Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

'Tese sobre um Homicídio' na Sala de Cinema

26 de setembro de 2013 2

Oi pessoal, não esqueçam que nesta quinta-feira entra em cartaz o argentino Tese sobre um Homicídio, na Sala de Cinema Ulysses Geremia. O filme tem o super astro Ricardo Darín no elenco e foi sucesso de bilheteria no país de origem (mais de um milhão de espectadores). A história acompanha o advogado renomado Roberto Bermudez (Mr. Darín) que ministra um curso de criminalística/investigação/coisa e tal numa universidade. O personagem parece um tipo interessante logo de início _ curte um mix de álcool com cigarros e tem uma simpatia bem dosada com certa arrogância. Então ele vai trombar com Gonzalo (Alberto Ammann), aluno do curso e filho de um amigo do passado. O guri é meio boçal, mas posso dizer que as cenas em que ele trava discussões sobre justiça com o professor são das mais interessantes do filme (preste atenção na tese da mariposa).

Durante uma das aulas de Bermudez, o corpo de uma garçonete é encontrado em frente ao prédio. Agora, o justiceiro e lutador (ele luta mesmo) criminalista se vê desafiado a descobrir quem cometeu o crime.
Eis que o que se aguarda de um filme que, para começo de conversa, é argentino e tem Darín no elenco, não é alcançado. Em certos momentos, parece que estamos vendo um longo episódio de CSI com diálogos em espanhol. Eu adoro CSI, mas convenhamos que está bem longe de ser cinema, ainda mais vindo de um país que já nos brindou com tanto filme bom. Há momentos interessantes, em que a tensão do filme de suspense parece nos conduzir a alguma grande descoberta. Mas, não…

A atuação de Darín convence, mas os outros personagens não têm espaço para se desenvolverem muito bem. Como já disse, algumas das reflexões do filme _ tipo sobre a linha tênue entre fazer justiça ou provar que se tem razão _ é que salvam a história. Talvez por isso a espada da justiça seja um dos elementos mais importantes em cena, aliás.

Tese sobre um Homicídio fica em cartaz até o dia 6 de outubro, com sessões às quintas e sextas, às 19h30min, e aos sábados e domingos, às 20h. Assistam e depois deixem seus comentários aqui!

Comentários (2)

  • Éverton Rigatti diz: 26 de setembro de 2013

    Siliane! Roteiro holywodiano para filme argentino, visando o mercado internacional, acaba virando isso aí. Assisti na semana de estreia e só aguentei até o final por teimosia. Mas infelizmente é o que a grande maioria das pessoas gostam de assistir, foi um fenômeno nas salas de projeção de Buenos Aires. E eles tem um cinema de grande qualidade, com diretores super talentosos (Mariano Linnas, Gaston Duprat , Mariano Cohn etc), mas infelizmente esse filmes não vem para cá.

Envie seu Comentário