Sementes

16 ago14:13

Municípios da SDR Dionísio Cerqueira destacam-se no programa Troca-Troca de Sementes de Milho

Os municípios que fazem parte da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira já tiveram a liberação de 7.386 sacas de sementes de milho neste ano, por meio do programa Troca-Troca, liberadas pelo Governo de Santa Catarina. A informação é do gerente de Agricultura, Ademilson Stuani.

Segundo ele, o objetivo do Programa é viabilizar a aquisição de sementes a serem utilizadas na formação de lavouras de agricultura de base familiar para agregar valor na produção, entre outros fatores. Stuani explica que cada município tem sua cota e os trabalhos são realizados diretamente nos escritórios da Epagri. O gerente ressalta que São José do Cedro foi o município que teve mais sacas de sementes de milho liberados até o momento, totalizando 2.590.

- Quem necessitar de uma ampliação em suas cotas pode procurar na SDR Dionísio Cerqueira. Até o momento os trabalhos no programa Troca-Troca de sementes de Milho têm sido bem executados e os resultados positivos – disse ele.

Para o pagamento, o produtor/agricultor devolverá quatro sacas de milho, até abril do próximo ano, para cada uma de semente que for retirada. O limite é de cinco sacas de sementes por produtor catarinense.


Comente aqui
14 jun17:12

Mais Pastagem distribui 57 toneladas de sementes em Seara

A Secretaria Municipal da Agricultura de Seara encerrou, na semana passada, a distribuição de sementes de aveia preta do Programa Mais Pastagem para este inverno. Ao todo foram distribuídas mais de 57 toneladas de sementes de aveia preta, beneficiando 750 propriedades do interior do município.

De acordo com o Secretário da Agricultura Fredy Mueller, o programa visa desenvolver a atividade da bovinocultura, gerando mais emprego e renda no meio rural. – Prioriza ações que garantam a sustentabilidade dos pequenos produtores. Neste ano houve um aumento de 12% em relação a distribuição de aveia do ano passado – disse.

Os produtores também recebem assistência técnica oficial e particular no sentido de priorizar a atividade leiteira e incentiva à diversificação de pastagens e sistema de manejo adequado na criação de bezerras e novilhas.


Comente aqui
08 mai18:29

Agricultores atingidos pela estiagem em SC devem receber sementes de milho

Nesta terça-feira o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues esteve reunido em Brasília com o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro. O objetivo do encontro foi discutir medidas de auxiliar os agricultores familiares atingidos pela estiagem no Estado.

No encontro, Rodrigues pediu apoio do Ministério para o fornecimento de sementes de milho, azevém, aveia e adubo para a safra 2012/2013, principalmente para o Oeste de Santa Catarina. O levantamento feito pela Secretaria da Agricultura e Epagri mostra que mais de 135 municípios foram atingidos pela estiagem, abrangendo 95,2 mil propriedades agrícolas e 391 mil pessoas ligadas ao meio rural, com prejuízo de aproximadamente R$ 778 milhões.

>> Segundo a Defesa Civil do Estado 138 municípios estão em situação de emergência devido a estiagem

Segundo o Ministro Mendes Ribeiro, a Conab deverá liberar 58 mil toneladas de semente de milho ao preço de R$ 21 a saca para 19 municípios catarinense. O milho deve chegar a Santa Catarina em 72 horas. Os municípios beneficiados serão: Campo Erê; Pinhalzinho; São Miguel do Oeste; Descanso; Itapiranga; Palmitos; Coronel Freitas; Maracajá; Braço do Norte; Quilombo; Tangará; Herval do Oeste; Mondaí e Palmitos.

- Nosso pedido tem o intuito de auxiliar os pequenos produtores mais prejudicados pela estiagem em Santa Catarina – destacou João Rodrigues. O secretário disse que a liberação das sementes será bem vinda para amenizar o drama dos agricultores atingidos pela estiagem e dar maior segurança, produtividade e rentabilidade nas lavouras e criações.


Comente aqui
16 abr18:27

Governo de SC anunciou novas medidas para agricultores atingidos pela estiagem

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na tarde desta segunda-feira, dia 16, o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, esteve em Chapecó e anunciou novas medidas para os agricultores atingidos pela estiagem. Segundo a Defesa Civil do Estado, até a tarde da segunda, 127 municípios catarinenses haviam encaminhado decreto de situação de emergência e mais de 680 mil pessoas foram afetadas. Brunópolis no planalto serrano foi o último município a encaminhar o decreto.

No quarto anúncio o secretário apresentou o projeto que concede a isenção do pagamento de 50% da semente de milho que o agricultor atingido adquiriu do programa Terra Boa Semente da safra 2011/2012. O investimento do governo é de R$ 4,05 milhões.

- Essa medida amplia o apoio aos agricultores que tiveram perdas de produção em decorrência da seca – disse o secretário. Ele disse ainda que 30.642 agricultores que receberam mais de 116 mil sacas de semente de milho devem ser beneficiadas.

O custo médio para uma saca de 20 Kg foi de R$ 100. Com o auxílio do estado o agricultor vai pagar cerca de R$ 35 reais, já que o restante será pago pelo estado.

Para ter acesso ao novo benefício, o agricultor que teve uma perda de no mínimo 30% na produção de milho precisa solicitar uma declaração que comprove a situação junto aos sindicatos de agricultores, prefeitura ou escritórios da Epagri de um dos 127 municípios que encaminharam decreto para a Defesa Civil do estado.

