Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Liberdade

12 de fevereiro de 2016 0

Confesso que me entristeceu.

brincando1

Estava lanchando em um estabelecimento quando do outro lado da rua, vi duas crianças e um adolescente pedalando, rindo dentro de um estacionamento do condomínio.

Lembrei de quando eu era criança, brincava na rua, bola de gude, carrinho de rolimã e sim,
pedalava pelas ruas da cidade.

O que mudou de lá para cá?
-O aumento do número de carros e motos nas ruas.
-O aumento das velocidades nas ruas.
-O aumento de bêbados nas ruas,
-O aumento da impunidade….

Desculpem mais este desabafo, mas nos últimos dias temos recebido pela mídia e por dezenas de pessoas, os relatos de atropelamentos de pedestres e ciclistas, com mortes e lesões gravíssimas.

O que precisa ser feito para que as velocidades e a forma de dirigir visem a preservação da vida, de uma forma coletiva e inteligente?

“Andar a pé ou de bicicleta não é perigoso,
perigoso é como se permite dirigir carros, motos, ônibus e caminhões em nossas ruas!”

Lembrei de como era bom poder usar as ruas da cidade em segurança, quando vi as crianças presas no estacionamento.

BICICLETA É TÂO BOM E SAUDÁVEL, por que podar isto de nossos filhos?

criancas2

 

 

Envie seu Comentário