte dos trabalhadores que deixaram a informalidade desde 2009, quando foi implantada a categoria. A Semana do Empreendedor Individual, realizada no mês de julho, representou um estímulo a mais para a busca por informações e, consequentemente, a formalização.

- Além de realizar cadastro, conversamos com profissionais de diversos segmentos com interesse de conhecer os benefícios de sair da informalidade. Com isso, prospectamos um grande número de pessoas que pretendem legalizar seus negócios. Nossa meta até o fim deste ano é legalizar 2.319 empreendimentos – salienta o coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani.

O diretor técnico do Sebrae/SC, Anacleto Ortigara informa que o Estado contabiliza mais de 89 mil empreendedores individuais.

- Esse índice expressivo de formalizações deve-se ao fato de que os trabalhadores compreenderam que a iniciativa traz benefícios significativos – disse.

A tendência, segundo o coordenador regional oeste do Sebrae, é que esses números cresçam ainda mais à medida que os municípios implementarem a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas.

- Nossa meta é que mais de 1,5% da população do oeste esteja formalizada até 2013. A regularização é um passo estratégico ao fortalecimento dos negócios, já que amplia as oportunidades de mercado – finalizou.

Ortigara destaca que o Sebrae oferece diariamente atendimento especial adaptado à realidade de cada empreendedor. Neste ano, foram aprimorados os treinamentos, consultorias e orientações destinadas a esses empreendedores que se destacam por serem os que mais cumprem as obrigações empresariais como pagamento das guias em dia e entrega de declaração de IR.

- A intenção é chegar ao final de 2012 com mais de 100 mil empreendedores formalizados em Santa Catarina – salienta consultora técnica da Diretoria de Administração Financeira e de Políticas Públicas do Sebrae/SC, Katia Regina Rausch.


Comente aqui
04 mai15:10

Rede de móveis e eletrodomésticos será lançada em Xaxim

A ConfortLar de Móveis e Eletrodomésticos – uma ação de cooperação empresarial apoiada pelo Sebrae/SC – será lançada nesta sexta-feira, dia 4, às 19h45, no Clube Xaxiense em Xaxim, e marca a 63ª Central de Negócios desenvolvida em Santa Catarina. O principal objetivo da nova rede é gerar benefícios comuns por intermédio de ações coletivas, aumentando a competitividade e a lucratividade das empresas participantes.

O programa Central de Negócios visa criar ações conjuntas de empresas independentes, superar dificuldades, incrementar oportunidades, gerando benefícios em um determinado setor.

Segundo o consultor Sérgio Augusto Monteiro, o Sebrae/SC e os empresários investiram recursos de aproximadamente 110 mil reais para a implantação do projeto. A rede é formada por 15 lojas da região e tem como presidente o empresário Ademir Cavasini da Cavani Móveis de São Lourenço do Oeste.

A metodologia de trabalho é distribuída em fases e módulos de atuação, que são trabalhados de forma prática, onde o empresário pode obter resultados em curto prazo. Bueno salienta que as empresas participantes do programa podem aumentar em média 35% seu faturamento.

O coordenador regional do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, afirma que o trabalho em grupo fará a diferença na redução de custos através de compras conjuntas, permitirá o aumento da sustentabilidade e oportunizará inovação.


Comente aqui
20 abr17:21

Tranças da Terra é destaque no Programa Cidadania da Rede Globo

Uma reportagem sobre o “Tranças da Terra”, desenvolvido pelos artesãos do meio oeste catarinense com o apoio do Sebrae/SC será transmitida neste sábado, dia 21, às 7h30 no Programa Cidadania, bloco Ação Comunitária, da Rede Globo.

O projeto reúne cerca de 60 famílias do meio oeste de Santa Catarina que, de forma associativa e em rede, desenvolvem um trabalho artesanal a partir da palha de trigo respeitando as raízes culturais desta região. A essência leva em conta a sustentabilidade social, econômica, ecológica, territorial e cultural e os princípios do comércio justo.

