UFFS

27 dez11:12

UFFS abre inscrições para o processo seletivo 2013

A partir das 8h desta quarta-feira (12), os candidatos interessados em cursar o ensino superior na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) podem fazer a sua inscrição em um dos 37 cursos de graduação nos cinco campi da Universidade – Chapecó (SC), Realeza e Laranjeiras do Sul (PR) e Erechim e Cerro Largo (RS). Ao todo, serão oferecidas 2.025 vagas.

Para ingressar na UFFS, o estudante deve ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2011 ou 2012 e ter concluído ou estar concluindo o ensino médio.

A inscrição para o Processo Seletivo da UFFS será realizada somente pela internet, através do site da instituição (ps.uffs.edu.br). O candidato deve acessar o site, preencher integralmente o Requerimento de Inscrição, confirmar a inscrição ao final do preenchimento, possuir e informar um endereço de e-mail de uso frequente para a comunicação e imprimir e guardar o Comprovante de Requerimento de Inscrição.

O período de inscrição será de 12 de dezembro de 2012 até as 23h59 do dia 04 de fevereiro de 2013.


CURSOS E VAGAS

No momento da inscrição o candidato irá escolher dois cursos de sua preferência, um como primeira opção e outro como segunda opção, para o caso de não obter vaga no primeiro.

Confira as vagas e os cursos disponíveis na UFFS:

Santa Catarina: 845 vagas

Campus Chapecó (Campus Sede)

Administração – Matutino (50) e Noturno (50 – 2º sem.); Agronomia – Integral (50 – 2º sem.); Ciência da Computação – Matutino (50) e Noturno (50 – 2º sem.); Enfermagem – Integral (40); Engenharia Ambiental – Integral (50); Filosofia – Matutino (30) e Noturno (50 – 2º sem.); Geografia – Matutino (30) e Noturno (50 – 2º sem.); História – Matutino (50) e Noturno (50 – 2º sem.); Pedagogia – Matutino (50) e Noturno (50 – 2º sem.); Letras: Português e Espanhol – Matutino (30) e Noturno (30 – 2º sem.); Ciências Sociais – Matutino (35) e Noturno (50 – 2º sem.).


Paraná: 480 vagas

Campus Realeza


Campus Laranjeiras do Sul

Ciências Biológicas – Noturno (40); Física – Noturno (30); Letras Português e Espanhol – Noturno (30); Medicina Veterinária – Integral (50); Nutrição – Integral (40); Química – Noturno (30).


Agronomia – Integral (50); Ciências Econômicas – Integral (50); Engenharia de Alimentos – Integral (50); Engenharia de Aquicultura – Integral (50); Interdisciplinar em Educação no Campo – Integral (30); Interdisciplinar em Educação no Campo – Integral (30 – 2º semestre).


Rio Grande do Sul: 700 vagas

Campus Cerro Largo


Campus Erechim

Administração – Integral (50); Agronomia – Integral (50); Ciências Biológicas – Integral (60); Engenharia Ambiental – Integral (50); Física – Noturno (30); Letras Português e Espanhol – Noturno (30); Química – Noturno (30).


Agronomia – Integral (50); Arquitetura e Urbanismo – Integral (50); Engenharia Ambiental – Integral (50 – 2º semestre);Filosofia – Noturno (50); Geografia – Noturno (50); História – Noturno (50); Pedagogia – Noturno (50); Ciências Sociais – Noturno (50)

NOVA POLÍTICA DE INGRESSO

A UFFS reservará vagas aos candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública na porcentagem equivalente à de alunos matriculados no ensino médio da rede pública de educação de cada estado em que a UFFS está instalada. Dessa forma, o processo seletivo será diferenciado em Santa Catarina, no Paraná e no Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina, de acordo com o Censo Escolar (2011/INEP/MEC), 86% dos alunos estão matriculados no ensino médio na rede pública; já no Rio Grande do Sul esse percentual sobe para 89%, enquanto no Paraná 87% dos alunos estão na rede pública.

Dentro de sua autonomia, a UFFS destinará 5% das vagas para alunos que cursaram parcialmente o ensino médio em escola pública ou em escolas cujo orçamento seja, no mínimo, 50% composto por recursos públicos. Desse percentual, 4% incidirão sobre as vagas reservadas àqueles que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública e 1% incidirá sobre as vagas restantes, chamadas de vagas da ampla concorrência (AC).

