Sul Brasileiro

28 nov14:36

Chapecó é sede do 1º Congresso Sul Brasileiro de Promoção dos Direitos Indígenas

O Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes de Chapecó é sede até a quinta-feira, dia 29 de novembro, do 1º Congresso Sul Brasileiro de Promoção dos Direitos Indígenas – Consudi.

A finalidade do Congresso é promover um debate entre a população indígena, sociedade civil e órgãos públicos, para a instituição de políticas públicas que garantam os direitos sociais dos indígenas. A programação é composta por mesas-redondas, oficinas e grupos de trabalho.

Ainda estão previstos lançamentos de livros sobre a temática indígena e o lançamento do Fórum Permanente de Promoção dos Direitos Indígenas.

A organização é da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), através da Comissão Indígena. O evento ainda o apoio do Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado, Ministério Público Federal, Prefeitura Municipal de Chapecó, Funai, Unochapecó, Unoesc, Udesc e Secretaria de Desenvolvimento Regional.


Comente aqui
16 out19:38

ACN conquista três ouros no Sul-Brasileiro de Natação

Um fim de semana dourado para os jovens talentos da Associação Chapecoense ACN/AQUATIC CENTER/UNOCHAPECÓ/INOVADORA SISTEMAS/LINEAR AUDITORES/ PMC, em Curitiba-PR. No campeonato sul-brasileiro mirim-petiz(09 a 12 anos) a garotada conquistou nove medalhas, sendo três de ouro. A competição reuniu mais de 400 atletas no parque aquático do Clube Curitibano.


Estavam na disputa 27 equipes do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nas 84 provas disputadas, na competição mais forte dos três estados do sul nestas categorias, os chapecoenses voltaram com três ouros, quatro pratas e dois bronzes. A ACN foi comandada pelos professores Jordan Bellei e Vitor Goulart. Um dos destaques da equipe foi a nadadora Renata Spricigo. Ela assegurou o tri-campeonato sul-brasileiro na prova dos 50m nado peito, além da prata nos 50 m costas. Outro campeão foi Yan Macena na prova dos 50m borboleta. Yan subiu ao pódio nas três provas que disputou, sendo que além do ouro, foi prata nos 50m costas e o bronze dos 100m costas.


Quem também nadou para vencer e chegou na frente foi Natália da Silva que sagrou-se campeã na prova de 100m costas e de quebra garantiu o bronze nos 50 m costas. Outro destaque foi Julia Picoli, vice-campeã nas provas de 50 e 100m nado peito. Completaram o grupo contribuindo na pontuação geral por equipe ao se classificarem entre os 10 melhores da competição os nadadores Caroline Costa, quarta colocada nos 200m livre e 50m borboleta, Airton Vargas Jr. e Carolina Panho, com a nona posição nas provas de 200m livre e 100m costas respectivamente.


A presidente da ACN, Mara Sfredo, elogiou o trabalho dos técnicos e atletas. “O grupo superou o desempenho apresentado no primeiro semestre e assegurou classificação entre as melhores equipes da competição. Mais uma vez destacamos Chapecó no cenário aquático sul-brasileiro”, declarou. Agora a ACN volta a preparação dos atletas para o regional/oeste em Concórdia no próximo sábado, 20. Paralelamente o professor Vitor Goulart juntamente com os atletas Évelin Conte e Davi Cadore defenderão o selecionado universitário catarinense nos JUBS em Foz do Iguaçú-PR de 19 a 21 deste mês.

Comente aqui
10 out14:35

ACN disputa Sul-brasileiro em Curitiba

Nadadores de nove a 12 anos, dos três estados do sul competem, a partir desta sexta-feira, em Curitiba-PR, no Campeonato Sul-brasileiro Mirim-Petiz. A competição, que terminará no domingo, deverá reunir mais de 400 nadadores de 10 equipes do Paraná, quatro do Rio Grande do Sul e outras 13 de Santa Catarina.


Para esta competição, que encerra os eventos sul-brasileiros, a ACN/ AQUATIC CENTER/UNOCHAPECÓ/INOVADORA SISTEMAS/ LINEAR AUDITORES/PMC levará suas grandes promessas. Caroline Costa, Renata Sprícigo, Júlia Piccoli, Natália da Silva, Carolina Panho, Airton Vargas Jr e Yan Macena serão acompanhados pelos técnicos Jordan Belei e Vitor Goulart. Cada atleta competirá em três provas e a expectativa é que os nadadores Yah, Natália, Júlia, Renata e Caroline consigam bons resultados. No total, o Clube Curitibano receberá 84 provas nos quatro estilos e revezamentos.