A consultora de mercado do projeto, Neusa Oliveira, realça que a reportagem representa um reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos artesãos e estimula para que o grupo continue firme no projeto.

- Estar em rede nacional também contribuirá para fortalecer as ações de mercado – afirma.

Segundo a coordenadora regional meio oeste do Sebrae/SC, Sueli Bernardi, a ideia nasceu de um projeto de iniciação científica no campus de Joaçaba da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc). Em conjunto com a Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense (Ammoc), a pesquisa ganhou força por meio do apoio e articulação Sebrae/SC.

O Sebrae contratou consultores de design e os trouxe até a região para trabalhar junto aos artesãos. Novos produtos foram criados e compõem as coleções: Cores da Terra, Flores da Terra, Curvas da Terra e Flor de Menina.

Mais de 30 produtos compõem o mix do projeto Tranças da Terra. São chapéus, sportas (sacolas), suplás, capitéis, porta-vela, caminhos de mesa, jogos americanos, bolsas, cesta para pães, linha folhas, arandelas mesa e parede (caracol, casulo, listrada, trama), luminária de mesa, luminária flores, centro de mesa bromélia e revisteiro.

Atualmente, o projeto conta também com a parceria das Prefeituras de Joaçaba, Catanduvas, Luzerna, Lacerdópolis, RBS/TV, Epagri e Contábil Fardo. O projeto é composto por um núcleo administrativo, cinco oficinas de produção, dois núcleos de produtores de matéria-prima.


Reconhecimento

No ano passado, o projeto Tranças da Terra recebeu o primeiro lugar no XII Prêmio House Gift de Design com a peça “Luminária flores”, da coleção interiores. Essa premiação teve prestígio internacional e foi entregue no mês de setembro, em concorrida cerimônia no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM). O trabalho também foi classificado para o prêmio Planeta Casa, da revista Cláudia (Editora Abril), cujos vencedores serão anunciados no dia 30 de setembro, em São Paulo.


Comente aqui
12 abr12:24

Programa Nova Economia@SC será lançado em Chapecó

Com a intenção de aumentar a inovação e dar competitividade à economia e aos setores industriais catarinenses, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável em parceria com o Sebrae/SC, lançará o programa Nova Economia@SC. O lançamento está marcado para as 18 horas desta quinta-feira no Salão Nobre do Lang Palace Hotel em Chapecó.

- Com esse programa, estaremos fortalecendo os setores industriais de Santa Catarina, atuando para aumentar a competitividade das empresas e para ajudá-las a acessar novos mercados – avalia o governador Raimundo Colombo.

Um dos projetos do Programa é o Polos Industriais que fortalecerá MPEs em mais de 40 polos setoriais definidos em Santa Catarina. A previsão é atender ao menos 2.400 empreendimentos. Agentes de Sebrae/SC levarão às empresas técnicas para aumentar a competitividade e orientações para facilitar o acesso a novos mercados pelos empreendedores.

- Através da iniciativa, pretendemos potencializar a competitividade das indústrias no Estado. Será possível oferecer estratégias para melhoria de gestão, consultorias com informações gerenciais e orientações para o desenvolvimento de competências em diagnóstico e solução de problemas empresariais – realça o diretor superintendente do Sebrae/SC, Carlos Guilherme Zigelli.

O secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen, salienta que trata-se do início de uma virada na economia de Santa Catarina, apoiando quem precisa de apoio e semeando o crescimento do estado.

O programa foi lançando em Lages no fim de março e será apresentado em todas as regiões do Estado nos próximos dois meses.

Ao todo, os eventos de lançamento do projeto Nova Economia@SC chegarão a 17 regiões de Santa Catarina. Além de Lages e Chapecó, as apresentações chegarão a Blumenau, São Miguel do Oeste, Criciúma, Itajaí, Concórdia, Joaçaba, Jaraguá do Sul, Mafra, Canoinhas, Tubarão, Caçador, São José, São Bento do Sul, Joinville e Rio do Sul.



