Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chapecoense perde na estreia da Copa do Brasil

14 de março de 2012 2

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Um gol aos 46 minutos do segundo tempo, contra o São Mateus deu a esperança para a Chapecoense tentar a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. Mesmo com a derrota por 2 a 1 no Espírito Santo, o time catarinense pode obter a vaga com uma vitória por 1 a 0 no jogo de volta, quarta-feira que vem, no Índio Condá. Isso porque o gol fora de casa vale mais nos critérios de desempate.

Daniel Cavagnoli / Assessoria Chapecoense / Divulgação

O gol que praticamente valeu por dois foi marcado pelo atacante João Paulo, que não vinha sendo aproveitado pelo ex-técnico Gilberto Pereira e foi chamado às pressas pelo técnico interino Cadu Gaúcho.

Distante mais de 1,5 mil quilômetros de Colatina-ES, o novo técnico da Chapecoense, Itamar Schulle, ouviu a Chapecoense acompanhou a partida pela internet, em sua casa, em Novo Hamburgo.

Durante o dia ele chegou a trocar informações com o técnico interino, Cadu Gaúcho. Schulle ouviu o time levar uma pressão do São Mateus no início da partida. A Chapecoense voltou a apresentar as mesmas dificuldades que vinha apresentando com o técnico Gilberto Pereira, que foi demitido na segunda-feira. Com muitos erros de passe e pouca criatividade o time catarinense foi dominado pelo São Mateus. Hiroshi arriscou duas vezes e Nivaldo evitou o gol. Depois foi Kiko que deixou escapar a chance de marcar para o time capixaba. A insistência deu resultado pois o zagueiro Fabiano acabou cometendo pênalti.

Marcelo Pelé cobrou e abriu o placar em favor do time do Espírito Santo, aos 34 minutos. A Chapecoense teve uma chance de empatar três minutos depois, em cobrança de falta de Neném, que bateu na trave.

No segundo tempo a Chapecoense melhorou mas novamente parou na trave com Leandrinho, após cobrança de escanteio, e Neném, em nova cobrança de falta. Cadu Gaúcho tentou o empate colocando os atacantes João Paulo e Barbosa no lugar de Eliomar e Gustavo.

No entanto as mudanças não deram resultado. O São Mateus voltou a pressionar. Num contra-ataque o goleiro Nivaldo salvou. Mas ele não conseguiu evitar o segundo gol dos capixabas, com Bruno Alemão, aos 34 minutos do segundo tempo. A derrota por 2 a 0 sem marcar fora de casa deixava a Chapecoense numa situação difícil de reverter. Mas o gol de João Paulo deixa o time do Oeste numa situação boa. –Com o apoio da nossa torcida vamos reverter o placar- prevê o atacante Eliomar.

O goleiro Nivaldo destacou que o gol no final ajudou muito e acredita numa reação do time, que não vence há oito jogos. –Com a chegada do novo treinador vamos tentar arrumar a casa- disse.

FICHA TÉCNICA

SÃO MATEUS -2

Robson Bahia; Bruno Alemão, Gel Baiano (Kell), Fabiano, Gil Baiano; Rincon, Wallace, Diego (Bombom), Kiko; Hiroshi, Marcelo Pelé (Baru).

Técnico: Marcelo Cabeção

CHAPECOENSE -1

Nivaldo; Fabiano, Leonardo, Souza; Gustavo, Diogo Roque, Diego Teles, Neném, Esquerdinha; Eliomar (João Paulo), Leandrinho (Jean Carlos).

Técnico: Cadu Gaúcho (interino)

Gols: Marcelo Pelé (SM), aos 34 minutos do primeiro tempo; Bruno Alemão (SM), aos 34 minutos e João Paulo (C), aos 46 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Hermam Brumel Vani e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Cartões amarelos: Diogo Roque (C), Hiroshi, Kiko e Gil Baiano(SM).

Expulsão: Hiroshi (SM), aos 39 minutos do segundo tempo.

Local: Estádio Justiniano Silva, em Colatina/ES

Comentários (2)

  • Alessandro de Indaial diz: 15 de março de 2012

    Verdão perdeu os trilhos.

    O único jogo bom da Chapecoense foi contra o Figueirense.

    É muito pouco tempo para a Chapecoense melhorar tanto.

    Se bem que piorar, é quase impossível.

  • Gilmar diz: 15 de março de 2012

    Até aquele matungo fazendo gol,João Paulo é muito ruim,mesmo que fez gol tem que ficar fora do grupo,eu acompanho todos os jogos do verdão e vejo esse mascarado se negar da bola quando é lançada para ele,é ruim mesmo e agora vão dizer que ele é bom pq fez um gol,acórda diretoria

Envie seu Comentário