Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 4 abril 2012

Chapecoense treinou pela manhã e faz trabalhos à tarde

04 de abril de 2012 0

[Atualizado 14h42]

O time renovado e comandando por Itamar Schulle treinou pela manhã no Campo do Trevo. Os trabalhos desta quarta-feira continuam à tarde.

A Chapecoense treina a partir das 17h na Arena Condá.

Os valores dos ingressos para a partida já foram definidos e começam a ser vendidos nesta quinta-feira.

Chapecoense vai recorrer no caso Souza

04 de abril de 2012 0

O departamento jurídico da Chapecoense deve entrar vai recorrer no caso Souza. O recurso será encaminhado até o final da tarde desta quarta-feira, quando expira o prazo para a interposição de pedido de revisão da sentença em instância superiora.

A Diretoria da Chapecoense esteve representada no julgamento pelos advogados Marcelo Zolet e Wanderley Godoy Júnior.

Sirli Freitas / Agência RBS

O zagueiro Souza da Chapecoense foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina até que o atacante Héber, do Figueirense, esteja recuperado, ou por um período máximo de 180 dias.

Definidos valores dos ingressos para Chapecoense x Atlético de Ibirama

04 de abril de 2012 1

A Diretoria da Associação Chapecoense de Futebol definiu, na noite desta terça-feira, os valores dos ingressos para a partida Chapecoense x Atlético de Ibirama, válido pelo Campeonato Catarinense. O jogo será às 16h do domingo de Páscoa, dia 8 de abril, na Arena Condá.

Nesta partida, mulheres, aposentados, crianças de 8 a 12 anos e estudantes pagam meio ingresso.

Os valores serão os seguintes:

Cadeiras: R$ 60

Cobertas: R$ 40

Geral: R$ 30

Importante

Como o Campeonato Catarinense 2012 está chegando nas partidas finais, e levando em conta o número de jogos da Chapecoense a Diretoria informa que os novos sócios, que se associarem a partir do dia 4 de abril, só terão acesso ao estádio se pagar, antecipadamente, três mensalidades.

- Temos a compreensão de que se trata de uma medida extrema em relação a novos sócios, mas que, infelizmente, teve de ser tomada, como forma de evitar os espertalhões que, aproveitando outros bons momentos da equipe, fizeram suas carteiras apenas para um ou dois jogos – explicou o Presidente da ACF, Sandro Pallaoro.

Segundo o dirigente, imediatamente após o final do Campeonato Catarinense, a forma de associar-se ao clube volta à normalidade.

Os ingressos para o jogo contra o Atlético de Ibirama começam a ser vendidos nesta quinta-feira, dia 5.

Eles vão estar disponíveis nos seguintes locais: Palácio dos Esportes, Maidana Esportes, Posto de Marco e Sensação do Mate do Shopping Pátio Chapecó.

Campeonato Catarinense 2012 registra 497 cartões em 80 jogos

04 de abril de 2012 0

O Campeonato Catarinense pode ter uma vaga às semifinais decidida pelos cartões. Para que isto aconteça, basta que duas equipes terminem empatas em vitórias, saldo de gols, número de gols marcados e confrontos diretos para que o quinto e o sexto critérios de desempates (menor números de vermelhos e de amarelos recebidos, respectivamente) entrem em cena. Se ainda assim permanecer a igualdade, o jeito será usar o sorteio. Uma situação inusitada, mas que pode acontecer e definir o futuro da competição.

No Catarinense 2012 os árbitros já repetiram este gesto, de levantar as mãos para o alto com o cartão, 497 vezes. (Jessé Giotti / Agência RBS)

A medida foi adotada na formulação do regulamento do campeonato para incentivar o fair play e inibir as jogadas violentas. Mesmo assim, em 80 jogos disputados, os árbitros já aplicaram 459 cartões amarelos aos 10 times da disputa — uma média de 5,7 por partida. Outros 38 cartões vermelhos foram apresentados — média de 0,47 por jogo.

A Chapecoense apresenta o maior número de vermelhos — com sete cartões, sendo que Wanderson e Diego Teles bateram o recorde com dois vermelhos cada. O Verdão do Oeste, quarto colocado do returno e segundo na classificação geral, também apresenta um número alto de cartões amarelos: 43.

