Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Copacabana canta e dança o Carimbó do Pará

27 de janeiro de 2015 0

00a9edd6
RENATO DORNELLES
renato.dorneles@diariogaucho.com.br

Em sua estreia no Grupo Especial de Porto Alegre, a Copacabana tem um objetivo claro: permanecer na elite do Carnaval. Para tanto, é necessário que evite o rebaixamento, classificando-se entre as nove primeiras colocadas. Em década passadas, a escola havia “batido duas vezes na trave”: em 2000 e em 2001, foi vice-campeã do Grupo Intermediário A (Segunda Divisão), ficando atrás de Praiana e Bambas da Orgia, respectivamente. No ano passado, finalmente obteve o título e, consequentemente, o ascenso.
– Estamos chegando ao Especial almejando ficar – admite a presidente da escola, Dalvanice Barbosa, a Dalva.
Para encarar o desafio, a Sereia do Bairro Bom Jesus terá como tema Copacabana Canta e Dança o Carimbó do Pará, que abordará aspectos históricos, turísticos, religiosos e culturais do Estado da Região Norte do país. Criatividade também é palavra de ordem na escola.
– A fantasia das baianas do ano passado viraram “água” no carro abre-alas. Reciclagem é nosso lema – conta o carnavalesco Bira Borba, que faz parte da turma que responde pelo barracão da Copa.
Outro fator que impulsiona a escola é a o engajamento da comunidade. As alegorias estão sendo confeccionadas por moradores da Bonja. Começar cedo o trabalho também fez parte da estratégia.
– Assim que foi possível, contratamos um serralheiro e começamos a produzir a ferragem. Como escola que está chegando ao grupo, temos que trabalhar mais e começar cedo – explica Dalva.

 

A escola
Cores: azul, rosa e branco
Símbolo: Sereia
Bairro: Bom Jesus
Presidente: Dalvanice Barbosa
Carnavalesco: Bira Borba, Latinha, Márcio Vieira, Luciano e Hélio Garcia
Intérprete: Xandi Correa
Diretor de carnaval: Hélio Garcia
Diretor de bateria: Eliezer
Mestre-sala e porta-bandeira: Aderson dos Anjos e Daiane
Enredo: Copacabana Canta e Dança o Carimbó do Pará

Como vai
A Sereia, símbolo da escola, terá movimentos no abre-alas. A segunda alegoria representará o Marcado Ver-o-Peso, ponto turístico e cultural da capital paraense. O tambor do carimbó e o teatro de Belém também virão em carros alegóricos.

O samba
Autores: Edson Vieira, Victor Nascimento, Andy Lee e Roberto Nascimento
Copacabana Canta e Dança o Carimbó do Pará

Às margens da baia de Guajará
Na ocupação portuguesa surgiu
Santa Maria de Belém do Pará
Foi lá que a criação tupinambá miscigenou
E desse encontro de culturas
Uma dança se propagou
Evolução de uma arte que fez Belém crescer
Prosperidade social e cultural
A capital paraense virou praça comercial

Ao som do tambor, marcação do compasso
Abre a roda pra ela passar… Iara
Cidade hospitaleira, da seiva da seringueira
A Bonja vai te abraçar

Se encantar…
Contar em samba a sua economia
O ciclo da borracha impulsionou
Mais empresas, construções… valorizou
Sublime arquitetura
Herança pra gerações futuras
No costume de um povo, alegria…
O folclore traduz emoção
Na grandiosa manifestação de fé
Com a procissão do Sírio de Nazaré
É corda, é manto, é vela…
Em romaria pra seguir viagem
A essa terra de anjinhos
Milagres e promessas
A Copa rende homenagem

Olha o rendado da saia girando (olha aí)
Vem ver… deixa girar
Copacabana, meu amor maior…
Comunidade vem dançar o carimbó

Envie seu Comentário