Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vaná aumenta a briga na meta da Chapecoense

30 de maio de 2012 0

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Se a disputa no gol da Chapecoense já era grande, entre Rodolpho e Nivaldo, ela promete aumentar com a chegada de Vaná, goleiro que veio emprestado do Coritiba/PR.

Sirli Freitas/Agência RBS

Ele disputou o Campeonato Gaúcho pela Universidade, onde atuou em nove jogos. O jogador de 21 anos é natural de Planaltina, passou pelas categorias de base do Gama e Atlético Paranaense e profissionalizou-se no Coritiba.

De acordo com o diretor de futebol Cadu Gaúcho, o clube buscou um novo goleiro após a lesão de Nivaldo, que fraturou uma costela no início do mês durante uma dividida no treinamento.

– Estou com azar – chegou a lamentar o jogador de 38 anos, num de seus treinamentos de recuperação. Ele era titular no Campeonato Catarinense e perdeu o posto devido a uma lesão muscular. Ele voltou a treinar com bola nesta semana. Com o adiamento da estreia na Série C, em virtude de uma briga judicial entre Brasil/RS e Santo André, acabou sendo beneficiado para entrar novamente na briga pela camisa número um.

No final do Catarinense, Rodolpho, que também havia ido para o banco depois de uma lesão no início do ano, voltou a ser titular. Ele foi um dos destaques do time na conquista do título de 2010.

E tem ainda Juliano, que foi goleiro reserva de Nivaldo na conquista do Campeonato Catarinense de 2007. Ele até teve uma chance em 2010, entre a lesão de Nivaldo e a vinda de Rodolpho, mas não conseguiu se firmar no time titular.

Mesmo com tanta concorrência, Vaná não desanima.

–Vou trabalhar e deixar a critério do treinador- disse.

Para o recém chegado ao clube, a briga pela titularidade é saudável. –Quem ganha é a Chapecoense- afirmou.

Verdão faz jogo-treino

Nesta quarta-feira a Chapecoense faz um jogo treino no estádio municipal de Itá, às 15 horas, contra o Concórdia Atlético Clube. O Concórdia está em preparação para a Segundona Catarinense. Este é o segundo amistoso da Chapecoense em preparação para a Série C. No primeiro confronto, há duas semanas, o time de Itamar Schulle empatou por 4 a 4 com o time Sub 23 do Atlético Paranaense, em Curitiba. A Chapecoense aguarda alguma ação da CBF para saber quando e contra quem vai estrear na Série C.

Envie seu Comentário