Série C

08 ago12:18

Chapecoense na Série C: duas vitórias, três empates e uma derrota

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Em seis jogos na Série C do Campeonato Brasileiro 2012 a Chapecoense está em quarto lugar no Grupo B, com nove pontos. O time comandado por Itamar Schulle teve , até o momento, duas vitórias, três empates e uma derrota.


Eliomar é o artilheiro da equipe com 3 gols.


 

A Chapecoense fez seis gols e também sofreu seis gols.

O artilheiro da equipe com três gols é o meia Eliomar. Jô, Leonardo e Thuram marcaram um gol cada um.


Jogos na Série C


1ª rodada

Santo André/SP 0 x 0 Chapecoense


2ª rodada

Chapecoense 3 x 2 Vila Nova/GO


3ª rodada

Caxias 2 x 0 Chapecoense


4ª rodada

Chapecoense 1 x 1 Macaé/RJ


5ª rodada

Duque de Caxias/RJ  0 x 1 Chapecoense


6ª rodada

Brasiliense/DF 1 x 1 Chapecoense

Comente aqui
08 ago12:03

Chapecoense treina em dois períodos nesta quarta-feira

A equipe comandada por Itamar Schulle se prepara para a partida contra o Oeste/SP. A sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro será no domingo, dia 12 de agosto.

Nesta manhã os jogadores realizaram treinamento com bola no campo da Arena Condá.

À tarde, a partir das 15h30, os goleiros devem realizar trabalhos físicos na Arena, enquanto os demais atletas treinam no campo de areia da AARA.

Comente aqui
06 ago15:06

Confira a Programação da Chapecoense para a semana de 6 à 12 de agosto

Os jogadores da Chapecoense tem folga nesta segunda-feira, dia 6 de agosto. Depois do empate em 1 a 1 com o Brasiliense, a equipe se prepara para a sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. A partida será às 15h30 do domingo, dia 12 de agosto, na Arena Condá.


Programação semana

06/08 – Segunda-feira

Folga o dia todo


07/08 – Terça-feira

Manhã: 9 horas – reapresentação e treino na Arena Condá

Tarde: 15h30


08/08 – Quarta-feira

Manhã: 9 horas

Tarde: 15h30


09/08 – Quinta-feira

Manhã: Descanso

Tarde: 15 horas


10/08 – Sexta-feira

Manhã: Descanso

Tarde: 15 horas


11/08 – Sábado

Manhã: 9 horas

Tarde: 15h30 (treino para os não relacionados para a partida)


12/08 – Domingo

Manhã: 9 horas (treino para os não relacionados para a partida)

Tarde: 15h30 – Chapecoense x Oeste/SP na Arena Condá


Comente aqui
06 ago09:41

Chapecoense tem folga nesta segunda-feira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Os jogadores da Chapecoense que chegaram às 21 horas do domingo em Chapecó, tem folga nesta segunda-feira. Os atletas se reapresentam às 9h desta terça-feira na Arena Condá.

O time comandado por Itamar Schulle se prepara para sétima da Série C do Campeonato Brasileiro. A partida contra o Oeste/SP será no domingo, dia 12 de agosto, às 15h30 na Arena Condá.

Schulle deve manter a mesma equipe para o jogo de domingo.

- A equipe teve equilíbrio e soube aproveitar a posse de bola – disse Schulle. Ele também parabenizou a equipe e lamentou não ter conseguido conquistar os três pontos.

- Agora é se preparar e contar com a presença da torcida no estádio – completou Schulle.


Comente aqui
06 ago09:12

Após empate, Verdão está entre os quatro

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Chapecoense não conseguiu a segunda vitória fora de casa e ficou no empate em 1 a 1 com o Brasiliense. Com esse resultado o time subiu na tabela e está em quarto no Grupo B, com nove pontos na Série C do Campeonato Brasileiro. Agora a equipe do técnico Itamar Schulle se prepara para duas partidas seguidas em casa. A primeira é no próximo domingo, na Arena Condá, contra o Oeste/SP, terceiro Grupo com 10 pontos, e a outra com o Madureira/RJ.

