Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O 'Som' ecoa longe

20 de setembro de 2013 3

Foi anunciado nesta sexta O Som ao Redor como o escolhido do Brasil para concorrer ao Oscar 2014. Fiquei feliz com a decisão porque o longa de Kléber Mendonça Filho é muito bem executado, criativo e, agora, eleva ainda mais o patamar do tão comentado cinema pernambucano. Lembremos ainda que este ano o Festival de Gramado também concedeu o kikito de melhor filme a outro título produzido por lá: Tatuagem.

Havia 14 filmes nacionais na disputa pela indicação, mas o secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Leopoldo Nunes, resumiu os critérios de escolha da seguinte forma:

_ Tem de ser um filme de excelência, de originalidade. É levado em conta muito mais a criatividade e originalidade do que orçamento e sucesso que obteve nas bilheterias de seu país.

Estamos na torcida e, para comemorar, algumas fotos do longa:

Crédito: Vitrine Filmes

Crédito: Vitrine Filmes

img4ok

img8ok

img9ok

Comentários (3)

  • Saulo José diz: 23 de setembro de 2013

    Siliane… Fiquei muito feliz com a escolha.
    Participei daquela sessão especial sobre o filme na Sala de Cinema Ulysses Geremia e ”gamei” no Som ao Redor. Fantástico!

    Outra coisa… Você já conferiu ”Elysium”? Não sou muito fã de ficção científica, mas tirei o chapéu. Fiz um comentário lá no meu blog sobre o ”Elysium”. Se sobrar um tempinho da uma olhada pra entender do que estou falando hehe. Se não lembrar o nome do blog, me avisa!

  • marcelo diz: 24 de setembro de 2013

    o som ao redor é realmente matador, indicação merecidíssima. acompanho a carreira do kleber desde que ele era crítico no cinemascópio e realizador de curtas, como o ótimo vinil verde.

Envie seu Comentário