Sul-Americana

02 jul11:53

Female de Chapecó é campeã do Sul-Americano no Paraguai

As meninas da Female (Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora), campeãs sul-americanas de futsal feminino, após vencer o Sport Colonial do Paraguai, por 8 a 0, na final disputada em Assunção, no sábado, dia 30 de junho, desfilam nesta segunda-feira, por volta das 17 horas, no carro aberto dos Bombeiros pela Avenida Getúlio Vargas, no centro de Chapecó.

Além da goleada a Female teve a goleadora e melhor jogadora da competição: Renata, camisa 9 que arrancou aplausos do público paraguaio, marcando nove gols. A equipe ficou também com o prêmio de defesa menos vazada (oito gols). O troféu Fair Play foi para o Colonial e o bronze ficou com o chileno Santiago Morning, que venceu ao San Lorenzo de virada por 2 a 1.

As multicampeãs, que chegaram a 31 finais consecutivas e 28 títulos, tiveram a honra de vencer a primeira edição do torneio continental. A próxima competição está prevista para fevereiro de 2013 em Santiago, no Chile.

Comente aqui
26 dez14:42

Venda da linha de festas cresce de 8% a 10%

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O final de ano está sendo gordo para as agroindústrias que devem ter um crescimento de 8 a 10% na linha de festas, em relação ao ano passado. Esta é a previsão do presidente da Associação Catarinense de Avicultura, Cléver Pirola Ávila. A BRF prevê aumento de um dígito em volumes e dois dígitos em vendas. A Aurora e a Seara prevêem crescimento de 8%. A Seara aposta que alguns consumidores vão redirecionar gastos para os alimentos, melhorando a qualidade de suas festas.

A BRF atribui o crescimento a o aumento na renda do brasileiro, lançamentos de produtos mais práticos e inovadores e à incorporação de 1,3 milhão de consumidores de produtos natalinos.

Para o diretor comercial da Aurora Alimentos, Leomar Somensi, resultado positivo é fruto do momento na economia nacional: – Os empregos formais e aumento do poder aquisitivo geraram recursos que estão senso utilizados em produtos para as festas de final de ano- explicou.

Na avaliação do diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Santa Catarina (Sindicarne) Ricardo Gouvêa, a estabilidade da economia brasileira está refletindo num aumento do consumo interno. O Brasil passou incólume às crises internacionais nos últimos anos e com isso as agroindústrias apostaram no mercado interno. Ele afirmou que as indústrias até contrataram mais para a produção de linhas de festa e somente não há mais contratações por falta de mão de obra. A estimativa é que existem entre duas e três mil vagas nas agroindústrias catarinenses.

O presidente da Acav, Cléver Pirola Ávila, disse que houve um aumento do público consumidor e as indústrias também lançaram produtos específicos para as classes A/B e C/D. –Temos vários novos itens à base de peru e linhagens diferenciadas de frangos- avaliou Ávila.

Ele explicou que, a partir de julho, as indústrias já voltam parte de sua produção para as linhas de final de ano. Ávila destacam que estes produtos são de maior valor agregado e isso permitiu às agroindústrias uma recuperação em seus resultados. –Tivemos um ano impactado negativamente pelo câmbio e pelos custos- explicou.

Em alguns meses o dólar caiu para patamares de R$ 1,50 a R$ 1,55, o que prejudicava a competitividade e o retorno com as exportações, principalmente da indústria catarinense, que exporta 30% da produção.

Outro fator negativo foi o custo do milho e do farelo de soja, que chegaram a aumentar em cerca de 50% em relação aos anos anteriores.

Para o presidente da Companhia Integrada para o Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri, o alto custo vai afetar a rentabilidade das agroindústrias. –O aumento das vendas do final de ano vai neutralizar o efeito do aumento dos custos- prevê. Barbieri disse que os produtores também tiveram um ano difícil. Quem terá um Natal gordo mesmo são os produtores de grãos.


Consumo chega a 46 quilos nas aves e 15 quilos nos suínos

O bom momento da economia brasileira está refletindo no aumento do consumo de proteína de carne. Tanto que o frango vai passar de 43 quilos per capita ano para 46 quilos, segundo o presidente da Associação Catarinense de Avicultura, Cléver Pirola Ávila. Ele afirmou que, se fosse levada em conta a média de dezembro, esse número seria de 50 quilos. –O consumo aumenta no final de ano- explicou.

Além do aumento da renda a variedade de produtos e embalagens mais atrativas também contribuem para este resultado. -Os produtos estão tão atrativos que estão virando até presentes de final de ano- explicou.

Nos suínos o consumo também cresceu de 13 quilos per capita ano para 15 quilos nos últimos dois anos, segundo o diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Santa Catarina (Sindicarne), Ricardo Gouvêa.

O presidente da Companhia Integrada para o Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri, disse que a previsão é de aumento de produção para 2012. Em Santa Catarina a produção de suínos de aumentar 50 mil toneladas, passando de 750 mil ano para 800 mil toneladas/ano. Tudo graças à perspectiva da conquista de novos mercados, como Japão, Coréia do Sul e China.

Nas aves também há perspectiva de crescimento para os mercados já existentes. O que preocupa mesmo é que a previsão de estiagem prejudique a safra de milho, o que pode impactar em aumento de custos.


Principais produtos

AURORA - O destaque da linha Boas Festas Aurora é o Blesser, ave diferenciada com maior rendimento, carne suculenta, tempero exclusivo e pronto para assar. A novidade é o Peito de Blesser Recheado, com farofa de lingüiça calabresa e uvas passas.

SEARA - Lançou oito novos produtos da linha comemorativa. Três deles são da Seara Ceia Fácil: Ave Classy Temperada e Desossada (ideal para receber o recheio da preferência do consumidor), o Peito de Peru com Manteiga e Ervas Finas (com sachê de manteiga separado para utilização no momento em que o produto for ao forno) e o Pernil sem Osso Temperado e com Molho de Ameixa (o sachê com o molho também vem separado). O Peru e a Ave Classy são os principais itens e representam juntos mais de 50% das vendas.

SADIA - O Peru é o líder das vendas. Os principais lançamentos são o Pernil Assado, Lombo Assado e Pernil de Cordeiro.

PERDIGÃO – O principal produto é o Chester. As novidades são o Chestes Assa Fácil Desossado e Recheado e Sobrepaleta Recheada com Lingüiça


Comente aqui
30 nov11:48

Atletismo de Chapecó destaque em dois eventos

O Clube de Atletismo Chapecó encerra o ano esportivo em dois eventos muito importantes. Atletas chapecoenses participam do Brasileiro e da Sul-Americana

A atleta Ianah Pabliet Keller Agnoletto, 17 anos, viaja nesta quarta-feira, 30 para Curitiba/PR, com a delegação de Santa Catarina. Ela vai participar das Olimpíadas Escolares Brasileiras (15 a 17 anos), na prova de lançamento do dardo (600gr). A atleta conquistou a vaga no estadual em Concórdia.

O atleta Marcos Paulo Balbinot, de 14 anos, embarca no mesmo dia para São Paulo, para juntar-se a delegação brasileira, formada por 210 componentes, entre atletas, treinadores, coordenadores, árbitros, equipe médica. Eles participam do Campeonato Sul-Americano Escolares (12 a 14 anos) que acontece na cidade de Bogotá na Colômbia.

Ele participa nas provas de arremesso do peso (4kg), lançamento do disco (1kg) e lançamento do martelo (4kg). A treinadora do atleta Materli Borotto Santos, vai como treinadora dos arremessadores brasileiros. As provas acontecem de 3 a 5 de dezembro.


Comente aqui