Para o diretor de futebol Cadu Gaúcho a conquista dos quatro pontos fora de casa foram importantes.

– Tivemos três chances de vencer em Brasília, mas conseguimos a meta de pontuar – disse.

O goleiro Nivaldo, que assumiu a posição no lugar Rodolpho que passa por cirurgia nesta terça-feira, sabia que era complicado pontuar fora de casa e acreditava na vitória.

- Ficamos com a sensação de que poderíamos ter vencido, mas agora temos que focar nos jogos em casa – disse o goleiro.

O técnico Itamar Schulle deve manter a mesma equipe para o jogo de domingo.

- A equipe teve equilíbrio e soube aproveitar a posse de bola – disse Schulle. Ele também parabenizou a equipe e lamentou não ter conseguido conquistar os três pontos.

- Agora é se preparar e contar com a presença da torcida no estádio – completou Schulle.


O empate em 1 a 1

Na partida do sábado, dia 4 de agosto, as duas equipes marcaram bem no início do jogo e criaram boas jogadas. Porém, foi o time do técnico Ney da Matta que abriu o placar aos 5 minutos. Bocão marcou o gol do Jacaré, após falha na zaga da Chapecoense.

O empate veio sete minutos depois com o gol de Eliomar. Ele recebeu a bola e chutou bem no lado direito do goleiro Welter, que ficou sem defesa.

Outras oportunidades foram criadas e desperdiçadas pelos jogadores da Chapecoense.




Comente aqui
04 ago17:59

Chapecoense empatou fora de casa pela Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Chapecoense não conseguiu a vitória fora de casa e ficou no empate em 1 a 1 com o Brasiliense. O jogo válido pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro foi no Estádio Elmo Serejo Farias (Serejão), em Taguatinga/DF.

No começo do primeiro tempo o Brasiliense colocou pressão na área da Chapecoense, mas o time do Oeste reverteu e conquistou o primeiro escanteio da partida a 1 minuto de jogo. Willian cobrou bem, mas ninguém do ataque do Verdão chegou na bola e sobrou reposição de bola com o goleiro Welder.

Quatro minutos depois, após uma falha na zaga da Chapecoense, Bocão marcou o primeiro gol do Brasiliense.

Um minuto depois a atacante Lê quase marcou o gol de empate após o rebote da bola cabeceada pelo capitão Athos.

Aos 12 minutos, após uma roubada de bola no meio de campo, o meia atacante Eliomar recebeu a bola e marcou o gol de empate. Foi um belo chute no lado direito do goleiro Welter.

Athos quase fez o segundo gol da Chapecoense aos 28 minutos. Primeiro ele cobrou bem uma falta, mas o goleiro Welter salvou. Na segunda oportunidade, Athos cobrou escanteio, mas Ênio cortou para o Brasiliense.

Aos 37 minutos o atacante Jô recebeu um passe de Athos e quase ampliou o placar. Pouco depois foi a vez de Lê tentar.

Dois minutos depois, Lê dominou a bola e chutou bem, porém, o goleiro Welter conseguiu salvar.

Aos 40 minutos André Paulino cometeu falta e recebeu amarelo. Baiano cobrou bem a falta, mas ficou nas mãos de Nivaldo.

E a primeira etapa terminou em 1 a 1.


Segundo tempo

O técnico Ney da Matta fez duas alterações no time. Saíram Baiano e André Luiz para a entrada de Ruy e Elivelton. O Chapecoense voltou com a mesma equipe.

No primeiro minuto de jogo Ruy quase amplia o placar para o Brasiliense após jogada de Luiz Carlos.

Três minutos depois Ferrugem abria bem no meio de campo, mas Wanderson cometeu falta. Na cobrança Ferrugem chutou bem, mas foi para fora.

Aos sete minutos Ferrugem marcou para o Brasiliense, mas o árbitro havia marcado impedimento e o gol não foi validado.

Athos cobrou falta aos 19 minutos , Wanderson cabeceou bem, mas foi para fora. Mais uma oportunidade de virada desperdiçada pelo time do Oeste.

