Técnicos

07 ago09:34

Justiça Eleitoral de Santa Catarina abre 566 vagas de técnicos de urnas

A Justiça Eleitoral de Santa Catarina está com as inscrições abertas para a contratação de 566 técnicos de urnas, para trabalho nas eleições deste ano.

O serviço será contratado pelo Consórcio ESF, que é integrado pelas empresas Engetec, Smartmatic e Fixti, firmado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os interessados devem se cadastrar no site da Engetec. Se forem selecionados, os candidatos vão atuar na preparação e no suporte técnico das urnas eletrônicas.

Os contratados têm carga horária semanal de 40 horas e recebem salário bruto de R$ 972,04, mais benefícios.


Pré-requisitos para os candidatos:

- Ser maior de 18 anos

- Ter concluído ou estar cursando o último ano do ensino médio

- Não possuir filiação com qualquer partido político, nem exercer atividades partidárias

- Não ser cônjuge, companheiro(a) ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o 3º grau, inclusive, de ocupantes de cargos de direção e de assessoramento e de membros e juízes vinculados à Justiça Eleitoral

- Não ser servidor(a) ou empregado(a) com vínculo com a Administração Pública Federal, Estadual ou Municipal

- Não ter parentesco, até o 3º grau, com nenhum candidato a cargo eletivo majoritário ou proporcional, nos municípios que compõem a zona eleitoral em que trabalhará


O SOL DIÁRIO



Comente aqui
18 jul12:16

Suinocultura: Técnicos russos vêm ao Estado

Representantes do governo da Rússia estarão em Santa Catarina entre 28 de julho e 5 de agosto para uma série de visitas a plantas industriais e granjas de produção de carne suína. A visita, de caráter técnico e político, pode resultar em incremento de vendas para o país europeu, o segundo maior mercado consumidor de carne suína do mundo.

Estado produz 7 mil suínos por dia, segundo informações da Cidasc

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de SC (Cidasc) recebeu ontem a informação da visita, e será a anfitriã oficial da missão ao lado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Segundo o presidente da Cidasc, Enori Barbieri, o projeto é conseguir transparecer aos russos toda a competitividade catarinense na produção de carne suína.

– Os Estados Unidos nos passaram na balança comercial, mas nós somos mais competitivos na produção.

Além do status de território livre de febre aftosa sem vacinação,queremos fazer com que eles enxerguem os esforços para manter esta condição sanitária, tanto nas plantas industriais quanto nas granjas de abate e de reprodutores.

Creio que seremos bem sucedidos nesta tarefa – afirmou.

Barbieri avalia que a Rússia tem dois objetivos principais com a visita a Santa Catarina: primeiro, busca um produto livre de antibióticos e de um promotor de crescimento animal chamado ractopamina.Ao passo que Estados Unidos aceitam tranquilamente estes artifícios, os mercados europeu e asiático valorizam mais as carnes livres deste tipo de produto.

Além disso, os russos também querem um melhor equilíbrio na balança comercial entre os dois países.

Tanto que SC não será o único Estado a receber a equipe europeia.

– Estamos em contato frequentecom o Ministério da Agricultura e constato que o governo federal tem feito a sua parte nesse aspecto.A produção agroindustrial ainda não tem todo o espaço que deveria ter no Itamaraty, nós podemos melhorar em comércios bilaterais, mas admito que já estamos bem melhor do que há alguns anos – disse.

Ainda segundo o presidente da Cidasc, hoje o Estado tem duas plantas com produção exclusiva para a Rússia – Marfrig, em Seara, e Pamplona, em Presidente Getúlio – e capacidade produtiva em 7 mil suínos por dia, suficiente para suprir qualquer demanda que o país europeu apresente. Para ele, no cenário atual de preços baixos da suinocultura, há condições de ampliar imediatamente a exportação das atuais 160 para 260 mil toneladas. O pico de embarques catarinenses de suínos para a Rússia ocorreu em 2005, com 250 mil toneladas.


Comente aqui
22 jun12:46

Servidores da UFFS fazem paralisação em Chapecó

Parte dos 205 técnico-administrativos da Universidade Federal da Fronteira Sul, em Chapecó, realizam paralisação em frente a reitoria, nesta sexta-feira. Uma das reclamações é a sobrecarga de trabalho.