A lei dispõe, ainda, sobre a reserva de vagas para os autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Com base nos dados do Censo IBGE 2010, Santa Catarina tem 16%, Rio Grande do Sul 17% e Paraná 29% da população que se enquadram nas cotas para pretos, pardos ou indígenas. Essa reserva é para candidatos que cursaram integralmente a escola pública e será inserida, nessa porcentagem, em cada um dos segmentos de renda familiar.

Das vagas reservadas, 50% serão destinadas a candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita e 50% para candidatos com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita.

Ao se inscrever, o candidato poderá optar pela inscrição em um grupo, entre seis, conforme seu perfil. Para facilitar e esclarecer esse processo de ingresso, a UFFS confeccionou uma cartilha didática, disponível também online.

DÚVIDAS

Os candidatos que tiverem dúvidas sobre o Processo Seletivo da UFFS podem escrever paraps.uffs@uffs.edu.br.

Todas as informações referentes à seleção, aos cursos e suas respectivas vagas nos campi da UFFS estão disponíveis no Edital nº 311-UFFS-2012, publicado aqui.


Comente aqui
03 dez14:31

I Simpósio Discurso & Fronteiras da UFFS é realizado em Chapecó

Organizado pelo Grupo de Pesquisa Lingua(gem), Discurso e Subjetividade, do Laboratório Fronteiras e do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), iniciou na segunda-feira, dia 3, na UFFS – Campus Chapecó, o I Simpósio Discurso & Fronteiras.

O evento que encerra nesta terça-feira, dia 4, tem como objetivo ser um espaço para lançamento do Fronteiras: Laboratório de Estudos do Discurso, que é vinculado à linha Práticas discursivas e subjetividades, do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos; e também ser um fórum de discussão das pesquisas em andamento no Grupo de Pesquisas Linguagem, discurso e subjetividade.

O Grupo de Pesquisa reúne pesquisadores dos cinco campi da UFFS e o desafio que se propõe é a articulação cada vez mais efetiva do grupo, a integração dos pesquisadores dos cinco campi, o planejamento conjunto de ações e a discussão aprofundada do quadro epistemológico dos estudos discursivos.


Comente aqui
25 out13:28

Capacitação de jovens rurais terá R$ 1,68 milhão

 

Jardel Tolotti é um dos beneficiados pelo curso e pede melhora no seguro rural


O Ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, assinou na quarta-feira, em Chapecó, onde assinou um convênio de R$ R$ 1,68 milhão para a capacitação de jovens rurais. O Curso de Capacitação de Jovens em Agricultura Sustentável, Gestão e Inovação Tecnológica deve beneficiar 4.920 jovens dos três estados do Sul. Inicialmente serão capacitados 120 jovens, sendo 40 por estado. Depois, cada um deles vai capacitar outros 40.

Os cursos serão ministrados pela Universidade Federal da Fronteira Sul. São 200 horas, em 18 meses, que compreendem disciplinas de agroecologia, associativismo, gestão da propriedade, desenvolvimento sustentável e informática, entre outras.

O Ministro Pepe Vargas, que fez a aula magna do curso, onde palestrou sobre “Pronaf Jovem e Sucessão Familiar” disse que esta é uma das iniciativas para fortalecer a agricultura familiar. Afirmou que foram liberados R$ 18 bilhões para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar e que, se for necessário, serão liberados mais recursos. Citou que existe um programa específico para a juventude, o Pronaf Jovem, com financiamento de R$ 15 mil, com juros de 1% ao ano, três anos de carência e 10 anos para pagar.

O coordenador estadual da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar da Região Sul, Fetraf-Sul, Alexandre Bergamin, disse que desde 2002 apenas 10 mil jovens acessaram o programa em todo o país e espera que agora esse número seja de R$ 10 mil em Santa Catarina. Bergamin disse que o curso vai atender uma exigência que é a capacitação para liberação dos recursos.

O reitor da UFFS, Jaime Giolo, disse que a agricultura familiar precisa também de uma produção sofisticada e imagina que num futuro próximo as propriedades serão administradas por agrônomos e veterinários entre outros. Isso aliado à necessidade de redes de proteção de comercialização.

