Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os 10 mais

06 de fevereiro de 2014 7

ladroes-de-bicicleta1

Bah, escolher os 10 melhores filmes de todos os tempos não é tarefa fácil, mas tô pra dizer que ficou bem justa a lista divulgada pela revista Sight & Sound Magazine, do British Film Institute. O top 10 deles foi baseado numa enquete com 358 diretores de 73 países. Participaram da entrevista talentos do naipe de Scorsese, Tarantino, Fernando Meirelles, Guillermo Del Toro, Juan José Campanella e tal.

Bem, acho que minha lista teria só um pouquinhozinho mais de sangue, hehe. Dos selecionados abaixo, amo muitos, como o belíssimo Ladrões de Bicicleta, da foto ali em cima.

E vocês, o que acrescentariam à lista?

1 Era Uma Vez em Tóquio — Tokyo Story (Ozu Yasujirô, 1953)
2 2001: Uma Odisseia no Espaço — 2001: A Space Odyssey (Stanley Kubrick, 1968)
3 Cidadão Kane — Citizen Kane (Orson Welles, 1941)
4 8 ½ — Oito e Meio (Federico Fellini, 1963)
5 Taxi Driver (Martin Scorsese, 1976)
6 Apocalypse Now — Apocalypse Now (Francis Ford Coppola, 1979)
7 Um Corpo que Cai — Vertigo (Alfred Hitchcock, 1958)
8 O Poderoso Chefão — The Godfather (Francis Ford Coppola, 1972)
9 O Espelho — Mirror (Andrei Tarkovsky, 1974)
10 Ladrões de Bicicleta — The Bicycle Thieves (Vittorio De Sica, 1948)

Comentários (7)

  • João Carlos diz: 6 de fevereiro de 2014

    Puxa não deixa de ser intrigante que o filme mais recente desta lista é de 1979, ou seja, nos últimos 34 anos, que certamente foi um período de muito maior incentivo ao desenvolvimento desta indústria do que nos 34 anos que o precederam, não houve nenhuma obra digna de estar entre os 10 melhores, na ótica deste qualificado colégio eleitoral naturalmente. Todo esforço humano no mundo realizado para o desenvolvimento de roteiristas, atores, diretores, figurinistas, aspectos técnicos, de edição, som, etc, todas estas áreas com cursos regulares ou universitários para aperfeiçoamento da qualificação das pessoas envolvidas e recursos financeiros disponíveis como nunca, e ainda assim desta enorme quantidade não se conseguiu produzir um único filme com qualidade adequada para constar desta lista. Isso leva a conclusão de que a indústria do cinema caminha em sentido distinto da qualidade e que todo capital humano e financeiro empregado na atividade precisa ser repensado. É perfeitamente possivel entreter e ter qualidade ao mesmo tempo, a prova é dada por esta lista mesmo, mas as últimas geraçãoes de cineastas perderam a noção de como fazer isso. Uma pena, o cinema mostra estar fora de foco há muito tempo.

  • Gisele diz: 7 de fevereiro de 2014

    Eu acrescentaria a “Lista de Schindler”, acho um filme memorável.

  • Vinter diz: 7 de fevereiro de 2014

    Charles Chaplin:
    O Grande Ditador
    Tempos Modernos
    O Garoto
    pelo um deles é obrigatório na lista.

  • Fábio F diz: 18 de fevereiro de 2014

    Desses 10 da lista eu não assisti a O Espelho, razão pela qual eu o trocaria pelo (na minha opinião) genial Blade Runner.
    Quanto ao comentário do João Carlos, eu tenho a sensação de que as limitações impostas pela (falta de) tecnologia dos tempos mais antigos meio que forçavam a qualidade pra cima. Hoje em dia, muitos filmes são “preenchidos” com efeitos embasbacantes, cenas de ação e impacto visual, e o resto acaba ficando de lado. Em tempos antigos, com poucos recursos técnicos sofisticados à disposição, ou vc tinha uma ótima estória com ótimos atores bem dirigidos, ou vc não tinha um filme… Junte-se a isso o fato de que o público de hj está ficando menos exigente e os estúdios mais covardes na hora de investir… Tem espaço pra muito debate nesse assunto, mas eu temo pelo futuro do cinema…

Envie seu Comentário