Os servidores reivindicam também a melhoria no plano de carreira para técnicos de nível médio e defendem a realização de um novo concurso público.

Segundo os coordenadores do movimento, a paralisação reforça o apoio ao movimento nacional de greve que defende a manutenção do atendimento pelo SUS nos Hospitais Universitários.

- Este apoio ao movimento nacional amplia as mobilizações que já atingem 55 universidades federais em todo o país – disse a técnica Assuntos educacionais, Jaciele Sell.

Na próxima semana, a partir da segunda-feira, dia 25, professores da UFFS também devem entrar em greve.

>> Servidores do IFSC Campus Chapecó decidem paralisar a partir da segunda, dia 25

*com informações RBS TV Chapecó.


Comente aqui
06 jun10:24

CEDUP oferece mais de 700 vagas para cursos técnicos gratuitos em Chapecó

O Centro de Educação Profissional de Chapecó(CEDUP) está com inscrições abertas para novas turmas dos cursos profissionalizantes. São mais de 700 vagas para seis cursos técnicos.

Todos os cursos oferecidos pelo governo do estado são gratuitos e podem ser feitos por alunos do ensino médio ou mesmo pessoas que não estejam mais em sala de aula. As aulas começam no dia 31 de julho.

As vagas são para os cursos técnicos de: Técnico em Massoterapia, Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, Técnico em Transações Imobiliárias, Técnico em Cozinha, Técnico em Vestuário e Técnico em Enfermagem.

Todos tem aulas teóricas nos primeiros módulos e aulas práticas em laboratórios montados especificamente para cada curso.

- Neste momento o aluno reserva a vaga e a partir de 1º de julho vem para efetivar a matrícula. Isso é importante para podermos definir as vagas e as turmas – explica a diretora do centro Maria de Lurdes Sebben.

Os interessados tem poucos pré-requisitos. No caso do curso de técnico em enfermagem, o aluno deverá ter concluído o ensino médio e ter no mínimo 18 anos. Para os demais cursos a escolaridade mínima é o segundo ano do ensino médio. Não há idade máxima. Qualquer pessoa acima de 16 anos pode freqüentar a sala de aula.

- No caso dos alunos do ensino médio, eles podem cursar no CEDUP em contra-turno escolar, fazendo um curso profissionalizante ao mesmo tempo – disse a diretora.

Além da qualidade dos professores e dos laboratórios, o grande atrativo dos cursos do CEDUP é a gratuidade. Enquanto alguns cursos técnicos chegam a custar mais de R$ 8 mil no centro de educação profissional eles são mantidos pelo governo do estado e são gratuitos.

Os alunos podem se inscrever para cursar num dos períodos do dia. As aulas são diárias e o interessado deverá ter freqüência de 75%.

- Os cursos podem durar 18 ou 24 meses, depende do curso. O importante é que as pessoas aproveitem a oportunidade e estejam preparadas para o mercado de trabalho – finaliza a diretora.

Outras informações pelo telefone 49 3322-0447 ou na sede do CEDUP Chapecó ao lado do Colégio Estadual Pedro Maciel.


Comente aqui
25 mai11:04

Senai Chapecó abre inscrições para três cursos técnicos

A unidade do Senai em Chapecó abriu inscrições para três cursos técnicos nas áreas de alimentos, eletromecânica e eletrotécnica. As matrículas podem ser feitas até o dia 23 de julho. Mais informações pelo fone 0800 48 1212 e pelo no site Conhecimento a mais.

Os cursos técnicos e superiores do Senai/SC são criados a partir das demandas expressas pelas empresas e das características industriais das diversas regiões do Estado. Além disso, seus currículos são definidos em fóruns que reúnem especialistas de todo o país e representantes das principais empesas do setor.


Comente aqui
12 mar10:26

Núcleo dos Técnicos Agrícolas de Chapecó inaugura melhorias

Foi realizada na manhã deste domingo, dia 11, almoço comemorativo a inauguração da nova estrutura do Núcleo dos Técnicos Agrícolas de Chapecó – NURTAOC. Através de recursos destinados pelo Governo do Estado e também pela Prefeitura Municipal de Chapecó. A estrutura da sede comporta número maior de pessoas. O Prefeito José Claudio Caramori participou do evento pela manhã, visitando as novas instalações e recepcionando os convidados.

