Série C

21 mai14:51

Chapecoense não quer ficar no “quase” pelo terceiro ano seguido

Darci Debona |darci.debona@diario.com.br

Em 2010 faltou um gol contra o Ituiutaba (Boa). Em 2011, bastava ter vencido um dos confrontos conta o Ipatinga, sendo que num jogo chegou a estar vencendo por 2 a 0 e deixou escapar o resultado. Em 2012 a Chapecoense não quer ficar no quase. A meta principal traçada no início do ano é subir para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Para isso a Chapecoense manteve a comissão técnica e a base que ficou em terceiro lugar no estadual. Foram dispensados sete jogadores mas apenas dois deles eram titulares, o volante Diogo Roque e o atacante João Paulo. Mesmo assim o atacante, juntamente com outros três da posição, foi liberado, pois não rendeu no catarinense.

Em compensação a Chapecoense já contratou nove reforços. É verdade que muitos são desconhecidos. Mas alguns vêm com boas credenciais. Lê marcou oito gols no Campeonato Gaúcho, pelo Veranópolis. O volante Paulinho Dias também é conhecido, pois foi vice-campeão em 2010 pelo Joinville.

Mas a grande notícia dessa reformulação foi a manutenção dos jogadores de defesa e a renovação com o meia Athos, destaque da equipe no segundo turno. Mesmo mantendo uma boa base a Chapecoense pode ser considerada uma incógnita na competição.

Primeiro porque oscilou muito durante o Campeonato Catarinense. Segundo porque quando todo mundo pensou que tinha embalado, perdeu a vaga em casa na semifinal contra o Avaí. Justamente neste jogo a defesa, que era o ponto forte do time, falhou. Se a defesa mostrar a mesma solidez da maioria dos jogos do Catarinense, Athos estiver inspirado e o ataque finalmente funcionar, a Chapecoense pode buscar a vaga na Série B.

Na parte técnica, a Chapecoense parece estar bem servida. Anderson Paixão tem um bom “pedigree”, faz um trabalho embasado cientificamente e o time tem dado boa resposta em campo. O técnico Itamar Schulle resgatou um time em crise e fez a torcida sonhar com o título. Pena que resvalou na semifinal. O que não dá é para repetir a bobeira na Série C.


Comente aqui
21 mai10:09

Chapecoense se prepara para a estreia na Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O time comandado por Itamar Schulle realiza treinamento em dois períodos nesta segunda-feira. Pela manhã os atletas devem fazer trabalhos no Centro de Treinamento da Água Amarela. Pela tarde os trabalhos, iniciam a partir das 15h, no campo do Trevo.

Os reforços anunciados pela diretoria estão em Chapecó e devem ser apresentados. São eles o goleiro Vaná, o volante Dudu e o lateral direito Galiardo.

Já o atacante Juba, vice-artilheiro do Campeonato Gaúcho e que estava no Novo Hamburgo, esteve em Chapecó, treinou no sábado e não deve ficar na equipe.

- Estávamos em negociação com ele há um mês, fechamos, ele veio pra cá e o empresário deve ter oferecido o atleta para outra equipe com uma proposta maior. E por isso ele não deve ficar mais  – disse o diretor de futebol Mauro Stumpf.

Pela internet as informações dão conta que Juba teria fechado com o Caxias.


Estreia na Série C

A Chapecoense estreia na Série C do Campeonato Brasileiro no sábado, dia 26. Até a manhã desta segunda-feira o site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a tabela de jogos não havia sido alterada e apresentava a primeira partida contra o Santo André em Araras/SP.

Porém, em decorrência de liminar, a CBF deverá incluir o Grêmio Esportivo Brasil em substituição ao Santo André. Ou seja, com a substituição, permanecem os grupos e a tabela da competição. Em virtude da modificação feita na Série C, o Santo André ocupará o lugar do Grêmio Esportivo Brasil na Série D 2012, mantidos também os grupos e a tabela.


Comente aqui
18 mai12:09

Chapecoense apresenta reforços para a Série C

[Atualizada sábado, 19/05 às 10h51]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A diretoria da Chapecoense deve apresentar os quatro últimos reforços para a Série C na tarde desta sexta-feira. De acordo com o diretor de futebol Mauro Stumpf devem ser apresentados, além do goleiro Vaná, e do atacante Juba, que estava no Novo Hamburgo, mais dois jogadores. O volante Dudu, 23 anos, que atuava no São Bernardo e o lateral direito  Galiardo, 27 anos, que jogou no São Carlense/SP e vem por empréstimo. Devem chegar neste sábado em Chapecó.