Esta será a primeira se uma série de cinco compromissos no mês de outubro. Pela frente a ACN/ AQUATIC CENTER/UNOCHAPECÓ/INOVADORA SISTEMAS/ LINEAR AUDITORES/PMC terá os Jogos Universitários Brasileiros, em Foz do Iguaçu, os Jogos Escolares Catarinenses em Araranguá-SC e o campeonato regional em Concórdia. Os Jogos Abertos de Santa Catarina serão disputados em Caçador, no entanto a natação terá como sede a cidade de Blumenau.

Com informações da assessoria de imprensa


Comente aqui
25 ago08:06

Encontro de corais universitários completa uma década

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Cerca de 800 vozes de vários timbres do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina vão estar reunidas neste final de semana em Chapecó, na décima edição do Encontro Sul-Brasileiro de Corais Universitários. A apresentação principal ocorre no sábado à noite, a partir das 19h30, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês, com a participação de onze corais dos três estados do Sul. A entrada é franca

Eles vão interpretar estilos diferentes, com músicas eruditas, folclóricas, samba, rock e MPB. O coral anfitrião, da Universidade Regional Comunitária de Chapecó (Unochapecó), vai interpretar quatro músicas, uma delas “She Loves You”, dos Beatles. As outras três são surpresa.

– Nosso fio condutor é o amor- disse o regente, Gustavo Pereira Malfatti. As canções falam do namoro, da sutileza do amor e do amor nos ciclos da vida.

Malfatti avalia que o encontro coloca em evidência o canto coral, traz os jovens para a música e foi a mola propulsora da criação a Orquestra de Câmara da Unochapecó. O coral da Unochapecó tem 25 integrantes que ensaiam duas vezes por semana. A maioria é de universitários ou ex-universitários.

Camila Azzolini Lopes é estudante do segundo período do Curso de Direito e pela primeira vez vai participar do encontro.

– É uma nova experiência- avaliou. Ela entrou neste ano no Coral da Unochapecó mas já cantava antes em outros grupos.

– Adoro cantar, pra mim é um hobby-disse.

Nesses 10 anos a jornalista Lisiane Kerbes só não participou de dois encontros. Ela entrou no coral em 2000 e, mesmo depois de formada, permaneceu com a turma. –Muitos dos meus melhores amigos são do coral- explicou.

Para ela, o coral auxiliou inclusive na profissão, melhorando a colocação de voz, oratória e postura. Na sua avaliação, o encontro de corais é muito bom para a troca de conhecimento e fazer novas amizades.

No domingo acontece o 4º Encantar, que é o Encontro Municipal de Corais, com a apresentação dos grupos infanto-juvenis a partir das 15 horas e, dos grupos adultos, a partir das 19h30.

O coordenador do Núcleo de Extensão em Cultura da Unochapecó, Ederson Vieira, disse os corais universitários trazem repertórios diferentes, inovações cênicas e experimentalismo. Essa inovações acabam influenciando os grupos locais. Além disso o encontro serve para formação de um público que admira a música vocal. Cada voz se torna um instrumento, traz um som, uma harmonia que no todo se torna um espetáculo, revelando um dos aspectos mais belos do ser humano.


Sábado, dia 25 de agosto

10º Encontro Sul-Brasileiro de Corais Universitários

Horário: 19h30

Local: Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes – Chapecó/SC

Apresentações: CORAL DA UNOCHAPECÓ – SC; CORAL DA UNIVALI – SC; CORAL URI – ERECHIM – RS, CORAL DA UPF – RS; CORAL DA UFSM – RS; CORAL DA APUSM – RS; CORAL DA FAE – PR; CORAL CAMPOS DE PALMAS- PR; CORAL DA FENABB ARAUCÁRIA DE REALEZA – PR; CORAL MUNICIPAL DE SÃO JORGE – PR; CORAL MUNICIPAL DE AMPERE – PR DOMINGO 4º Encantar – Infanto-juvenil, 15h, no Centro de Eventos de Chapecó CORAL ARTE CIDADÃ, ASS. CORAL INFANTO JUVENIL ABELHAS HARMONIOSAS, ASS. CORAL INFANTO JUVENIL MENSAGEIROS DA ALEGRIA, CORAL INFANTO JUVENIL DA ESCOLA DE ARTES DE CHAPECÓ 4º Encantar – Adulto, 19h30, no Centro de Eventos de Chapecó GRUPO VOCAL DA ESCOLA DE ARTES DE CHAPECÓ, CÍRCULO ITALIANO, GRUPO CULTURAL ITALIANO SENTINELLA, CORAL NOVO SOM (Igreja do Evangelho Quadrangular), CORAL GER CHAPECÓ, CORAL UNOCHAPECÓ, ASSOCIAÇÃO CORAL DE CHAPECÓ, CORO DA ORQUESTRA SINFÔNICA DE CHAPECÓ


Comente aqui
22 ago08:34

Encontro de corais será realizado no aniversário de Chapecó

O 10º Encontro Sul-brasileiro de Corais e o 4º Encantar são eventos que contribuem para a disseminação da cultura musical. O encontro nasceu na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), com a proposta de comemorar o aniversário da instituição. Os dias 25 e 26, de agosto, serão reservados para a realização dos dois espetáculos.

