Vítima

15 jun09:12

Dois homens são presos após sequestro relâmpago em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 21h40 desta quinta-feira, a Polícia Militar de Chapecó foi chamada para atender um roubo de veículo seguido de sequestro relâmpago. Uma jovem de 19 anos foi rendida quando chegava em casa, no centro da cidade. Após perseguição a PM prendeu os dois envolvidos.

A mãe da jovem ligou para a Central de Emergências da PM e disse que a filha havia sido levada no próprio veículo, uma EcoSport Branca, por dois homens.

As guarnições da Polícia iniciaram buscas pela cidade. Cerca de 15 minutos depois a Base Oeste da PM, do Bairro Efapi, percebeu que havia poeira suspensa na Linha Faxinal dos Rosas, interior do município. No local foram abordados alguns moradores e os policiais foram informados que um veículo branco havia passado em alta velocidade pela estrada.

Constatado que era o veículo da vítima os policiais repassaram a informação para outros policiais que se concentraram nos prováveis pontos de saída para a BR 282.

A mesma guarnição que conversou com os moradores localizou minutos depois, a vítima do sequestro relâmpago na Linha Cascavel. Ela havia sido deixada pelos assaltantes e pedia socorro em uma residência. A vítima foi levada de volta para a cidade.

Enquanto isso outra viatura seguia as buscas em outro ponto da cidade. E foi em uma marginal próxima ao acesso Plínio Arlindo de Nes que a PM avistou a EcoSport.

Os assaltantes fugiram em alta velocidade pela SC 468, sentido Coronel Freitas, onde iniciou uma perseguição. Outras viaturas também ajudaram na ocorrência.

Como não atendiam as ordens de parada a Polícia precisou realizar um disparo de arma de fogo. O tiro atingiu o pneu traseiro do veículo. Sem ter como seguir os assaltantes pararam o veículo e foram presos em flagrantes.

Ediglecio Mendes, 23 anos e Rafael Schmidt, 28 anos, foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e reconhecidos pela vítima. Os dois foram encaminhados para o Presídio Regional de Chapecó. Segundo informações do Sistema Integrado de Segurança Pública, Rafael já tem duas passagens pela polícia, uma por roubo em 2008 e outa por posse de maconha em 2009.

O veículo foi apresentado na Delegacia e entregue ao proprietário.


Comente aqui
09 abr12:34

Homem morre esfaqueado pelo sobrinho em Xavantina

Por volta das 9h30 da manhã desta segunda-feira Celso Alembradt, 49 anos, morreu esfaqueado pelo sobrinho em Xavantina. A agressão teria sido motivada por uma dívida que a vítima teria com o agressor.

Segundo a Polícia Militar o sobrinho estava trabalhando na propriedade do tio há vários anos. E como havia desentendimentos entre eles, o tio teria pedido para o sobrinho deixar a propriedade. Durante a discussão, o rapaz de 21 anos, acertou três golpes de faca no tio. Celso caminhou alguns metros a procura de ajuda. Ele não resistiu e morreu no local.

Minutos depois, o sobrinho Rodrigo Alembradt ligou para polícia e contou o ocorrido. Ele foi preso pela PM de Ipumirim e encaminhado para a Delegacia de Xavantina.


RBS TV CONCÓRDIA


Comente aqui
30 mar10:16

Identificada segunda vítima do acidente na SC 283 em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O Instituto Geral de Perícias de Chapecó identificou o nome da segunda vítima do acidente na SC 283. Adriana da Silva, 29 anos, era caroneira do Uno, placas de Lages, que colidiu com um caminhão carregado de pedras.

A colisão frontal foi no final da tarde desta quinta-feira, próximo a entrada para o Autódromo Internacional de Chapecó. Ivolnei Goulart de Souza, 59 anos, motorista do Uno, não resistiu ao impacto e morreu no local. O motorista do caminhão, Márcio Iohann saiu ileso.

Antes da chegada da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRME)de Iporã do Oeste, a Polícia Militar de Chapecó, com auxílio da Guarda Municipal, fez o controle do trânsito.

O Instituto Geral de Perícias esteve no local e encaminhou os corpos para o Instituto Médico Legal de Chapecó. A PMRE vai apurar as causas do acidente.


