Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Serena campeã, Bruno vice

09 de setembro de 2013 5

A russa Azarenka correu, lutou e jogou muito, mas não teve jeito. Serena venceu, parciais de 7×5 6×7 6×1.

O resultado mostra bem o que foi a partida. Dois sets bem jogados e muito equilibrados, mas no terceiro prevaleceu a maior força física da americana.

Nas duplas, Bruno Soares e o austríaco Peya não foram páreo para os experientes Paes e Stepanek. Enquanto o indiano de 40 anos tomou conta da rede, o tcheco sacou e devolveu muito bem.

Por sua vez, Bruno e Peya sentiram a pressão da primeira final de Grand-Slam e não jogaram seu melhor tênis. Pra piorar a situação, o austríaco ainda sentiu uma lesão na metade do segundo set e, a partir dali, não teve mais jogo.

Hoje é dia de conferir a grande final masculina. A promessa é de um duelo longo e equilibrado.

Apesar de terem estilos diferentes, Djokovic e Nadal apostam nas mesmas ‘armas’: correm muito, erram pouco e obrigam o adversário a correr ainda mais. Ganham na resistência. Ou seja, quem resistir mais, vencerá.

Comentários (5)

  • Márcio diz: 9 de setembro de 2013

    Chico, é possível Nadal ou Djokovic superarem o FEDERER em termos de conquistas??
    Abraço.
    Ah, e como é ruim ler comentários desses gemistas desesperados filhotes do paulo santana, que poluição, que nojera, modera um pouco isso…

  • LAERT diz: 9 de setembro de 2013

    A RBS, seguindo o excelente exemplo da ESPN também deveria demitir jornalistas ou dono de blogs que desvirtuam as funções para os quais foram criados e se acham no direito de taxar as pessoas que discordam de sua opinião de “idiotas fanáticos” , como foi feito neste blog. É justo, compreensível e democrático que cada pessoa, seja ela jornalista ou de outra profissão qualquer, tenha o livre direito de escolha por qualquer opção religiosa, política ou esportiva, no entanto, não é correto que, numa atitude oportunista, essas pessoas utilizem-se do meio de comunicação para denegrir a imagem de outros clubes e de torcidas que não sejam de sua preferência. O jornalista de ESPN que usou palavras ofensivas, a todos os gaúchos, foi justamente demitido. Não só ofendeu uma torcida, mas também os habitantes deste estado. Tomara que isso sirva de lição para uns e outros que se acham acima do bem e do mal. O respeito ao ser humano deve estar acima de qualquer preferência clubística, por mais fanática que seja. É dever do profissional que dispõe de uma mídia exclusiva fazer distinção entre sua atuação como integrante de uma emissora de comunicação e os torcedores de um determinado clube. Usar blog como torcedor e tripudiar aqueles que se rivalizam com suas opiniões é desvirtuar a verdadeira finalidade da existência do meio de comunicação.

  • Toiotão não é mundial diz: 10 de setembro de 2013

    Chico não de trela para este Laert,Pois ele deve ser um. gazelão de uns 80 anos,gaga e senil,Ou então é uma gazelinha de uns 13 14 anos que esta sofrendo bullying de seus amiguinhos colorado no colégio,LAERT ESQUECEU DE TOMAR TEU REMEDINHO HOJE

Envie seu Comentário