A sede dos Técnicos Agrícolas, localizada no bairro Thiago em Chapecó, atende eventos e também é utilizada pela comunidade próxima, que através de projetos sociais, utiliza a infraestrutura da Nurtaoc para desenvolver suas atividades.- A Sede é utilizada por escolas e empresas próximas que trabalham projetos sociais e de inclusão, melhorando diretamente o bem estar da nossa gente. – disse Nelson Krombauer, Presidente do Nurtaoc.

Os recursos do Governo do Estado foram destinados através do Fundo Social da Secretaria de Estado da Fazenda no valor de R$10 mil. Já a Prefeitura Municipal de Chapecó, repassou R$25 mil. – Ficamos contentes com a aplicação dos recursos, que visam muito mais do que apenas atender o movimento dos Técnicos Agrícolas, e serão utilizados também pela sociedade – completa Altair Silva.

Cerca de 250 pessoas prestigiaram a inauguração e o famoso almoço que serviu suíno assado, prato tradicional do Núcleo. Mas as mudanças não ficaram apenas na infraestrutura. Também foram adquiridos refrigeradores e um fogão industrial para melhorar os serviços de copa e cozinha.


Comente aqui
12 nov14:37

Inscrições para cursos técnicos e de graduação do IF-SC terminam no dia 16 de novembro

Terminam no dia 16 de novembro as inscrições para os cursos técnicos e de graduação do Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC). Serão oferecidas 3.127 vagas em 18 campi para início no primeiro semestre de 2012.

Os cursos são oferecidos nos campi Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Florianópolis-Continente, Gaspar, Geraldo Werninghaus (em Jaraguá do Sul), Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Palhoça, São José, São Miguel do Oeste, Urupema e Xanxerê. Todos os cursos são gratuitos.

As vagas abertas são para os cursos de graduação (cursos superiores de tecnologia, engenharia e licenciatura) e cursos técnicos nas modalidades integrado (quando o aluno faz o Ensino Médio junto com o curso técnico no IF-SC), concomitante (quando o aluno faz o Ensino Médio em outra instituição e curso o técnico no IF-SC) e subsequente (quando o aluno já concluiu o Ensino Médio e faz apenas o curso técnico no IF-SC). Os campi Chapecó e Jaraguá do Sul também oferecem um curso técnico na modalidade de educação de jovens e adultos (Proeja).

O IF-SC adota reserva de vagas em cursos superiores para candidatos que estudaram em escolas públicas (50% das vagas) e para candidatos negros (10%). Além disso, 30% das vagas dos cursos de graduação são destinadas a candidatos selecionados pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que considera a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

A prova de vestibular para os cursos de graduação será em 4 de dezembro. Já a prova para cursos técnicos será no dia 18 de dezembro.

A taxa de inscrição é de R$ 30,00 para cursos técnicos e R$ 40,00 para cursos de graduação. A inscrição para os cursos Proeja de Chapecó e Jaraguá do Sul é gratuita.


Em Chapecó são 164 vagas distribuídas em cinco cursos:

-Curso Técnico de Informática integrado com Ensino Médio (aluno cursa o ensino médio juntamente com o técnico em informática, aluno deve ter concluído o ensino fundamental até o dia da matrícula). Vespertino tem duração de quatro anos. São 35 vagas.

-Curso Técnico de Eletromecânica integrado com Ensino Médio modalidade Jovens e Adultos (PROEJA) (aluno cursa o ensino médio juntamente com o técnico em Eletromecânica – aluno deve ter mais de 18 anos). Noturno tem duração de três anos e meio. São 32 vagas.

- Curso Técnico em Eletroeletrônica (aluno deve ter concluído o ensino médio até o dia da matrícula). Noturno tem duração de dois anos. São 36 vagas.

- Curso Técnico em Mecânica – na área industrial (aluno deve ter concluído o ensino médio até o dia da matrícula). Noturno tem duração de dois anos. São 36 vagas.

- Engenharia de Controle e Automação (aluno deve ter concluído o ensino médio até o dia da matrícula). Matutino tem duração de cinco anos. São 25 vagas.


Como se inscrever

As inscrições podem ser realizadas no site www.chapeco.ifsc.edu.br ou no campus de Chapecó localizado na Av. Nereu Ramos, 3450 bairro, Seminário. O atendimento é das 8h às 20h. Mais informações pelo telefone 0800 722-0250.


Comente aqui