O nome do goleiro Vaná foi anunciado na manhã desta quinta-feira. Ele vem de empréstimo do Coritiba/PR. O atleta atuou pelo Canoas no Campeonato Gaúcho. Outro atleta que participou do Gauchão e vem para a Chapecoense é o atacante Juba.

Juberci Alves da Cruz, o Juba, natural de Ivaiporã/PR, tem 28 anos, 180 cm e 77 Kg. O atleta que estava no Novo Hamburgo e foi um dos artilheiros da competição com 10 gols, tinha proposta do Náutico, mas decidiu vir para o time do Oeste.

- Estávamos em negociação com o atleta há 20 dias – disse o diretor de futebol.

O atleta, que é conhecido do técnico Itamar Schulle, tem contrato de seis meses. – Estou muito feliz em ir para a Chapecoense e quero junto com a equipe alcançar os objetivos do clube – disse Juba por telefone. Ele e a esposa devem chegar em Chapecó na metade da tarde.

Para a Série C a Chapecoense contratou também os atacantes Mateus Paraná e Lê, os volantes Chicão e Paulinho Dias, o zagueiro André Paulino e o meia Renan Meduna, que já treinam com a equipe.


Comente aqui
17 mai12:14

Vaná é contratado pela Chapecoense

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A diretoria da Chapecoense confirmou na manhã desta quinta-feira a contratação de um novo goleiro. Vanailson Luciano de Souza Alves, o Vaná, de 21 anos, que participou do Campeonato Gaúcho 2012 pelo Canoas, será emprestado até o final da Série C.

Vaná , natural de Planaltina/DF, tem 1,94 e 80Kg e também estava emprestado para o time gaúcho pelo Coritiba/PR. Segundo diretor de futebol Mauro Stumpf ele deve chegar em Chapecó nesta sexta-feira.

– Ele vem com os atletas que participam do amistoso em Curitiba contra o time o Atlético Paranaense – disse.

O atleta já passou por clubes como Canoas/RS, Gama/DF e Atlético Paranaense/PR.


>> Equipe está com seis jogadores no Departamento Médico


Comente aqui
17 mai07:51

Seis jogadores da Chapecoense estão no DM

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O Departamento Médico da Chapecoense está movimentado. Seis jogadores estão em tratamento e não devem participar da primeira da rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Verdão estreia no dia 26 de maio contra o Santo André em Araras/SP.

Quem está a mais tempo no DM é o volante Janderson. Ele lesionou o ligamento do joelho direito em um amistoso antes da estreia no Campeonato Catarinense. Segundo o fisioterapeuta Guilherme Dias Carli, o atleta deve ficar mais três meses em tratamento.

Outro remanescente no departamento é o volante Marcos Alexandre. Ele ficou um mês em tratamento, melhorou e voltou a sentir dores. O atleta passou por cirurgia para a retirada de um ponto interno no joelho e deve ficar mais 30 dias fora.

O meia Neném, que sentiu a coxa direita na partida contra o Avaí na Arena Condá, deve fazer uma ressonância nesta quinta-feira para ver como está a lesão.


Nivaldo deve ficar três semanas sem treinar com a equipe.


– Dependendo do resultado do exame ele pode voltar a treinar já na próxima segunda-feira – disse o fisioterapeuta da equipe. O lateral esquerdo William, que sentiu dores na panturrilha esquerda durante o treino também deve voltar aos trabalhos físicos na segunda.

Quem também está no DM é o zagueiro Dema. Ele sentiu dores no posterior da coxa durante o treino e deve ficar fora de 15 a 20 dias.

Itamar Schulle não poderá contar também com o goleiro Nivaldo. Ele fraturou a costela no treino do sábado dia 12. O fisioterapeuta disse que ele deve ficar três semanas sem treinar com a equipe.

Nesta quinta-feira a Chapecoense treina pela manhã na Arena Condá e após o meio-dia viaja para Curitiba/PR. Às 10h da sexta o time faz um amistoso contra o Atlético Paranaense no CT Alfredo Gottarde, mais conhecido como CT do Caju.