Comente aqui
12 mar10:30

Oeste tem o maior programa para produtores rurais do país

Está em execução no grande oeste de Santa Catarina o maior programa de formação profissional-empresarial do setor primário da economia sulbrasileira – o projeto de Desenvolvimento dos Empreendedores Rurais Cooperativistas sustentado pela Coopercentral Aurora, Sebrae, Senar, Sescoop e pelas cooperativas agropecuárias CooperAlfa, Cooperitaipu, CooperAuriverde, Cooper A1, Copérdia, Caslo, Coperio e Coopervil.

O programa absorve, neste ano, investimentos da ordem de 1 milhão 173 mil reais, valor assegurado pelos parceiros envolvidos. A expressão de sua grandiosidade, entretanto, está nas mudanças e transformações oportunizadas na clientela atendida que, neste ano, será de 4.538 proprietários de estabelecimentos rurais.

O convênio entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Aurora será assinado às 14 horas desta segunda-feira, dia 12,  na sede da Coopercentral, em Chapecó, pelo presidente do sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo e pelo superintendente do Senar, Gilmar Zanluchi com o presidente da cooperativa central Mário Lanznaster. O Senar aportará 150 mil reais no programa.

Essa é uma das mais antigas e vitoriosas parcerias orientadas para a profissionalização de produtores rurais do país. O Sebrae/SC, o Senar e o Sescoop formaram em 15 anos mais de 40 mil empresários rurais através do programa de desenvolvimento de empreendedores rurais cooperativistas no grande oeste de Santa Catarina.

Trata-se de um imenso programa de formação profissional rural do país com duas vertentes: o programa De Olho na Qualidade e Qualidade Total Rural que reúne recursos da Coopercentral Aurora em parceria com Sebrae, Senar, Sescoop e cooperativas agropecuárias filiadas. Os investimentos permitem a formação anual de milhares de produtores rurais do extremo oeste, oeste, meio-oeste, planalto norte e planalto serrano de Santa Catarina.

O diretor técnico do Sebrae/SC, Anacleto Ângelo Ortigara, explica que o foco é o gerenciamento da propriedade e a solução de problemas, tendo, como beneficiadas, as famílias de produtores de suínos, aves, grãos e leite filiadas às cooperativas agropecuárias.

Durante todo o ano, o esforço instrucional geral compreenderá 82 turmas com 4.538 participantes e carga horária total de 11.847 horas/aula, informa o coordenador de treinamento da Coopercentral Aurora, Joel José Pinto.

Serão formados 360 participantes no programa Qualidade Total Rural tradicional (QTR), 504 no QTR revisado; 1.584 produtores no programa De Olho; 60 técnicos no De Olho para granjas, outros 30 no curso de capacitação de técnicos. Outros 2 mil produtores que concluíram, no passado, esses dois cursos farão os seminários da qualidade com o objetivo de reforçar a aprendizagem.


Comente aqui
13 dez10:26

Projeto Taxista Nota 10 com inscrições abertas no oeste

Qualificar em idioma estrangeiro, gestão e empreendedorismo para atender os turistas que virão ao Brasil assistir aos jogos da Copa do Mundo de 2014. Com este objetivo o Sebrae nacional desenvolveu em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT), Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), o Projeto Taxista Nota 10. A meta é qualificar cerca de 80 mil motoristas de táxi de todo o país.

O analista técnico do Sebrae/SC, Jefferson Reis Bueno, explica que o Taxista Nota 10 está dividido em dois subprojetos: curso de línguas estrangeiras (idiomas inglês e espanhol) com duração de 120 horas e vocabulário personalizado, adaptado à linguagem e ao dia a dia do taxista, e gestão de negócios para taxistas, que oferecerá 15 edições do Jornal Taxista Nota 10, com abordagem de temas que envolvem gestão e empreendedorismo.

