Segurança

10 set11:06

Após bater em muro de proteção, jovem morre em acidente em Concórdia

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Um jovem de 19 anos morreu após bater o carro que dirigia contra um muro de proteção de uma empresa de Concórdia, no Oeste catarinense, na noite do sábado, dia 8 de setembro.

Axel Jonathan Hemann Holdefer trafegava na Rua Senador Atílio Fontana, no Centro da cidade, quando ocorreu a batida. Ele morreu no local.

Conforme a Polícia Militar (PM), o jovem não usava o cinto de segurança. As causas da batida ainda estão sendo investigadas.


Comente aqui
04 set18:01

Cinco cidades de Santa Catarina vão ganhar câmeras de vigilância nas ruas

Mais cinco cidades catarinenses vão contar com o sistema de videomonitoramento como prevenção à criminalidade.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) agendou a inauguração do sistema para o dia 12 de setembro nas cidades de Navegantes, Tijucas, Tubarão, Corupá e Chapecó.

Passarão a funcionar 79 câmeras em Navegantes (6), Tijucas (10), Tubarão (8), Corupá (5) e Chapecó (55). O investimento faz parte do projeto Bem-te-vi – Segurança Por Videomonitoramento. O investimento é de R$ 800 mil.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
11 jun16:37

Segurança patrimonial é tema de palestra em Chapecó

Com o objetivo de capacitar profissionais que exercem as funções de caixas, crediaristas, atendentes, gerentes, auditores, inspetores, controles internos, advogados e outros setores do comércio, a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) promovem a palestra “Prevenção a fraude e segurança patrimonial”.

O tema será abordado pelo administrador de empresas e advogado criminalista Arnaldo Ferreira dos Santos, nesta quinta-feira, dia 14 de junho, às 20 horas, no auditório da CDL em Chapecó.


Comente aqui
05 jun08:06

ACIC quer mais policiais para Chapecó

O Conselho Deliberativo da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) recebe nesta terça-feira, dia 5, às 18h30, na sede da entidade empresarial, o comandante da 4a Região Militar, coronel Edivar Antônio Bedin, e o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Santa Catarina, tenente-coronel Osvaldir José Kassburg, para discutir a situação da segurança pública do município.

- Pediremos novamente a ampliação do número de policiais para Chapecó – aponta o presidente do Conselho Orivaldo Chiamolera.

O problema com o aumento de roubos, seqüestros-relâmpagos, assaltos e da violência no município tem deixado a população em alerta.

- A ACIC mais uma vez quer reforçar a parceria para auxiliar nas cobranças de melhorias e investimentos para a segurança pública – assinala o presidente Maurício Zolet.

- Acompanhamos o trabalho dos policiais, sabemos das dificuldades que estes profissionais enfrentam, mas precisamos de retorno dos governos, pois a sociedade chapecoense permanece indefesa perante a atuação dos criminosos – disse.

O objetivo da reunião é também esclarecer as ações da Polícia Militar de Santa Catarina para a região.


Comente aqui
17 mai14:23

Inaugurada nova sede da Delegacia de Polícia de Ponte Serrada

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) inaugurou, na tarde da quarta-feira, dia 16, a nova sede da Delegacia de Polícia do município de Ponte Serrada. A obra, construída em uma área de 207,07 metros quadrados, recebeu investimentos de R$ 279.465,81, recursos do Fundo de Melhoria da Segurança Pública. Durante a solenidade, o secretário César Augusto Grubba, enfatizou a necessidade de construir edificações próprias para os órgãos da Segurança Pública.

- Essa é maneira de reduzir as despesas anuais com a locação de imóveis -disse o titular da SSP. Além disso, assinalou Grubba, as novas instalações oferecem maior comodidade e segurança ao profissional de Segurança Pública.

Além da inauguração da nova delegacia, também foram entregues quatro viaturas para a Polícia Civil de Ponte Serrada e Xaxim. São veículos Fiesta e Pálio Weekend que serão usados para intensnficar o trabalho de investigação. No total, o Governo do Estado, por meio da SSP, comprou 662 novas viaturas, modelos Fiat e Ford, adquiridas no final do ano passado, em um investimento de R$ 30,6 milhões. Esses novos veículos estão sendo distribuídos entre todos os órgãos que compõe o sistema de Segurança Pública.

Para o secretário César Grubba, muitos órgãos da Segurança Pública contavam com viaturas com mais de cinco anos de uso, com 300, 400 mil quilômetros rodados, carros que não tinham mais condições de dar uma resposta necessária a sociedade e oferecer segurança aos condutores.

- Entendemos que é muito difícil trabalhar sem ter condições. Não tem como o policial estar motivado com um carro velho que quebra na rua, ou estar sem armas e sem estrutura – disse Grubba.