Janderson – volante

Lesão: Ruptura total do ligamento cruzado anterior no joelho direito

Previsão de volta: 3 meses (já ficou 3 meses parado)


Marcos Alexandre- volante

Lesão: joelho esquerdo

Previsão de volta: 30 dias


Neném – meia

Lesão: posterior da coxa direita

Previsão de volta: deve voltar aos treinos na segunda-feira, dia 21


William – lateral esquerdo

Lesão: panturrilha esquerda

Previsão de volta: deve voltar aos treinos na segunda-feira, dia 21


Dema – zagueiro

Lesão: coxa direita

Previsão de volta: 15 a 20 dias


Nivaldo – goleiro

Lesão: fratura de costela

Previsão de volta: 3 semanas


Comente aqui
16 mai11:46

Chapecoense treina às 15h30 no campo do Trevo

Juliano Zanotelli| juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O time comandado por Itamar Schulle se prepara para a estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. Na manhã desta quarta-feira os jogadores tiveram folga. Durante a tarde a equipe treina a partir das 15h30 no Campo do Trevo. De acordo com a Assessoria de Imprensa do clube a coletiva de imprensa será às 15h15 na Arena Condá.

Nesta quinta-feira, 17, os atletas treinam a partir das 9 horas na Arena Condá e após o almoço viajam para Curitiba. O time faz um amistoso, às 10h, da sexta-feira contra o Atlético Paranaense.

Após a partida os atletas retornam para Chapecó e tem o final de semana de folga.

Comente aqui
15 mai18:55

Chapecoense fará amistoso antes da estreia na Série C

A Diretoria da Chapecoense acertou um amistoso antes da estreia na Série C do Campeonato Brasileiro.

A partida será contra o Atlético Paranaense na sexta-feira, dia 18 de maio, às 10 horas, em Curitiba.


Comente aqui
15 mai14:51

Chapecoense treina às 15h30 no CT da Água Amarela

Os jogadores da Chapecoense se preparam para a estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. O ritmo de treinos é intenso. Nesta manhã os atletas tiveram folga, mas a tarde treinam no Centro de Treinamento da Água Amarela.

Os trabalhos físicos devem começar a partir das 15h30.

Comente aqui
15 mai08:30

Chapecoense deve participar de um amistoso antes da estreia na Série C

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A intenção é realizar um amistoso antes da estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. Houve contato com o Atlético Paranaense e Juventude, mas nada foi confirmado ainda. O diretor de futebol Mauro Stumpf viajou ao Rio de Janeiro onde participa hoje de uma reunião sobre a Série C.

A logística de deslocamento da Chapecoense para Santo André ainda não foi acertada. Como o aeroporto municipal está interditado para obras as opções de voo são Passo Fundo, Caxias do Sul, Porto Alegre e Curitiba.

Faltando apenas 11 dias para estrear na Série C do Campeonato Brasileiro a Chapecoense segue se reforçando. Nesta segunda-feira foi apresentado o meia Renan Meduna.

Comente aqui
14 mai18:18

Renan Meduna já treina na Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Na tarde desta segunda-feira a Diretoria da Chapecoense apresentou o meia Rena Meduna, 22 anos, que veio do Rio Branco/PR.

Ele é natural de Paranaguá, fez a base no Cruzeiro-MG, profissionalizou-se no Bahia e jogou a temporada 2010/2011 no Beira Mar de Portugal. Ele afirmou que foi indicado pelo seu empresário que conhece o técnico Itamar Schulle.

Meduna teve um problema no joelho no ano passado e acredita que a Chapecoense pode ser uma vitrine para sua carreira.

–A Chapecoense é uma oportunidade para me destacar na Série C- declarou. Ele afirmou que tem como característica a cobrança de bola parada. Ele fez dois gols no Paranaense, sendo um deles de falta, contra o Iraty.

Outro jogador que já está em Chapecó desde o final da tarde de sexta-feira, Júnior Barbosa, 31 anos, que veio da Catanduvense, não treinou com o grupo. Ele ainda está na dependência dos exames médicos.

O clube também negocia com o volante Paulinho Dias, 24 anos, que atuou no Joinville em 2010. Ele disputou o Gauchão pelo Veranópolis.

Nesta segunda o treinador Itamar Schulle fez um coletivo contra os juniores. Ele até testou o volante Paulo, que é das categorias de base, no time titular.

A direção tenta ainda contratar pelo menos um atacante.


Comente aqui