Verdão

21 nov11:10

Dal Pozzo segue no comando do Verdão

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O técnico da Chapecoense, Gilmar Dal Pozzo, renovou contrato com o clube e deve permanecer no Verdão até o final de 2013. A Assessoria de Imprensa da Chapecoense informou também que a comissão técnica permanece a mesma na temporada 2013.

Dal Pozzo, que estreou com uma vitória de 4 a 0 em cima do ex-time, o Caxias, na Série C, vai comandar o Verdão no Campeonato Catarinense e no Campeonato Brasileiro da Série B.

A primeira partida do Estadual será fora de casa, contra o Joinville, no dia 20 de janeiro de 2013.


1 comentário
08 set08:01

Verdão aposta na defesa no jogo em Goiânia

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Se o melhor ataque é a defesa a Chapecoense está bem para enfrentar o Vila Nova, neste sábado, às 16 horas, em Goiânia. O time catarinense tem a melhor defesa do Grupo B, com sete gols sofridos em dez jogos, e a segunda melhor dos 20 clubes da Série C. Apenas o Fortaleza, do Grupo A, foi buscar menos vezes a bola no fundo da rede: cinco.

O único problema é que o ataque da Chapecoense, com apenas oito gols feitos, é o pior do grupo e o segundo pior da Série C. Apenas o Cuiabá fez menos, sete gols.

Por isso a defesa ganha ainda mais importância num jogo fora de casa, para tentar somar ponto. A vitória é um sonho. Mas um empate não é ruim. Até porque a Chapecoense ficaria à frente do Vila Nova. A Chapecoense está em terceiro lugar na chave, com 16 pontos, dois a mais que os goianos, que estão na sexta colocação.

– Se nós empatarmos além de somar um ponto tiramos dois deles- analisou o diretor de futebol Cadu Gaúcho.

Ele ressaltou que, em virtude do equilíbrio na tabela de classificação do Grupo B, não perder é quase tão importante quanto vencer. A diferença entre o primeiro colocado, Macaé, e o último, é de apenas oito pontos. Essa diferença cai para seis do primeiro para o penúltimo. E apenas uma vitória separa o primeiro do sexto colocado.

Para este jogo a defesa da Chapecoense estará desfalcada. Nivaldo foi condenado a quatro jogos de suspensão pela expulsão contra o Oeste e André Paulino recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Santo André.

Mas as mudanças não são tão preocupantes.

– Nós temos seis zagueiros em condição de serem titulares – analisou André Paulino.

Rafael Lima deve ganhar a vaga. Mas Souza, recuperado de lesão, também estará à disposição. No gol joga Juliano, que já atuou em duas partidas e não levou nenhum gol. O problema continua sendo o ataque, já que Rodrigo Gral ainda não teve a documentação regularizada na CBF. O negócio é não tomar gol em Goiânia.

-Temos fazer uma boa marcação – argumenta Cadu Gaúcho, entregando a estratégia do Verdão.



FICHA TÉCNICA

VILA NOVA

Julio César

Nego

Toninho

Jean Pablo

Rafael Vaz

Reivan

Mancuso

Ederson

Ricardinho

Israel

Pedro Júnior

Técnico: Ney da Matta

CHAPECOENSE

Juliano

Fabiano

Rafael Lima

Leonardo

Eliomar

Wanderson

Paulinho Dias

Neném

Esquerdinha

Cristiano

Técnico: Itamar Schulle



Horário: 16h

Arbitragem: Janio Pires Gonçalves, auxiliado por Ciro Chaban Junqueira e Edilson Frasão Pereira.

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO




Comente aqui
16 jul18:58

Jô vem para reforçar o ataque da Chapecoense

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O sexto atacante da Chapecoense, Jonathan Oliveira, conhecido como Jô, de 22 anos foi apresentado na tarde desta segunda-feira. O atleta que estava no Cruzeiro de Porto Alegre/RS veio por empréstimo e deve ficar até o final da Série C. Na apresentação, durante um jogo treino, ele marcou um gol.

