Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Obrigação desta quinta

30 de janeiro de 2014 2

metropolis19271_1

Obrigação desta quinta para quem curte cinema clássico é ir até o Teatro do Sesc, a partir das 20h. O projeto Cinema de Verão vai exibir o impressionante Metropolis, de Fritz Lang. Mudo e em preto e branco, o filme de 1927 é um marco na história da sétima arte e da ficção científica. A entrada é franca.

Lembrei que há alguns meses, numa entrevista com o guitarrista Andreas Kisser, do Sepultura, descobri que ele é muito fã deste filme. O último disco da banda é inspirado na obra, inclusive, e traz no título uma frase do filme: The Mediator Between Head and Hands Must be the Heart (algo como “o mediador entre a mente a as mãos deve ser o coração”).

— Eu vi uma versão mais nova do filme, com sequências que ficaram perdidas durante muito tempo. É fantástico, um clássico feito na década de 1920 com efeitos milagrosos. Mostra uma sociedade robotizada, todo mundo andando do mesmo jeito, sem liberdade, trabalhando para poucos poderem usufruir dos jardins do Éden, a gente vê muito disso hoje em dia, dessa escravidão de muitos para poucos. (No disco) a gente pôde se relacionar com temas atuais através dessa frase (The Mediator Between Head and Hands Must be the Heart), sobre não perder a condição humana. Se você tem informação na cabeça e ação pelas mãos sem ter capacidade de argumentação, protesto ou questionamento, você não é mais que um robô só recebendo informação e agindo — refletiu o guitarrista.

Vejam um trailer atual aqui:

Comentários (2)

  • Caldeira diz: 30 de janeiro de 2014

    Sensacional essa oportunidade de assistir essa obra prima, maxime quando vivenciamos tempos em que o mau gosto e a mediocridade predominam na busca apenas pelo mercado, sem se importar com a arte cinematográfica. Abraços.

Envie seu Comentário