Essa medida vem ao encontro de uma solicitação apresentada pelos municípios e pelos representantes dos agricultores e irá substituir a doação das sementes de milho e azevém que havia sido anunciada pelo Governo para 20 mil agricultores no dia 24 de fevereiro.


Comente aqui
10 abr11:14

Agricultores podem retirar sementes do programa Adubação Verde em São Miguel do Oeste

A secretaria de agricultura, pecuária e meio ambiente inicia nesta terça-feira, dia 10, a distribuição das sementes do programa Adubação Verde, na empresa Carmem Vargas ME (antiga Sementes Terra Viva).

Serão entregues aos produtores rurais inscritos no programa, sementes de aveia branca, azevém, ervilhaca e nabo forrageiro. A entrega será efetuada até o dia 30 de abril.

Conforme o secretário Atílio Stolarski, para a distribuição das sementes de aveia preta será feito novo processo licitatório dia 17 deste mês, em razão da não apresentação de propostas por empresas do município na primeira licitação.

Ao final da distribuição serão entregues 38 mil Kg de sementes para os agricultores, com subsídio de R$ 30 mil do município para o programa Adubação Verde neste ano.


Comente aqui
02 abr10:36

Sementes são entregues em Itá

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente iniciou nesta segunda-feira, dia 2, a entrega das sementes de pastagens de inverno para os agricultores de Itá. Segundo o prefeito Egídio Gritti, os produtores serão beneficiados de acordo com programas existentes na secretaria. Cada agricultor poderá retirar até 120 Kg de semente de pastagens, sendo que 50% do valor será custeado pelo município. Neste ano o programa foi antecipado em dez dias.

A Secretaria vai investir cerca de R$ 50 mil em subsídios para ajudar a baixar o custo de produção dos bovinocultores do município. Devem ser beneficiadas cerca de 540 famílias.

O secretário de Agricultura, Reunildo De Santi, disse que serão disponibilizadas sementes de aveia branca e preta, azevém, nabo e ervilhaca (viça). Santi calcula que serão distribuídos mais de 42 mil quilos de sementes.

A retirada poderá ser feita até o dia 29 de maio. Antes os agricultores precisam passar retirar a autorização.


Comente aqui
08 fev09:45

A evolução das sementes

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

As variedades de sementes transgênicas de milho e soja estão entre as novidades do Campo Demonstrativo Alfa, que está sendo realizado até amanhã na Linha Tomazzelli, em Chapecó. São 25 variedades soja. A sensação é a Intacta RR PRO, de Monsanto, que alia a resistência a herbicidas com o combate às principais lagartas que atacam a soja. Essa variedade possui uma bactéria chamada Bacillus Thuringiensis, que produz um cristal proteico que libera toxinas com propriedades inseticidas. Essa toxina combate as lagartas. A Monsanto tem um experimento no Campo Demonstrativo Alfa, onde é visível a diferença em relação às variedades que não têm essa tecnologia.

De acordo com o responsável técnico de vendas da Monsanto, Everton Wojahn, a liberação comercial dessa tecnologia no Brasil ainda depende da aprovação nos principais importadores de soja, como China e União Européia.

- Esperamos que isso ocorra ainda neste ano – prevê.

A Monsanto já implantou lavouras experimentais com 500 produtores de 10 estados brasileiros, sendo 30 em Santa Catarina. Cada lavoura tem entre dois e três hectares e servirá para comparar produtividade e custos com lavouras convencionais.

Wojahn estima que em média um ataque de lagartas provoca perdas de 30%. Além disso a tecnologia evita custos com a aplicação de agrotóxico e o risco de contaminação do produtor e do meio ambiente.




Técnico da Agroceres Damião de Veras diz que produtividade do milho mais que dobra com uso de novos recursos.




Além da soja transgênica há 50 variedades de milho. Há também variedades transgênicas que combatem pragas como a lagarta do cartucho. A variedade AG 8025 VT PRO, da Agroceres, tem essa tecnologia e alia um potencial produtivo que pode chegar a 240 sacas por hectare, segundo o responsável técnico de vendas Damião De Veras. Isso é mais que o dobro da média de Santa Catarina, que gira em torno de 110 sacas por hectare.

Há também variedades mais resistentes à estiagem, como o AG 8011 PRO.

-Ele tem essa característica no germoplasma pois é um milho mais rústico- explicou. Ele serve tanto para a produção de grãos, quanto para a silagem.

O coordenador do evento , Jacques Schvambach, destacou que os milhos para silagem já representam de 20 a 30% das lavouras da região, principalmente para a produção de leite. A silagem é a garantia de alimento para o gado em épocas de estiagem. O evento também mostra modelos de construção de cisternas e irrigação, desenvolvidos pela Epagri. Schvambach disse que a irrigação é viável, desde que o produtor tenha disponibilidade de água.



Comente aqui
05 dez15:05

Secretaria de Agricultura de Xanxerê faz distribuição de sementes de pastagem

A partir desta terça-feira, 06, a Secretaria Municipal de Agricultura de Xanxerê inicia a distribuição das sementes de pastagem de inverno aos agricultores interessados.

De acordo com o secretário Valdir Zembruski, são cerca de 54 mil quilos de sementes de pastagem que podem ser retiradas neste mês de dezembro, no Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi, das 8 às 12 horas e das 13 às 18 horas.


Mais informações na secretaria de Agricultura, através do telefone (49) 3441-8528.


Comente aqui