Para o reitor da Unochapecó, professor Odilon Poli, o evento emblemático, relacionado à promoção da cultura e ao desenvolvimento da sensibilidade estética e artística, é essencial para as relações sociais e da qualidade de vida.

- Nesses dez anos é um orgulho ver que a instituição conseguiu criar uma tradição em torno de um evento tão importante. Isso nos dá uma dimensão da contribuição da Universidade ao desenvolvimento regional – completa.


Participação no evento

O Coral Unochapecó será o anfitrião do encontro e a meta desse ano é surpreender. Segundo o coordenador do Núcleo de Extensão em Cultura, Ederson Vieira, o coral está cuidando da qualidade vocal e harmônica.

- Estamos trabalhando em um refinamento para nossa música, este ano teremos músicas cantadas à capela, com o tema central “amor” – explica Ederson.

Uma das músicas confirmadas é “Namoro não é Crime”, música de Caio Senna, de 2008, que foi composta baseada em um texto de Tobias Barreto escrito em 1839.


1 comentário
23 jul12:47

Encontro Sul-Brasileiro de Corais completa 10 anos de história

O Encontro Sul-Brasileiro de Corais Universitários, que começou em Chapecó em 2003, realiza neste ano sua 10a edição, no período de 23 a 26 de agosto. Esse evento, que surgiu numa iniciativa do Coral Unochapecó, com a coordenação de sua primeira regente, professora Maria da Glória Wessheimer, firmou-se a ano a ano dentro dos objetivos de proporcionar a troca de conhecimento e o estudo do canto de coral desenvolvido por grupos universitários do Sul do país.

A coralista Lisiane Kerbes comenta que o projeto foi fruto de uma ideia da primeira regente do coral.

- Foi tudo no susto, ninguém sabia se ia realmente dar certo, pois para a maioria das pessoas ali era a primeira vez que teríamos essa experiência de troca de conhecimento – completa.

Lisiane entrou no coral em 2001, permanecendo até 2009, quando teve que afastar-se, mas retornou agora em 2012.

O coordenador do Núcleo de Extensão em Cultura, Ederson Vieira, argumenta que a ideia era ter um evento onde os corais participassem e que levasse essa música a públicos diferentes.

- Era para mostrar que os grupos de corais apresentam diferentes repertórios, que vão desde o popular ao clássico – disse.

Os corais apresentam, nas edições do encontro, músicas no estilo de Sina, Djavan, Blues da Piedade, de Cazuza, entre outras canções que abrangem os ritmos do MPB, folclore, samba, rock e também musicas clássicas, como Mozart.

Cada edição contou com a participação de seis corais universitários, oportunizando a disseminação do conhecimento cultural e artístico. O evento é realizado anualmente, na ultima semana de agosto ou na primeira de setembro, coincidindo com o aniversário da universidade.

No ano de 2009 o Encontro Sul-Brasileiro Brasileiro de Corais Universitários passou a ter a parceria da Fundação Cultural de Chapecó. Com isso foi criado o projeto Encontro Municipal de Corais Adultos e Infanto-Juvenis (Encantar), com o objetivo de integrar e fazer interagir os corais universitários com os corais do município.

As apresentações acontecem gratuitamente e simultaneamente e atingem cerca de 7 mil pessoas a cada edição. Durante o dia a população acompanha amostras do espetáculo em diferentes locais da cidade e para o final do evento uma grande noite é preparada e todos os corais se reúnem para um único espetáculo. Durante o evento são oferecidas oficinas para a preparação vocal e neste ano serão abordadas dinâmicas de ensaio para coro.

O Encontro Sul-Brasileiro Brasileiro de Corais Universitários e o Encantar são projetos desenvolvidos pelo Núcleo de Extensão em Cultura, em parceria com a Prefeitura de Chapecó, através da Fundação Cultural. Conta neste ano com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e o apoio da BS Audio e da ¼ Produção Musical.


Comente aqui
08 mai11:31

Nadadora chapecoense conquista título Sul-Brasileiro

Terminou no domingo, dia 6, depois de uma maratona de quatro dias, com 72 provas nos quatro estilos na piscina olímpica do Clube Curitibano, em Curitiba/PR. Na 20ª edição do Torneio Sul-Brasileiro de clubes participaram 512 atletas representando 40 equipes dos três estados do sul. Em mais um evento promovido pela Confederação Brasileira, a ACN/Aquatic Center/ Unochapecó/ Inovadora Sistemas/Linear Auditores/PMC garantiu uma campeã sul-brasileira. Foi Gabriela Guimarães nos 100 metros nado costas.


