Trânsito

11 mai14:16

Homem é preso por tentar matar ex-mulher e ex-sogra em acidente de trânsito no Oeste

Um homem de 49 anos foi preso preventivamente suspeito de tentar matar a ex-mulher e ex-sogra em um acidente de trânsito, na BR-282, entre Paraíso e São Miguel do Oeste. Ele foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA) de São Miguel do Oeste, onde permanece à disposição da Justiça.

Os três estariam a caminho do escritório de advocacia para tratar da separação do casal, quando o suspeito arremessou o carro, em alta velocidade, contra rochas às margens da via, capotando o veículo. De acordo com a polícia, o homem estava inconformado com a situação e psicologicamente alterado.

Conforme a ex-mulher, o suspeito teria dito que “não era pra ser daquela forma, mas, morreriam os três”, poucos minutos antes do acidente. As duas vítimas sofreram lesões leves e o homem fugiu do local.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
09 mai14:50

Trânsito da Avenida Attílio Fontana será alterado

Com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos na Avenida Attílio Fontana, no Bairro Efapi, a Prefeitura de Chapecó vai iniciar uma série de mudanças no trânsito da região. O anúncio foi feito nesta terça-feira, dia 8, pelo Prefeito José Caramori e o Secretário de Planejamento, Nemésio Carlos da Silva, durante reunião com empresários e moradores da Efapi.

A principal alteração é o fechamento do canteiro central, com mureta em concreto armado, desde a esquina com a Servidão Anjo da Guarda – acesso para a Unochapecó – até a rótula em frente à Superintendência Oeste, na interseção com a Rua Vitório Cadore. A intenção é acabar com a conversão à esquerda nos cruzamentos, principal causa de acidentes na via.

- E para que o motorista possa fazer o retorno serão construídas duas rotatórias, a primeira em frente ao Posto Gaúcho, logo à frente da esquina com a Rua Cunha Porã. O espaço já foi delimitado – explicou Nemésio.

Uma outra rotatória será construída também na esquina com a Servidão Anjo da Guarda, no Posto Milão.

- Mas isso será num segundo momento, provavelmente depois que a Avenida Ernesto José de Marco for concluída para que possamos desviar o trânsito para aquela via – destacou o secretário.

Uma outra rua alternativa de acesso para o Bairro Efapi também será aberta a partir da construção desta rotatória.

Outra melhoria anunciada é a colocação dos chamados ‘almofadões’ ao longo da Avenida Attílio Fontana, que reduzem a velocidade dos veículos e dão mais segurança aos pedestres que precisam atravessar a via.

Ao todo serão investidos pela Prefeitura de Chapecó R$ 214.425,84 nesta primeira etapa das obras, que compreendem o fechamento do canteiro central e a construção da primeira rótula.

O edital para abertura de licitação já foi assinado pelo Prefeito José Caramori, durante a reunião desta terça-feira.


Comente aqui
08 mai10:41

Santa Catarina registra aumento de 23,5% nas mortes no trânsito em 10 anos

O Mapa da Violência no Brasil aponta que Santa Catarina teve aumento de 23,5% nas mortes em acidentes de trânsito em uma década. O número passou de 1.496 no ano 2000 para 1.847 em 2010. Os dados são referentes aos óbitos registrados em acidentes com todos os tipos de veículos.

Na comparação com outros estados do Sul do Brasil neste mesmo período, o Paraná registrou crescimento de 39% nas mortes no trânsito, enquanto o Rio Grande do Sul teve aumento de 19,1%.

Confira os dados registrados em 2010:

Considerando o país todo, o único estado com redução no índice entre 2000 e 2010 foi o Rio de Janeiro (-11,6%).

O estudo aponta ainda que Santa Catarina, Roraima, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Piauí registraram elevados índices de mortes de ciclistas em 2010.

Risco sobre duas rodas

A cada três acidentes com mortes registrados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) em 2010, um envolveu motociclista. Os óbitos em acidentes com moto lideram o ranking com 32,8% do total.

Uma das tabelas destacadas no estudo mostra que entre 1996 e 2010 os óbitos em acidentes com moto aumentaram 846,5%. A pesquisa salienta ainda que na década passada predominavam as mortes de pedestres. Em 2010 as mortes de motociclistas ultrapassaram todas as categorias restantes (ciclistas, ônibus, caminhão e automóvel, entre outros).

