Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mais um projeto (será que agora vai?)

28 de junho de 2013 4

Em uma reunião fechada (sem a presença da imprensa), o prefeito José Fortunati apresentou um novo projeto para a conclusão do Complexo Cultural do Porto Seco, nesta sexta-feira (28/6). Participaram os secretários do Desenvolvimento e Assuntos Especiais, Edemar Tutikian, e da Cultura, Roque Jacoby, além de Evaristo Mutti, representando a União do Grupo Especial de Porto Alegre (Ungespa), e o vice-presidente da Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul (Aecpars), Érico Leoti.     
De acordo com material disponibilizado via assessoria, a nova planta prevê 42,15 mil metros quadrados de área construída, com capacidade para um público de 23,68 mil pessoas, além da infraestrutura do entorno, com iluminação fixa, sanitários…
Como diferencial, entre outros pontos (não destacados no informe oficial), está o recuo da bateria, que poderá servir de palco para grandes shows, para até 8 mil pessoas, acomodadas na arquibancada principal e na pista.
A primeira parte da obra (não dimensionada no informe oficial) será executada com recursos do município. Porém, como das vezes anteriores, não há um prazo estipulado:
–  Estamos partindo para fazer um edital de licitação o mais rápido possível – afirmou, segundo a nota, o secretário Edemar Tutikian, sem maiores detalhes sobre esse tempo.

Dados (passados no release):
_ Área construída: 42.159,51 metros quadrados.
_ Capacidade: 23.688 espectadores em áreas de frisas (espaços para mesas junto à pista ), cadeiras numeradas e arquibancadas.
_ 80 camarotes.
_ Infraestrutura no entorno inclui urbanização, iluminação especial, sanitários.
O projeto:
_ Espaço para instalação de área de alimentação em cada módulo, para atender camarote e arquibancadas individualmente.
_ Criação do recuo de bateria na área de armação.
_ Camarins com banheiros na área de concentração.
_ Arquibancada popular na área de armação (Setor 1).
_ Prédios na concentração para entidades ligadas ao carnaval, SMC, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Unidade de Saúde e DMLU.
_ Portarias com controle de acesso na entrada do complexo e na entrada dos barracões.
_ Os degraus das arquibancadas foram projetados para facilitar o trânsito e trazer mais conforto para o público.
_ Nos fundos dos camarotes haverá salas administrativas que poderão ser ocupadas durante todo o ano.
_ O projeto atende a todos os itens de segurança exigidos pelo Corpo de Bombeiros.
_ Disponibilidade de unidade de pronto atendimento, com recursos modernos.
_ Iluminação na pista será 2000 lux e deverá ficar numa altura superior as alegorias.
_ Infraestrutura para sonorização será ao longo da pista, em ambos os lados.
_ Infraestrutura para sonorização na concentração (torres).
_ Infraestrutura para controle de acesso em cada módulo, individualizado para camarotes e arquibancadas (roletas,catracas, elevadores etc).
Equipamentos que funcionarão no local:
1ª fase:
_ CAR – Centro Administrativo Regional
_ CRAS – Assistência Social – Fasc
_ Guarda Municipal
_ Telecentro
_ Centro de Referência da Juventude
_ Unidade de Saúde
_ Conselho Tutelar
_ Descentralização da Cultura
_ Sine
2ª fase:
_ Centro de Educação Integral, recebendo alunos da zona Norte para atividades como teatro, música, robótica e complementação de linguagens. Hoje 2.034 alunos da região são atendidos no turno inverso. Com este projeto, todos os 8.239 alunos das 8 escolas da região poderão ser atendidos. Passaremos de 46% para 60% de atendimento de educação integral na cidade.
_ Creche – Educação Infantil.
_ Formação Profissional: o projeto prevê espaço destinado a atividades vinculadas ao carnaval, como oficinas de treinamento e preparação de mão de obra dedicada à produção de equipamentos para o carnaval.
Sambódromo
O Complexo Cultural Porto Seco, localizado na avenida Plínio Kroeff, zona Norte, foi inaugurado, em 2004. Atualmente, a pista de desfiles tem 341 metros, sendo 12 de largura para o desfile de Carnaval. A capacidade atual atende cerca 8.500 pessoas, com praça de alimentação e controle eletrônico de entrada no local.