A equipe do Joinville, líder do returno, possui quatro cartões vermelhos e 40 cartões amarelos. É do Joinville também o jogador recordista em amarelos no campeonato, o volante Carlos Alberto de Oliveira com nove cartões.

Atrás do JEC na classificação geral e no returno, o Criciúma possui menos cartões vermelhos do que o Tricolor, mas um dos mais altos números de amarelos: 49.

Já o Avaí, quinto no returno e na luta por vaga às semifinais, e a apenas um ponto da Chapecoense, que tem 11 pontos, e pode precisar dos cartões para um possível desempate. A equipe já apresenta quatro cartões vermelhos na competição, exatamente o mesmo número de cartões de Metropolitano e Atlético-Ib, que estão logo atrás da equipe azurra na tabela, com dez pontos. Porém, os três times desempatam em cartões amarelos: a equipe de Ibirama possui 54 amarelos, quase dez a mais do que o time de Florianópolis, com 47. O Metropolitano tem 40 amarelos.

Quadro por equipe

AMARELOS

1º) Atlético-Ib 54

2º) Marcílio Dias 53

3º) Camboriú 52

4º) Criciúma 49

5º) Avaí 47

6º) Chapecoense 43

7º) Figueirense 41

8º) Brusque 40 / Joinville 40 Metropolitano 40

VERMELHOS

1º) Chapecoense 7

2º) Marcílio Dias 6

3º) Avaí 4 / Atlético-Ib 4 / Joinville 4 / Metropolitano 4

7º) Criciúma 3

8º) Brusque 2 / Camboriú 2 / Figueirense 2

Quem mais foi amarelado

Carlos Alberto (Joinville) — nove vezes

Campeões de expulsões

Wanderson e Diego Teles (Chapecoense) — duas vezes cada

DIÁRIO CATARINENSE

Athos e Neném, a nova dupla dinâmica do Verdão

04 de abril de 2012 2

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Enquanto no cinema Batman e Robin fizeram sucesso, na Chapecoense a dupla do momento é Athos e Neném. Os dois foram os autores dos gols da vitória contra o Metropolitano e trouxeram a alegria para os torcedores de Chapecó City.

Sirli Freitas / Agência RBS

Athos, aliás, vem sendo o menino prodígio no time de Itamar Schulle, onde participou dos últimos seis gols do time. Já Neném, que vinha solitário na função, ganhou um companheiro que acabou fortalecendo seu futebol. –Eu vinha tendo uma sobrecarga de buscar e armar- lembrou Neném.

Foi o treinador Itamar Schulle, que chegou há cinco jogos, quem identificou o problema e sugeriu a contratação de Athos. No primeiro jogo a dupla não conseguiu a afinação ideal e a Chapecoense levou 3 a 0 do Figueirense. Mas nos seguintes vence o Joinville por 4 a 1 e, o Metropolitano, por 2 a 0. A atuação da dupla chamou a atenção pela movimentação.

-O Neném é um jogador inteligente e de qualidade, aí fica fácil jogar- elogiou. O bom entendimento entre ambos não é de graça. Os dois já atuaram juntos no Criciúma, na Série B de 2005, no vice-campeonato estadual de 2007 e, na Série B de 2007.

-A gente já tinha esse entrosamento- explicou Neném.

O meia lembra que não era titular mas entrava em vários jogos e fez boas partidas ao lado de Athos. Neste estadual, Neném atuou em todas as partidas. Mas vai ficar fora do jogo de domingo, contra o Atlético de Ibirama, pois estará suspenso pelo terceiro cartão amarelo que levou em Blumenau.

Momentaneamente a parceria terá que ser desfeita. Mas promete retornar na última rodada e buscar mais uma final de ambos, para a alegria da Chapecoense. Os dois meias querem o bicampeonato. Athos foi campeão pelo Criciúma em 2005. Neném foi campeão no ano passado, pela Chapecoense. –Vamos buscar entrar entre os quatro e depois tentar o bicampeonato- afirmou Athos. Adversários, tremei.