Xiko Bracht

26 out18:37

Dom Quixote do Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Dois dragões entalhados num painel de madeira com 1,40 metro de altura por 2,20 metros de largura marcam o início da carreira artística de Francisco José Bracht, em 1981. –Foi a primeira peça que eu comercializei- afirmou Xiko Bracht, que está com uma exposição no Centro Empresarial Chapecó, mostrando seus 30 anos de carreira.

Os dragões estão num dos 28 painéis que tratam da retrospectiva da carreira do artista, que deixou sua marca em vários pontos da cidade de Chapecó. Destaque para dois murais feitos em parceira com o argentino José Kura, um sobre a Etnia Indígena, na Rodoviária de Chapecó, e outro sobre o Ciclo da Madeira, na Praça Coronel Bertaso. A obra da praça contou com a participação também da artista Daniela Almeida e alunos da Unochapecó, utilizando a técnica chamada “muralismo”. Bracht tem obras semelhantes em São Paulo, Argentina e várias cidades do Oeste Catarinense, como Itapiranga, Xanxerê e Xaxim.

Ele já elaborou mais de mil troféus para premiações. Um dos que mais se orgulha é o troféu “Empresário do Ano”, concedido pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó, onde bateu ninguém menos que Paulo de Siqueira, artista que criou o monumento O Desbravador. –Para mim foi o principal prêmio- afirmou.

Após trabalhar com bronze, madeira e muralismo, Bracht agora se aproxima de Siqueira, ao trabalhar sucata. A nova fase veio após um período depressivo do artista, desanimado com a falta de retorno econômico para seu trabalho. Aí ele identificou-se com o personagem Dom Quixote, de Miguel de Cervantes, desenvolvendo a série “Os Guerreiros”, composta das 28 esculturas que estão sendo expostas pela primeira vez. –Elas refletem as minhas lutas para sobreviver da arte- comparou o artista.

Ele mesmo se retrata como um Dom Quixote em algumas da obras. Numa delas, o cavaleiro está a frente de uma série de moinhos de vento.

–São as minhas ilusões, que vou enfrentando uma a uma- explicou.

Xiko disse que começou a pensar nas obras ao ver os pedaços de sucata na oficina de um cunhado. Como auxílio de um sobrinho, começou a recolher as peças. Conforme o formato da peça, ia imaginando algo.

–Sou bem intuitivo e gosto de improvisar- afirmou o artista.

O suporte de prateleira quebrado virou o bico de um galo. Chapas de aço unidas formaram o corpo. Engrenagens de bicicleta se transformaram em asas de uma águia. O que era lixo vira arte nas mãos de Xiko Bracht. Ele pode não ter o retorno econômico que imaginava com sua arte. Mas ela está presente na vida da cidade. E ter uma obra sua contemplada, é a maior gratificação do artista, que torna a cidade de Chapecó mais bela e interessante.

Exposição

Tema: “Xiko Bracht, 30 anos de vida artística – Série Os Guerreiros”

Quando: De 20 de outubro a 4 de novembro

Acervo: 28 painéis e 28 esculturas

Horário de visitação: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h ou com agendamento pelo telefone no Sindicato do Comércio Varejista  (49)3319-4600

Local: Centro Empresarial de Chapecó, na Avenida Getúlio Vargas, 1748

Entrada: gratuita


Comente aqui
21 out14:24

Aberta exposição em Chapecó

Teimar, tentar, inovar. Foi com esses três verbos que o artista plástico Xiko Bracht abriu em Chapecó a exposição que marca seus 30 anos de trajetória na arte. Até 4 de novembro estará aberta à visitação pública a mostra “Xiko Bracht, 30 anos de vida artística – Série Os Guerreiros”. A promoção ocorre no Centro Executivo Empresarial (Cesec), numa iniciativa conjunta entre o artista e a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom).

Ao estrear o novo Espaço Cultural Cesec, o artista agradeceu a acolhida das três entidades empresariais.

- Com persistência, dedicação e dignidade procuro através da arte melhorar o mundo. Esta exposição é um marco na relação com as entidades empresariais e quebra a retórica de que a iniciativa privada não investe em cultura – disse Xiko.

Em nome da Acic, CDL e Sicom, o presidente da Associação Comercial e Industrial, João Stakonski, enalteceu o trabalho artístico de Francisco José Bracht. Destacou sua sensibilidade na criação de peças artísticas e a necessidade de maior valorização da cultura em Chapecó.


A exposição, os materiais e as técnicas

A retrospectiva de Xiko Bracht é formada por 28 painéis e por 28 esculturas inéditas. Nos painéis são mostrados os trabalhos mais importantes do artista nas três últimas décadas. Através de fotos, essa trajetória é representada pela criação de obras artísticas desenvolvidas com entalhes em madeira, esculturas, troféus e monumentos. Já as esculturas inéditas, que podem ser adquiridas, foram executadas em cortes de metal e formam a série “Os Guerreiros”. Mostram figuras de guerreiros e retratam, especialmente, Dom Quixote, personagem imortalizada em obra do escritor espanhol Miguel de Cervantes. Nessas figuras, segundo Xiko, estão significados como esperança, derrotas, ilusões, perseverança e vitórias. “Essa série apresenta uma visão das minhas lutas nos últimos 30 anos e também retratam, por isso, a dificuldade de se manter ativo e criativo na área artística”, afirma ele.

Nos painéis são apresentadas as várias técnicas que o artista utiliza, em diferentes materiais. Nisso se incluem o entalhe em madeira, esculturas em bronze, peças em resinas de poliéster e murais esgrafiados, ou seja, construídos em concreto colorido, em baixo relevo, e que integram o movimento artístico denominado como “Muralismo”. Nos painéis, estão retratadas obras que estão em locais de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e na Argentina.

O público poderá visitar a mostra das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Além disso, podem ser feitas visitas monitoradas, mediante agendamento no Sicom ou pelo telefone (49) 3319-4600.


Comente aqui
19 out16:34

Xiko Bracht abre exposição em Chapecó

Chapecó terá, a partir desta quinta-feira, 20 de outubro, a primeira exposição de um artista chapecoense em comemoração a 30 anos de atividade artística. Às 20h, no Centro Executivo Empresarial (Cesec), será iniciada a mostra “Xiko Bracht, 30 anos de vida artística – Série Os Guerreiros”. A exposição permanece até o dia 4 de novembro.

A partir desta exposição as três entidades empresariais que formam o condomínio Cesec – Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom) – passam a destinar os corredores do local para eventos artísticos.

Integram a retrospectiva 28 painéis. Neles, são mostrados os trabalhos mais importantes do artista nas três últimas décadas. Através de fotos, essa trajetória consta da criação de obras artísticas desenvolvidas com entalhes em madeira, esculturas, troféus e monumentos. Também inclui 28 esculturas inéditas, que podem ser adquiridas pelos aficcionados pela arte. Essas esculturas, que formam a série “Os Guerreiros”, foram executadas em cortes de metal. Mostram figuras de guerreiros e retratam, especialmente, Dom Quixote. Nessas figuras, segundo Xiko, estão significados como esperança, derrotas, ilusões, perseverança e vitórias.

- Essa série apresenta uma visão das minhas lutas nos últimos 30 anos e também retratam, por isso, a dificuldade de se manter ativo e criativo na área artística – disse.


Comente aqui