Para o autor do estudo, o sociólogo Júlio Jacobo, do Instituto Sangari, a tendência é que o número de mortes envolvendo motociclistas continue crescendo. Entre as justificativas, o pesquisador destaca o aumento na circulação desse tipo de veículo em razão da maior facilidade (crédito) para se comprar uma moto.

Jacobo destacou ainda que a fiscalização dos órgãos de segurança é mais efetiva em relação aos veículos de quatro rodas.

— Muitos pardais não fazem a imagem das placas das motos. Começam, agora, a usar um tipo de pardal pistola, mais adequada para captar o movimento desse tipo de veículo.

Os dados do Mapa da Violência sobre as mortes no trânsito foram elaborados com base em certidões de óbito de todo o país.

*Com informações da Agência Brasil.

DIÁRIO CATARINENSE*

Comente aqui
04 mai10:59

Xaxim tem novos policiais militares

Foram apresentados na tarde desta quinta-feira, dia 3, seis novos efetivos que passam a integrar o quadro da Polícia Militar de Xaxim. Conforme o Tenente Cavalheiro, desde outubro de 2011 existe a solicitação de novos efetivos para o município.

Até então a segurança no município era feita com cinco Policiais até as 18h e após este período o número de efetivos nas ruas reduzia para três. A partir de agora a expectativa é que o número de Policiais de mantenha cinco por 24h.

O Prefeito de Xaxim Gilson Luiz Vicenzi destacou que este é um momento importante para o município.

- Esses seis novos Policiais vem para somar e melhorar o efetivo. Com isso tudo nós teremos uma condição melhor de segurança – disse.


Melhorias no trânsito

O Tenente Cavalheiro aproveitou o momento para destacar que as ações da Polícia Militar já demonstram resultados significativos. Por conta das fiscalizações, especialmente em veículos, os acidentes de trânsito diminuíram em 80% de setembro até agora.

- Registrávamos até cinco acidentes por dia, hoje esse número caiu para um por dia. Isso se dá em virtude da fiscalização nos veículos e dos condutores – explicou.


Comente aqui
29 mar11:55

Crianças são orientadas sobre trânsito em Xanxerê

Diariamente são noticiados acidentes de trânsito em todo país. Segundo a Polícia Militar, Santa Catarina é um dos estados com o maior registro de acidentes. E para que no futuro a história seja diferente, pelo menos na região de Xanxerê, a PM trabalha constantemente com palestras de trânsito para crianças do ensino fundamental. Uma oportunidade para as crianças aprenderem a se comportar no trânsito, e também servirem de fiscais dos adultos, já que muitos pais passam a ser cobrados pelos filhos ao descumprirem alguma regra de trânsito.


O soldado Paulo Fiuza, da Seção de Trânsito da 4ª Companhia, com apoio dos soldados Sérgio Pinto de Oliveira e Felipe Douglas Xavier Alkimim, ministrou palestra para 50 crianças da Escola Municipal de Educação Básica São Jorge, no dia 20 de março. Na manhã desta quarta-feira, dia 28, eles estiveram na Escola Municipal Pequeno Príncipe, no bairro Tonial, onde 80 crianças participaram da instrução.

Durante a conversa instrutiva que tem com os pequenos aprendizes, o policial militar, de forma clara e descontraída, fala sobre a necessidade do cumprimento das regras de trânsito para uma convivência harmônica entre pedestres, motoristas e ciclistas. O soldado orientou sobre a forma correta de atravessar as ruas, a importância das placas de sinalização e dos equipamentos de segurança, com destaque para o cinto de segurança, cadeirinhas e capacete, entre outras informações indispensáveis para a segurança de todos.

Mas a parte mais interessante para os pequenos é a hora de aplicar as regras de trânsito na prática, na pista que os policiais montam para os futuros motoristas. Com capacete bem colocado na cabeça, e com todas as regras trânsito também, as crianças pilotam as motos elétricas pela pista.

- De uma maneira eficaz e descontraída, as crianças vão aprendendo a importância de cada um ser respeitoso e gentil com os demais usuários das vias. Através desse serviço preventivo realizado pela Polícia Militar, no futuro, será possível encontrarmos motoristas e pedestres mais conscientes de suas ações, e consequentemente um trânsito mais humano – disse a soldado Erieles Pires Virissimo.