Considero importante e louvável a iniciativa da prefeitura, mesmo que esse seja, desde 2004, pelo menos o quarto projeto apresentado. Mas faço alguns reparos, a título de sugestão: poderia alguém, da comunidade carnavalesca, não dirigente de escola de samba, também participar da comissão, juntamente com os integrantes do executivo, e com os próprios dirigentes que já participam. Afinal de contas, os maiores interessados na conclusão do complexo são o público e a comunidade que poderá utilizar as intalações durante o ano. No mais, fico na expectativa de que seja estabelecido um prazo.

Comentários (4)

  • Luiz Roberto Corrêa diz: 28 de junho de 2013

    Sem datas fica ruim de acreditar

  • Walmir Oliveira diz: 29 de junho de 2013

    Infelizmente ,é “Piada” que os políticos fazem com o carnaval , de Pôrto Alegre.estamos entrando no 2ºsemestre de 2013, e a famosa arquibancada que o Prefeito acenou no término do carnaval de 2013,irá tudo para o “espaço” para o carnaval que se avizinha.Tudo é feito calculadamente, no próximo ano teremos eleição ,no mínimo estão guardando munição para às mesmas . Parece que o Porto Seco,nunca teve Projeto ,pois agora estão mostrando outro e o anterior onde anda !!!Isto se chama brincar com a inteligencia do povo ,ninguém vive em “ILHA”,estamos em plena era virtual ,informação de toda ordem e os mesmos não se dão conta .Se dependessem de reuniões o Projeto,já estaria praticamente pronto ,pois é o que mais fazem .Já está ficando muito triste ,quando se fala em término do Complexo Cultural do Porto Seco,por foi um verdadeiro “ENGODO”, para o povo carnavalesco. Pergunto, porque não levam às comemorações da Semana Farroupilha , para Complexo !!!Não dá nem para colocar essa situação , pois seria até uma leviandade colocar essa situação ,nós seríamos totalmente ,trucidados pelo sistema.
    setembro

  • Ilza Angonese diz: 29 de junho de 2013

    Para mim é muito dificil de acreditar uma vez que o Prefeito reunião carnavalescos e a impresnsa uma semana antes do carnaval e anunciou para o inicio de 2013 a “tal” licitação e ainda no perimeiro semestre deste ano o iniciio das obras. Bem ele tembém já havia marcado duas outras reuniões e acabou por não fazer e de repente do nada sem imprensa e sem demais participantes apresenta este projeto sem previsão de datas ..Para mim apenas mais uma promessa que não passará disto..e quem sabe desta vez ele envie o representante na Câmara de Vereadores dia 09/07 na reunião ampliada onde será debatido a Conclusão das obras do Complexo Cultural do Porto Seco, pois na audiência pública da assembléia legislativa do Estado em 14/06/2013 não compareceu assim como não não compareceram: senhor Roque Jacoby Secretário de Cultura do Municipio e nem seu adjunto Vinicius Cauriu compareceram embora tivessem sido convidados a fazer parte da mesa.Por tudo isso está cada vez mais difícil de acreditar !

  • Jesus Machado diz: 29 de junho de 2013

    Com toda estas obras sendo realizada pela cidade será difícil acreditar que o município terá verba para este projeto cultural que no ponto de vista dos administradores do município não é prioridade. esta reunião é justificativa para disser que não esquecerão da promessas de eleições passadas, vai passar mais uns anos e este projeto vai ficar para a próxima eleição. este espaço cultural vai continuar sendo construído a longo prazo cada um que entra faz um pouquinho.

Envie seu Comentário