Comente aqui
17 jan09:20

Catarinense Monique Amin pode ter sido vítima de estupro no BBB12

Na semana que antecedeu a estreia da 12ª edição do Big Brother Brasil, 12 participantes foram anunciados. Os nomes de Monique Amin e Daniel Gustavo Rodrigues não constavam na lista.

No entanto, durante o primeiro programa, Pedro Bial chamou quatro pessoas que estavam na plateia para completar o time de confinados: entre eles, a estudante catarinense e o modelo paulista. Quem diria que os dois protagonizariam a maior polêmica nos dez anos em que o reality show é exibido no país: o que era para ser a primeira festa na casa acabou sendo investigada pela polícia como pano de fundo para um suposto estupro cometido por Daniel contra Monique.

Por volta das 17h desta segunda-feira, a polícia foi até o Projac, sede da TV Globo, no Rio, onde fica a casa do Big Brother, para pegar o depoimento de Monique e pedir exame de corpo de delito à estudante. O áudio da conversa vazou na internet.

>> Em depoimento à polícia, catarinense Monique diz que não lembra ter tido relação com Daniel no BBB

Como foi a história

Os dois deitaram na cama juntos, depois da festa de sábado, mas ela estava alterada por causa do álcool. Enquanto a sister ficou quase imóvel embaixo do edredom durante o amasso, ficou evidente para o público que estava assistindo a movimentação do paulista sob a coberta.

Em seguida, teve início via Twitter uma campanha para que Daniel fosse investigado por ter abusado da colega de confinamento, que estaria sem condições de se defender. As imagens caíram na internet e chegaram à 32ª delegacia de polícia no bairro Taquara, zona Oeste do Rio de Janeiro. O delegado titular Antonio Ricardo registrou a ocorrência para apurar se houve ou não um estupro.

— Precisamos ter tudo em mãos para analisar as imagens e tentar entender o que de fato aconteceu — disse à Veja.


>> Mais detalhes sobre o Big Brother Brasil no blog Espiadinha


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
15 nov17:34

Corpo ainda não foi encontrado

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A equipe de mergulhadores do 6º Batalhão de Bombeiros Militar de Chapecó fez buscas durante toda a terça-feira, dia 15, ao corpo de Laury Ely, 45 anos. O representante comercial desapareceu na tarde do domingo, dia 13, nas águas do Rio Chapecó, próximo a Linha Voltão, interior de Quilombo.. Os trabalhos serão retomados na manhã desta quarta-feira.

Ele era morador de Quilombo e tinha ido até o local com outras quatro pessoas. Segundo informações da Polícia Militar o grupo foi participar de um culto na Igreja Evangélica da Reserva Indígena que fica do outro lado do rio. No retorno, o barco estava na margem oposta então, Lauri decidiu ir a nado apanhar o barco e voltar para buscar os companheiros. Praticamente no meio do caminho ele gritou por socorro e afundou. As buscas continuam e até o momento o corpo não foi localizado.


Comente aqui
17 out08:31

Caminhoneiro que bateu em ônibus na BR-282, em Nova Erechim, recebe alta médica

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O caminhoneiro Osmar Gonçalves de Lima, de 47 anos, estava internado e teve alta na noite do domingo, dia 16. Outra vítima do acidente entre um ônibus de turismo e um caminhão na BR 282 em Nova Erechim, permanece internada na UTI do Hospital Regional de Chapecó.

Rosiliane Salete Barbosa Skinato, 56, passageira do ônibus, atingida por barra de ferro no abdômen passou por uma cirurgia. Segundo informações do Hospital ela segue internada na UTI.


Como foi o acidente

Um ônibus com 33 ocupantes e um caminhão bateram na BR 282 no fim da noite de sexta-feira. Sete pessoas ficaram feridas.

A batida aconteceu perto do trevo de acesso à cidade de Nova Erechim, por volta das 23h. O coletivo seguia para Foz do Iguaçu (PR), quando foi atingido de frente pela carreta, que estava carregada com aproximadamente 32 toneladas de milho.

O grupo no ônibus seguia para o Paraná para uma viagem de turismo. Ele voltaria no dia 17 para o Rio Grande do Sul.

Após a batida, a carreta caiu num barranco às margens da rodovia. Parte da carga ficou espalhada sobre a pista. A rodovia ficou fechada para a limpeza e remoção das vítimas. Porém, os motoristas que trafegavam pela região conseguiram passar por um desvio.


O leitor Ricardo Tobin, que mora em Nova Erechim encaminhou essas fotos para o participe@clicrbschapeco.com.br. Ele esteve no local logo após o acidente.