Nivaldo fez uma bela defesa aos 30 minutos e garantiu o empate.

Aos 35 minutos Itamar Schulle fez a segunda substituição. O atacante Cristiano entrou no lugar de Jô, que saiu lesionado.

Sete minutos depois Cristiano teve uma grande chance de desempatar, a bola ficou nas mãos do goleiro Welter.

No final do segundo tempo o Verdão perdeu duas oportunidades de gol. E o jogo terminou Brasiliense 1 x 1 Chapecoense.

O técnico Itamar Schulle disse na ida para o vestiário no intervalo que o time voltaria para a vitória, mas não conseguiu.



FICHA DO JOGO

BRASILIENSE – 1

Welder, Luan, Ênio, Leandro Camilo, Bocão, Andrade, Ferrugem, Hugo (Djavan), Baiano (Ruy), André Luiz (Elivelton), Luiz Carlos.

Técnico: Ney da Matta


CHAPECOENSE – 1

Nivaldo, Fabiano, Souza, André Paulino, Eliomar, Wanderson, Paulinho Dias (Dudu), Athos, Willian (Esquerdinha), Lê, Jô (Cristiano).

Técnico: Itamar Schulle



Gols

Brasiliense: Bocão (5 min 1ºT)

Chapecoense: Eliomar (12 min 1°T)



Cartões Amarelos:

Brasiliense: Luan, Ênio, Elivelton, Andrade, Bocão.

Chapecoense: André Paulino e Dudu.


Público: 819 pagantes
Renda: R$ 1.972


Arbitragem: Carlos Ronne Casas de Paiva, auxiliado por Rener Santos de Carvalho e Jean Rodrigues da Silva

Local: Estádio Elmo Serejo Farias (Serejão), em Taguatinga/DF


Comente aqui
04 ago08:00

Nivaldo quase eterno

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A experiência do goleiro Nivaldo é um dos trunfos da Chapecoense para a partida de hoje, contra o Brasiliense, às 16 horas, em Taguatinga-DF. O goleiro de 38 anos está há seis anos no clube e voltou a ser titular na rodada passada, contra Duque de Caxias, em que a Chapecoense venceu por 1 a 0.

Nivaldo chegou no clube em 2006, numa época de “vacas magras”. Ele lembra que não estava muito empolgado em vir jogar em Chapecó. Mas, naquele mesmo ano, a Chapecoense foi campeã da Copa RS. No ano seguinte, veio a conquista do Campeonato Catarinense e Nivaldo foi considerado o melhor goleiro da competição.

A conquista e o carinho da torcida foram os motivos que levaram Nivaldo a ficar tanto tempo no clube. –Fui bem recebido e valorizado aqui- lembrou. Para ele a partida inesquecível foi no empate por 2 a 2 contra o Criciúma, que garantiu o título. Em 2009 veio o vice-campeonato estadual e a vaga na Série C do Campeonato Brasileiro. Mas também a pior partida de Nivaldo. Na semifinal contra o Macaé, a Chapecoense precisava fazer 3 a 0 e fez. Mas aí o goleiro levou um gol de fala pelo meio das pernas e mais um gol contra. A Chapecoense ficou fora da final. Mas Nivaldo recebeu mais aplausos do que vaias. –Ainda bem que a gente já estava classificado- consola-se.

Em 2010 ele conseguiu jogar apenas uma partida, devido a uma lesão. Seu reserva, Ricardo, se destacou e foi para o Figueirense. No ano seguinte, nova lesão. Aí chegou Rodolpho, que foi um dos destaques do título catarinense. Nivaldo virou reserva. No início de 2012, recuperou a titularidade após uma lesão de Rodolpho.

Nivaldo foi bem e continuou com a camisa um mesmo com a recuperação de Rodolpho. Até sofrer uma nova lesão no returno. Rodolpho voltou a ser titular até o jogo contra o Duque de Caxias.