O secretário informou ainda que novas viaturas devem ser adquiridas para os próximos anos. – A intenção é renovar toda a frota de 5.294 carros, que estão com muitos anos de uso – concluiu.

Participaram da solenidade o Delegado Geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro e diretores, representantes da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Xanxerê, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal de Ponte Serrada.

Comente aqui
07 mar14:53

Corpo de Bombeiros de Chapecó promove simulado

O Corpo de Bombeiros de Chapecó, o SAMU, a Guarda Municipal e a Polícia Militar, realizaram nesta manhã, um simulado de acidente com múltiplas vítimas. A atividade iniciou às 9h, na sede do 6° Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar.

Esta foi a primeira vez que estes órgãos de segurança realizaram o simulado de maneira integrada. A intenção foi unir e aprimorar as equipes para o atendimento em ocorrências de múltiplas vítimas.

Há duas semanas, os profissionais iniciaram as reuniões com instruções sobre o Sistema de Comando de Operações, triagem e primeiros socorros. Na simulação, que serviu como um exercício prático houve uma colisão entre um ônibus e um automóvel, com vítimas que apresentavam diversos tipos de ferimentos e alguns óbitos. O objetivo foi de preparar os socorristas para atuar em diferentes situações.

De acordo com o Sargento do Corpo de Bombeiros, Valter Luciano Hunning, a atividade foi importante para unificar os profissionais em prol de um atendimento mais eficaz. – Numa situação onde há múltiplas vítimas, os órgãos terão que trabalhar juntos, portanto a integração é necessária – completou.


Comente aqui
17 fev10:23

Câmeras de segurança são instaladas em São Carlos

Três câmeras de monitoramento devem ser instaladas no centro de São Carlos em pontos escolhidos pela própria Polícia Militar. Os equipamentos vão funcionar 24 horas por dia. – Escolhemos como pontos para instalação a rotatória na Praça da Matriz, a saída para Cunhataí e na rotatória do Banco do Brasil – destacou o Sargento Éderson Filimberti.

Segundo o Sargento, duas câmeras devem ser instaladas também em Águas de Chapecó. – Elas devem estar em funcionamento ainda neste final de semana de carnaval – disse Filimberti.

Num primeiro momento o sistema, com câmeras em 360º graus, será utilizado como teste e será controlado pela PM.

- As imagens ficaram armazenadas por cerca de 45 dias. Depois da avaliação da polícia, podem ser descartadas – disse o Sargento.

Segundo o prefeito de São Carlos, Elio Godoy, o sistema foi adquirido com recursos do município. – A iniciativa partiu do executivo também a pedido da vereadora Siumara Balbinot. Vamos fazer um teste com este sistema e ver a avaliação da PM depois. Visamos com esta atitude redobrar os cuidados com a segurança da população -finalizou.


Comente aqui
21 jan09:59

Caso Marcelino Chiarello

Natália Viana | natalia.viana@diario.com.br

O secretário de Segurança Pública, César Grubba, garantiu que pedirá agilidade na conclusão dos laudos técnicos do inquérito que investiga a morte do vereador de Chapecó Marcelino Chiarello.

Marcelino Chiarello.

O anúncio foi feito durante uma reunião, ontem à tarde, com lideranças do PT e o advogado criminalista Luiz Eduardo Greenhalgh, que por enquanto descarta a hipótese de solicitar a federalização do caso.

A audiência foi solicitada por Greenhalgh com o argumento de que a morte do vereador completou 50 dias sem qualquer informação concreta sobre o crime.

Segundo o advogado, ele decidiu procurar o secretário após conversar com os delegados responsáveis pelo caso, Ronaldo Moretto e Augusto Brandão, que afirmaram depender dos resultados das perícias técnicas para continuar trabalhando no inquérito.

Greenhalgh explica que são necessários três laudos: o do local da morte, o da quebra do sigilo telefônico e o laudo da autopsia.

— O legista diz que assinou o laudo em 22 de dezembro e estranhamente este ainda não foi incluído no inquérito. O telefone celular do vereador foi entregue à Polícia no dia da morte, mas até agora não veio nada sobre a quebra do sigilo telefônico para saber para quem Marcelino Chiarello ligou e de quem recebeu ligações. E o laudo do local da morte também não apareceu ainda — diz o advogado.

>>> PT acusa Estado de não priorizar caso Chiarello

De acordo com o presidente estadual do PT, José Fritsch, como o secretário afirmou que solicitará ao Instituto Geral de Perícia (IGP) que agilize os laudos e apresente as conclusões em uma semana, os dirigentes do partido aguardarão este prazo.