Segundo o diretor de futebol do clube, Mauro Stumpf, Jô tem convites para jogar na Alemanha.

- Ele deve ficar conosco até dezembro e depois vai decidir se joga na Europa – disse.

O atacante, natural de Porto Alegre, já passou por times como o Internacional, Vila Nova/GO e Luverdense/MT.

- Vim para a Chapecoense para mostrar o meu trabalho e ajudar o grupo a garantir a vaga na B – disse Jô.

Na apresentação, durante um jogo treino contra o Ypiranga de Erechim/RS, ocorrido na tarde desta segunda no Estádio Municipal de Coronel Freitas, o atacante marcou o único gol da partida. Participaram do jogo, comandado pelo técnico Itamar Schulle, os atletas que não viajaram para Caxias do Sul/RS.

De acordo com Mauro, a ideia do jogo foi por em atividade os jogadores que não estão jogando.


Ataque desfalcado no Verdão

A Chapecoense tem no elenco cinco atacantes, destes três estão no Departamento Médico. Mateus Paraná fez uma cirurgia no joelho e não deve mais jogar a Série C. Lê teve uma fratura no nariz na partida contra o Vila Nova/GO e poderá jogar contra o Macaé, no domingo. Já Éber voltou a sentir uma lesão no joelho. Os outros são Cristiano e Thuram.

Como estava com poucas opções, Itamar Schulle teve que convocar Leandro, de 19 anos, das categorias de base, para o jogo contra o Caxias. A equipe conta ainda com o meia atacante Eliomar.

O novo atacante disse que não é a solução para o setor, mas acredita que junto com a equipe será possível afastar essa má impressão do ataque do Verdão.



Comente aqui
29 mai11:40

1ª Feijoada do Verdão será neste sábado dia 2

O Departamento de Marketing da Associação Chapecoense de Futebol informou que a 1ª Feijoada do Verdão está marcada para o dia 2 de junho. O evento inicia às 10h30, na Dalla Microcervejaria em Chapecó.

As camisetas já estão à vendas na sede do clube ao custo de R$ 50. No valor está incluso a camiseta, feijoada e chopp liberado.

As atrações do evento são Pagode Social, Fabio e Andrei, Vem no Balanço e George Rock.

Maiores informações no telefone 49 3324-6688.

Comente aqui
17 mai12:49

1ª Feijoada do Verdão

O Departamento de Marketing da Associação Chapecoense de Futebol informou que a 1ª Feijoada do Verdão está marcada para o dia 2 de junho. O evento inicia às 10h30, na Dalla Microcervejaria em Chapecó.

As camisetas estão à vendas na sede do clube ao custo de R$ 50. No valor está incluso a camiseta, feijoada e chopp liberado.

As atrações do evento devem ser anunciadas nos próximos dias. Maiores informações no telefone 49 3324-6688.

Comente aqui
30 abr12:16

Chapecoense estreia dia 26 de maio na Série C 2012

A Chapecoense fará sua estreia as 15h30 do sábado dia 26 de maio no Campeonato Brasileiro da Série C 2012. Na primeira rodada da competição o Verdão enfrenta o Santo André no estádio Hermínio Ometto, na cidade de Araras/SP. No dia 4 de novembro acontece a final que decidirá o campeão.

Em 2012, a Série C contará com a participação de clubes tradicionais do futebol brasileiro como Chapecoense, Santa Cruz, Fortaleza, Paysandu, Vila Nova, Caxias do Sul, Brasiliense, Oeste e Santo André. A competição terá transmissão televisiva.

Pela primeira vez, os clubes participantes da Série C receberão apoio financeiro da CBF para passagens e hospedagens de suas delegações.

Promovidos da Série D, disputam a C neste ano o Tupi/MG, Santa Cruz/PE, Cuiabá/MT e Oeste/SP. Já os times que foram rebaixados da Série B em 2011 são o Duque de Caxias/RJ, Icasa/CE, Vila Nova/GO e Salgueiro/PE.