Comente aqui
27 fev16:26

Trânsito em meia pista na Attílio Fontana em Chapecó

A Secretaria de Defesa do Cidadão de Chapecó, através do Departamento de Trânsito, informa que o trânsito na Avenida Attílio Fontana, na quadra entre a concha acústica do Parque Tancredo Neves e o acesso da Unochapecó do Posto Milão está em meia pista no sentido centro-bairro. O motivo são obras de recapeamento na pista.

O trânsito deve permanecer em meia pista até o meio-dia desta terça-feira, dia 28. A Prefeitura de Chapecó pede atenção e a compreensão de quem trafega por este trecho da avenida.

Comente aqui
23 fev16:01

Homem que matou amigo por causa de multa de trânsito é preso em Dionísio Cerqueira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Civil de Dionísio Cerqueira prendeu na tarde desta quarta-feira, dia 22, Aguinel da Costa Machado, 27 anos. Ele é suspeito pela morte de Paulo da Silva, 45 anos, ocorrida no sábado, dia 18 de fevereiro. Segundo o delegado Claudir Stang, que investiga o caso, um acidente de trânsito ocorrido em 2011 teria motivado o crime.

Em dezembro, Paulo teria colidido o carro de Aguinel contra uma vidraçaria da cidade. E como estava dirigindo sem Carteira de Habilitação e em estado embriaguez, Paulo foi autuado em flagrante e recebeu várias multas pelas infrações que cometeu.

No sábado, dia 18, Aguinel procurou Paulo pela manhã na tentativa de reaver o valor das multas que foram emitidas em nome dele. – Paulo se negou a pagar a dívida e 20 minutos depois Aguinel retornou a residência da vítima – disse o delegado. Aguinel acertou um tiro no cachorro de estimação da família e depois fez dois disparos contra a vítima que morreu no local. O autor fugiu em seguida.

A Polícia Civil de Dionísio Cerqueira abriu Inquérito para investigar o caso. Nas buscas os policiais foram até a casa do pai de Aguinel, no Paraná, na tentativa de prendê-lo em flagrante. Ele foi preso ao se apresentar na Delegacia acompanhado de advogado. Aguinel foi encaminhado ao Presídio de Maravilha.


Comente aqui
13 fev07:31

Volta às aulas em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Secretaria de Defesa do Cidadão vai disponibilizar 12 guardas municipais, seis agentes de trânsito e quatro fiscais de transporte para atuarem no reinício das aulas, previsto para segunda-feira.

-Essas pessoas serão distribuídas nos pontos mais críticos para orientar o trânsito- disse o secretário Sérgio Wallner. Os colégios de maior movimento são os públicos Bom Pastor, Nelson Horostecki, Druziana Sartori, Tancredo Neves, Fedelino Machado dos Santos e Diogo Alves, além dos particulares Adventista e São Francisco.

Os pontos críticos de trânsito devem ser na Avenida Leopoldo Sander esquinas com a rua Faxinal dos Guedes e avenida São Pedro, na rua Quintino Bocaiúva esquinas com as ruas Fernando Machado e Nereu Ramos, e na Avenida São Pedro esquinas com a rua Licínio Córdova e Martins de Caravelas.

Wallner informou que existem 125 mil veículos emplacados em Chapecó, o que deve gerar alguns problemas de engarrafamento em alguns pontos nos horários de pico.


Comente aqui
01 fev09:23

Mudança na lei seca pode deixar bafômetro em segundo plano

Upiara Boschi | upiara.boschi@diario.com.br

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (PT), antecipou na última terça-feira que está em gestação uma mudança na Lei Seca para evitar que motoristas embriagados escapem de punições penais apenas por se recusarem a passar pelo teste do bafômetro. O governo quer retirar da legislação o limite de grau alcoólico de seis decigramas permitidos atualmente.

Com a mudança no texto, o bafômetro deixaria de ser o principal instrumento de comprovação da embriaguez e ganhariam força nos tribunais as provas testemunhais. A Justiça ainda tem diferentes interpretações sobre a possibilidade de punir os motoristas sem a aferição do aparelho.

– Não vamos colocar a dosagem limite como regra de demonstração. A ideia é dizer que aquele que dirigir embriagado incorrerá em crime. Isso pode ser provado por quaisquer provas emitidas em direito. E a pessoa que quiser demonstrar que não está embriagado terá o direito de fazer o teste do bafômetro – afirmou o ministro.