O goleiro pensa em fazer um bom campeonato e conquistar o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, que seria para coroar uma trajetória de sucesso pelo clube. Nesse período em Chapecó, teve até uma conquista extracampo, que foi o nascimento do filho João Pedro, que está com dois anos.

A Série C pode ser o último campeonato do goleiro, que está com 180 jogos pela Chapecoense. Quem sabe ele possa conquistar mais um título antes de se aposentar. Mas a bandeira com os dizeres Nivaldo Eterno, essa ele já garantiu.


FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE

Welder

Luan

Ênio

Leandro Camilo

Bocão

Andrade

Ferrugem

Hugo

Baiano

André Luiz

Luiz Carlos

Tecnico: Ney da Matta



CHAPECOENSE

Nivaldo

Fabiano

Souza

André Paulino

Eliomar

Wanderson

Paulinho Dias

Athos

Willian

Técnico: Itamar Schulle


Horário: 16h

Arbitragem: Carlos Ronne Casas de Paiva, auxiliado por Rener Santos de Carvalho e Jean Rodrigues da Silva

Local: Estádio Elmo Serejo Farias (Serejão), em Taguatinga-DF


Comente aqui
02 ago15:20

CBF divulgou arbitragem para Brasiliense x Chapecoense

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o trio de arbitragem para Brasiliense e Chapecoense. A partida válida pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, será neste sábado, dia 4 de agosto no estádio Elmo Serejo Farias em Taguatinga/DF.

O árbitro Carlos Ronne Casas de Paiva será auxiliado por Rener Santos de Carvalho e Jean Rodrigues da Silva. O quarto árbitro é Wales Martins de Souza.


Comente aqui
02 ago10:21

Rodolpho está fora da Série C 2012

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O goleiro Rodolpho, 31 anos, da Chapecoense está fora da Série C do Campeonato Brasileiro 2012. O atleta, que teve uma lesão no joelho na final do Estadual do ano passado, vai passar por cirurgia e pode ficar seis meses longe dos gramados. Na manhã desta quinta-feira o atleta passa por exames e a cirurgia com o médico do clube, Carlos Mendonça, deve ser realizada neste sábado ou na próxima terça-feira.

- Levamos até onde deu e a única solução é a cirurgia mesmo – disse o médico.

O rompimento parcial do ligamento cruzado do joelho direito foi na partida final do Campeonato Catarinense 2011, quando um zagueiro do Criciúma caiu sobre a perna do goleiro após uma cobrança de cruzamento.

- Faltavam uns 10 minutos para terminar a partida e fiquei até o final – lembrou.

>> Schulle fará duas mudanças na Chapecoense

Após o jogo Rodolpho iniciou tratamento de fisioterapia e fortalecimento da musculatura e ficou dois meses sem jogar.

Ainda em 2011, o goleiro defendeu a equipe pela Série C. Neste ano Rodolpho disputou o Estadual e a Copa do Brasil e defendeu a Chapecoense em algumas partidas pela Série C.



Juliano é opção no banco contra o Brasiliense

Na partida contra o Brasiliense o técnico Itamar Schulle vai contar com o goleiro titular da equipe Nivaldo e o Juliano.

A válida pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, é sábado, às 16 horas, em Taguatinga/DF.


Comente aqui
02 ago09:23

Schulle fará duas mudanças na Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Pelo que esboçou no treinamento de ontem o técnico Itamar Schulle deverá fazer duas mudanças contra o Brasiliense, em relação ao time que iniciou a partida contra o Duque de Caxias. Jô, que entrou no segundo tempo no Rio de Janeiro e fez o gol da vitória, deve ser titular no Distrito Federal.

Ele entra na vaga de Dudu. A outra mudança é na lateral esquerda. William volta a ser titular no lugar de esquerdinha.

Nesta quinta-feira o time faz um treinamento pela manhã, no Índio Condá, e à tarde viaja de ônibus para Porto Alegre/RS. Na sexta será feito o último treinamento no campo suplementar do Estádio Olímpico. No final da tarde a delegação pega avião para Brasília.

O jogo contra o Brasiliense, válida pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, é sábado, às 16 horas, em Taguatinga/DF.


Comente aqui