Gabriela Guimarães no centro do pódio.


A equipe da Associação Chapecoense de Natação levou para Curitiba nove atletas das categorias infantil (13 e 14 anos) e juvenil (15 e 16 anos). Eles foram orientados pelo professor Vitor Goulart. Na competição a atleta Gabriela Guimarães (Bazar Novidades) assegurou o título de campeã sul-brasileira nos 100 metros nado costas. A chapecoense recuperou o título, já que nos últimos dois anos chegou na segunda colocação. Gabriela ainda obteve a 4ª colocação nos 100 m nado livre, deixando de conquistar o bronze por menos de 1 segundo.

Também foram destaques os bons desempenhos individuais de Bruno Sfredo e Matheus Fávero e coletivos dos revezamentos infantil (com Lucas Benelli, Lucas Cordazzo, Valsir Machado Jr e Vinicyus Monteiro) e juvenil (com Tomás Balestrin, Luiz Otávio Sander, Matheus Fávero e Bruno Sfredo), que se classificaram entre os 16 melhores do sul do Brasil em suas categorias.

- Considerando que estamos em início de temporada, que esta foi a competição de maior nível técnico até agora e que eram mais de 500 competidores, os resultados devem ser comemorados – elogiou a presidente da ACN, Mara Sfredo.

O próximo compromisso da equipe será o Sul-Brasileiro das categorias Júnior (17 a 19 anos) e Sênior (20 a 25 anos), em Florianópolis-SC, nos dias 18 a 20 deste mês.


Comente aqui
19 abr14:40

ACN Chapecó disputa primeira competição de natação fora de SC em 2012

Depois de conquistarem 19 medalhas no campeonato estadual para nadadores de 9 a 12 anos, os atletas da ACN/AQUATIC CENTER/UNOCHAPECÓ/INOVADORA-SISTEMAS/LINEAR AUDITORES/PMC disputam a primeira competição Sul Brasileira da temporada. Os nadadores estarão em Foz do Iguaçu/PR, neste fim de semana, em busca de mais medalhas para a academia e para Chapecó.

A delegação da ACN terá sete atletas comandados pelos professores Vitor Goulart e Jordan Bellei. Os jovens chapecoenses estarão numa competição forte tecnicamente e que terá 72 provas nos quatro estilos. As maiores chances de medalhas estão com Renata, Spricigo, Yan Macena,Carolina Costa e Natália da Silva. -Mas outros nadadores podem beliscar medalhas – explica o técnico Vitor Goulart.

No campeonato catarinense da categoria, disputado no início deste mês em Blumenau, o destaque ficou com Júlia Piccoli que venceu duas provas e levou, além de dois ouros, uma medalha de prata. Renata Spricigo com um ouro e três pratas e Natália da Silva com um ouro, duas pratas e um bronze, também se destacaram nas provas que disputaram.

Também estiveram no pódio em todas as provas que disputaram os nadadores Yan Macena, que voltou para casa com duas pratas e dois bronzes e Caroline Costa que assegurou uma prata e três bronzes.

A delegação embarca na madrugada desta sexta-feira para Foz do Iguaçu. O Campeonato Sul Brasileiro inicia às 16h e prossegue no sábado e no domingo pela manhã.


Comente aqui
07 nov15:20

Chapecoense garante vaga no Sul Brasileiro

A maior premiação do kart brasileiro começa a ser disputada na terça-feira, dia 8, no autódromo de Registro/SP. Apenas 12 pilotos, classificados durante o ano, disputam o prêmio da Seletiva Petrobrás. O chapecoense Fabio Raupp está na cidade paulista desde sábado, dia 5, onde realizou os treinos de reconhecimento da pista durante o domingo. O primeiro colocado receberá R$ 110 mil, o segundo ficará com R$ 8 mil e o terceiro levará para casa o valos de R$ 3 mil.

O regulamento da competição proíbe o piloto de usar o próprio kart, sendo disponibilizado pela organização do evento. Fabio Raupp, o mais jovem piloto do evento com 14 anos, terá que correr e muito para chegar no último dia em condições de faturar o maior prêmio.

- Até as tomadas de tempo somam pontos. Por isso é preciso ficar atento. Começa com 12 pilotos e no último dia apenas seis vão sobrar – disse o pai Paulo Raupp.

Apesar de confuso para quem não acompanha a competição, o regulamento prevê tomadas de tempo, baterias eliminatórias e baterias finais.

– Estou confiante. Vim de duas grandes baterias no campeonato catarinense onde fui desclassificado porque perdi um chumbo. Fiquei meio quilo mais leve do que o mínimo previsto no regulamento – disse Fabinho que precisa usar pedaços de chumbos para completar o peso mínimo no conjunto kart/piloto.

- Vou atrás deste prêmio para investir na minha carreira – finalizou o jovem piloto chapecoense.


Comente aqui