Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chapecoense busca ponto em Pelotas

28 de agosto de 2011 1

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense joga neste domingo, às 16horas, em Pelotas, contra o Brasil-RS, pela segunda rodada do returno da Série C do Campeonato Brasileiro. Com sete pontos, junto com o Brasil, o time do Oeste Catarinense tenta se manter entre os dois primeiros da Chave D. O Joinville é o líder, com nove pontos.

Para este jogo Mauro Ovelha tem quatro desfalques. Dois deles, Groli e Diogo Roque, eram titulares. De Lazzari e Leozinho estavam na reserva.

Quem ganha chance no time titular são o volante Diego Felipe e o zagueiro Kleber Goiano. Como a Chapecoense tem saldo melhor do que os gaúchos, um empate já é considerado um bom resultado.

O zagueiro Dema disse que o Verdão sabe que vai enfrentar um adversário forte e a pressão da torcida, mas para isso conta com um grupo experiente.

– Sabemos que temos condições e vamos jogar tudo nesta partida – avaliou.

O goleiro Rodolpho, que foi um dos destaques na vitória por 3 a 1 no primeiro confronto entre os dois times, destaca a força do grupo, que tem sido decisiva.

– Quando um não está bem o outro resolve – destacou o goleiro do Verdão.

Rodolpho afirmou que o trabalho de preparação dos goleiros tem dado resultado nos jogos, pois tem feito defesas decisivas. Ele espera novamente ter um bom desempenho neste domingo.

O presidente do clube, Sandro Pallaoro, avalia que até uma derrota por um gol de diferença pode servir, desde que o time vença os dois últimos jogos em casa, contra Joinville e Caxias.

– Não podemos é tomar goleada.

A Chapecoense vai jogar com Rodolpho; Kleber Goiano, Dema e Amaral Rosa; Medina, Diego Felipe, Everton Cezar, Neném e Aelson; Jean Carlos e Neílson.

Comentários (1)

  • P.A diz: 28 de agosto de 2011

    Pelamordedeus presidente, que pensamento é esse …”não podemos ser goleados’ por mais que se possa considerar como uma verdade infima, jamais pode externar um pensamento tão pequeno como esse, nao tem o que falar fica quieto, o silêncio (omissão) é uma ação digna de inteligêntes. Se tens um pensamento desses contra um Brasil de Pelotas (todo respeito ao clube) com quem pensarás diferente, Temos é que ir pra cima deles ou de quem quer que seja (pelo menos no discurso), vencer e se possivel golear, vamos pensar grande minha gente, jogadores, direção e torcedores, que por sinal agora quem tem um canal aberto ninguem envia comentario ou participa, preferem ficar chorando espaço pra cronica do litoral, caiam na real, quem são eles ?? pra mim isso é sindrome de coitadismo, sejamos mais nós, nosso povo nunca precisou de ninguem pra vencer, alias a premisa é contraria. Abraçõ a todos, bom domingo com uma goleada do verdão.

Envie seu Comentário