Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Semifinal do Catarinense: Chapecoense x Avaí

28 de abril de 2012 0

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Não é apenas a vaga para a final do Campeonato Catarinense de 2012 que está em jogo no confronto deste domingo entre Avaí e Chapecoense, no Índio Condá. Para o time do Oeste está em jogo a consolidação entre os grandes de Santa Catarina, a terceira final em quatro anos, a possibilidade de disputar a quarta Copa do Brasil e potencial de ganho que pode superar meio milhão de reais.

-Teríamos um ganho de pelo menos R$ 500 mil – calcula o presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro. Esse valor seria entre acréscimo de patrocínios, renda e verba de apoio da Confederação Brasileira de Futebol.

Neste ano o clube ganhou R$ 120 mil por fase na Copa do Brasil. Como foram duas fases, foram R$ 240 mil. Além disso, a CBF banca 23 passagens e o deslocamento. A bilheteria da Copa do Brasil não renderia muito se a Chapecoense enfrentasse um time desconhecido, como foi contra o São Mateus. Mas uma classificação para fases seguintes representaria mais ganhos, principalmente se enfrentasse clubes como Grêmio ou Internacional.

A competição também facilita a contratação de jogadores, que veem a competição como uma vitrine.

Outro ganho seria com a renda da final do Campeonato Catarinense, que poderia chegar a R$ 200 mil se fossem vendidos todos os ingressos, de acordo com cálculo do gerente de futebol do clube, Carlinhos Almeida.

O gerente disse que chegar numa nova final consolidaria a Chapecoense como uma das forças do futebol de Santa Catarina, manteria o time no cenário nacional e também melhoria a posição do clube no ranking da Copa do Brasil. O supervisor Chinho Di Domenico disse que, em três participações, o clube passou da posição 125 para 105 e a expectativa é ficar entre os 100 melhores na próxima edição.

O número de sócios também aumentaria. No ano passado o clube tinha 3,5 mil sócios. Neste ano, subiu para cinco mil. O presidente Sandro Pallaoro prevê um acréscimo de mil a 1,5 mil sócios caso o clube chegue a uma nova final. – Mas primeiro temos que passar pelo Avaí- ressaltou.

Montagem sobre foto de Edu Cavalcanti/Agência RBS

MINUTO A MINUTO

FICHA DO JOGO

Chapecoense

Rodolpho, Souza, Leonardo, Fabiano, Diego Teles, Willian, Esquerdinha, Eliomar, Neném, Athos e Éber.

Técnico: Itamar Schulle

Avaí

Diego, Renato Santos, Leandro Silva, Arlan, Aelson, Mika, Pirão, Robinho, Cleber Santana, Felipe Alves e Maurício.

Técnico: Hemerson Maria

Arbitragem: Paulo Henrique de Godoy Bezerra, auxiliado por Angelo Rudimar Bechi e Eder Alexandre

Horário: 16h

Local: Arena Condá – Chapecó/SC

Envie seu Comentário