Após as inscrições, os participantes receberão material didático composto de caderno do aluno, caderno de exercícios, caderno de autoavaliações e CD de áudio. O curso terá duração de um ano e o certificado de conclusão será enviado pelos Correios, após avaliação escrita, agendada e realizada em uma das unidades do Sest ou do Senat.

O coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, salienta que o projeto também envolve a entrega gratuita de um jornal com informações sobre diversos temas. Em versão impressa e eletrônica, com periodicidade mensal, a publicação terá matérias sobre assuntos como empreendedorismo, administração do tempo, turismo e hospitalidade, gestão financeira, marketing pessoal, legislação, direção defensiva, condução econômica, entre outros.

Para receber o Jornal Taxista Nota 10 em casa, os motoristas deverão entrar em contato com as centrais de atendimento da CNT ou do Sebrae e realizar cadastro no projeto. Junto com cada jornal, será enviado um selo que o participante deverá guardar e, ao final, trocá-los, nas unidades do Sest/Senat, por um adesivo que comprovará sua participação no programa. Essa identificação, que poderá ser afixada no parabrisa do carro, será mais um diferencial para atuação no mercado de trabalho.


Inscrições

As inscrições nos cursos podem ser feitas gratuitamente nas unidades do Sest, Senat e Sebrae em todo o Brasil. Também podem ser feitas por meio das centrais de atendimento do Sebrae (0800 570 0800) e do Sistema CNT (0800 728 2891). Na região oeste, as inscrições também podem ser feitas pelo telefone (49) 3319-6100 (Sest/Senat).



Comente aqui
16 nov16:43

3ª edição do Prêmio Top 100 de Artesanato

Artesãos que integram o Projeto Arte Catarina do Sebrae/SC tem a oportunidade de participar da 3ª edição do Prêmio TOP 100 de Artesanato, promovido pelo Sebrae nacional. O objetivo do é reconhecer e valorizar o trabalho realizado por artesãos de todo o País e premiar as 100 melhores unidades de produção e artesãos individuais.

O gestor do Programa Arte Catarina, Jefferson Reis Bueno, salienta que qualidade estética e valor cultural são importantes para a confecção de peças artesanais. No entanto, o diferencial do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato é o fato da avaliação ir além destes requisitos e levar em conta outros elementos da cadeia de produção e comercialização do produto.

São 11 os critérios de avaliação: grau de inovação dos produtos; adequação econômica; adequação ergonômica dos postos de trabalho; adequação ambiental; eficiência produtiva; adequação cultural; embalagem; qualidade percebida – valor intangível;práticas comerciais;responsabilidade social; e gestão estratégica.

As inscrições serão feitas, até o dia 30 de novembro, pelo site www.top100.sebrae.com.br , com envio das informações solicitadas, das fotos, dos produtos realizados nas unidades de produção e o preenchimento do questionário disponível nesse endereço eletrônico.

O diretor técnico do Sebrae/SC, Anacleto Ortigara, explica que todas as informações prestadas serão confidenciais, destinadas exclusivamente ao concurso. As inscrições serão confirmadas por e-mail. As unidades que forem selecionadas para a fase final serão notificadas por meio de correspondência eletrônica e/ou postal e deverão prestar as informações complementares necessárias.

A participação serve também para identificar em quais áreas o negócio deve melhorar.


Premiação

As cem unidades vencedoras receberão os seguintes prêmios: O custeio de deslocamento e hospedagem para sua participação no evento de premiação, previsto para ser realizado no Rio de Janeiro, em agosto de 2012; participação em uma ação de promoção comercial, realizada pelo SEBRAE; oportunidade de exposição de produtos em três eventos comerciais de grande expressão nacional; autorização de uso por parte das 100 unidades produtivas premiadas, do selo “Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato – 3ª edição” por três anos após a entrega do certificado e divulgação de três produtos no catálogo do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato – 3ª Edição.


