Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Troca de comando no Verdão

11 de setembro de 2012 0

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Gilmar Dal Pozzo é o novo técnico da Chapecoense. A contratação foi confirmada pelo diretor de futebol Mauro Stumpf, após a saída de Itamar Schulle do clube. O técnico de 43 anos que atuou como goleiro e estava no comando do Veranópolis/RS, deve ser apresentado na tarde desta terça-feira em Chapecó.

Sirli Freitas/Agência RBS

A saída de Schulle do clube foi tranquila. Após a derrota por 1 a 0 para o Vila Nova/GO, ele declarou em entrevista na rádio que deixaria o cargo a disposição. E em conversa com a diretoria no começo da tarde da segunda-feira foi confirmada da saída do treinador.

- Resolvemos manter a decisão dele nome – disse o diretor de futebol Mauro Stumpf.

Também deixou o clube, o auxiliar técnico, Gerson Gusmão. Schulle, que completaria seis meses no comando do Verdão na sexta-feira, dia 14, vai ficar em Chapecó até receber proposta de uma nova equipe.

A Chapecoense está em sexto lugar no Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro com 16 pontos. É a mesma pontuação do Caxias, próximo adversário da equipe. O time gaúcho tem uma vitória a mais que a Chapecoense. A partida com a equipe que já foi defendida por Dal Pozzo em 2000 quando foi campeão gaúcho, será no sábado, dia 15, na Arena Condá.

Mais novidades no Verdão

Outra novidade na equipe é a provável estreia do atacante Rodrigo Gral no jogo do sábado em casa. O nome dele foi inscrito no Boletim de Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol nesta segunda-feira.

Entrevista

Diário Catarinense – Como foi a saída do clube?

Itamar Schulle – Foi tranquila. A Diretoria aceitou o meu pedido e só tenho a agradecer a equipe e a torcida da Chapecoense por esse período que estive aqui.

DC – Como avalia esses seis meses na Chapecoense?

Schulle – Fiz o meu melhor e gostaria de pedir desculpas se ofendi alguém com as declarações do último sábado.

DC – Vai continuar morando em Chapecó?

Schulle – Sim. Minhas filhas estudam aqui e quero aproveitar esse tempo também para cuidar da minha saúde. Fico na cidade até aparecer uma nova proposta.

Envie seu Comentário