Chapecoense na competição

O Verdão, que está no Grupo B da competição, fará sua estreia no sábado, dia 26 de maio, contra o Santo André, no estádio Hermínio Ometto, na cidade de Araras/SP. O horário ainda não foi definido.

O primeiro jogo em casa está marcado para as 15h do dia 3 de junho. A partida será contra o Vila Nova/GO.


Comente aqui
09 abr19:46

Paixão pelo Verdão

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O analista de qualidade Maicon Cruzetta e o assistente financeiro Dany Deiws fizeram 120 quilômetros de São Lourenço do Oeste até Chapecó para comprarem o ingresso para a partida contra o Cruzeiro, na próxima quarta-feira. E aproveitaram para adquirir uma camisa da Chapecoense. Depois passaram no Índio Condá para pedir um autógrafo para Dema, que consideram uma referência no time catarinense. No ano passado eles assistiram três jogos, um deles a final vencida por 1 a 0 contra o Criciúma.

— Naquela estrela temos participação — apontou Cruzetta para a quarta estrela na cobertura das sociais do estádio.

Ele está otimista e aposta numa vitória por 2 a 1. Deiws acha que 1 a 0 já é goleada. O que a Chapecoense não pode é levar 2 a 0 senão o Cruzeiro elimina o jogo de volta.

Para o presidente da torcida Raça Verde, Mauro Wilhelms, o time perdeu para o Ibirama pois estava com o foco na Copa do Brasil. Tanto que o número de componentes da torcida deve aumentar de 40 para 15 e, a bateria, vai passar de 15 para 32 instrumentos.

— Estamos confiante numa vitória quarta-feira e outra no domingo — disse Willhelms.

Nesta segunda-feira os jogadores titulares fizeram apenas uma corrida leve no estádio. A tarefa mais pesada foi uma reunião de 1h45, com integrantes da diretoria. Eles querem que o time tenha uma atitude diferente no jogo pela Copa do Brasil, do que o mostrado no domingo, diante do Atlético.

Comente aqui
19 fev12:00

Chapecoense futsal inicia trabalhos com bola

O primeiro trabalho com bola da Chapecoense Futsal na temporada 2012 foi realizado na manhã deste sábado, dia 18, no Complexo Esportivo do Verdão.

Neste primeiro contato dos atletas com a bola o treinador Agnaldo optou por um trabalho curto, cerca de 45 minutos, e de baixa intensidade. O objetivo neste momento é no trabalho físico e um treino com bola mais longo pode ocasionar lesões musculares. Durante os trabalhos foram passados os principais padrões usados pela equipe e alguns trabalhos específicos de defesa, ataque e contra ataque. – Tentamos passar aos novos atletas os principais padrões usados pela equipe para que eles comecem a se adaptar ao nosso trabalho – disse o treinador da equipe.

Após o trabalho os atletas ganharam um merecido descanso depois da semana puxada de treinos, o retorno aos trabalhos ocorre nesta segunda-feira pela manhã na pista do Complexo do Verdão. Já o próximo trabalho com bola será apenas na quarta feira.

- Apesar de ser um trabalho curto gostei deste primeiro contato dos atletas com a bola. A equipe mostrou bastante qualidade principalmente nos passes – disse Agnaldo.

O ala Coelho, liberado pela Comissão técnica, não participou deste trabalho.

Os trabalhos físicos coordenados pelo Preparador Físico Mauricio também segue em ritmo forte. – Todos estão suportando bem esta primeira semana, fizemos os testes e iniciamos com tiros de mil metros, agora passaremos aos trabalhos de 800 e 600 metros e uma ênfase maior a parte de academia – comentou Mauricio.


