Semifinal

17 nov08:00

Chapecoense quer largar bem na semifinal da C

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Com aproveitamento de 86,6% nos jogos em casa, a Chapecoense aposta na Força da Arena Condá para largar bem na semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro, neste sábado, às 19 horas, contra o Oeste.

Afinal, na Arena Condá a Chapecoense tem feito a diferença no campeonato. Se dependesse dos resultados longe de casa, onde fez apenas três gols em dez jogos, o time estaria na Série D e não na Série B.

A confiança é grande em Chapecó. Tanto que na sexta-feira, dia 16, funcionários contratados pela prefeitura pintaram a frase: “Somos Chapecoenses- Rumo ao Título”, nos tapumes da ala Oeste do estádio. Mesmo assim alguns integrantes do clube não gostaram e pediram para que a inscrição fosse apagada, para não “incentivar” o adversário.

Mas nos discursos o pensamento é um só.

- Vamos rumo ao título – disse o zagueiro André Paulino, embora depois alertasse que o jogo contra o Oeste deve ser muito difícil.

Mas ele sabe que a força da torcida pode ser decisiva. Rodrigo Gral não joga, mas convocou os torcedores pelas redes sociais. Henrique, que vai estar em campo, também destaca a importância do torcedor, que faz os jogadores se doarem em campo, esquecendo até o cansaço.

– É o algo a mais que cada jogador acaba fazendo durante a partida – explicou.

Para o técnico Gilmar Dal Pozzo, a Chapecoense resgatou o orgulho do torcedor e isso se refletiu num apoio maior das arquibancadas.

– A atuação do torcedor é determinante – explicou.

No entanto, o treinador disse que o time precisa também fazer sua parte dentro de campo. Neste jogo, ele avaliou que todos precisam de paciência pois, tão importante quanto fazer, é não tomar gol, já que o gol fora vale mais nos critérios de desempate.

– Um a zero é goleada – concluiu o meia Athos.


Campanha no Condá: 86,6% de aproveitamento

10 jogos

8 vitórias

2 empates

Nenhuma derrota

30 pontos disputados

26 pontos somados

21 gols marcados

4 gols sofridos


Campanha fora: 20% de aproveitamento

10 jogos

1 vitória

3 empates

6 derrotas

30 pontos disputados

6 pontos somados

3 gols marcados

9 gols sofridos


Ficha Técnica

CHAPECOENSE

Nivaldo

Fabiano

André Paulino

Rafael Lima

Gilton

Wanderson

Paulinho Dias

Athos

Neném

Henrique

Técnico: Gilmar Dal Pozzo



OESTE

Fernando Leal

Dedê

Eduardo

Dezinho

Piauí

Dionísio

Hudson

Liger

Samuel

Lelê

Jheimy

Técnico: Luís Carlos Martins


Arbitragem: Jaílson Macedo Freitas-BA, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios-SE e Fábio Rodrigo Rubinho-MT.

Horário: 19h

Local: Arena Condá, em Chapecó

Ingressos: Ingressos: R$ 15 (estudantes, aposentados e menores entre 8 e 12 anos), R$ 30 (geral) R$ 40 (coberta) e R$ 50 (cadeiras). Pontos de venda antecipada: Palácio dos Esportes, Maidana Esportes, Posto de Marco, Sensação do Mate do Shopping Pátio Chapecó e na sede do clube.



Comente aqui
11 nov08:42

Chapecoense conhece adversário na semifinal

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Neste domingo a Chapecoense vai conhecer seu adversário na semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro. A definição sai do confronto entre Fortaleza e Oeste, que jogam a partir das 17 horas, em Fortaleza/CE.

O time cearense teoricamente está em vantagem pois empatou o primeiro jogo por 1 a 1, em Itápolis-SP. Com isso classifica mesmo com um empate por 0 a 0, jogando em casa. Novo 1 a 1 dá pênaltis. Empate a partir de dois gols classifica o Oeste.

Os confrontos da semifinal serão nos dias 17 e 23 de novembro. Classificando o Fortaleza, o primeiro jogo será em Chapecó, pois o time cearense tem melhor campanha. Se o Oeste classificar com vitória, o primeiro jogo também seria em Chapecó. Se o Oeste classificar com empate, o primeiro jogo será em São Paulo.


Comente aqui
27 mai11:10

Chapecoense futsal vence em casa

Em sua melhor atuação na temporada, a Chapecoense Futsal venceu na noite deste sábado, dia 26 de maio, a equipe de Blumenau por 4 a 1. O jogo foi em casa no Ginásio do Sesc.

