Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Verdão estreia com vitória, de virada, em casa

08 de julho de 2012 0

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

No primeiro confronto entre Chapecoense e Vila Nova/GO , o time da casa se deu melhor. O Verdão fez 3 a 2 em cima do time goiano e garantiu a alegria dos mais de três mil torcedores que foram até a Arena Condá em Chapecó.

Sirli Freitas/Agência RBS

Em menos de um minuto após cobrança de escanteio pelo lado direito a Chapecoense quase abriu o placar. Fabiano não alcançou e a zaga do Vila cortou.

O atacante Lê fraturou o nariz durante uma divida. Ele foi atendido pelo médico da Chapecoense Carlos Mendonça quem confirmou a fratura. Ele saiu de ambulância direto para o Hospital. No lugar dele o técnico Itamar Schulle colocou Thuram.

Após este lance Rafael Vaz cobrou bem a falta, mas Souza estava bem colocado na zaga do Verdão e cortou a bola.

Aos 16 minutos Rafael Carioca recebeu a bola no meio de campo e chutou bonito e quase abre para o Vila, mas Rodolpho estava bem atento e salvou.

Nos 22 minutos o meia Neném que estava no banco recebeu cartão amarelo. Ele reclamou com o bandeirinha do lance em que Lê quebrou o nariz e o juiz nem marcou falta.

Três minutos depois após o escanteio de Evandro pelo lado direito a bola sobrou para ele que cruzou e Toninho marcou o primeiro gol do Vila na partida.

Na primeira etapa a Chapecoense começou melhor, mas no fim da etapa não conseguiu virar. E o primeiro tempo terminou assim: Chapecoense 0 x 1 Vila Nova.

Segundo Tempo

Na segunda etapa o Vila Nova voltou sem alterações. Já na Chapecoense o meia Neném entrou no Dudu.

Aos dois minutos a Chapecoense quase abre. Athos fez uma boa jogada com Eliomar que chutou bem, mas o goleiro Julio Cesar fez uma bela defesa. Depois foram dois escanteio seguidos e o Verdão tentou mas não conseguiu finalizar.

Aos cinco minutos o zagueiro Leonardo marcou o gol de empate. Dois minutos depois o atacante Eliomar marcou o segundo da Chapecoense na partida.

O Verdão entrou melhor em campo na segunda etapa.

Aos 33 minutos Wanderson marcou pênalti em cima de Rafael Vaz do Vila. O juiz autorizou a cobrança e aos 34 minutos Rafael marcou o gol do empate.

Dois minutos depois o atacante Thuram marcou um belo gol. O goleiro Julio César não teve defesa. Chapecoense 3 x 2 Vila Nova.

Aos 45 minutos o goleiro Rodolpho fez uma bela defesa após o chute de Pedro Júnior. Uma bela defesa de Rodolpho que no final do jogo comprovou a sua boa atuação nesta partida em casa e na frente da torcida.

E após os quatro minutos de acréscimo o juiz Fábio Filipus apita e termina a partida. Chapecoense 3 x 2 Vila Nova.

Ficha do jogo

Chapecoense -3

Rodolpho, Fabiano, Leonardo, Souza, Rafael Mineiro, Dudu (Neném), Wanderson, Athos, Eliomar, William e Lê (Thuram) (Chicão).

Técnico: Itamar Schulle

Vila Nova – 2

Julio Cesar, Evandro (Jorginho), Rafael Vaz, Toninho, Carioca, Cesar Gaúcho, Luiz Maquez, Ricardinho (Cairo), Anderson (Nego), Marion e Pedro Junior.

Técnico: Robélio Schneiger

Gols:

Toninho (25min 1ºT), Rafael Vaz (34min 2º T) Vila Nova

Leonardo (5min 2º T), Eliomar (7min 2ºT), Thuram (35min 2ºT) Chapecoense

Cartões Amarelos:

Neném, Athos, Wanderson (Chapecoense)

Anderson, Nego, Toninho (Vila Nova)

Arbitragem: Fábio Filipus, auxiliado por Carlos Henrique Selbach e Maurício Silva Penna.

Local: Arena Condá – Chapecó/SC

Público: 3.702

Renda: R$ 28.970 mil

Envie seu Comentário