Os jovens agricultores gaúchos Samira Letícia Schwade, de Humaitá, Jardel Tolotti, de Tenente Portela, e Adriana Herrmann, de Sede Nova, são alguns dos estudantes do curso. Eles afirmam que um dos problemas para o jovem ficar no campo é a falta de uma atividade que garanta uma boa renda.

-Não adianta pegar financiamento e depois não poder pagar- afirmou Samira. Jardel citou que outro problema é que o seguro agrícola não garante renda, sendo que , na maioria dos casos, cobre só o financiamento. Questionado sobre isso o ministro disse que já houve uma evolução no Proagro e que isso deve ser aperfeiçoado.

Comente aqui
10 out15:07

UFFS – Campus Chapecó oferece oficina de revisão para o Enem 2012

            Para os estudantes que desejam se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012, o Programa de Educação Tutorial (PET) de Assessoria Linguística e Literária da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Chapecó oferece oficinas de revisão de conteúdos de língua portuguesa, espanhola, literatura e redação.

            As oficinas serão realizadas nos dias 25, 26, 29, 30 e 31 de outubro. Cada oficina tem duração de três horas e vai atender cerca de 40 alunos. Os interessados em participar devem entrar em contato pelo e-mail: uffspet@gmail.com e agendar um dia para participar. 

            De acordo com a professora da UFFS – Campus Chapecó e coordenadora do PET, Mary Stela Surdi, ações dessa natureza têm o objetivo de contribuir para a preparação dos candidatos que irão fazer o Enem e com isso qualificar o seu desempenho, além de fazer parte dos compromissos sociais que a universidade assume, em oferecer aos estudantes da rede pública alternativas que auxiliem em sua preparação para o ingresso na universidade pública.

            Para Mary Stela um outro diferencial é que as oficinas serão ministradas pelas bolsistas do PET que também fizeram o ENEM para ingressar na UFFS e elas têm a própria experiência para compartilhar com os candidatos.

            Em 2011 foi realizada a primeira edição do projeto e foram atendidos cerca de 300 alunos que estavam também interessados em conhecer a UFFS e obter informações sobre os cursos e seu funcionamento.

            Para mais informações acesse: www.petuffschapeco.blogspot.com ou ligue para 2049-3143 (à tarde).

Comente aqui
10 out14:58

Última semana para solicitar isenção de taxa de inscrição no IFSC

Termina na próxima segunda-feira, 15 de outubro, o prazo para os candidatos solicitarem a isenção de pagamento da taxa de inscrição para o processo seletivo 2013.1 do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

Agora, além dos candidatos que tiverem cadastro no CadÚnico do Governo Federal ou forem doadores de sangue, qualquer candidato que autodeclarar que não tem condições financeiras para efetuar o pagamento, poderá solicitar a isenção. O IFSC está com inscrições abertas para cursos técnicos e de graduação em 16 cidades de Santa Catarina.

São 2967 vagas em 75 cursos gratuitos. As oportunidades são para as cidades de Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Palhoça, São José, São Miguel do Oeste, Urupema e Xanxerê.

A taxa de inscrição é de R$ 30 para cursos técnicos e de R$ 40 para cursos de graduação. Para os cursos Proeja/Técnicos e técnico em Materiais Didáticos Bilíngue a inscrição é gratuita. O resultado dos pedidos de isenção será divulgado no dia 5 de novembro, a partir das 17h, no site www.ingresso.ifsc.edu.br. Quem não tiver o pedido deferido tem até 12 de novembro para efetuar o pagamento das taxas.

O exame de classificação para cursos técnicos será em 25 de novembro. Já a prova de vestibular para os cursos de graduação será realizada em 9 de dezembro. No caso dos cursos Proeja/Técnicos a seleção é por sorteio.

As inscrições para o processo seletivo do IFSC devem ser feitas pelo site www.ingresso.ifsc.edu.br até 11 de novembro. Os campi do IFSC também disponibilizam computadores para quem desejar fazer a inscrição no local. A divulgação dos aprovados sai em 20 de dezembro. Quem for aprovado, ingressará nos cursos do IFSC no primeiro semestre de 2013.

Os editais completos com todas as vagas estão disponíveis no site www.ingresso.ifsc.edu.br. Mais informações podem ser obtidas no telefone 0800 722 0250. A ligação é gratuita.