O bom público que foi ao ginásio pode ver a equipe de Chapecó dominar a partida desde o inicio. O adversário apostava na marcação e na saída rápida para os contra ataques, outra tática usada por Blumenau era a saída com o goleiro Leonel para o chute. Mas esta estratégia acabou ajudando a Chapecoense aos 09’54”. O goleiro foi para o chute, Duio dividiu a bola e saiu sozinho para marcar o primeiro gol da partida. Ainda no primeiro tempo foram criadas chances para os dois lados, mas o placar ficou em 1 a 0 para os Oestinos.

A segunda etapa iniciou igual a primeira, melhor em quadra o verdão criava várias chances de gol. E foi aos 02’50” em um lançamento de Maizena, Duda dominou a bola e rolou para Coelho que chutou cruzado, a bola desviou na defesa e entrou. Minutos depois Maico de Blumenau foi expulso, mesmo com um a mais em quadra a Chapecoense não marcou o gol.

O terceiro veio apenas aos10’09” novamente com Duio. Após sofrer o gol, Blumenau colocou Rafinha como goleiro linha, a estratégia de início deu certo, ele mesmo marcou aos 12’18”. Mas dois minutos depois a Chapecoense fechou o placar com Dudu, no momento em que o goleiro linha estava no ataque.

- A torcida que compareceu em bom numero ao ginásio comemorou muito a vitória junto com a equipe. Precisávamos de um vitória assim, o placar não foi o mais importante mas sim a grande atuação da equipe – comemorou o treinador Agnaldo.

O segundo jogo desta semifinal está marcado para o sábado, dia 2 de junho, no Ginásio da AD Hering em Blumenau. Na partida que inicia às 20h15, a Chapecoense joga pelo empate no tempo normal, já Blumenau precisa vencer e depois tem a vantagem na prorrogação .

A equipe de Chapecó viaja na sexta feira e no sábado pela manhã fará um treino de reconhecimento no local do jogo.

Ficha Técnica

1ª jogo semifinal Copa Santa Catarina

CHAPECOENSE FUTSAL -4

1ª formação: Maizena, Neto, William, Coelho e Duda. entraram: Renan, Duio, Dudu, Pi e Biel. Suplentes: Serjao e Igor. Treinador: Agnaldo. Prep. Físico: Mauricio. Fisioterapeuta: Dr. Guilherme


AD HERING – 1

1ª formação: Leonel, Rafinha, Maico, Rafael e Ewerton. entraram: Marcos, Gude, Jurck, Cleitão, Ice, Rodolfo e Rodrigo. Treinador: Jorginho


Gols

Chapecoense Futsal: Duio (09m54s), Coelho (22m50s), Duio (30m09s) Dudu (34m25s)

AD Hering: Rafinha (32m18s)


Cartões: Maico (amarelo 12m14s e vermelho 23m31s)


Árbitro principal: Luiz Carlos Nienkoter – CBFS (Rio do Sul – SC)

Árbitro auxiliar: Ewerton Dias de Andrade – FCFS (Joaçaba – SC)

Anotador: Wanessa Stingler – FCFS (Chapecó – SC)

Cronometrista: Jackson Rodrigo Dos Santos – FCFS (Ituporanga – SC)


Local: Ginásio do SESC, Chapecó – SC


Comente aqui
13 mai15:45

Chapecoense Futsal conhece adversário da semifinal

A Chapecoense Futsal conheceu neste sábado, dia 12, o adversário na fase semifinal da Copa Santa Catarina. Será a equipe da AD Hering de Blumenau que empatou em casa com Rio do Sul e terminou na liderança da Chave B.

Dona da melhor campanha na primeira fase, a equipe de Blumenau terá o direito de decidir em casa na segunda partida, o primeiro duelo será em Chapecó ainda sem data e local definido.

A Federação deve confirmar no início da semana as datas e locais dos confrontos. Na outra semi final se enfrentam Videira e Rio do Sul, com a primeira partida no vale e a segunda no meio oeste. A Chapecoense Futsal somou apenas um ponto na primeira fase ficando em segundo lugar na chave A, por isso decide fora de casa. Se avançar para a final também terá a decisão fora de casa já que tem a pior campanha entre os quatro semifinalistas.

O adversário na semi final montou uma boa equipe e mais uma vez busca uma boa campanha na divisão especial, a base do grupo é mantida desde 2008 com poucas mudanças.

- Blumenau entra como favorito pela campanha e também por decidir em casa, mas nós temos uma boa equipe a condição de vencer e avançar a final -comentou o treinador Agnaldo.

Mesmo sem saber ainda a data da partida a diretoria já começa a convocar o torcedor para lotar o ginásio e apoiar a equipe para avançar para a final da Copa Santa Catarina.


Comente aqui