Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Saiba mais sobre Referendo

25 de julho de 2013 0

Crédito: Jaime Lerner

Pessoal, nesta quinta-feira estreia o último filme da programação do Documento Brasil, iniciativa engajada em trazer bons documentários nacionais para a Sala de Cinema Ulysses Geremia. Depois de títulos como Elena, Doméstica e O Dia que Durou 21 Anos, o filme que encerra a mostra é Referendo, que discute a questão das armas no Brasil. A produção propõe uma reflexão sobre o plebiscito do desarmamento, votado pelos brasileiros em 2005.

Atualmente, o filme também está na programação do 9º Festival Internacional de Cine de Los Derechos Humanos, que vai até domingo, na Bolívia. Em Caxias, dá para assistir as sessões nesta quinta e sexta, às 19h30min, e sábado e domingo, às 20h. No sábado também haverá sessão comentada com a presença do diretor Jaime Lerner, às 16h.

Aliás, Lerner conversou com o blog Cinecessário sobre o filme. Confira algumas das respostas (vou deixar uma delas para sábado, dia em que ele estará em Caxias)

Cinecessário: Qual foi tua principal motivação para fazer esse documentário?
Jaime Lerner:
Fiquei perplexo com a virada. Até julho, as pesquisas apontavam uma vitória do SIM, pela proibição da venda de armas. Havia todo um movimento, todo um engajamento da população no sentido de pedir o desarmamento (das armas e dos espíritos). A vitória do SIM, na minha opinião, teria um valor simbólico muito forte. E, de repente, de maneira constante, esta onda começou a virar até que o SIM sofreu uma derrota acachapante. Fiz o filme para tentar entender, refletir sobre o que realmente aconteceu.

Cinecessário: Como o filme tem sido recebido pelos espectadores ao redor do Brasil?
Lerner:
O filme é polêmico, ele é construído como um grande debate. Nas sessões que acompanhei, que debati com o público, as reações que obtive de pessoas que viram são no sentido de que é um filme forte, que trata de um tema importante de uma maneira impactante. O filme foi visto também em Montevideo (no festival Atlanticdoc) e em Buenos Aires ( no Festival de Cinema Político de Buenos Aires). E o público não brasileiro também respondeu ao filme. Na pagina do FB sobre o filme (www.facebook.com/referendolongametragem), há muitos comentários do pessoal pró armas, que só viu o trailer mas questiona muito por que fazer um filme sobre o assunto. Acho que o tema é e infelizmente será atual ainda por muito tempo.

Cinecessário: O que mais te surpreendeu enquanto filmava Referendo?
Lerner:
Tive algumas surpresas, mas certamente o personagem de Ricardo Santos que cumpre pena por assalto a banco foi o mais surpreendente.

Não é possível comentar.