Confira abaixo os cursos oferecidos nos campi do oeste do estado:


Campus Chapecó
Engenharia de Controle e Automação – Matutino – 18 vagas
Técnico Subsequente em Eletroeletrônica – Noturno – 40 vagas
Técnico Subsequente em Mecânica – Noturno – 40 vagas
Técnico Integrado em Informática (Vespertino) – 35 vagas
Técnico Integrado em Edificações (Vespertino) – 36 vagas
Técnico Integrado em Mecatrônica (Matutino) – 36 vagas

Campus São Miguel do Oeste
Técnico Concomitante em Agroecologia (Noturno) – 40 vagas
Técnico Concomitante em Agroindústria (Noturno) – 40 vagas
Técnico Integrado em Agroindústria (Vespertino) – 40 vagas

Campus Xanxerê
Técnico Subsequente em Fabricação Mecânica – Noturno – 40 vagas
Técnico Concomitante em Agroindústria (Vespertino) – 40 vagas


Comente aqui
05 set16:26

Aulas na Universidade Federal da Fronteira Sul serão retomadas

Representantes do comando de greve dos docentes, procuradoria e representantes do corpo discente e docente da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) decidiram após reunião na terça-feira, dia 4, retomar as aulas nos campi da Instituição.

Para os campi de Realeza/PR, Chapecó, Cerro Largo/RS e Erechim/RS, a reposição das aulas referentes ao primeiro semestre letivo de 2012 inicia no dia 10 de setembro.

A Reitoria orienta para que os alunos matriculados em cursos de graduação ofertados nesses campi retornem para a Universidade na segunda-feira.

Outra decisão tomada na reunião é que os docentes não deverão realizar avaliações e trabalhos que ficaram pendentes nesta primeira semana. Esses deverão ser realizados a partir do dia 17 de setembro.

No Campus Laranjeiras do Sul o segundo semestre letivo de 2012 poderá ser iniciado no dia 12 de setembro.


Comente aqui
16 ago12:03

Obras do acesso à UFFS em Chapecó são iniciadas

Iniciaram nesta semana os trabalhos de terraplanagem no traçado do acesso à Universidade Federal Fronteira Sul. Essa é a primeira fase prevista no Projeto Executivo de implantação da via de acesso à instituição que será executada em três etapas.

Na primeira etapa será implantado um trevo no acesso, junto à SC 459 no acesso à Guatambu. A segunda etapa compreende a uma seção transversal composta de duas faixas de rolamento de 3,5 metros cada, faixa de segurança externa de 1m e faixa de segurança interna com 30 cm, uma em cada sentido. Além disso, canteiro central com 4,5 metros de largura, faixa central de 1,5 metros de largura, grama e passeios laterais de 1,5 metro de cada lado.

Para a última etapa, o projeto prevê alargamento de 5,70 metros de cada lado da seção, mais duas faixas de rolamento de 3,5 metros cada, uma em cada sentido, e estacionamentos com 2,50 metros de largura nos dois lados. A seção final conterá quatro faixas de rolamento de 3,5 metros cada uma, duas de cada lado, canteiro central com 4,5 metros, mais estacionamentos internos com largura de 2,5 metros de cada lado.

As obras estão orçadas em R$ 7,2 milhões, R$ 1,1 milhão na primeira etapa, R$ 4,9 milhões na segunda, e o restante, R$ 1,1 milhão, na etapa final. Os serviços incluem além do trevo, terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização e iluminação, entre outros. Para a primeira etapa, os recursos estão garantidos e disponíveis na Caixa Econômica Federal.

De acordo com o projeto, a implantação da via de acesso à UFFS tem extensão total de 2.045,04 metros a partir da rodovia SC-459 no acesso a Guatambu.


1 comentário
25 jun10:25

UFFS de Chapecó poderá ter aulas de Medicina em 2014

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Chapecó poderá ter aulas de Medicina na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) em 2014. A previsão foi repassada pelo reitor Jaime Giolo, em entrevista coletiva concedida hoje pela manhã, no prédio da Reitoria, na Avenida Getúlio Vargas, em Chapecó.

– A hipótese mais provável é em 2014 mas numa previsão mais ousada até poderia ser ofertada no segundo semestre de 2013 – disse o reitor.

Mas, para isso, é necessário o envolvimento da Universidade, das lideranças comunitárias e do poder público. A possibilidade de Chapecó também sediar um curso de Medicina foi confirmada na semana passada, em reunião de lideranças políticas de Chapecó, o deputado federal Pedro Uczai, o reitor e representantes do Ministério de Educação.