Comente aqui
13 fev09:36

Empate embola a briga

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

No confronto entre os dois Verdões, o do Oeste e o do Vale, ninguém se sobressaiu. O empate por 1 a 1 não foi o que os times queriam, pois ambos marcaram passo na tabela. No entanto os dois continuam na briga pelo returno. A Chapecoense foi a 16 pontos e o Metropolitano a 13. Melhor para o Metropolitano, que empatou fora de casa. Só que o time do Vale do Itajaí poderia até ter saído com uma vitória.

Mesmo jogando fora de casa o Metropolitano tomou a iniciativa da partida e por pouco não abriu o marcador aos 30 segundos, com Rafael Costa, que cabeceou de dentro da pequena área. O goleiro da Chapecoense mostrou porque tinha uma faixa atrás do gol com os dizeres “Nivaldo Eterno” e praticou uma defesa de puro reflexo. Em seguida segurou o chute de Rodrigo Ninja. Só depois de seis minutos a Chapecoense teve sua primeira conclusão ao gol. A mais perigosa foi um chute de Neném, que passou perto do poste. Mas a melhor chance do primeiro tempo foi do Metropolitano, com Rafael Costa, que ficou cara a cara com Nivaldo e tirou o goleiro. O zagueiro Leonardo, que tem o apelido de Jesus devido ao visual cabeludo e barbudo, apareceu para salvar o time.

Até o técnico da Chapecoense, Gilberto Pereira, foi atropelado pelo atacante Pantico numa disputa com Souza. Prova que o dia não era bom para os donos da casa. Isso se confirmou no início do segundo tempo, quando Rafael Costa recebeu na esquerda e chutou cruzado, na saída de Nivaldo, para marcar 1 a 0. Thiago Cristian teve a chance de definir o jogo em seguida, num contra-atauqe, mas foi individualista e concluiu para fora.

Para tentar empatar Gilberto Pereira colocou Gustavo no lugar de Gilberto Matuto e Jean Carlos no lugar de Tiago Cavalcanti. E foi de Jean Carlos o passe para Esquerdinha fazer o gol de empate, aos 14 minutos. Com a expulsão de Thiago Couto, o técnico do Metropolitano, César Paulista, reforçou a defesa e segurou o resultado até o final. E poderia ter até vencido em outra chance desperdiçada por Thiago Cristian.

A Chapecoense até teve domínio do jogo no segundo tempo. Mas não conseguiu superar a marcação do adversário. Depois de uma largada com cinco vitórias, o time do Oeste vem de uma derrota para o Joinville e um empate em casa.

Restam duas partidas fora contra o Atlético e Criciúma. O Metropolitano também enfrenta o Criciúma, na próxima rodada.

–Se vencermos o Criciúma temos condições de brigar pelo título – argumentou César Paulista.

Já Gilberto Pereira ficou entre a decepção de ter perdido dois pontos e a alegria de não ter sido derrotado.

– Nosso time oscilou muito – avaliou. Resta à Chapecoense tentar reencontrar o caminho das vitórias, agora longe do Condá.


Liderança da competição

E com a vitória do Figueirense por 1 a 0 sob o Avaí, a Chapecoense, com 16 pontos, volta a liderança do Campeonato Catarinense.


Comente aqui
02 fev00:31

Nivaldo, o goleiro menos vazado do Catarinense

Sem dúvida nenhuma o goleiro Nivaldo é peça fundamental na Chapecoense. O goleiro menos vazado do Campeonato Catarinense, que sofreu apenas um gol, contra o Camboriú, foi destaque na partida desta quarta-feira contra o Marcílio Dias.

Ele chegou na equipe em março de 2006, e em seis anos de atuação no Verdão, defendeu o primeiro pênalti.

A defesa foi no primeiro tempo, ainda quando a partida estava empatada em 0 a 0. Na partida contra o Brusque, o atacante Cris chutou para fora e perdeu um pênalti no primeiro tempo.

O atleta que completa 38 anos em março, perdeu no ano passado o posto para Rodolpho devido a uma lesão, em 2012 recuperou a posição justamente devido a uma lesão no joelho de Rodolpho.

Comente aqui