Ele assinala que a principal reivindicação do PT é que a Polícia Civil considere a gravidade do caso e priorize o inquérito.

— O que nos parece é que foi um crime elaborado e que a Polícia precisa ter o mesmo nível de elaboração para conseguir descobrir o que ocorreu — completa a vereadora de Chapecó, Angela Vitória.

Greenhalgh afirma que saiu satisfeito da reunião e que, por enquanto, descarta a hipótese de pedir a federalização das investigações. Para o criminalista, o secretário César Grubba, sabe que pode contar com o apoio da Polícia Federal se necessário.

O delegado-geral, Aldo Pinheiro D’Ávila, destacou que a Polícia Civil está trabalhando no inquérito e que acredita que a demora na conclusão dos laudos se deve à complexidade envolvida.

Ele confirmou que será pedido ao IGP a agilização dos laudos e rebateu as críticas sobre a demora nas investigações afirmando que a Polícia Civil “confia” na competência dos dois delegados que estão trabalhando no caso.

Comente aqui
10 jan13:59

Cúpula da Segurança Pública do Estado aprova estrutura do Planeta Atlântida SC

Os responsáveis pelos órgãos de segurança do Estado circularam, na manhã desta terça-feira, pelo Sapiens Parque, em Canasvieiras, no Norte da Ilha, para conhecer as instalações do Planeta Atlântida 2012. Nesta sexta-feira e sábado, o local recebe a 15ª edição do evento. Tudo para garantir que os milhares de planetários possam aproveitar o festival sem imprevistos. As autoridades aprovaram a estrutura.

Bombeiros e Polícia Militar fizeram vistoria no Planeta Atlântida nesta manhã.

Comandantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e o secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, visitaram o parque para conferir de perto as instalações e acertar os últimos detalhes com a organização do evento.


Serviço

O que: 15º Planeta Atlântida SC

Quando: sexta e sábado, 13 e 14 de janeiro

Onde: Sapiens Parque, na SC-401, no acesso a Canasvieiras, Florianópolis

Quanto: R$ 160 por dia na arena (R$ 80 a meia entrada) ou R$ 260 o passaporte para os dois dias (R$ 130 a meia entrada), R$ 300 por dia no camarote (sem meia entrada) ou R$ 460 o passaporte para os dois dias


HORA DE SANTA CATARINA

Comente aqui
28 nov19:11

Segurança e Prevenção a Violência nas Escolas

O Projeto Segurança e Prevenção a Violência nas Escolas, iniciado em julho de 2011, tem o objetivo de orientar professores, funcionários, pais e alunos das escolas da rede Municipal e estadual de Chapecó. Apresentando alternativas voltadas à prevenção da violência nas escolas, a fim de contribuir para a construção de uma sociedade mais humana, justa e solidária.

A violência é, infelizmente, uma prática que vem sendo disseminada em todas as esferas sociais, inclusive nas instituições de ensino, seja na rede pública ou privada. Dentre as variáveis que levam ao aumento da violência na sociedade brasileira estão à desigualdade social, o enfraquecimento de conteúdos culturais, éticos e morais, a família desestruturada, as diferenças culturais, maus tratos e uma ausência de cultura de paz nos sistemas de relações sociais.

Segundo o soldado Marcelo Wundervald, diante das inúmeras ocorrências envolvendo violência nas escolas, o projeto busca executar as seguintes atividades:

- Incentivar o debate sobre o tema “violência nas escolas”, visando à busca de estratégias e ações voltadas a minimizar a violência na escola;

- Orientar a cerca de questões de segurança, objetivando a prevenção de delitos no âmbito escolar;

- Orientar sobre qual o procedimento a ser adotado em caso de violência nas escolas;

- Resgatar junto aos alunos adolescentes valores morais e éticos voltados ao convívio social;

- Resgatar junto aos pais dos alunos a responsabilidade da família sobre a formação e educaçã0o destes adolescentes;

Encerrado no mês de novembro, o Projeto de Segurança e prevenção a violência nas escolas alavancou os debates críticos entre Policia Militar e adolescentes. Tomando a frente e representando a Policia Militar, o soldado Marcelo Wundervald protagonizou as palestras envolvendo a todos através de uma linguagem simples, mas rica em informações através das experiências de mais de 13 anos como policial. – É preciso falar na mesma frequência dos jovens, na mesma faixa vibratória, para que palestrante e publico estejam sintonizados na mesma linguagem – disse o Soldado.

Foi de grande valia e ótimos resultados a recepção nos colégios, sempre após as palestras eu era rodeado por adolescentes para agradecer, esclarecer duvidas particulares, e para saber como fazia para entrar na Policia Militar.

- Para o que vem pretendemos dar continuidade a este projeto – completou Marcelo.


Comente aqui