Essa tentativa de, teoricamente, escapar da lógica que impede o suspeito de produzir prova contra si mesmo está em análise no ministério e deve ser elaborado em conjunto com os parlamentares, em busca de uma aprovação rápida. Ideia semelhante foi avalizada em novembro pelo Senado e está em discussão na Câmara dos Deputados.

A polêmica sobre a necessidade do bafômetro levou o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) a pedir a suspensão de todos os processos contra motoristas supostamente alcoolizados que tramitam no Tribunal de Justiça.

A liminar veio em julho de 2011 e aguarda uma definição do Supremo Tribunal de Justiça sobre qual é o procedimento correto. Até então, a maioria dos processos julgados no TJSC deram ganho de causa aos que não encararam o bafômetro.

A possível mudança na lei pode dar fim a essa discussão e é comemorada por quem tem a obrigação de fazê-la sair do papel no dia a dia. O major Marcelo Pontes, do Batalhão da PRF, confirma que a maioria dos motoristas abordados por dirigirem alcoolizados se recusam a realizar o teste de bafômetro.


Embora a recusa não impeça a aplicação de punições administrativas, como a multa de R$ 957 e a suspensão do direito de dirigir, Pontes espera o aperfeiçoamento da lei.

– A antiga lei não falava em decigramas de álcool, mas em situações que gerassem perigo. Se voltasse, seria possível diferenciar a pessoa que está com hálito de bebida, olhos vermelhos, mas está dirigindo bem, aplicando punição administrativa, da que está causando perigo.


Com ou sem bafômetro?

NOS TRIBUNAIS

A discussão sobre os meios de se comprovar a embriaguez ao volante acontece por causa do artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Artigo 306 – Conduzir veículo automotor, na via pública, estando com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a seis decigramas, ou sob a influência de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência.

Penas – Detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. No Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, há divergência sobre a configuração da embriaguez. A 6ª Turma entende que é indispensável submeter o motorista a exame de sangue ou bafômetro. A 5ª Turma entende que é dispensável o teste de alcoolemia (bafômetro) e que a prova deve ser feita, preferencialmente, por meio de perícia, ou exame clínico e até mesmo pela prova testemunhal.


NAS RUAS

Mesmo que o motorista se recuse a fazer o bafômetro, ele não escapa das sanções administrativas, como apreensão da carteira de motorista por até 12 meses e multa. A regra também está no CTB.

Artigo 165 – Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer substância entorpecente ou que determine dependência física ou psíquica.

Penas – Sete pontos na carteira de motorista (infração gravíssima). Multa de R$ 957,70.


1 comentário
24 jan16:27

Curso para formar instrutor de trânsito em Chapecó

Formar instrutores de trânsito para atuar em Centros de Formação de Condutores (CFCs). Esse é o objetivo de curso que está com as inscrições abertas na Unochapecó e que faz parte de cronograma definido pela Área de Ciências Exatas e Ambientais para este primeiro semestre.

Organizado de acordo com a resolução 358 e a portaria 233 do Detran de Santa Catarina, o curso de Formação de Instrutor de Trânsito será desenvolvido através de conteúdo teórico e de orientações práticas, em caráter intensivo. Iniciará em 27 de fevereiro e prosseguirá até 17 de março, das 8h às 17h45, de segunda a sábado, com o total de 180 horas/aula.

Os pré-requisitos compreendem ser maior de 21 anos, comprovar escolaridade de ensino médio completo, ser habilitado no mínimo há dois anos e ser aprovado em avaliação psicológica para fins pedagógicos, em Centro de Avaliação de Condutores (CAC) ou por psicólogo credenciado. Essa avaliação, em Chapecó, pode ser realizada no Centro de Avaliação de Condutores Chapecó (CAC) e no Centro de Avaliação de Condutores Lunardi, enquanto em outras cidades por psicólogo credenciado pelo Detran.

As inscrições para o curso serão recebidas até 21 de fevereiro, por meio do site www.unochapeco.edu.br/eventos, com investimento de R$ 1.530,00, em quatro parcelas de R$ 382,50. Informações complementares sobre o curso de Formação de Instrutor de Trânsito podem ser obtidas pelo e-mail lorita@unochapeco.edu.br ou através do telefone (49)3321-8197.


Comente aqui