Há cerca de duas semanas havia sido anunciada a criação de 40 vagas de Medicina da UFFS para Passo Fundo. A decisão causou reação em Chapecó que passou a pressionar para que fosse também contemplada com o plano nacional de expansão dos cursos de Medicina. De acordo com o reitor, Jaime Giolo, foi essa mobilização mostrando que Chapecó também tinha condições de sediar o curso que acabou sensibilizando o Ministério.

Chapecó também vai pleitear 40 vagas. Para isso um projeto deve ser encaminhado ao Ministério da Educação até setembro. Esse projeto dever indicar o número de leitos, médicos, residências médicas, estrutura de saúde, laboratórios, hospitais e investimentos. Giolo disse que é fundamental ter o compromisso dos governos municipal, estadual e federal na ampliação da estrutura de saúde. Ele afirmou que uma das exigências é de cinco leitos hospitalares atendidos pelo Sistema Único de Saúde para cada vaga ofertada. Como são 40 vagas seriam necessários 200 leitos. O Hospital Regional do Oeste tem 300 leitos. Mas há também o curso de Medicina da Unochapecó e por isso resta ver se o Ministério da Educação não vai exigir mais leitos.

–Vamos buscar essas vagas em toda a região – explicou Giolo.

Em relação a laboratórios a UFFS disse que tem condições de receber o curso, pois quatro laboratórios devem estar concluídos até o início do ano que vem e alguns contemplam a área da saúde, com o curso de Enfermagem.

O projeto deve ser concluído até setembro. Depois disso será encaminhado para o Ministério da Educação e passará por vistoria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e avaliação do Conselho Nacional de Saúde.


Comente aqui
22 jun20:10

UFFS poderá ter Medicina em SC

Depois de ter sido anunciada há duas semanas a criação de um curso de Medicina da UFFS em Passo Fundo-RS, surge a possibilidade de Santa Catarina também ser contemplada com o curso.

Após teoricamente perder o curso para a cidade gaúcha, lideranças políticas de Santa Catarina se articularam e buscaram junto ao Ministério da Educação o apoio para que Chapecó também fosse contemplada no plano nacional de expansão dos cursos. O deputado federal Pedro Uczai esteve durante a semana em Brasília, onde conversou com o secretário executivo do Ministério de Educação, José Henrique Paim Fernandes. Uczai disse que o ministério não fez restrição á criação de Medicina também em Chapecó. Mas, para isso, é necessário encaminhar um projeto consistente.

O reitor da UFFS, Jaime Giollo, convocou para segunda-feria, às 8 horas, na reitoria da UFFS, uma entrevista coletiva onde vai confirmar a elaboração de um novo projeto para criação da Medicina em Chapecó. Giollo disse que é necessário o envolvimento da comunidade e inclusive do Governo do Estado, para garantir a infraestrutura necessária para a criação do curso. Isso prevê aumento no número dos leitos do hospital e oferta de residências hospitalares. Giollo entende que o projeto deve ser elaborado até agosto, pois o Ministério da Educação pretende avaliar os projetos dos novos cursos até o final do ano, para implantação a partir de 2013.

Comente aqui
22 jun12:46

Servidores da UFFS fazem paralisação em Chapecó

Parte dos 205 técnico-administrativos da Universidade Federal da Fronteira Sul, em Chapecó, realizam paralisação em frente a reitoria, nesta sexta-feira. Uma das reclamações é a sobrecarga de trabalho.

Os servidores reivindicam também a melhoria no plano de carreira para técnicos de nível médio e defendem a realização de um novo concurso público.

Segundo os coordenadores do movimento, a paralisação reforça o apoio ao movimento nacional de greve que defende a manutenção do atendimento pelo SUS nos Hospitais Universitários.

- Este apoio ao movimento nacional amplia as mobilizações que já atingem 55 universidades federais em todo o país – disse a técnica Assuntos educacionais, Jaciele Sell.

Na próxima semana, a partir da segunda-feira, dia 25, professores da UFFS também devem entrar em greve.

>> Servidores do IFSC Campus Chapecó decidem paralisar a partir da segunda, dia 25

*com informações RBS TV Chapecó.


Comente aqui