Comente aqui
03 out10:59

Corpo de jovem vítima de afogamento é encontrado no Rio Uruguai

Após nove dias de buscas ao corpo de Roberto M. Tressoldi, 20 anos, vítima de afogamento  no Rio Uruguai,  foi localizado por moradores próximos ao local. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Chapecó foi chamada para fazer o resgate. O corpo estava desaparecido desde o final da tarde do sábado, dia 24 de setembro.

Roberto estava com mais três pessoas em um barco na represa formada pela Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó, próximo à localidade de Sanga Rosa, em Caxambu do Sul. A embarcação teria virado e os outros três ocupantes teriam conseguido nadar até a margem.


Comente aqui
21 set09:48

Ladrão invade casa, quebra perna na fuga e acaba detido pela vítima em Chapecó

Dois jovens foram presos na madrugada desta quarta-feira suspeitos de invadir uma casa no bairro Líder, em Chapecó. Na fuga, um deles quebrou uma das pernas e acabou detido pela própria vítima, segundo a Polícia Militar (PM).

Por volta de 1h, a dupla arrancou o miolo da fechadura da porta da frente da residência e entrou no imóvel. O proprietário ouviu o barulho e se levantou para verificar. Ao verem o homem, os bandidos armados atiraram contra a vítima e saíram correndo. Os disparos não acertaram o dono da casa.

Na fuga, um dos criminosos quebrou uma das pernas ao pular o muro e se escondeu no porão de uma casa ao lado. William Girardi Michquinis, de 22 anos, foi localizado e detido pela vítima até a chegada da PM.

Uma guarnição dos bombeiros encaminhou o jovem para o Hospital Regional do Oeste. Após o atendimento, policiais levaram o suspeito para a delegacia.

Uma guarnição da PM continuou as buscas ao segundo assaltante. No bairro Seminário, abordou um Vectra. Um casal estava no veículo. O homem no carro, Ademir Schnaider, de 20 anos, acabou reconhecido pela vítima da casa arrombada no bairro Líder. A polícia liberou a mulher que estava no Vectra. Ademir e William foram presos, em flagrante, por tentativa de latrocínio.


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
22 ago14:04

Homem agride mulher com facão e é preso em flagrante em Chapecó

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Vítima teve várias lesões, mas não corre risco de morte

Um homem de 30 anos foi detido em flagrante na noite deste sábado porque teria agredido a mulher com um facão no bairro Efapi, em Chapecó, no Oeste do Estado.

A vítima, de 26 anos, teve várias lesões pelo corpo, mas não corre risco de morte. Ela contou à polícia que o marido foi o autor da agressão.

Com o suspeito, foi apreendida a arma do crime, um facão com 35 centímetros de lâmina. Ele foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio Regional de Chapecó.

Comente aqui
18 ago16:59

Assassinato em Itá teria sido motivado por vingança

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Conforme a polícia, vítima teria participado da morte de irmão do suspeito

Pode ter sido motivado por vingança o assassinato de Odair Fabiano Camargo, de 18 anos, na noite da terça-feira (16) em Itá, no Oeste catarinense. Ele foi morto com pelo menos 20 facadas, nos fundos da igreja matriz.

O suspeito pelo crime, Fernando Arthur da Silva, de 25 anos, confessou a autoria do homicídio à polícia. Conforme o delegado Rogério Taques, a vítima teria participado do assassinato do irmão do suspeito, em 2010.

Silva contou em depoimento o local onde tinha abandonado o facão utilizado no crime. A polícia encontrou a arma jogada às margens da SC-466. Ele foi preso em flagrante por homicídio qualificado e já foi encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia.

Ele foi detido no hospital de Itá, logo após o crime, quando buscou atendimento por conta de uma fratura no pé. O delegado disse que ele teria se machucado ao jogar o corpo da vítima em um barranco próximo à igreja. Ele foi preso e reconhecido pela adolescente, que era namorada do jovem morto.

No momento do assassinato, a vítima estava com a namorada, de 16 anos, nos fundos da igreja por volta das 21h. O casal foi surpreendido pelo suspeito, que amarrou e amordaçou os dois com as próprias roupas. Camargo também foi atingido por pedradas no rosto. A adolescente conseguiu fugir e pedir socorro. Ela não sofreu ferimentos.

Comente aqui