Vitor Ramil

04 set16:43

Tributo à milonga

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A milonga, estilo musical originado na Espanha e difundido principalmente na Argentina, Uruguai e sul Brasil, é a base do show que será apresentado nesta quarta-feira, a partir das 20 horas, no Lang Palace Hotel, em Chapecó.

O compositor gaúcho Vitor Ramil e o violonista argentino Carlos Moscardini vão apresentar as músicas do disco “délibáb”, lançado em 2010. As 12 faixas foram gravadas em Buenos Aires. Ramil compôs as músicas para versos de poemas de Jorge Luís Borges, escritor argentino que é uma das referências da literatura mundial, e do gaúcho João da Cunha Vargas.

Irmão da dupla Kleiton & Kledir, Ramil, Ramil já produziu nove discos e também é escritor, sendo autor do livro “A estética do frio”.

O show em Chapecó faz parte do projeto Unocultural, que tem como objetivo propiciar ao público do Oeste de Santa Catarina contato com diversas artes e que não estão no cenário atual da mídia.

Em 2012 foram seis shows musicais com artistas de Chapecó, Curitiba e Porto Alegre, além de duas exposições, uma do grupo “Isto Não é Uma Fotografia”, que reúne artistas plásticos de Chapecó, e outra do desenhista Samicler Gonçalves, que também é de Chapecó.

Para o coordenador do projeto Unocultural, Roberto Panarotto, a idéia é oferecer ao público algo diferente do que ele está acostumado.

– Queremos algo diferente, que cause um estranhamento- explicou. A proposta é pela diversidade de manifestações culturais.

Panarotto argumentou que Vitor Ramil tem um foco mais regional, mas que dialoga com o Brasil inteiro. Ele destacou que a milonga, por exemplo, vai além das fronteiras da América do Sul. No disco “délibáb” há ainda a relação entre a música e a literatura.

Além do show, Ramil também participará de uma conversa com artistas e público interessado na Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapecó), na terça-feira, às 20 horas. A Unochapecó é a patrocinadora do Unocultural. Para a apresentação de Ramil e Moscardini também houve captação de recursos da Lei Roaunet.

Os eventos são gratuitos e os ingressos para o show de amanhã devem ser retirados com duas horas de antecedência, no Lang Palace Hotel.


Show com Vitor Ramil e Carlos Moscardini

Dia: 5 de setembro, quarta-feira

Hora: 20h

Local: Auditório do Lang Palace Hotel (Rua Nereu Ramos, 1057 E, em Chapecó)

Ingresso: Entrada franca, ingressos são limitados e devem ser retirados no local a partir das 18h


Comente aqui
03 set16:22

Cantor Vitor Ramil sobe ao palco no Projeto Unocultural

O projeto Unocultural, criado pela Unochapecó para incentivar ações no cenário artístico-cultural de Chapecó e região, com artistas locais ou de fora, recebe nesta semana a presença do músico gaúcho Vitor Ramil. Dentro da programação que celebra o aniversário dos 10 anos da Unochapecó, ele estará presente em dois eventos.

Para esta terça-feira, 4 de setembro, está programada mesa-redonda com o artista, no auditório do bloco G, com início às 19h30. Vitor Ramil debaterá temas relacionados à sua carreira, cultura e literatura, encerrando a noite com sessão de autógrafos e coquetel na Livraria Universitária da Unochapecó. A entrada será gratuita, mas os ingressos são limitados e serão distribuídos uma hora antes no local do debate.

Na quarta-feira haverá show de Vitor Ramil, promovido pelo Unocultural, no auditório do Hotel Lang Palace, aberto ao público, sem custo. O show iniciará às 20h e os ingressos serão distribuídos duas horas antes, no próprio auditório do hotel.


O show de Vitor Ramil

O novo show de Vitor Ramil tem como base o repertório de seu mais recente disco. O espetáculo marca também o lançamento do primeiro DVD do artista. Trata-se de um documentárioque acompanha o CD como bônus, com extras que incluem performance ao vivo, clipe e fotos.

