Três

24 jul10:26

Mulher foi assassinada com três tiros em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Marli Fátima Cavalheiro, 38 anos, está sendo velada no Salão Comunitário do Bairro Quedas do Palmital. O enterro será às 15 horas no Cemitério Jardim do Éden em Chapecó. Marli foi encontrada sem vida, com dois tiros na cabeça e um nas costas. O crime foi na noite da segunda-feira, dia 23, na Rua Imperatriz, no Loteamento Dom José Gomes em Chapecó.

De acordo com o delegado Danilo Fernandes, que atendeu a ocorrência, o suspeito foi identificado.

- Ele deve se apresentar ainda nesta terça-feira – disse Danilo.

O irmão do suspeito foi encaminhado para a Delegacia após o homicídio. Ele prestou depoimento e foi liberado.

Segundo informações da Polícia Militar, Marli teria sofrido uma tentativa de homicídio no dia 14 de fevereiro deste ano. Na data ela realizou duas ligações para a PM dizendo que a casa onde morava havia sido atingida por disparos de arma de fogo.

Uma guarnição foi até o local e abordou dois homens em atitude suspeita próximo a casa da vítima. Com eles os policiais encontraram uma quantia de maconha e um revólver. Um deles assumiu a posse da arma e que teria efetuado disparos contra a casa de Marli. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e após prestar depoimento foram liberados.

O caso será investigado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó.


Comente aqui
14 mai14:52

Três veículos se envolvem em acidente na BR 282 em Xaxim

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Xanxerê atendeu na manhã desta segunda-feira no Km 520 da BR 282, próximo ao trevo de entrada para Xaxim, uma ocorrência envolvendo três veículos. O motorista de um deles ficou preso as ferragens e foi retirado do veículo com a ajuda do Corpo de Bombeiros de Xaxim.

Segundo o soldado do Corpo de Bombeiros, Paulo Felipetto o sol pode ter ofuscado a visão do motorista. – Ele contou que se perdeu, tentou desviar, mas acabou colidindo no caminhão carregado de madeiras que estava na frente – disse.

O motorista da Van, Reni Goulart, 32 anos, foi retirado pela guarnição e encaminhado para o Hospital Frei Bruno de Xaxim, com fratura na mão direita e dores pelo corpo. Ele foi atendido e passa bem.

O motorista do caminhão placas de Caibi e o condutor do Gol, placas de Chapecó, que colidiu atrás da Van, saíram ilesos.


Comente aqui
22 mar11:11

Três homens foram presos acusados de homicídio em Mondaí

A Polícia Civil de São Miguel do Oeste com apoio de policiais de Mondaí prenderam nesta quarta-feira, dia 21, três homens acusados do assassinato do vigia Romildo Zang, de 51 anos. O fato aconteceu no dia 24 de fevereiro no centro de Mondaí.

Após investigações Cristiano Cassemiro, de 24 anos foi preso em Águas de Chapecó, Douglas Cardoso Spezia, de 19 anos preso na cidade gaúcha de Passo Fundo e Celso Dorr, de 43 anos, que trabalhava com a vítima foi preso em Riqueza. Segundo o delegado Albert Dieison Silveira, Celso teria oferecido R$ 2 mil para Cristiano e Douglas matar o vigia.

– Em depoimento os executores do crime confessaram ter matado Romildo a mando de Celso Dorr. Os acusados aguardam presos a conclusão do Inquérito Polical – disse o delegado.


Comente aqui
28 nov17:49

Prefeitura decreta luto de três dias

No final da tarde desta segunda-feira, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Chapecó divulgou nota sobre o falecimento do Vereador Marcelino Chiarello.

“O prefeito José Caramori, em seu nome, e em nome de todos os integrantes da Administração Municipal, manifesta profunda tristeza pelo trágico óbito do vereador Marcelino Chiarello, ocorrido na data de hoje.

O vereador Marcelino, eleito por dois mandatos consecutivos, foi homem público preocupado com as causas sociais, sempre engajado em assuntos comunitários, e muito combativo na defesa de seus pontos de vista.

Contundente em suas críticas, quando em debate assuntos políticos, porém respeitoso no trato pessoal, foi líder que soube dar sua contribuição para o desenvolvimento da comunidade chapecoense.

À família do Vereador Marcelino Chiarello fica o sentimento do mais profundo pesar, e o desejo de que tenham serenidade para suportar a perda prematura de seu ente querido.

Foi declarado luto oficial de três dias no Município.

Também está suspensa a programação oficial alusiva às festividades natalinas coordenadas pela Administração Municipal nesta segunda, terça e quarta-feira”.

Assessoria de Imprensa Chapecó

28 de novembro de 2011.


Comente aqui