Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Athos está entrosado

30 de março de 2012 1

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Em apenas uma semana em Chapecó o meia Athos já caiu nas graças da torcida da Chapecoense e se considera adaptado e feliz na nova cidade. –Fui muito bem acolhido aqui- disse o jogador, que participou dos quatro gols da Chapecoense na vitória contra o Joinville, quarta-feira.

Sirli Freitas / Agência RBS

Ontem ele já foi reconhecido no restaurante onde almoça diariamente. –Foi muito legal- explicou.

Depois do treinamento, foi com a mulher Camila no Shopping da cidade. Aproveitou para dar uma olha nos filmes em cartaz, pois um de seus passatempos preferidos é ir ao cinema. Tanto o jogador quanto a mulher, Camila, estão gostando da cidade. O filho, Matheus, já está na Escola Adventista e numa escolinha de futsal.

Por enquanto os três estão morando no Hotel Eston. Mas a intenção é procurar um local definitivo, caso seja ampliado o empréstimo junto ao Juventude, que é de apenas três meses. –Desde que cheguei disse que queria disputar a Série C- explicou. Afinal, o jogador já tem experiência na competição, pela qual foi campeão em 2006, pelo Criciúma, quando formada a dupla de meio-campo com Douglas. Agora, ele espera repetir o sucesso junto com Neném, com quem também atuou no Criciúma. Os dois se acertaram muito bem na partida contra o Joinville.

– Ele é inteligente e nos complementamos pois ele é canhoto e eu sou destro- explicou.

Para o meia de 31 anos, a Chapecoense vai chegar nas semifinais do Catarinense e vai brigar pelo título. Ele citou que o time é qualificado, está unido, e tem muita força nos jogos em casa. O jogador também recebeu elogio do técnico Itamar Schulle, que o indicou para a direção. -Sabíamos que era um jogador que iria acrescentar qualidade, movimentação e um passe de excelência- destacou o treinador.

Athos foi dispensado do Juventude após a derrota por 7 a 0 contra o Inter, no Campeonato Gaúcho. Ele considera que foi “bode expiatório”, pois não teve culpa nos gols. A Chapecoense foi um dos oito clubes que recebeu proposta. Optou pelo clube catarinense pois considera vem disputando várias competições e tinha boas referências.

- Há dois ou três anos já vinha recebendo sondagens- lembrou. O meia sonha até em eliminar o Cruzeiro na Copa do Brasil. E pretende jogar num clube de Série A do Brasileiro ou voltar a jogar no exterior. –Se tiver oportunidade, tudo bem, senão estou feliz aqui- ponderou.

Comentários (1)

  • canelinha verdão diz: 31 de março de 2012

    Athos tem tudo pra dar certo, é um excelente jogador e parece ser boa pessoa também.
    VAMOS VERDÃO, VAMOS SER CAMPEÕES!!!

Envie seu Comentário