Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Schulle quer recuperar confiança da Chapecoense

15 de março de 2012 0

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Com atraso de 1h15, devido ao trânsito na viagem de Novo Hamburgo para Chapecó, o novo treinador da Chapecoense, Itamar Schulle, foi apresentado nesta quinta-feira em Chapecó. Em compensação ele considera que não chegou tarde para recuperar a Chapecoense, que não vence há oito jogos, sete no estadual e um na Copa do Brasil.

-Ninguém somou todos esses pontos sem ter qualidade- disse o novo comandante, em relação aos 21 pontos que o time tem no Catarinense. Schulle disse que vai conversar com os jogadores e demonstrar que eles têm capacidade. O treinador afirmou que alguns atletas podem estar passando por mau momento e que sua missão é recuperar a autoconfiança do time.

Sirli Freitas / Agência RBS

O perfil do novo treinador indica que ele é exigente e disciplinador, mais ao estilo de Mauro Ovelha e diferente do antecessor Gilberto Pereira, que tinha um estilo mais “bonachão’. –Tem que ter trabalho, luta, empenho e dedicação- afirmou. Para ele nenhum jogador pode se acomodar por achar que é titular.

Ele preferiu não comentar sobre a derrota de quarta-feira na Copa do Brasil, por 2 a 1, para o São Mateus, pois não assistiu ao jogo. –Não vou comentar pelo que os outros falam- argumentou. Apenas afirmou que o resultado é reversível. Mas prefere se concentrar no jogo de domingo, em casa, contra o Marcílio Dias.

Schulle disse que, a partir de domingo, começa uma série de seis decisões para a Chapecoense. Ele considera que a Chapecoense tem condições de disputar o título. –Foi por isso que eu vim para cá- declarou.

Sobre a necessidade de reforços, disse que primeiro vai conversar com a diretoria. O treinador deve assinar contrato até o final da Série C do Campeonato Brasileiro. A delegação da Chapecoense iria retornar do Espírito Santo durante a madrugada.

Envie seu Comentário