Vitor Ramil gravou esse trabalho em Buenos Aires, acompanhado de Carlos Moscardini, um dos mais importantes violonistas argentinos da atualidade. Combinando os violões de cordas de aço de Vitor e a guitarra criolla de Moscardini, os dois registraram milongas compostas por Vitor para os versos que o poeta argentino Jorge Luis Borges escreveu para este gênero musical e para poemas do gaúcho João da Cunha Vargas. Borges é um autor mundialmente consagrado, enquanto Vargas, que foi um gaúcho, um homem do campo, somente agora começa a ser descoberto. Os dois poetas estariam completando 110 anos de vida em 2010.

O disco conta também com a participação de Caetano Veloso, que divide com Vitor os vocais de Milonga de los morenos. Através desse trabalho, a milonga desfaz-se das amarras do regionalismo e se afirma como síntese original e moderna da musicalidade brasileira e platina, abarcando aquilo que ambas possuem de mais universal.

No show, Vitor Ramil e Carlos Moscardini apresentam todo o repertório de 12 milongas do disco, além de milongas do disco Ramilonga – A estética do frio. Apesar de ser um disco e um show dedicados a um único gênero, a milonga, é marcante a variedade rítmica, harmônica e melódica, as texturas sutis e o colorido sonoro dos arranjos.

O show já foi apresentado em Buenos Aires, com duas noites no Teatro 25 de mayo, e retornou três noites para o Notorious e Rosário. Em Porto Alegre, os concertos ocorreram no Teatro Bourbon Country e por três noites no Theatro São Pedro. A apresentação também já passou por São Paulo, no Teatro do Sesc Pompéia, e por Pelotas, no Theatro Guarany. Em novembro 2010 foi apresentado no Teatro Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro. Em fevereiro 2011 retornou a São Paulo e foi apresentado ainda em Montevideo e Punta Ballena, no Uruguai. Seguirá, também, para Curitiba e para o Nordeste do Brasil, com apresentações já programadas para Juazeiro do Norte, Souza e Nova Olinda.


Comente aqui
28 ago14:03

Vitor Ramil fará show em Chapecó

O gaúcho Vitor Ramil fará show em Chapecó na quarta-feira, dia 5 de setembro. A apresentação dentro do Projeto Unocultural, será às 20h no Auditório do Lang Palace Hotel. A entrada é gratuita. Como os ingressos são limitados devem ser retirados no local a partir das 18h.

O novo show de Vitor Ramil baseia-se no repertório de seu mais recente disco, Délibáb. O espetáculo marca também o lançamento do primeiro DVD do artista. Trata-se de um documentário (com extras que incluem performance ao vivo, clipe e fotos) que acompanha o CD como bônus.

Vitor Ramil gravou este trabalho em Buenos Aires, acompanhado de Carlos Moscardini, um dos mais importantes violonistas argentinos da atualidade. Combinando os violões de cordas de aço de Vitor à guitarra criolla de Moscardini, os dois registraram milongas compostas por Vitor para os versos que o poeta argentino Jorge Luis Borges escreveu para este gênero musical, e também para poemas do gaúcho João da Cunha Vargas. Borges é um autor mundialmente consagrado. Vargas, que foi um gaúcho, um homem do campo, só agora começa a ser descoberto. Os dois poetas estariam completando 110 anos de vida em 2010.

O disco conta também com a presença de Caetano Veloso, que divide com Vitor os vocais de Milonga de los morenos.

Através deste trabalho a milonga desfaz-se das amarras do regionalismo e se afirma como síntese original e moderna da musicalidade brasileira e platina, abarcando aquilo que ambas possuem de mais universal.

No show, Vitor Ramil e Carlos Moscardini apresentam todo o repertório de 12 milongas do disco, além de milongas do disco Ramilonga – A estética do frio.

Apesar de ser um disco e um show dedicados a um único gênero, a milonga, é marcante sua variedade rítmica, harmônica e melódica, as texturas sutis e o colorido sonoro dos arranjos.



05/09

SHOW Vitor Ramil – Projeto Unocultural

Horário: 20h

Local: Auditório do Lang Palace Hotel – Chapecó/SC

Entrada franca, ingressos são limitados e devem ser retirados no local a partir das 18h

Informações: 49 3322-0028



Comente aqui