Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Maldição da camisa 7 no Verdão

31 de março de 2012 0

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense viajou no início da tarde de ontem para Blumenau carregando na mala um objeto que está trazendo temor para o grupo: a camisa 7. Nas últimas cinco rodadas, quatro jogadores que vestiram esse número não terminaram a partida. A maldição começou com Diogo Roque, contra o Brusque. Depois passou para William, contra o Marcílio Dias, Wanderson, contra o Figueirense, e Diego Teles, contra o Joinville. Só o zagueiro Fabiano, dono da camisa 3, que foi expulso contra o Marcílio Dias, não pertence ao conjunto.

A “coincidência” gerou brincadeiras entre os jogadores. -A maldição do 7 está vindo- brincou Wanderson, que pode novamente utilizar este número na partida contra o Metropolitano. Ele que cumpriu suspensão contra o Joinville, deve retornar ao time na vaga de Diego Teles, que acabou levando cartão vermelho.

O volante espera que não seja mais uma vez vítima da perseguição do cartão vermelho ao número maldito. Diogo Roque foi mais esperto e começou a jogar com a número 2. Quem não quer saber de número azarado é o técnico Itamar Schulle.

-Isso não é por causa do número sete, é pela imprudência que estamos tendo ao levar o primeiro cartão amarelo- rebateu o treinador. -Se começarmos com superstição daqui a pouco teremos que trazer a mãe Diná- completou.

Schulle deve promover apenas a entrada de Wanderson no lugar de Diego Teles para o confronto contra o Metropolitano. O objetivo é dar um padrão de jogo ao time, que venceu três das quatro partidas sob o comando do novo treinador.

O zagueiro Souza continua fora pela suspensão preventiva do Tribunal de Justiça Desportiva, em virtude do lance em que o atacante Héber fraturou a tíbia e fíbula. O julgamento do caso será na próxima terça-feira.

CINCO EXPULSOS NO RETURNO, QUATRO COM A CAMISA 7

4/3: Chapecoense x Brusque: Diogo Roque atua com a 7 e é expulso

18/03: Chapecoense x Marcílio Dias: Dois jogadores da Chapecoense foram expulsos, William, que usava a 7 e, Fabiano, com a 3

25/03: Figueirense x Chapecoense: Wanderson, com a 7, é expulso

28/03: Chapecoense x Joinville: Diego Teles, que usou a camisa 7, é expulso

Envie seu Comentário