Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Confronto entre velhos conhecidos

15 de julho de 2012 0

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense praticamente enfrenta seu ex-time no domingo, às 15 horas, em Caxias do Sul, pela terceira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Do time campeão Catarinense de 2011 estão no clube gaúcho o técnico Mauro Ovelha, o preparador físico Alexandre Andreis, o atacante Neílson, os volantes Everton Garroni e Diogo Roque e o lateral Badé. Outros com os atacantes Adriano e Rafael Santiago e o zagueiro Neguette também passaram pelo time do Oeste.

-Eles nos conhecem e nós também conhecemos eles- afirmou o técnico da Chapecoense, Itamar Schulle, que perdeu a final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho para o Caxias, quando treinava o Novo Hamburgo.

A Chapecoense também tem vários remanescentes do título do ano passado, como o meia Neném, o zagueiro Fabiano e o goleiro Rodolpho. Para Schulle, o problema não é os times se conhecerem muito bem.

-Jogar no Centenário é difícil, até para Inter e Grêmio- afirmou o técnico. A Chapecoense está em terceiro lugar no grupo B, com quatro pontos em dois jogos. O Caxias tem um ponto a menos.

Schulle deve ter apenas duas alterações em relação ao time que venceu o Vila Nova, no domingo passado. O meia Neném entra no lugar de Eliomar, que está cuidado da filha Sofia, que continua hospitalizada. No ataque Thuram entra no lugar de Lê, que teve uma fratura de nariz no jogo passado. Lê e Eliomar são apenas dois dos cinco desfalques no ataque da Chapecoense. Éber e Mateus Paraná também estão lesionados e Cristiano foi liberado para o casamento, em Minas Gerais.

No banco contra o Caxias haverá apenas Leandro, de 19 anos, que é das categorias de base do clube. A Chapecoense defende a invencibilidade em Caxias do Sul.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE

Rodolpho

Fabiano

Leonardo

Souza

Rafael Mineiro

Dudu

Wanderson

Athos

Neném

William

Thuram

Técnico: Itamar Schulle

CAXIAS

Paulo Sérgio

Michel

Jean

Lino

Mateus

Umberto

Diogo Roque

Garroni

Diniz

Adriano

Neilson

Tecnico: Mauro Ovelha

Horário: 15 horas

Arbitragem: Alinor Silva da Paixão e auxiliado por Carlos Nogueira Junior e Alberto Poletto Masseira

Local: Estádio Francisco Stédile, em Caxias do Sul

Envie seu Comentário