Projeto Arte Catarina

Oferecer tratamento diferenciado e maior qualidade ao artesão é um dos objetivos da nova estratégia de atendimento que o Sebrae/SC desenvolve para disponibilizar, através do Projeto Arte Catarina, nas coordenadorias regionais. Com a reestruturação, o atendimento será informatizado e oportunizará organizar, agilizar e desenvolver um banco de dados, categorizando os núcleos de produção e os artesãos individuais em níveis de gestão, qualificação técnica e mercadológica aos produtos.

- Teremos ações intensas voltadas ao acesso a mercados, buscando novos canais de comercialização para os participantes do Programa – destaca Bueno.

Também estão sendo planejadas ações como showroons de mostra e comercialização para os megaeventos esportivos que o Brasil sediará, além do desenvolvimento de um projeto voltado à comercialização do artesanato catarinense, destacando também o tradicional Aroma Sabor e Arte que, em janeiro de 2012, estará em sua 5ª edição.

- A participação em prêmios de renome nacional também faz parte desse conjunto de ações que, além de destacar, promove o Artesanato de Santa Catarina – avalia Bueno.


Comente aqui
02 nov12:15

Jesmo promove palestra com o diretor técnico do Sebrae, Anacleto Ortigara

O Núcleo de Jovens Empreendedores (Jesmo) ligado à Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Oeste (Acismo) promove no dia 17 de novembro uma palestra com diretor técnico do Sebrae e professor, Anacleto Ângelo Ortigara. O evento acontece no auditório das entidades no Centro Empresarial Andrômeda, a partir das 20h, com entrada gratuita.

Ortigara irá palestrar sobre empreendedorismo, tema do qual ministra cursos e aulas pelo Estado e País. A atividade faz parte da programação da 11ª Assembleia Geral Ordinária do Conselho Estadual de Jovens Empreendedores (CEJESC), que acontecerá em São Miguel do Oeste, de 17 a 19 de novembro. Para participar da palestra é necessário confirmar presença na ACISMO pelo fone: (49) 3622 0879 ou via e-mail: empreender1@acismo.com.br.


Comente aqui
25 out17:36

Gestão da rastreabilidade no setor de alimentos

O Sebrae/SC promove de 26 a 28 de outubro, no auditório da coordenadoria regional de Chapecó, o curso “Gestão da rastreabilidade – setor de alimentos”. O objetivo é proporcionar aos micro e pequenos empresários condições para desenvolver competências para o aperfeiçoamento da atuação na gestão dos processos de rastreabilidade.

A rastreabilidade nas cadeias alimentares é uma ferramenta que possibilita identificar a origem de um alimento e seguir seu rastro ao longo de sua vida útil. Favorece segurança alimentar e outorga crédito aos produtos e as empresas, além de representar uma oportunidade para a revisão dos processos e avanço na gestão. – A aplicação da gestão da rastreabilidade ajuda a aprofundar o conhecimento das cadeias produtivas, permitindo a detecção e correção de possíveis falhas, o que contribui para melhorar as relações entre clientes e fornecedores – destaca o coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Alberto Parmeggiani.

Com carga horária de 20 horas, o treinamento evolve três módulos. O primeiro é “Introdução à rastreabilidade” e apresentará a definição, conceito, contexto histórico e atual, qualidade e benefícios. O segundo “Analisando os requisitos”, abordará os mapeamentos de processos e rastreabilidade, sistemas de informação, requisitos de fornecedores e clientes, critérios para agrupamentos de produtos e âmbito de aplicação. No terceiro “Auditoria e gestão de crises” serão apresentados os mecanismos de comunicação, localização, imobilização e recall e exemplos de sistemas nacionais e internacionais.

Segundo Parmeggiani, a iniciativa oportunizará o estímulo a comportamentos condizentes com os Fundamentos da Excelência da Fundação Nacional da Qualidade – fato que permite aos empresários experimentar de forma simples os conceitos aplicados por organizações de classe mundial. Além disso, será possível avaliar as características que deverá ter o sistema de rastreabilidade das empresas dos participantes.

Inscrições pelo telefone (49) 3323-1902.


Comente aqui